Comentários desativados em Vaga para Oficial de Monitoria e Avaliação (WaterAid)

Vaga para Oficial de Monitoria e Avaliação (WaterAid)

Enviada por | janeiro 17, 2017 | Candidatura

Endereço: Rua de Sofala, nº 66, Bairro Muhaivire – Nampula

Email: [email protected]

Validade: 20/01/2017

Local: Nampula

A WaterAid pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação.

Responsabilidades

  • Monitorar e assegurar a colecta manual e electrónica de dados, utilizando verificações de qualidade de dados e a respectiva verificação de informação aos projectos da WaterAid;
  • Realizar mensalmente a colecta dos dados dos parceiros;
  • Apoio de rotina aos activistas dos parceiros de implementação dos projectos;
  • Melhorar a capacidade do pessoal de campo (colectores) no processo de recolha e agregação de dados;
  • Apoiar os oficiais de projectos na análise e preparação de informação para os relatórios periódicos;
  • Actualizar os dados no Sistema de gestão de informação dos projectos (PC).

Requisitos

  • Licenciatura na área de Estatística, Ciências Sociais ou áreas afins;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência na área de M&A em ONG’s;
  • Capacidades multilingues incluindo língua Portuguesa e Inglesa, fala e escrita (de preferência);
  • Capacidade de elaboração de relatórios qualitativos/ quantitativos;
  • Conhecimento da política de águas de Moçambique.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Manifestação de Interesse.

Nota: No assunto indicar “Oficial de Monitoria e Avaliação”

Sobre a Empresa

A WaterAid é uma ONG internacional dedicada exclusivamente à provisão de água doméstica segura, saneamento e educação para higiene às pessoas mais pobres do mundo.

Comentários desativados em Vaga para Gestor de Projecto (UNFPA)

Vaga para Gestor de Projecto (UNFPA)

Enviada por | janeiro 17, 2017 | Candidatura

Website: https://erecruit.partneragencies.org

Validade: 20/01/2017

Local: Nampula

Tipo de Contrato, nível : Service Contract – SB5

Duração: Doze meses com possibilidade de renovação dependendo da avaliação do desempenho e da disponibilidade de fundos

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor de Projecto – nº 7168.

Requisitos

  • Grau de Licenciatura ou Mestrado com dez (10) anos de experiência relevante em gestão, administração, ciências sociais e saúde pública, ou umas disciplinas relacionadas;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência na implementação de projectos de projecto similar;
  • Treinamento ou certificação em gestão de projectos;
  • Extensa experiência em trabalho com o Governo, agências bilaterais e multilaterais de desenvolvimento e organizações da sociedade civil;
  • Excelente capacidade de comunicação com capacidade de expressar ideias de forma clara, concisa e eficaz oralmente e por escrito, em Inglês e Português;
  • Experiência em trabalhos com o sistema das Nações Unidas será uma vantagem;
  • Competências informáticas (aplicações Office).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: As aplicações/ candidaturas devem ser submetidas através do website https://erecruit.partneragencies.org

Comentários desativados em Vaga para Oficial de Logística e Procurement (IITA)

Vaga para Oficial de Logística e Procurement (IITA)

Enviada por | janeiro 13, 2017 | Candidatura

Endereço: Av. FPLM, nº 2698, Mavalane – Maputo

Av. FPLM, via Corrane, Km8, Bairro da Muhala Expansão – Nampula

Email: [email protected]

Tel: 21 462 454/ 20 031 477

Validade: 25/01/2017

Local: Nampula

O Instituto Internacional de Agricultura Tropical (IITA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Logística e Procurement.

Responsabilidades

  • Prestar apoio logístico e administrativo observando as políticas de aprovisionamento e procurement em conformidade com os procedimentos operacionais padrão do IITA;
  • Apoiar na aquisição de bens e serviços para o Instituto, estabelecer sistemas de relato e arquivo de processos de compras de bens e equipamentos do IITA;
  • Auxiliar na organização de eventos do Instituto considerando os itinerários, transporte, alojamento e gestão dos participantes durante o evento;
  • Gestão de stock dos armazéns e inventário de equipamento;
  • Realizar quaisquer outras tarefas que lhe sejam incumbidas.

