Vaga para Relações Laborais (Sasol)

Colocado por | Outubro 29, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 31/10/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Consultor de Relações Laborais. (Ref. Consultor de Relações Laborais)

Objectivo

  • Implementar e melhorar os processos de RH, considerando práticas e sistemas para instaurar a eficácia, eficiência e proactivamente apoiar trabalhadores, Gestores de áreas e Gestores de Projecto sobre processo de Relações Laborais em obediência a legislação laboral moçambicana.

Responsabilidades

  • Assegurar apoio e aconselhar as empresas e equipas de projecto em processos de relações laborais, em colaboração com o Consultor de Recursos Humanos e os Gestores;
  • Analisar as questões laborais identificadas pelos Gestores de Projectos e propor alternativas de solução assegurando a protecção da imagem da Sasol;
  • Promover a prevenção de litígios e facilitar a resolução atempada das questões laborais apresentadas pelas empresas contratadas;
  • Compreender todos os princípios de remuneração e benefícios, políticas e procedimentos e poder explica-las claramente aos trabalhadores e gestores de projecto;
  • Efectuar auditorias de Recursos Humanos as empresas que prestam serviços nos projectos;
  • Monitorar e garantir que os processos de admissão e de desvinculação nos projectos obedeçam o acordo laboral do projecto;
  • Oferecer suporte na expatriação e repatriação de colaboradores estrangeiros, incluindo empreiteiros;
  • Aconselhar e educar sobre a correcta aplicação e objectivos das políticas de RH, processos e sistemas;
  • Compilar e apresentar relatórios de projecto de RH significativos através da interpretação, comparações e análises de tendências;
  • Implementar claramente processos de gestão de conflitos e de mudança definidos para assegurar o sucesso dos projectos;
  • Interpretar pesquisas relevantes sobre as melhores praticas no que se refere a analise de relações Laborais;
  • Participar activamente nos vários fóruns estabelecidos nos projectos para monitorar o clima laboral no projecto;
  • Assegurar uma relação positiva com parceiros e entidades administrativas da área laboral;
  • Assegurar a elaboração de Acordos Colectivos nos projectos;
  • Estabelecer um mecanismo funcional de comunicação de assuntos laborais entre a entidade gerenciadora do projecto, o dono da obra e as empresas contratadas.

Requisitos

  • Grau de Bacharelato em Direito, Psicologia Organizacional, Recursos Humanos e/ou áreas afins;
  • Experiência de 6 a 8 anos como Generalista em RH
  • Experiência de três (3) anos como Especialista de Relações Laborais;
  • Conhecimento básico de Design Organizacional
  • Compreensão proficiente da legislação de RH e política da empresa;
  • Nível proficiente de compreensão e habilidade do negócio;
  • Fluência na fala e na escrita do Inglês, proficiência multilingual seria uma vantagem (Português).

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Técnico de Construção Civil (Maxixe)

Colocado por | Outubro 15, 2014 |

Tecnico de Construcao Civil

Endereço: Caixa Postal, 4033 – Maputo

Validade: 10/11/2014

Local: Maxixe

Instituição Pública sediada em Maputo, pretende admitir para o seu quadro de pessoal, um (1) Técnico de Construção Civil.

 Requisitos

  • Nível Médio Profissional em Construção Civil, especializado em Desenho de Construção Civil, Desenho ou Construção de Edifício;
  • Noções básicas de língua Inglesa;
  • Conhecimento de informática na óptica do utilizador;
  • Experiência relevante em uma ou mais áreas de automóveis, tractores, motorizados e electrobombas de águas;
  • Conhecimentos de desenho na área hidráulica e obras civis, topografia, sistemas de informação geográfica e uso de GPS;
  • Carta de condução de ligeiros;
  • Deve residir na Cidade de Inhambane e Maxixe;
  • Idade não superior à 35 anos;
  • Experiência mínima de três (3) anos;
  • Nacionalidade Moçambicana e com alto sentido de responsabilidade;
  • Fluente na língua Portuguesa;
  • Capacidade em trabalhar em equipa e sobre pressão;
  • Espírito de equipa e boa capacidade de comunicação interpessoal;
  • Boa apresentação;
  • Dinâmico, zeloso e habilidoso.

Benefícios

  • Salário atractivo de acordo com a política da instituição;
  • Regalias sociais em vigor;
  • Bom ambiente de trabalho;
  • Perspectivas de progressão na carreira.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados;
  • Fotocópia do B.I;
  • Cartas de Referência.
Comentários desligados

Vaga para Oficial de Monitoria e Avaliação (CARE) – Maxixe

Colocado por | Outubro 1, 2014 |

CARE

Email: recrutamentos@care.org.mz

Validade: 13/10/2014

Local: Maxixe

A CARE International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação. (Vaga nº 004)

Responsabilidades

  • Apoiar a documentação e acompanhamento de todos os eventos e processos-chave relacionados com a iniciativa em curso, através da entrada e gestão de dados;
  • Ajudar a garantir que a equipe do projecto da CARE e do pessoal de organizações parceiras submetem todos os dados necessárias dentro dos prazos estabelecidos, no formato correcto e de acordo com os instrumentos de M&A do projecto;
  • Apoiar o Coordenador de M&A e toda equipe do projecto, com colecta oportuna e análise dos dados necessárias para a produção de todos os relatórios narrativas internos necessários para CARE, bem como para os relatórios de doadores externos, incluindo histórias de interesse humano dos participantes do projecto a cada trimestre e histórias de sucesso e resumos de aprendizagem a cada seis (6) meses;
  • Ajudar a desenvolver e manter a qualidade de uma gestão de dados de fácil utilização e sistema de arquivamento para a iniciativa, permitindo que colegas da CARE possam aceder facilmente a documentes relevantes, recursos, ferramentas e relatórios;
  • Assegurar que, o banco de dados capta efectivamente e monitora todas as actividades de capacitação realizadas pelo projecto/iniciativa e foi concebido para rastrear beneficiários individuais e sua participação por sector ou actividade;
  • Ajudar o Coordenador de M&A, e as equipes de projecto para operacionalizar indicadores desenvolver as ferramentas e os métodos necessários para colectar dados relativos a esses indicadores;
  • Ajudar a treinar os colegas e parceiros que estarão envolvidos na recolha, interpretação e análise dos indicadores globais de projecto/iniciativa para que eles sejam capazes de colectar usar os dados correctamente;
  • Participar ocasionalmente em esforços de colecta de dados, ex.: segurando entrevistas com os participantes do projecto, realização de grupos de discussão focal, em coordenação com os supervisores distritais e promotores de campo do PROSAN;
  • Apoiar o Coordenador de M&A e consultores na organização logística antes e durante a linha de base, nas avaliações intermédias e final de ou outros eventos de M&A e de investigação, bem como com a entrada e gestão de todos os dados colectados durante essas actividades;
  • Apoiar o Coordenador de M&A no trabalho com os diferentes parceiros da iniciativa na criação e manutenção de seu sistema de M&A que lhes permita cumprir os requisitos de M&A da CARE;
  • Ajudar a organizar e preparar treinamentos da equipe pelo Coordenador de M&A na utilização de métodos de M&A mais qualitativas que permitirá aos parceiros para desenvolverem uma compreensão mais profunda da situação socioeconómica prevalecente nas comunidades onde trabalham;
  • Documentação de todas as actividades de formação relacionadas com a M&A.

Requisitos

  • Licenciatura em Informática, Estatística ou Ciências Agrárias com pelo menos três (3) anos de experiência de trabalho relacionado;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência prática em colecta de dados e monitoria e avaliação, de preferência para um grande e complexo projecto de desenvolvimento ou de assistência humanitária;
  • Conhecimentos de M&A, com experiência tanto em termos quantitativos, bem como métodos de pesquisa qualitativa;
  • Boas competências de literacia informática, incluindo a capacidade de desenvolver e utilizar bases de dados do MS Access;
  • Familiarização com software de processamento de dados (CSPro, SPSS, ou outro) constitui uma vantagem;
  • Comprometido com a igualdade de género;
  • Boa capacidade de análise, integridade e responsabilidade, diversidade e respeito;
  • Boas habilidades de escrita em Português e conhecimentos básicos de Inglês.

Benefícios

  • Pacote de benefícios competitivo.

Exigências

  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A CARE International é uma organização de desenvolvimento e humanitária registada desde 1986 com escritórios em mais de 70 países e parte duma grande federação internacional focalizada sobre mulheres e raparigas.

Comentários desligados

Vaga para Consultor de Projecto de Educação (Sasol)

Colocado por | Setembro 30, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 03/10/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Consultor de Projecto de Educação. (Ref. Consultor de Projecto de Educação)

Objectivo

  • Ser Responsável por enquadrar, analisar e desenvolver processos alinhados as necessidades do negocio para implementação dos projectos de educação a identificar todos os requisitos de licenciamento e registo do projecto.

Responsabilidades

  • Analisar e desenvolver os processos de negócio dos respectivos projectos de educação, desde a fase de definição de oportunidade para a fase de decisão final de investimento para atender aos objectivos dos projectos;
  • Avaliar e entender as motivações das principais partes interessadas internas e externas e formular estratégias para garantir a: aquisição parcial, dentro de um projecto conjunto e estrutura de negócios;
  • Desenvolver planos de negócios rentáveis (que incorporem marketing, estratégia, análise da indústria, vantagem competitiva, cadeia de suprimentos, finanças, planos comerciais, etc) para as oportunidades de negócios dentro das limitações do Projecto e os respectivos projectos de educação;
  • Assegurar o alinhamento da estratégia da empresa no país e desenvolvimentos globais da empresa;
  • Avaliar os efeitos da legislação de Moçambique e/ou políticas internacionais sobre actividades atribuídas a sectores de educação, programas e projectos;
  • Realizar pesquisa necessária a partir de uma variedade de fontes locais e preparar relatórios factuais e analíticos que lidam com considerações importantes necessárias para fazer dos projectos um sucesso;
  • Auxiliar o Gestor de Serviços do Projecto: para o lançamento do modelo de funcionamento da Projecto de Educação, considerados necessários, o que pode incluir, a aplicação de licenças e registos, constituir os órgãos de gestão escolar implementação do currículo o desenvolvimento dos respectivos contratos de arrendamento ou acordos operacionais com operadores terceiros, o desenvolvimento de sistemas operacionais e de gestão das instalações, a criação de sistemas de’ informação integrados e quaisquer requisitos relacionados para a implementação do modelo de funcionamento e operação das instalações;
  • Trabalhar em colaboração com as funções de serviços do projecto (custo e planeamento, acompanhamento de acções, relatórios, gestão de mudança e gestão de interface).

Requisitos

  • Grau de Bacharel ou equivalente de educação formal num campo relevante de educação ou desenvolvimento social;
  • Pós-graduação na área de educação, formulação de políticas educacionais é uma vantagem;
  • Exposição comprovada em analise de negócios e desenvolvimento;
  • Experiência comprovada na implementação de projectos;
  • Compreensão do ambiente de negócios em Moçambique;
  • Experiência profissional em pelo menos duas das seguintes áreas: desenvolvimento curricular e execução, qualidade do ensino através da formação de professores, transformação das instituições de ensino e gestão e governação das instituições de ensino;
  • Boas habilidades de elaboração de negócio;
  • Capacidade de gerir consultores e especialistas;
  • Auto-didacta/capaz de trabalhar sem supervisão;
  • Disposição para implementar melhorias;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente em um ambiente dinâmico e empreendedor sob alta pressão;
  • Boa capacidade de análise;
  • Amplo conhecimento da industria de energia e petroquímica;
  • Habilidades de negociação;
  • Fluência na fala a na escrita do Inglês, proficiência multilingual seria uma vantagem (Português).

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Especialista em Serviços Financeiros Rurais (CARE)

Colocado por | Setembro 15, 2014 |

CARE

Email: recrutamentos@care.org.mz

Validade: 26/09/2014

Local: Maxixe

A CARE International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista em Serviços Financeiros Rurais, no Programa de Segurança Alimentar e Nutricional (PROSAN). (Vaga nº 003)

Responsabilidades

  • Assegurar que o acesso aos serviços microfinanceiros baseados nas comunidades seja adequado e implementado em extrema colaboração com os outros sectores do PROSAN e parceiros, de forma a prover serviços de poupanças e empréstimos de alta qualidade aos grupos de impacto mais vulneráveis, do projecto;
  • Desenvolver, rever e melhorar a implementação técnica da componente de poupanças e empréstimos no projecto com a contribuição de oficias de Campo;
  • Continuamente procurar melhorar a implementação da componente no projecto PROSAN e desenvolver inovações incluindo melhorar a qualidade da metodologia de VSLA;
  • Assegurar que haja ligações fortes com componentes de agricultura de conservação e caju;
  • Garantir a adaptação e desenvolvimento de programas de formação de alta qualidade para os oficiais do campo e promotores, de forma a garantir serviços de alta qualidade;
  • Identificar e avaliar as oportunidades de projecto, quanto à viabilidade económica e o seu impacto, incluindo a sua adequação de forma a manter o enfoque do VSLA aos camponeses mais vulneráveis do nosso grupo de Impacto; não apenas beneficiando as pessoas em geral nas zonas geográficas do projecto;
  • Assegurar a percepção e integração de parceiros no que diz respeito a metodologia implementada pela CARE;
  • Monitorar a as actividades dos parceiros na implementação da metodologia VSLA nos distritos de Homoine e Funhalouro;
  • Desenvolver e fomentar excelentes relações com o governo e parceiros a nível provincial;
  • Apoiar e colaborar com a equipe de monitoria e avaliação, assegurando a recolha, analise e reporte dos indicadores definidos no quadro de M&E do PROSAN;
  • Colaborar que o pessoal de apoio aos programas em todos aspectos logísticos e administrativos no decorrer das actividades.

Requisitos

 

  • Habilidades mínimas: Licenciatura em Economia ou em área relevante;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência em desenho, implementação e conselho técnico de projectos de desenvolvimento económico em Moçambique num nível sénior;
  • Experiência com a metodologia de VSLA é uma vantagem;
  • Experiência em pesquisa operacional e monitoria e avaliação com projectos de desenvolvimento económico;
  • Experiência em trabalhos de advocacia e aumento da capacidade de parceiros;
  • Habilidades muito fortes em facilitação/treinamento em comunidades, bem como em uso de ferramentas de avaliação rural e abordagem de pesquisa qualitativa;
  • Fortes habilidades analíticas;
  • Conhecimento profundo de questões de género e desigualdade;
  • Habilidades e vontade de trabalhar em parceria com sociedade civil e governo;
  • Saber falar e escrever fluentemente Português;
  • Saber falar e escrever fluentemente Inglês é uma vantagem.

 

Benefícios

  • Pacote de benefícios competitivo.

Exigências

  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A CARE International é uma organização de desenvolvimento e humanitária registada desde 1986 com escritórios em mais de 70 países e parte duma grande federação internacional focalizada sobre mulheres e raparigas.

Comentários desligados

Vaga para Oficial de Género (CARE)

Colocado por | Setembro 15, 2014 |

CARE

Email: recrutamentos@care.org.mz

Validade: 26/09/2014

Local: Maxixe

A CARE International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Género integrado no Programa de Segurança Alimentar e Nutricional (PROSAN). (Vaga nº 002)

Responsabilidades

  • Oficial de Género é responsável por assegurar a integração de género da PROSAN e vai apoiar o gestor do projecto provendo apoio estratégico para garantir que todas as actividades com foco económico, tenham consideração dos aspectos de género, barreiras de poder e as oportunidades existentes para garantir a maximização de benefícios do PROSAN às mulheres e grupos marginalizados;
  • Apoiar a gestora do projecto provendo apoio técnico para assegurar a integração de vários aspectos relacionados com género no componente económico do programa de segurança alimentar e nutricional;
  • Apoiar no aumento das capacidades dos parceiros em relação aos aspectos de género e emponderamento da mulher;
  • Apoiar a equipe do PROSAN no processo interno de transformação de género e assegurar que tenham um conhecimento essencial para abordar questões de género;
  • Assegurar que todas as ferramentas, módulos, documentos matérias de treinamento são desenvolvidos e/ou adaptados e aplicados tendo em consideração a iniciativa de género e empoderamento da mulher, atendendo os padrões mínimos de qualidade;
  • Assegurar que todos indicadores com este componente, descritos no quadro de monitoria e avaliação são recolhidos, analisados e devidamente reportados;
  • Apoiar o coordenador de Aprendizagem Monitoria e Avaliação e outros colaboradores do projecto no desenvolvimento de sistemas e ferramentas de Monitoria e Avaliação, na identificação de indicadores que avaliam as dinâmicas relacionadas com integração género na componente PROSAN;
  • Representar a CARE Moçambique a nível provincial nos eventos, reuniões, e redes sociais relacionadas com mulher, género e empoderamento;
  • Desenvolver relatórios periódicos detalhados de implementação relacionados com a integração do género dentro da PROSAN;
  • Colaborar com os colegas de apoio aos programas, para garantir a logística de sessões de treinamento, capacitação, pesquisa, foram preparados e organizados de acordo com os procedimentos da CARE e dos doadores.