Requisitos

  • Nível Superior em áreas relevantes;
  • Experiência mínima de três (3) anos;
  • Domínio no processo de selecção  de melhores fornecedores de serviços;
  • Capacidade de desenvolver relações de trabalho eficazes com os parceiros, Governo e trabalhadores em todos os níveis organizacionais interpessoais e de gestão;
  • Domínio de informática na óptica do utilizador;
  • Fluência em Português e Inglês (fala e escrita);
  • Capacidade de trabalhar com mínima supervisão e sob pressão;
  • Ter habilidades de comunicação eficaz e capacidade de lidar com várias tarefas tudo com atenção aos detalhes;
  • Conhecimentos de procedimentos no ambiente de uma ONG é uma vantagem.

Benefícios

  • A oferta será por um período inicial de dois anos com possibilidade de renovação, dependendo do bom desempenho e disponibilidade de fundos. De ressalvar que que esta é uma posição para recrutamento do pessoal nacional e IITA oferece pacote de remuneração competitivo pago em moeda local.

Exigências

  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vaga para Motorista (IITA)

Vaga para Motorista (IITA)

Enviada por | janeiro 13, 2017 | Candidatura

Endereço: Av. FPLM, nº 2698, Mavalane – Maputo

Av. FPLM, via Corrane, Km8, Bairro da Muhala Expansão – Nampula

Email: [email protected]

Tel: 21 462 454/ 20 031 477

Validade: 25/01/2017

Local: Nampula

O Instituto Internacional de Agricultura Tropical (IITA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Motorista.

Responsabilidades

  • Conduzir as viaturas atribuídas para os lugares e etinerários que lhe forem indicados;
  • Levar os trabalhadores, colaboradores e visitantes do contratante de e para qualquer lugar que for indicado, mantendo uma atitude cortês;
  • Levar qualquer  expediente, material, equipamento ou qualquer expediente que lhe for entregue, sempre em coordenação com administração;
  • Registar quilometragem e controlar a manutenção das viaturas atribuídas;
  • Manter as viaturas em uso sempre limpas;
  • Reportar quaisquer incidentes ou avarias ocorridas no exercício das suas funções;
  • Apresentar recibos de todas as despesas feitas respeitantes a viatura a que for alocado;
  • Realizar outras tarefas de género não previstas neste instrumento ou diversas, para o aumento da produção e da produtividade da Instituição.

Requisitos

  • Nível Médio;
  • Domínio da área;
  • Possuir carta de condução ligeiros e pesados;
  • Experiência mínima de três (3) anos;
  • Fluência em Português e Inglês (falado);
  • Capacidade de trabalhar com mínima supervisão e sob pressão;
  • Disponibilidade para flexibilidade de horário;
  • Conhecimentos de procedimentos no ambiente de uma ONG é uma vantagem.

Benefícios

  • A oferta será por um período inicial de dois anos com possibilidade de renovação, dependendo do bom desempenho e disponibilidade de fundos. De ressalvar que que esta é uma posição para recrutamento do pessoal nacional e IITA oferece pacote de remuneração competitivo pago em moeda local.

Exigências

  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vaga para Superintendente de Planificação da Mina (Kenmare)

Vaga para Superintendente de Planificação da Mina (Kenmare)

Enviada por | janeiro 11, 2017 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 14/01/2016

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Superintendente de Planificação da Mina. (Ref Nº: KME 04.01.17)

Responsabilidades

  • Implementar acções de sensibilização e reforçar as práticas de trabalho seguro através de reuniões regulares de Saúde e Segurança Ocupacional, formação em segurança ocupacional no local de trabalho e modelar o comportamento de segurança relevante;
  • Garantir a conformidade com os procedimentos de Saúde Ocupacional, Segurança e Meio Ambiente da Kenmare, segundo o licenciamento ambiental, bem como os requisitos de implementação de práticas, normas e procedimentos de licenciameento;
  • Assegurar entendimento de estratégia, prioridades, metas e objectivos da Mina de Kenmare;
  • Desenvolver e integrar processos de planificação a longo prazo da mina e identificação de inconformidade, em concordância com o cumprimento de todos requisitos legais e estatutários (licenças de terra, EIA, concessões de mineração, etc);
  • Determinar necessidades e espectativas operacionais, assim como das partes interessadas concernentes aos requisitos de serviços de planificação;
  • Planificar requisitos de pesquisa e atribuir aos pesquisadores em conformidade com prioridades;
  • Estabelecer requisitos internos e externos de relatório de planificação a longo prazo e fazer fornecer relatórios adequadamente;
  • Analisar, desenvolver e testar iniciativas de melhorias contínuas de modo a orientar oportunidades de incremento de valores em torno de operações;
  • Orientar activamente o cumprimento de processos de planificação a longo prazo, procedimentos, normas e controlos;
  • Engajar-se activamente nas interacções com comunidade local e administrar pró-activamente as relações dos funcionários;
  • Compilar plano LOM e destacar as opções estratégicas disponíveis (opções de programação de reserva e dimensionamento de planta);
  • Preparar estimativa anual de recursos detidos pela empresa de acordo com código JORC e assegurar que os dados utilizadores para estimativas estimativas estejam disponíveis para fins de auditorias;
  • Determinar trajectórias de três (3) anos da mina optimizada, avaliar opções de qualidade e degrau e determinar planos necessários para optimizar a produtividade na MSP;
  • Determinar riscos de mineração a médio e longo prazos que podem impedir a optimização de durabilidade dos bens;
  • Actulizae previsões mensalidade, determinar e elaborar previsão de 3 meses acompanhada de fundamentação lógica e justificação de quaisquer reajustes;
  • Equilibrar, gerir e controlar recursos executados em concordância com restrições dos ciclos de planificação anual, especificações operacionais e planos de recurso organizacional;
  • Encorajar membros do grupo para estarem activamente engajados na procura e na implementação de soluções;
  • Harmonizar pró-activamente necessidades futuras de talentos, através de planificação efectiva e sucessiva e de iniciativas de criação de capacidades (isto é, programas de desenvolvimento, formação, orientação, treinamento, etc), aconselhar os trabalhadores sobre oportunidades de carreira e os requisitos para alcançar o crescimento individual;
  • Assegurar que os trabalhadores sejam administrados em conformidade com os planos de recursos humanos, políticas e procedimentos da Mina Kenmare (isto é, dispensas, remuneração, procedimentos disciplicar, etc);
  • Orçamentar, ponderando custos, riscos e possíveis retornos de gastos relacionados à força laboral, materiais, equipamento, infra-estrutura e tecnologia.

Requisitos

Conhecimentos e Experiência

  • Ser de nacionalidade moçambicana;
  • Formação: Nível Superior (Engenharia, área mineira ou outra similar);
  • Pelo menos sete (7) de experiência na Indústria Mineira, dos quais três (3) em funções de Planificação;
  • Fluência em Português e Inglês.

O candidato ideal deverá ter seguintes atributos

  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Planeamento e Organização;
  • Gestão de tempo e de estresse;
  • Alto nível de integridade;
  • Adaptabilidade.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vaga para Engenheiro de Planificação da Mina (Kenmare)

Vaga para Engenheiro de Planificação da Mina (Kenmare)

Enviada por | janeiro 11, 2017 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 13/01/2016

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Engenheiro de Planificação da Mina. (Ref Nº: KME 03.01.17)

Responsabilidades

  • Implementar acções de sensibilização e reforçar as práticas de trabalho seguro através de reuniões regulares de Saúde e Segurança Ocupacional, formação em segurança ocupacional no local de trabalho e modelar o comportamento de segurança relevante;
  • Garantir a conformidade com os procedimentos de Saúde Ocupacional, Segurança e Meio Ambiente da Kenmare, segundo o licenciamento ambiental, bem como os requisitos de implementação de práticas, normas e procedimentos de licenciamento;
  • Contribuir para desenvolvimento de uma estrutura de processos, práticas, procedimentos, normas e controlos de planificação interna, a  fim de assegurar a planificação efectiva dentro da Mina Kenmare;
  • Criar sistemas e processos de captação de dados e informação, de modo a garantir a acessibilidade e a disponibilidade de informação para as partes interessadas relevante de planificação da mina, operacionais e de produção;
  • Assegurar que os requisitos de serviços de planificação da mina sejam mapeados em relação às necessidades operacionais e de projectos para secções específicas conforme delegado pelo Superintendente;
  • Recomendar e testar iniciativas de melhorias contínuas, de modo a criar oportunidades de adição de valor incremental em torno das operações;
  • Efectuar desenhos da mina optimizados, com base nos recursos de geologia subjacentes, capacidade de equipamento de mineração e integridade geotécnica em concordância com critérios e parâmetros de planificação e factores de modificação;
  • Identificar oportunidades de optimização das vias da mina para incorporar nos planos e programas de mineração;
  • Efectuar desenhos necessários para quaisquer  estruturas geotécnicos especializadas, por exemplo gestão de rejeitos;
  • Assegurar que dados de auditoria estejam disponíveis em todas as etapas do processo de planificação e programação;
  • Estabelecer quaisquer requisitos específicos de design de mineração, isto é, fornecimento de água, condições do solo, etc;
  • Identificar constrangimentos e oportunidades de mineração e determinar as taxas de mineração máxima através de recurso geológico;
  • Desenvolver programações de produção mensais a partir de modelos geológicos;
  • Concluir avaliação de riscos no programa de produção e destacar possíveis riscos;
  • Monitorar e reportar progressos em relação aos planos/ programas, identificar variações e recomendar acções de mitigação para resolver as variâncias;
  • Desenvolver relatórios de desempenho de produção diária/ semanal para operações de mineração e produção;
  • Efectuar indução e providenciar na orientação profissional de novos membros da equipa no que diz respeito aos processos de planificação da mina, políticas, procedimentos e normas de desempenho;
  • Motivar, desenvolver e orientar pessoas no trabalho, identificando as melhores pessoas para o trabalho.