Requisitos

  • Bacharelato em Sociologia, Antropologia Social, Estudos de Desenvolvimento Rural, Economia, Geografia e outras áreas afins;
  • Dois (2) anos de experiência em posições semelhantes nas zonas rurais em Moçambique;
  • Conhecimento de assuntos actuais sobre género na agricultura e desenvolvimento rural;
  • Experiência em estratégias de mudança de comportamento e comunicação em relação às normas de género;
  • Habilidades de facilitação e familiaridade com as ferramentas participativas de avaliação rural e abordagens de pesquisa qualitativa;
  • Saber falar e escrever fluentemente Português;
  • Saber falar e escrever fluentemente Inglês é uma vantagem.

Benefícios

  • Pacote de benefícios competitivo.

Exigências

  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A CARE International é uma organização de desenvolvimento e humanitária registada desde 1986 com escritórios em mais de 70 países e parte duma grande federação internacional focalizada sobre mulheres e raparigas.

Comentários desligados

Vaga para Gestor para Área de Responsabilidade Social e Corporativa (Sasol)

Colocado por | Setembro 10, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 15/09/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor para Área de Responsabilidade Social e Corporativa. (Ref. Gestor para Área de Responsabilidade Social)

Objectivo

  • Executar actividades viradas a área de Responsabilidade Social e Coprorativa (CSR), reportando directamente ao Director Residente da Sasol em Moçambique e funcionalmente para a Sasol Petroleum International (SPI).

Responsabilidades

  • Assegurar a gestão das iniciativas de Responsabilidade Social da Sasol, no apoio ao negócio e centrando-se às necessidades das comunidades;
  • Assegurar a criação de estratégias de relacionamento com as comunidades em Moçambique, que estejam alinhadas com as necessidades das comunidades, entidades governamentais e parceiros, apoiados por uma análise minuciosa dos aspectos sociais, com específico e enfoque ao cumprimento dos prazos e níveis estabelecidos;
  • Garantir o cumprimento das metas e dos objectivos orçamentais de acordo com o ano financeiro da Sasol;
  • Assegurar uma revisão dos projectos de CSR em todas as subsidiárias da Sasol em Moçambique, garantindo o alcance dos objectivos definidos. Prestar todo o apoio e acompanhamento para assegurar a execução orçamental dos projectos CSR;
  • Assegurar a gestão e promover o envolvimento dos trabalhadores nas iniciativas de apoio as comunidades em Moçambique;
  • Assegurar a gestão da equipa de CSR em Moçambique, incluindo a alinhamento das actividades e do pessoal do CSR das diferentes subsidiárias da Sasol em parceiros de negócios em Moçambique;
  • Assegurar que o pessoal do CSR esteja devidamente equipado e provido de todos os recursos para o alcance dos objectivos específicos;
  • Garantir que os projectos sejam regulados por sólidos princípios/práticas/éticas e por normas de boa governação;
  • Facilitar a conformidade com as normas reguladoras e com as práticas de prestação de contas;
  • Assegurar uma boa gestão de dados de todas as actividades relevantes relacionados com as comunidades em Moçambique;
  • Assegurar a boa gestão e a prestação de contas em relação às concessões de fundos, donativos e outros orçamentos;
  • Assegurar a identificação dos parceiros chave e elaboração de um plano de gestão de relacionamento em coordenação com o Gestor de Stakeholders.

Requisitos

  • Licenciatura em áreas sociais e/ou afins;
  • Curso de Pós-Graduação numa área relevante será um factor de vantagem acrescida;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência como Especialista em CSR ou outras áreas de trabalho relacionadas;
  • Experiencia em desenvolvimento internacional (factor de vantagem);
  • Pelo menos 5 a 10 anos de actividade em cargos de gestão corporativa e/ou em ONGs;
  • Fluente nas línguas Portuguesa e Inglesa;
  • Conhecimento de outras línguas locais será uma vantagem;
  • Disponibilidade de viajar com regularidade.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Contabilista – Venture Accounting (Sasol)

Colocado por | Setembro 3, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 08/09/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Contabilista – Venture Accounting. (Ref. Contabilista – Venture Accounting)

Objectivo

  • Responsável por executar operações directas de gestão de licenças e contabilidade financeira de joint venture das licenças de produção de hidrocarbonentos em Moçambique.

Responsabilidades

  • Manter o cumprimento de procedimentos contabilísticos e condições fiscais da licença e do acordo de operação conjunta com parceiros;
  • Realizar e concluir a contabilidade financeira das actividades da licença de joint venture e reduzir o registo contabilístico entre os grupos de capitais;
  • Elaborar relatórios para os parceiros do Comité de Operações e comité de gestão do governo e garantir o acompanhamento das acções dessas reuniões de comités;
  • Produzir relatórios do capital, incluindo a administração financeira do projecto, projectos de capital, projectos de responsabilidade social da comunidade, viabilidade e estudos técnicos;
  • Apoiar o Gestor de Activos na gestão financeira e resolução de dúvidas;
  • Preparar o orçamento anual e previsão corporativa periódica da entidade de produção em Moçambique, incluindo a preparação do orçamento de licenciamento e programa de trabalho e as actualizações de previsão de licenças;
  • Executar o encerramento do mês e fazer o carregamento para o sistema de informação corporativa (HFM);
  • Preparar as demonstrações financeiras anuais;
  • Preparar entradas para 20F e SMOG;
  • Realizar avaliação do controle de SOX;
  • Preparar entradas de dados para diversos intervenientes externos (EITI, Banco Central, etc).

Requisitos

  • Grau de Licenciatura em Administração de Empresas, com cinco (5) anos de experiência profissional, que inclui Contabilidade Financeira;
  • Conhecimento das normas fiscais de Moçambique e Leis do sector de Petróleo;
  • Conhecimento das Normas Internacionais de Relatório Financeiro (NIRF);
  • Fluente em Português, assim como boa leitura, escrita e fala em Inglês;
  • Revisor Oficial de Contas (SAICA ou equivalente) recém-formado ou experiência em Contabilidade para Upstream Petróleo e Gás;
  • Experiência em gestão de capital em grandes projectos;
  • Experiência no Sistema de Contabilidade de Joint Venture SAP ou ERP;
  • Experiência em emissão de relatórios HFM (sistema de consolidação e relatórios).

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Especialista de Segurança do Trabalho (Sasol)

Colocado por | Setembro 1, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 08/09/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista de Segurança do Trabalho. (Ref. Especialista de Segurança do Trabalho)

Objectivo

  • Dar suporte ao departamento de HST em todos aspectos ligados a gestão de segurança no trabalho na central de processamento de gás natural de Temane.

Responsabilidades

  • Gerir os Riscos (HIRA, HAZOP, Mitigation and Controls) relacionados com Segurança do Trabalho na empresa;
  • Investigar acidentes de trabalho (quando necessário);
  • Desenhar Planos de Melhoria do Sistema de Gestão de Segurança do Trabalho (OHSAS 18001);
  • Monitorar e responder proactivamente aos perigos e riscos no local do trabalho, e desvio aos padrões e procedimentos;
  • Fazer o acompanhamento e avaliação dos resultados de auditorias, controle de risco, medidas correctivas e preventivas;
  • Desenhar estratégias e planificação operacional de Segurança de Trabalho incluindo Objectivos e Metas anuais;
  • Conduzir formações e consciencialização de aspectos e assuntos relacionados com Segurança do Trabalho;
  • Desenvolver e melhorar continuamente os padrões e procedimentos de Segurança de Trabalho da empresa de acordo com os requisitos legais e práticos exemplares;
  • Gerir as empresas contratadas que efectuam trabalhos dentro das instalações da Sasol em termos de aderência aos requisitos mínimos de Segurança do Trabalho da Sasol;
  • Liderar auditorias e inspecções no site;
  • Redigir relatórios mensais e tendências de Segurança do Trabalho;
  • Gerir o sistema de Segurança do Trabalho baseado em Comportamento (BBS);
  • Assistir e dar suporte aos Oficiais de Segurança no Trabalho;
  • Monitorar e rever a performance operacional e individual;
  • Gerir o Plano de Resposta a Emergências;
  • Dar suporte aos departamentos em assuntos relacionados com Segurança do Trabalho;
  • Gerir documentos e data (Isometrix System);
  • Coordenar a Gestão de Segurança  de Processos (Process Safety Management).

Requisitos

  • Licenciatura em Segurança do Trabalho, Engenharia, Gestão, ou áreas afins;
  • Formação em NEBOSH, SAMTRAC, HIRA, HAZOP e OSHAS 18001 (vantagens);
  • Investigação de Acidentes de Trabalho e Análise de Causas (Tap Root, RCAT) (vantagens);
  • Formação em MS Word, Excel e MS Project;
  • Fluente nas línguas Portuguesa e Inglesa;
  • Capacidade de comunicação interpessoal;
  • Capacidade de trabalho individual e em equipe;
  • Mínimo cinco (5) anos de experiência comprovada em Segurança do Trabalho na área Industrial e Construção Civil;
  • Experiência em Gestão de Sistemas: OSHAS 18001 ou NOSA.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Assistente Agrónomo (ESSOR)

Colocado por | Agosto 26, 2014 |

Essor

A ONG ESSOR pretende recrutar, um (1) Assistente Agrónomo, responsável do sector da formação, das experimentações e do apoio técnico do projecto agrícola de apoio as Escolas Familiares e Rurais (EFR) do Sul de Moçambique.

Objectivos a alcançar

  • Permitir as Escolas Familiares Rurais de melhorar o seu trabalho de formação e promover uma agricultura durável no seu meio local;
  • Assegurar um trabalho de qualidade;
  • Garantir a coerência das acções no terreno e os objectivos do projecto.

Tarefas de trabalho

  • Diagnosticar as necessidades de formação técnicas por parte do corpo docente em 3 EFRs da região Sul;
  • Conceber e implementar planos anuais de formação de capacitação de técnicos médios, formadores da EFRs, baseados no uso da pratica agro-ecológica, para um publico de jovens de nível básico;
  • Apoiar as EFRs a planificar as prioridades de produção agro-pecuária tomando em conta o contexto local e os objectivos do projecto, tais como os recursos existentes;
  • Garantir a boa aplicação da metodologia desenvolvida pela ESSOR e o processo de implementação das actividades no âmbito de atingir os objectivos fixados no quadro lógico do projecto;
  • Acompanhar as actividades de produção das EFR;
  • Apoiar os técnicos e os alunos a desenvolverem formações para e nas comunidades circunvizinhas;
  • Capitalizar as experiências e os trabalhos de terreno no âmbito de criar um documento de formação a difundir nas escolas numa escala nacional;
  • Realizar planos de actividades e redigir relatórios mensais em relação aos objectivos do projecto;
  • Participar as formações de capacitação no sistema de alternância;
  • Informar a coordenação dos avanços do projecto de forma adequada;
  • Representar com profissionalismo a ESSOR nas comunidades e com os parceiros (ONG, SDAE, EFRs, reuniões, etc).

Requisitos

  • Formação e experiência agrícola (nível superior com 10 anos de terreno);
  • Experiência de trabalho com formadores e alunos e com comunidades rurais;
  • Capacidade a trabalhar e viver no terreno;
  • Capacidade a gerir um plano de trabalho exigente;
  • Organização/Assiduidade/Pontualidade;
  • Antecipação;
  • Iniciativas;
  • Disponibilidade;
  • Autonomia;
  • Obtenção da carta de condução de mota exigida;
  • Línguas Changana e Português exigidas.

Nota: O escritório principal fica em Homoíne (Província de Inhambane). A zona de intervenção esta no distrito de Panda (Província de Inhambane), distrito de Manjacaze (Província de Gaza), distrito de Magude (Província de Maputo). As deslocações nas EFRs serão apoiadas e frequentes, mais de 60% do tempo de trabalho.

EDM

Endereço: Av. Eduardo Mondlane, Bairro Central – Inhambane

Av. Agostinho Neto, 70 – Maputo

Tel: 29 382451/21 481512

Fax: 29 382451/21 4930012

Validade: 08/09/2014

Local: Temane – Vilanculos

A Direcção de Recursos Humanos (EDM) em coordenação com a Direcção de Serviços de Produção (DPS) (Concurso Público Nº.22/EDM-DRH/2014), pretende recrutar, um (1) Técnico Assistente de Mecânica I.

Responsabilidades

  • Prestar assistência na manutenção de Grupos Geradores;
  • Fabricar e/ou fazer manutenção de componentes para as manutenções e reparações de Grupos Geradores e equipamentos auxiliares;
  • Efectuar soldaduras com recurso a diversas tecnologias (MIG, TIG, Oxiacetilenica, Eléctrodo, Arame Tubular, etc);
  • Recomendar propostas de solução de reparações complexas;
  • Coordenar e monitorar actividades para garantir a execução e conclusão das suas tarefas dentro do tempo alocado;
  • Elaborar relatório técnico das intervenções;
  • Cumprir com outras responsabilidades que venham a ser claramente identificadas, necessárias à prossecução dos objectivos da empresa, no âmbito das suas competências.

Requisitos

  • Nível Médio em Mecânica Geral ou áreas afins;
  • Conhecimentos sólidos de Mecânica Geral ou Serralharia;
  • Conhecimento de Mecânica Auto;
  • Conhecimentos de interpretação de esquemas, desenhos, construção mecânica e operação de máquinas;
  • Capacidade de utilizar as ferramentas mecânicas e especiais;
  • Idade não superior a 35 anos;
  • Capacidade de análise, iniciativa e criatividade orientadas para a resolução de problemas;
  • Capacidade de trabalhar em equipa e sob pressão;
  • Possuir residência em Temane ou assumir a responsabilidade de criar condições de habitação por meios próprios;
  • Disponibilidade imediata.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificado de Habilitações Literárias.

Sobre a Empresa

A Electricidade de Moçambique (EDM) é uma empresa de produção, transporte, distribuição e comercialização de energia eléctrica de Moçambique. Esta empresa criada em 1977, é detentora de cinco centrais hidroeléctricas e seis centrais termoeléctricas. No ano de 2010 a EDM foi classificada como uma das dez empresas de Moçambique com mais empregados.

Comentários desligados

Vaga para Gestor Financeiro (Sasol)

Colocado por | Agosto 21, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 29/08/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor Financeiro. (Ref. Gestor Financeiro)

Objectivo

  • Ser responsável por coordenar a contabilidade financeira das licenças de “joint venture” de produção de hidrocarbonetos em Moçambique.

Responsabilidades

  • Assegurar o cumprimento dos procedimentos contabilísticos e fiscais termos do contrato de licença e contrato de operações conjunta com parceiros;
  • Garantir uma contabilidade financeiro precisa e completa das actividades de licenciamento de joint venture, e de contabilização entre os grupos de acções;
  • Analisar e elaborar relatórios para os parceiros de Operações, Comitê de Gestão e do governo para garantir o acompanhamento das acções;
  • Gerir o ciclo de preparação orçamental anual e periódico, previsão corporativa da entidade de produção em Moçambique, incluindo a preparação do orçamento do licenciamento e programa de trabalho e as actualizações de previsão de licença;
  • Garantir encerramento do mês e fazer o carregamento para o sistema de informação corporativa (HFM);
  • Entradas de revisão para várias apresentações externas (EITI, Banco Central, etc);
  • Responsável por assegurar a elaboração e controle de qualidade oportuna e precisa de toda governança financeira por forma a ser apresentado nas reuniões do Conselho e de outros órgãos de governo pertencentes à entidade produção Moçambique.