Requisitos

Conhecimentos e Experiência

  • Ser de nacionalidade moçambicana;
  • Formação: Nível Superior (Engenharia, área mineira ou outra similar);
  • Pelo menos cinco (5) de experiência na Indústria Mineira, dos quais dois (2) em funções de Planificação;
  • Fluência em Português e Inglês.

O candidato ideal deverá ter seguintes atributos

  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Planeamento e Organização;
  • Gestão de tempo e de estresse;
  • Alto nível de integridade;
  • Adaptabilidade.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vaga para Analista Financeiro e Administrativo (UNFPA)

Vaga para Analista Financeiro e Administrativo (UNFPA)

Enviada por | novembro 4, 2016 | Candidatura

Email: [email protected]

Validade: 07/11/2016

Local: Nampula

Tipo de Contrato: Service Contract, nível SB-4

Duração: Doze meses com possibilidade de renovação dependendo da avaliação do desempenho e da disponibilidade de fundos

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Analista Financeiro e Administrativo – nº 6428 – 2ª via.

Responsabilidades

Em coordenação com o pessoal-chave do UNFPA e do projecto, ele/ela irá:

  • Apoiar as equipas provinciais e distritais na elaboração do orçamento anual, incluindo planos de desembolsos e preenchimento de formulários específicos;
  • Apoiar planificação dos orçamentos anuais e planos de aquisições;
  • Garantir a qualidade e abrangência dos pedidos de desembolso para as agências da ONU;
  • Prestar assistência na obtenção de fundos e sistemas de contabilidade eficazes;
  • Assegurar a liquidação atempada dos adiantamentos;
  • Preparar os dados para relatórios financeiros;
  • Apoiar os escritórios na preparação de processos de contabilidade e prestar aconselhamento sobre seus procedimentos financeiros, com o foco na prestação de contas e transparência;
  • Apoiar o desenvolvimento da capacidade – formação em serviço em contabilidade/ gestão financeira dos fundos do projecto para o pessoal do projecto na província e a nível distrital;
  • Apoiar regularmente os parceiros de implementação na produção atempada de relatórios financeiros e de acordo com os prazos e regras acordadas;
  • Desempenhar qualquer outra actividade solicitada pelos gestores do programa.

Requisitos

  • Licenciatura em Administração de Empresas, e/ou Finanças ou áreas afins;
  • Cinco (5) anos de experiência comprovada na área de administração ou contabilidade de projectos;
  • Excelente capacidade de planificação, orçamentação e verificação de contas;
  • Excelente fluência em Português e domínio de Inglês;
  • Proficiência em aplicações de software de escritório actuais, incluindo domínio de Word e Excel.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.
Comentários desativados em Vagas para Contabilistas (Jhpiego)

Vagas para Contabilistas (Jhpiego)

Enviada por | novembro 4, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 07/11/2016

Local: Maputo, Nampula, Manica e Tete

Jhpiego pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, Contabilistas.

Responsabilidades

  • Analisa documentos financeiros (facturas, recibos, relatórios de despesas efectuadas e outros documentos);
  • Classifica os documentos contabilísticos segundo o plano de contas e projectos e lançamento dos mesmos nos Quickbooks numa base diária;
  • Assegura implementação e respeito dos procedimentos financeiros, políticas internas e regras de contabilidade da Jhpiego a nível provincial, garantindo o cumprimento dos requisitos dos financiados (DOD, USAID…) e actualização das políticas internas;
  • Responsável pelo envio atempado e com qualidade da contabilidade mensal provincial;
  • Treinar, apoiar e avaliar o pessoal no fecho de relatório de despesas;
  • Responsável pelo sistema de arquivo de informação contabilístico.