Requisitos

  • Licenciatura em Contabilidade com sete (7) anos de experiência de trabalho, ou;
  • Licenciatura numa área Comercial ou de Negócios, com cinco (5) anos de experiência de trabalho;
  • Chartered Accountant (SAICA ou equivalente) com dois (2) anos de experiência em gestão (vantagem);
  • Experiência na área de Contabilidade no sector de Óleos e Gás;
  • Conhecimento do regime fiscal e comercial em Moçambique, de acordo com a Lei dos Petróleos;
  • Fluente em Português, e bom conhecimento de Inglês;
  • Quatro (4) anos em reporte financeiro, com dois (2) ou mais anos nas áreas de: Indústria de Petróleo & Gás, Contabilidade de Joint venture incorporadas ou não incorporadas, Projecto de elevado capital e Indústria Petroquímica.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vaga para Contabilista (Sasol)

Colocado por | Agosto 21, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 29/08/2014

Local: Temane – Inhambane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Contabilista. (Ref. Contabilista)

Objectivo

  • Efectuar o lançamento e pagamento das facturas de fornecedores no escritório de Maputo.

Responsabilidades

  • Processar facturas de fornecedores no sistema SAP;
  • Inserir solicitação de pagamento no sistema SAP;
  • Preparar processos e propostas de pagamentos a fornecedores;
  • Garantir que os pagamentos são efectuados dentro do prazo;
  • Verificar os processos de pagamento garantindo que a ordem de compra e a factura estejam de acordo;
  • Efectuar o arquivo físico de acordo com as normas da Sasol;
  • Efectuar a reconciliação de contas dos fornecedores;
  • Investigar e resolver qualquer questão inerente a falta de pagamento dos fornecedores;
  • Gerir a conta de credores;
  • Garantir que as políticas fiscais sejam cumpridas.

Requisitos

  • Instituto Comercial ou 12ª Classe com um curso de Contabilidade;
  • Conhecimento de gestão de risco operacional e metodologias de controlo interno;
  • Conhecimento de procedimentos de Controle Financeiro;
  • Procedimentos de Controle Interno;
  • As políticas, procedimentos e instruções de trabalho;
  • Conhecimento de gestão de risco operacional e metodologias de controlo interno;
  • Procedimentos de Controle Financeiro;
  • Microsoft Office e SAP.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.
Comentários desligados

Vagas para Técnicos de Segurança no Trabalho

Colocado por | Agosto 4, 2014 |

Tecnica de seguranca

Email: candidaturas2014@gmail.com

Validade: 07/08/2014

Locais: Maputo e Inhambane

Empresa Internacional a operar em Moçambique no ramo de infra e estruturas eléctricas, pretende recrutar, dois (2) Técnicos de Segurança no Trabalho.

Requisitos

  • Nível Médio;
  • Experiência como Técnico de Segurança no trabalho em projectos internacionais (vantagem em projectos de Redes de Transmissão);
  • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
  • Conhecimentos de Inglês;
  • Carta de Condução;
  • Disponibilidade de residir nos locais dos projectos – províncias de Maputo e Inhambane.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desligados

Vagas para Assistentes ao Gestor de Construção Civil

Colocado por | Agosto 4, 2014 |

Tecnico de Construcao Civil

Email: candidaturas2014@gmail.com

Validade: 07/08/2014

Locais: Maputo e Inhambane

Empresa Internacional a operar em Moçambique no ramo de infra e estruturas eléctricas, pretende recrutar, dois (2) Assistentes ao Gestor de Construção Civil.

Requisitos

  • Nível Médio de Construção Civil, Electrotecnia ou Mecânica;
  • Experiência em projectos internacionais em tarefas de planeamento e produção de relatórios;
  • Conhecimentos de informática Autocad será uma vantagem;
  • Conhecimentos de Inglês;
  • Carta de Condução;
  • Disponibilidade de residir nos locais dos projectos – províncias de Maputo e Inhambane.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desligados

Vaga para Gestor Provincial de PTV (CCS)

Colocado por | Julho 22, 2014 |

CCS

Entidade: Rua Damião de Góis, 371, Bairro da Sommerchild

Caixa Postal, 41572 – Maputo

Email: recursoshumanos@ccsaude.org.mz

Validade: 28/07/2014

Local: Inhambane

O Centro de Colaboração em Saúde (CCS), pretende recrutar, um (1) Gestor Provincial de PTV.

Tarefas

  • O Gestor dos Programas de SMI/PTV é responsável pela supervisão dos Programas de SMI/PTV na província;
  • Apoiar a DPS, em particular o programa de SMI/PTV, na planificação, monitoria e avaliação do programa;
  • Planificação e desenvolvimento de estratégias, assistência técnica, formação técnica para o pessoal técnico do CCS e apoio à implementação dos programas provinciais;
  • Coordenação a implementação de actividades para a expansão do diagnóstico precose do HIV em crianças e seguimento das crianças expostas;
  • Oferecer apoio técnico as equipas provinciais, distritais e unidades sanitárias para fortalecimento das capacidades de gestão de programa de SMI/PTV;
  • Liderar com o pessoal relevante a elaboração de relatórios técnicos mensais, trimestrais e semestrais (tanto para as instituições do Governo, bem como para os doadores e outros parceiros), bem como artigos de documentação, as lições aprendidas, estudos de caso e outros materiais necessários para a organização e para os procedimentos administrativos e logísticos ligados às actividades provinciais (formações, supervisões, reuniões e outras) na sua área programática;
  • Realizar vistas de supervisões às US  e distritos apoiados para monitorar a implementação das normas de SMI/PTV e participar nas avaliações de qualidade de desempenho das US;
  • Funcionar como ponto de ligação com o Médico Chefe provincial ou municipal para discussão de assuntos relativos à respectiva área.

Requisitos

  • É exigido o grau de Licenciatura em Medicina ou Pós-Graduação em áreas afins;
  • Mestrado em Saúde Pública ou áreas afins constitui uma vantagem;
  • Extensiva experiência clínica em Cuidado e Tratamento de HIV, Infecção de TB/HIV e Transmissão Sexual, Nutrição, Farmácia, Prevenção Biomédica e Controle de Infecções;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência no desenvolvimento, gestão, implementação, acompanhamento e avaliação de programas, de preferência na área de SMI, HIV/SIDA, PTV, Pediatria;
  • Possuir experiência em gestão de saúde pública e na gestão de programas de HIV/SIDA constitui vantagem;
  • Capacidade de trabalhar em equipa e manter um bom relacionamento com os funcionários do projecto, os doadores, subcontratados e outros parceiros;
  • Conhecimentos de informática em Microsoft Office Suite: Excel, Word, PowerPoint, Outlook, etc;
  • Disponibilidade para viajar pelos distritos.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.
Comentários desligados

Vaga para Gestor Provincial de TB/HIV (CCS)

Colocado por | Julho 22, 2014 |

CCS

Entidade: Rua Damião de Góis, 371, Bairro da Sommerchild

Caixa Postal, 41572 – Maputo

Email: recursoshumanos@ccsaude.org.mz

Validade: 28/07/2014

Local: Inhambane

O Centro de Colaboração em Saúde (CCS), pretende recrutar, um (1) Gestor Provincial de TB/HIV.

Tarefas

  • Estabelecer com a sua contraparte a nível provincial, distrital e das US apoiadas um plano de actividades colaborativas TB/HIV;
  • Apoiar na implementação das actividades colaborativas TB/HIV de acordo com as normas nacionais e com visitas regulares nos sítios apoiados;
  • Realizar todos os procedimentos administrativos e logísticos ligados as actividades provinciais (formações, supervisões, reuniões e outras) na sua área programática;
  • Organizar e apoiar na formação do pessoal a nível distrital da US e do CCS em materiais de TB/HIV;
  • Participar em coordenação com os colegas da área de envolvimento comunitário na coordenação, formação e implementação de actividades de âmbito comunitário como o DOT comunitário;
  • Fortalecer a ligação entre os serviços entre os serviços TB e HIV/SIDA e também ATS, PTV, Pediatria, Maternidade, Laboratório e outros segundo as necessidades;
  • Em coordenação com M&E, participar na realização de avaliações básicas dos programas e de qualidade de dados;
  • Colaborar com os parceiros e as Direcções de Saúde e participar nas eventuais reuniões de planificação e avaliação das actividades TB/HIV.