Requisitos

  • Formação Superior em Contabilidade, Gestão Financeira, ou áreas afins;
  • Mínimo de quatro (4) anos de experiência relevante em finanças ou contabilidade;
  • Conhecimento de regulamentos da USAID/DOD constitui vantagem;
  • Experiência prévia de trabalho numa organização sem fins lucrativos;
  • Experiência com lançamentos em Quickbooks constitui vantagem;
  • Conhecimentos dos Princípios de Contabilidade Geralmente Aceites, GAAP e Legislação Fiscal;
  • Domínio de reconciliação bancária;
  • Proficiência em Microsoft Office (Word e Excel) na óptica de utilizador;
  • Fluência verbal e escrita em Português e Inglês;
  • Carteira profissional;
  • Capacidade de identificação de necessidades e de planificação;
  • Habilidades de comunicação, coordenação e trabalho em equipa;
  • Capacidade para trabalhar com autonomia e responsabilidade;
  • Habilidade para realizar múltiplas tarefas e gerir efectivamente situação de pressão.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Referências.

Nota: Indicar o assunto “Contabilista – Cidade”.

Sobre a Empresa

Jhpiego é uma organização internacional de saúde sem fins lucrativos afiliada com a Universidade Johns Hopkins. Durante 40 anos e em mais de 155 países, Jhpiego tem trabalhado para evitar a morte desnecessária de mulheres e suas famílias. Jhpiego trabalha com especialistas em saúde, governos e líderes comunitários para prestar cuidados de saúde de elevada qualidade para o seu povo.

Comentários desativados em Vaga para Administrador Adjunto de Sistemas (Kenmare)

Vaga para Administrador Adjunto de Sistemas (Kenmare)

Enviada por | novembro 2, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 03/11/2016

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Administrador Adjunto de Sistemas (Ref Nº: KME 25/10/16).

Responsabilidades

Embora não se limitando a estas:

  • Garantir o cumprimento eficaz de Saúde e Segurança Ocupacionais e Sistemas de Gestão Ambiental, políticas, procedimentos, processos, padrões, normas de acordo com as directrizes da Kenmare, bem como dos requisitos legais e estatutários;
  • Auxiliar na resolução de problemas, como falhas de sistema, tempo de paragem de Internet, reinício após falhas de energia e recuperação de dados após falhas de computador;
  • Apoiar nas instalações de recuperação, aumentos, manutenção, actualizações dos sistemas;
  • Abrir contas de usuários, proporcionar o acesso do usuário (ou seja, Microsoft, SYSPRO e Intranet);
  • Instalar impressoras, drivers e configurações de sistemas;
  • Configurar os computadores e outros equipamentos, incluindo telemóveis;
  • Instalar anti-vírus e sistema de actualizações;
  • Ministrar formação no local de trabalho, nos postos do usuário final, realizar indução de sistemas;
  • Responder prontamente a pedidos de serviços;
  • Atender a pedidos ou consultas de usuário final em conformidade com as políticas de TI, procedimentos, mecanismo de governação no electrónica e padrões de qualidade de serviço;
  • Documentar todos os cenários, soluções e tecnologias implementadas no atendimento do usuário final;
  • Identificar problemas recorrentes, dar soluções e tecnologias implementadas no atendimento do usuário final;
  • Implementar iniciativas para reduzir os tempos de resposta, simplificar processos de trabalho e trabalhar em cooperação e em conjunto para a satisfação do usuário final;
  • Colaborar e trabalhar em estreita colaboração com os outros;
  • Supervisionar e identificar problemas na infra-estrutura de rede;
  • Garantir a comunicação de vários sítios remotos.

Requisitos

Conhecimentos e Experiência

  • Ser de nacionalidade moçambicana;
  • Qualificações: Diplomado em Informática;
  • Ter conhecimento de redes;
  • Qualificações Técnicas: Especialista em Tecnologias de Informação (Microsoft) é vantagem;
  • Um mínimo de dois (2) anos de experiência em experiência em sistemas informáticos;
  • Fluente em Português e bom conhecimento de Inglês.

O candidato ideal deverá ter seguintes atributos

  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Capacidade de gestão de tempo e de estresse;
  • Alto nível de Integridade e Adaptabilidade.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vaga para Director Financeiro e de Operações (Project HOPE)

Vaga para Director Financeiro e de Operações (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Director Financeiro e de Operações.