Requisitos

  • Grau de Bacharel em Ciências Computacionais ou Informática;
  • Domínio do Microsoft Win2K3 Server e Linux;
  • Capacidade de configurar e optimizar plataformas Windows XP e Windows 7 e 8;
  • Experiência na configuração de Switch, Firewall e Gateway;
  • Experiência no desenho de base de dados incluindo o desenho de formulário, questões e relatórios em MS Access;
  • Vantagem será dada aos candidatos com Certificação Microsoft e que sejam fluentes em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.
CCS

Entidade: Rua Damião de Góis, 371, Bairro da Sommerchild

Caixa Postal, 41572 – Maputo

Email: recursoshumanos@ccsaude.org.mz

Validade: 28/07/2014

Local: Inhambane

O Centro de Colaboração em Saúde (CCS), pretende recrutar, um (1) Gestor Provincial de Cuidados e Tratamentos Adulto e Pediátrico.

Tarefas

A nível da Direcção Provincial de Saúde da Cidade ou Municipal

  • Coordenar e apoiar na implementação com as autoridades provinciais, da cidade ou municipal de saúde todas as actividades na área de cuidados e tratamento adulto, pediátrico e CACUM;
  • Apoiar na planificação e participar nos comités de Gestão provincial assim como em outros em eventos relacionados;
  • Realizar todos os procedimentos administrativos e logísticos ligados as actividades provinciais (formações, supervisões, reuniões e outras) na área programática;
  • Funcionar como o ponto de ligação com o Médico Chefe provincial ou municipal para discussão de assuntos relativos à respectiva área.

A nível da US

  • Apoio directo: Realizar consultas médicas de adultos e crianças (cada clínico, deve realizar consultas à pacientes Pré TARV e TARV duas vezes por semana, sendo que a selecção das US será feita de acordo com o desempenho dos indicadores prioritários);
  • Implementar Tutoria clínica usando os instrumentos recomendados;
  • Fornecer capacitação técnica ao staff do CCS e das DPS para melhoria dos serviços de cuidados e tratamento (adulto e pediátrico) de HIV em todas as suas componentes.

Actividades Internas do CCS

  • Assegurar o cumprimento do plano de actividades da área de cuidados e tratamento (supervisões, formações, encontros) de nível provincial;
  • Participar na coordenação e implementação de actividades ligadas a áreas afins (laboratório, APSS, farmácia, etc) à nível das províncias;
  • Executar todas as outras tarefas que lhe forem incumbidas.

Requisitos

  • É exigido o grau de Licenciatura em Medicina;
  • Extensiva experiência clínica em Cuidado e Tratamento de HIV, infecção de TB/HIV e Transmissão Sexual, Nutrição, Farmácia, Prevenção Biomédica e Controle de Infecções;
  • 3-5 anos de experiência em programas de saúde pública, principalmente os relacionados ao HIV/SIDA;
  • Conhecimento profundo sobre o Serviço Nacional de Saúde;
  • Disponibilidade para viajar pelas provinciais e distritos por mais de 10 anos;
  • Possuir Mestrado em Saúde Pública ou áreas afins constitui uma vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.
Comentários desligados

Vagas para Agrónomos Juniores (IFDC)

Colocado por | Julho 15, 2014 |

IFDC

Email: ifdcmozambique@ifdc.org

Validade: 25/07/2014

Local: Nampula e Inhmbane

A International Fertilizer Development Center (IFDC), pretende recrutar, dois (2) Agrónomos Juniores.

Responsabilidades

  • Os Agrónomos Juniores irão reportar ao Agrónomo Principal.

Requisitos

  • Licenciatura em Agronomia, Agricultura Tropical ou áreas afins;
  • Pelo menos 2-3 anos de experiência;
  • Experiência em parcerias público-privada;
  • Capacidade de comunicação em línguas Português e Inglês.

Exigências

  • Carta de Apresentação (em Inglês);
  • Curriculum Vitae (em Inglês).

Nota: A Carta de Apresentação deve resumir as suas qualificações do candidato bem como a motivação para a candidatura, e o historial das remunerações nos últimos três anos anteriores.

Sobre a Empresa

A International Fertilizer Development Center (IFDC) é uma organização sem fins lucrativos publica internacional que tem como enfoque no aumento e manutenção da segurança alimentar e a produtividade agrícola nos países em desenvolvimento. O IFDC tem a sua sede no Alabama, EUA, com dois escritórios de coordenação regional em África. Uma dessas a Divisão da África Austral e Oriental, coordenadas a partir de Nairobi, no Quénia, está implementando vários projectos em Moçambique.

Comentários desligados

Vaga para Agrónomo Principal (IFDC)

Colocado por | Julho 15, 2014 |

IFDC

Email: ifdcmozambique@ifdc.org

Validade: 25/07/2014

Local: Nampula ou Inhmbane

A International Fertilizer Development Center (IFDC), pretende recrutar, um (1) Agrónomo Principal.

Responsabilidades

  • O Agrónomo Principal vai planificar, apoiar e supervisionar a equipa de agrónomos de campo na implementação dos aspectos agrónomos do projecto;
  • Gerir a cadeia de abastecimento de raízes de mandioca e para os agricultores, para os compradores privados, bem como material melhorado de plantio/sementes dos fornecedores/empresas de produção de sementes para os agricultores;
  • Coordenar as actividades agronómicas com a equipa da “DADTCO”;
  • O Agrónomo Principal será apoiado pelos agrónomos juniores e pelos extensionistas;
  • O Agrónomo Principal deverá reportar ao Líder da Equipa de Mandioca.

Requisitos

  • Nível de Mestrado de preferência;
  • Pelo menos 5-10 anos de experiência;
  • Experiência em parcerias público-privada;
  • Capacidade de comunicação em línguas Português e Inglês.

Exigências

  • Carta de Apresentação (em Inglês);
  • Curriculum Vitae (em Inglês).

Nota: A Carta de Apresentação deve resumir as suas qualificações do candidato bem como a motivação para a candidatura, e o historial das remunerações nos últimos três anos anteriores.

Sobre a Empresa

A International Fertilizer Development Center (IFDC) é uma organização sem fins lucrativos publica internacional que tem como enfoque no aumento e manutenção da segurança alimentar e a produtividade agrícola nos países em desenvolvimento. O IFDC tem a sua sede no Alabama, EUA, com dois escritórios de coordenação regional em África. Uma dessas a Divisão da África Austral e Oriental, coordenadas a partir de Nairobi, no Quénia, está implementando vários projectos em Moçambique.

Comentários desligados

Vagas para Accounts Developers (CDM)

Colocado por | Julho 14, 2014 |

Cerveja

Endereço: Av. Samora Machel, 222 – Xai-Xai

Estrada Nacional, 01, Maxixe Sogere/Rumbana – Inhambane

Email: tereza.moutinho@mz.sabmiller.com

Validade: 15/07/2014

Local: Gaza e Inhambane

A Empresa Cervejas de Moçambique (CDM) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, Accounts Developers. (Ref. REPJUNIOR)

Propósito

  • Na senda da excelência, estamos a construir uma empresa de profissionais talentosos;
  • Pessoas jovens e apaixonadas  pela actividade comercial, que gostam de vencer e tem vontade de aprender e cujo maior desafio é surpreender e conquistar os clientes, fazendo a diferença;
  • O Account Developer irá desenvolver e manter relações comerciais com os nossos clientes em mercados e canais chave;
  • Ser responsável por conhecer e explorar o mercado e liderar a gestão correcta dos seus clientes, assegurando penetração das marcas, vendas e visibilidade dos nossos produtos no seu território.

Responsabilidades

  • Levantamento de Stocks;
  • Revisão e comunicação de plano diário de vendas;
  • Gestão de Carteira de Clientes;
  • Promoção das marcas CDM;
  • Visita a clientes e recolha de encomendas;
  • Identificação de novos clientes;
  • Execução de promoções;
  • Gestão de activos;
  • Reportar a actividade;
  • Satisfação dos clientes.

Requisitos

  • Nível médio completo;
  • A frequentar nível superior preferencial;
  • Gosto pelo contacto com clientes;
  • Capacidade de análise e interpretação de dados;
  • Eficiência na resolução de problemas;
  • Enérgico team player com fortes competências sociais;
  • Capacidade e vontade de aprender;
  • Estar disposto a trabalhar aos sábados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A Cervejas de Moçambique (CDM) é uma empresa construída sobre um legado de tradição cervejeira com mais de 100 anos. Cumpre uma tradição de produzir cerveja da mais alta qualidade, compromisso que ainda hoje é uma prioridade. A nossa visão é sermos a empresa mais admirada de Moçambique e nossa missão é produzir e alimentar marcas locais e internacionais que sejam as mais preferidas pelos consumidores. Na senda da excelência, estamos a construir uma equipa de profissionais talentosos. Pessoas apaixonadas pelo negocio, que gostam de vencer e tenham vontade de aprender e cujo maior desafio é surpreender e conquistar os clientes, fazendo a diferença.

Comentários desligados

Vaga para Consultor (IRD)

Colocado por | Julho 14, 2014 |

IRD

Endereço: Travessa da Azurara, 11, Bairro da Sommerschield Caixa Postal, 903 – Maputo

Tel: 21 487036

Fax: 21 487037

Email: irdmzhr@gmail.com

Validade: 14/07/2014

Local: Massinga e Mopeia

A International Relief and Development (IRD), pretende recrutar, um (1) Consultor, para avaliação final  do projecto em Inhambane e Zambézia.

Duração e Tipo de Consultoria

  • O Consultor será oferecido um contrato fixo por cerca de oito (8) semanas;
  • A consultoria está prevista para começar em Agosto de 2014;
  • As áreas de programas estão nas províncias de Inhambane e Zambézia e os programas são baseadas em Massinga e Mopeia;.

Tarefas

  • O Consultor deverá realizar as tarefas descritas abaixo, sob a orientação global do Director Nacional da IRD Moçambique;
  • O Consultor apresentará os resultados iniciais para a equipe, no final da finalização do relatório de avaliação dos projectos.

Requisitos

  • Nível Universitário de Pós-graduação (Mestrado ou acima) na área de Educação ou áreas relevantes;
  • Conhecimentos demonstrados da teoria avaliação actual e prática;
  • A capacidade de se comunicar em Inglês e Português, a língua local e uma boa  compreensão de Moçambique;
  • Vários anos de experiência na avaliação de projectos de desenvolvimento, de preferência naqueles que estão relacionados com o domínio da agricultura, segurança alimentar, água, saneamento e higiene. O Consultor  apresentará amostras de avaliações/pesquisas anteriores realizadas pelo consultor;
  • Competência e experiência adequada na utilização de métodos qualitativos na colecta e análise de dados, incluindo: amostragem, desagregação de dados, entrevistas estruturadas e semiestruturadas, grupos focais, observação e triangulação de métodos de investigação;
  • Capacidade de interpretar e analisar os dados qualitativos e quantitativos complexos, e apresentar conclusões e recomendações de uma forma clara e concisa;
  • Excelente capacidade de comunicação interpessoais, incluindo experiência de facilitação e apresentação;
  • Experiência com trabalho com as agências doadoras, organizações não-governamentais e ministérios do Governo é essencial, ou seja, da USAID, agências da ONU, ONGs internacionais.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A International Refief & Development (IRD) é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos para a implementação de programas nas áreas de água, saneamento e higiene (HIV/AIDS), e empreendedorismo das mulheres.

Assistente Administrativo

Email: vagasemprego9@gmail.com

Validade: 11/07/2014

Local: Inhambane

Uma instituição sediada em Maputo, vocacionada no fomento habitacional, pretende contratar, um (1) Assistente Administrativo.

Requisitos

  • Habilitações literárias mínimas de nível Médio em Contabilidade ou equivalente;
  • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador (Word, Excel), incluindo conhecimentos de Internet;
  • Domínio da língua Portuguesa falada e escrita;
  • Conhecimento da legislação aplicável nas áreas de Contabilidade (legislação fiscal, IRPS, IRPC e IVA);
  • Conhecimentos na área de Administração e Recursos Humanos;
  • Bons conhecimentos de Procurement;
  • Alto sentido de responsabilidade e sigilo profissional;
  • Bons conhecimentos de arquivo de documentos;
  • Idade não superior a 35 anos;
  • Residência na cidade de Inhambane;
  • Boa capacidade de análise e crítica;
  • Alto sentido de responsabilidade;
  • Capacidade de persistência;
  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Boa capacidade de comunicação.

Benefícios

  • Remuneração compatível com o cargo;
  • Ambiente de trabalho agradável;
  • Outras regalias em vigor na empresa.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desligados

Vaga para Chefe de Cozinha (Zavala Beach Lodge)

Colocado por | Junho 13, 2014 |

Zavala Beach Lodge

Tel: 24 217055

Cel: 84 3901633

Email: reservations@zalalabeach.com/info@zalalabeach.com

Validade: 27/06/2014

Local: Praia Zavala

O Zavala Beach Lodge com localização no sopinho – Praia de Zavala, um (1) Chefe de Cozinha.

Requisitos

  • Com experiência na cozinha nacional, regional e internacional;
  • Cinco (5) anos de experiência como cozinheiro principal;
  • Experiência na produção e service de a-la-carte, assim como buffet;
  • Excelentes conhecimentos da Gastronomia Universal;
  • Noções de food cost, gestão da cozinha, manuseamento de equipamentos e sua conservação;
  • Deve saber ler e escrever bem Português mínimo 10ª Classe;
  • Noções básicas de Inglês e Francês;
  • Boas técnicas de cozinha;
  • Vontade de trabalhar e aprender;
  • Pontualidade e disponibilidade total imediata.

Exigências

  • Curriculum Vitae.
Comentários desligados

Vaga para Assistente de Programas (IRD)

Colocado por | Junho 13, 2014 |

IRD

Endereço: Travessa da Azurara, 11, Bairro da Sommerschield

Caixa Postal, 903 – Maputo

Tel: 21 487036

Fax: 21 487037

Email: irdmzhr@gmail.com

Validade: 19/06/2014

Local: Massinga

A International Relief and Development (IRD), pretende recrutar, um (1) Assistente de Programas.

Responsabilidades

  • Recolher e compilar informação em formato de relatórios dos diversos sectores por projecto;
  • Elaborar relatórios conforme informações enviados pelos diversos sectores envolvidos nos vários Projectos (em Português e Inglês);
  • Rever e analisar relatórios dos períodos passados e elaborar os do período presente;
  • Elaborar tabelas estatísticas incluindo respectivos gráficos;
  • Obedecer o sistema de arquivo da IRD;
  • Capacidade de exercer outras funções adicionais atribuídas de tempo em tempo.

Requisitos

  • Nível Universitário de Licenciatura;
  • Domínio excelente da língua Inglesa (escrita e fala);
  • Possuir experiência em secretariado e na produção de relatórios periódicos;
  • Domínio avançado em informática na óptica do utilizador nos pacotes de Word, Excel, PowerPoint e outros pacotes Windows;
  • Disponibilidade para trabalhar em Massinga;
  • Disponibilidade para trabalhar sob pressão.

Vantagens

  • Residência em Massinga;
  • Experiência de três (3) anos de trabalho em ONGs com projectos de diversos financiadores incluindo a USAID.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A International Refief & Development (IRD) é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos para a implementação de programas nas áreas de água, saneamento e higiene (HIV/AIDS), e empreendedorismo das mulheres.

Comentários desligados

Vaga para Gestor Financeiro (Sasol)

Colocado por | Junho 13, 2014 |

Sasol

Email: temane.recruitment@sasol.com

Validade: 28/06/2014

Local: Temane

A Sasol pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor Financeiro.

Objectivo

  • Esta posição é responsável por fornecer e coordenar a contabilidade financeira geral das licenças de “joint venture” de produção em Moçambique.

Responsabilidades

  • Assegurar de forma rigorosa e eficiente, a contabilidade financeira das actividades das licenças de joint-venture;
  • Assegurar atempadamente, e com precisão as actividades do fecho financeiro mensal associados as joint ventures no sistema SAP. Isto inclui a revisão dos arquivos de fim do mês, a revisão da contabilidade, conciliações gerais e preparação e/ou revisão de relatórios de gestão;
  • Garantir o cumprimento dos acordos de exploração conjunta, no que concerne a relação de procedimentos contabilisticos sobre licenças de joint venture, como parceiro de facturação mensal conjunta de juros, gestão de caixa, concepção e distribuição de relatórios trimestrais aos Comitês de Gestão;
  • Criar as actividades de fecho do exercício financeiro anual e semestral, incluindo a preparação e a primeira revisão de informações para o reconhecimento de reservas (como ASR, LTFC e entradas ASM), os pacotes oficiais de consolidação de relatórios, informações SMOG 20F e demonstrações financeiras anuais para as entidades de produção em Moçambique;
  • Garantir a preparação atempada, rigorosa e controle de todas as informações financeiras e de governance da Gestão Financeira a ser apresentada nas reuniões do Conselho de Administração e demais órgãos sociais relativos às entidades de produção em Moçambique;
  • Gerir o ciclo de preparação orçamental anual e de previsão corporativa periódica das entidades de produção em Moçambique, incluindo a preparação do orçamento do licenciamento e programa de trabalho e as actualizações de previsão de licença;
  • Processar o cálculo dos impostos de acordo com a Legislação Tributária e práticas contabilísticas para as entidades de produção;
  • Providenciar assistência financeira quando necessário, sobre o estabelecimento de contratos comerciais no ponto de vista financeiro;
  • Gerir uma equipe de três pessoas, incluindo a gestão e desenvolvimento da equipe e garantir a qualidade do trabalho e uma melhoria contínua;
  • Responsável por criar e manter relações eficazes com a equipe financeira contra parte SPI, partes interessadas, incluindo os parceiros da joint-venture, gestores, auditores internos e externos, autoridades locais, bem como ao nível da sede do Grupo Sasol.

Requisitos

  • Licenciatura em Contabilidade com sete (7) anos de experiência de trabalho, ou;
    Licenciatura numa área Comercial ou de Negócios, com treze (13) anos de experiência de trabalho;
  • Chartered Accountant (SAICA ou equivalente) com quatro (4) anos de experiência em gestão (vantagem);
  • Experiência na área de Contabilidade no sector de Óleos e Gás;
  • Conhecimento do regime fiscal e comercial em Moçambique, de acordo com a Lei dos Petróleos;
  • Fluente em Português, e bom conhecimento de Inglês;
  • Com experiência de quatro (4) anos em reporte financeiro, com dois (2) ou mais  anos nas áreas de: Indústria de Petróleo & Gás, Contabilidade de joint venture incorporadas ou não incorporadas, Projecto de elevado capital e Indústria Petroquímica.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desligados

Vagas para Oficiais de Campo (Banco Mundial)

Colocado por | Junho 12, 2014 |

Banco Mundial

Endereço: Escritório do Banco Mundial na Av. Kenneth Kaunda – Maputo (Sra. Júlia Oberreiter)

Email: joberreiter@worldbank.org

Validade: 22/06/2014

Local: Maputo, Tete e Inhambane

O Banco Mundial PPIAF pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, quatro (4) Oficiais de Campo (Consultores).

Objectivo

  • O Banco Mundial no âmbito da sua Public Private Infrastructure Advisory Facility – PPIAF (Facilidade de Assistência Técnica para Infra Estrutura Pública-Privada), mantém um Trust Fund através desse é possível prestar assistência técnica, na base de uma consultoria, ao nível subnacional, em benefício de quatro municípios moçambicanos a serem seleccionados;
  • As autarquias seleccionadas fazem parte dos municípios beneficiários do Projecto Cidades e Mudanças Climáticas (PCMC) em curso, executado pelo Ministério da Administração Estatal com financiamento do Banco Mundial;
  • O objectivo da assistência técnica é fortalecer a capacidade institucional das autarquias seleccionadas de gerir os seus orçamentos, nomeadamente as suas receitas próprias e melhorar o controlo interno. Nisso, a ligação entre a dinâmica económica local, a geração de receitas municipais e os investimentos em infra-estruturas e serviços públicos é de particular importância;
  • O projecto de assistência técnica tem duração de 24 meses e será levado a cabo por uma equipa de cinco (5) Consultores especialistas, incluindo um especialista internacional de finanças locais.

Responsabilidades

  • Prestar Assistência técnica ao nível municipal;
  • Coordenar implementação dos planos estratégicos de acção ao nível municipal;
  • Prestar assistência técnica na criação e manutenção de base de dados nas autarquias;
  • Contribuir para a produção de relatórios periódicos;
  • Participação em Workshops.

Requisitos

  • Formação nível Médio, preferencialmente Licenciatura em Economia, Finanças Públicas, Contabilidade e Gestão Pública e Ciências Sociais;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência profissional na área de Contabilidade Pública e Gestão, de preferência ao nível de autarquias (e.g. nas receitas ou despesas);
  • Familiaridade com a legislação relevante e desenvolvimento municipal;
  • Fluente em Português, domínio de Excel e Word;
  • Experiência em trabalho em equipa será uma vantagem;
  • Motivação e capacidade de encarar novos desafios.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotografia;
  • Documentação das Habilidades Académicas;
  • Referências.
Comentários desligados

Vaga para Oficial de Dados (CCS) – Inhambane

Colocado por | Junho 5, 2014 |

CCS

Entidade: Rua Damião de Góis, nº371, Bairro da Sommerchild

Caixa Postal, 41572 – Maputo

Email: recursoshumanos@ccsaude.org.mz

Validade: 12/06/2014

Local: Inhambane

O Centro de Colaboração em Saúde (CCS), pretende recrutar, um (1) Oficial de Dados.

Tarefas

  • Organizar com as Unidades Sanitárias e os distritos sessões regulares de criação de conhecimento e relatórios sobre o funcionamento das Unidades Sanitárias;
  • Fornecer formação a nível das Unidades Sanitárias em relação a ferramentas de Monitoria e Avaliação, procedimentos de relatórios e actividades de garantia de qualidade de dados aprovados pelo Ministério da Saúde;
  • Apoiar na implementação das novas ferramentas de monitoria do paciente aprovadas pelo Ministério da Saúde;
  • Apoiar as Unidades Sanitárias e distritos a conduzir actividades de controle de qualidade segundo os guiões do Ministério da Saúde;
  • Fornecer apoio e supervisão ao pessoal responsável pela gestão e entrada de dados a nível das Unidades Sanitárias e do distrito;
  • Apoiar na elaboração do relatório de rotina exigido pelo Ministério da Saúde e pelo doador PEPFAR;
  • Manter e apoiar a base de dados de pacientes em cuidados e tratamento para HIV e em PTV;
  • Realizar qualquer outra actividade ligada ao cargo e às julgadas necessárias para o alcance dos objectivos e metas do CCS, que lhe forem incumbidas.

Requisitos

  • Possuir nível Superior em Informática, Estatística, Matemática ou outras ciências afins;
  • Possuir larga experiência na digitação e análise de dados em saúde;
  • Bons conhecimentos de informática, principalmente domínio dos pacotes básicos no ambiente Windows, principalmente o MS Excel, MS Acess e MS Word e PowerPoint;
  • Mínimo de dois (2) anos de experiência em gestão de base de dados, ter conhecimento de Sistemas de Informação de Saúde é uma vantagem adicional;
  • Ter uma postura responsável e séria;
  • Capaz de manter o sigilo necessário ao desempenho da actividade requerida;
  • Ser assíduo, pontual e dedicado ao seu trabalho;
  • Capacidade de trabalhar em equipe e sob pressão;
  • Boa apresentação e alto sentido de responsabilidade;
  • Facilidade de Comunicação e adaptação em ambientes diversos de trabalho.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.