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Preparar relatórios financeiros;
  • Manter o controlo da tesouraria;
  • Preparar a folha de salários;
  • Fazer aquisições, pagamentos e gerir todas as operações financeiras do Escritório.

Requisitos

  • Licenciatura em Contabilidade ou Gestão de Negócios e/ou nível Médio de Contabilidade acrescido de doze (12) anos de experiência financeira ou qualificações semelhantes;Mestrado em Saúde Pública ou em área relacionada;
  • Mínimo de oito (8) anos de experiência em administração e gestão financeira de projectos de assistência internacional de grande escala;
  • Experiência demonstrada na área de supervisão;
  • Experiência e habilidades no desenvolvimento e gestão de orçamentos de grande escala;
  • Experiência extensiva no desenvolvimento e gestão de projectos financiados por doadores;
  • De preferência com nacionalidade moçambicana.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vaga para Assessor Técnico de Comunicação – Mudança de Comportamento (Project HOPE)

Vaga para Assessor Técnico de Comunicação – Mudança de Comportamento (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Assessor Técnico de Comunicação para a Mudança de Comportamento (BCC).

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Supervisionar os aspectos programáticos e técnicos relacionados ao BCC;
  • Coordenar com o projecto, MISAU e outros intervenientes para assegurar a prestação de assistência técnica sistemática e consistente a todos os níveis do MISAU e outros parceiros de implementação;
  • Coordenar esforços com outros intervenientes para assegurar que os recursos são usados eficientemente para minimizar a duplicação de esforços.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou em área relacionada;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência em gestão de projectos de BCC na área de saúde;
  • De preferência com nacionalidade moçambicana.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vaga para Assessor Técnico de Vigilância e Monitoria e Avaliação (Project HOPE)

Vaga para Assessor Técnico de Vigilância e Monitoria e Avaliação (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Assessor Técnico de Vigilância e Monitoria e Avaliação (SME).

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Providenciar supervisão programática e técnica de todos os aspectos relacionados a Vigilância e Monitoria e Avaliação;
  • Coordenar com o projecto, MISAU e outros intervenientes para assegurar a prestação de assistência técnica consistente e de qualidade a todos os níveis do MISAU e a outros parceiros de implementação do PMI;
  • Coordenar esforços com outros intervenientes para assegurar que os recursos do projecto são usados de forma eficiente e a duplicação de esforços é minimizada.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou área relacionada;
  • Mínimo de cinco (5) anos de experiência sénior em gestão de projectos de malária ou outros programas de saúde pública;
  • Experiência demonstrada em Vigilância e Monitoria e Avaliação;
  • De preferência com nacionalidade moçambicana.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vaga para Assessor Técnico Sénior de Serviços Clínicos (Project HOPE)

Vaga para Assessor Técnico Sénior de Serviços Clínicos (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Assessor Técnico Sénior de Serviços Clínicos (STA).

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Supervisionar todos os aspectos programáticos e técnicos relacionados a gestão de casos e actividades de malária na gravidez;
  • Coordenar com o projecto, MISAU e outros intervenientes com vista a assegurar a prestação de assistência técnica sistemática e consistente a todos os níveis do MISAU e outros parceiros de implementação do projecto;
  • Coordenar esforços com outros intervenientes para assegurar que os recursos alocados são usados de forma eficiente e a duplicação de esforços é minimizada.

Requisitos

  • Grau Clínico na área de Medicina ou Saúde Infantil;
  • Mínimo de cinco (5) anos de experiência sénior em gestão de projectos de malária ou outros programas de saúde pública;
  • Experiência demonstrada em gestão de casos de malária e/ou malária na gravidez;
  • Mínima de três (3) de experiência com programas nacionais de controlo de malária ou de saúde infantil em países em desenvolvimento ou em transição ao nível central e provincial.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vaga para Director Técnico (Project HOPE)

Vaga para Director Técnico (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Director do Técnico (TD).

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Supervisionar todos os aspectos técnicos e programáticos do projecto;
  • Coordenar as equipas baseadas nas províncias  e monitorar o progresso em relação as metas estabelecidas;
  • Avaliar as necessidades e lacunas no projecto e propor, em coordenação com a restante equipa do projecto, um plano para a sua superação,

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou área relacionada;
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência sénior na gestão de projectos de malária ou outros programas de saúde pública com cinco (5) anos de experiência em programas similares em países de desenvolvimento ou em transição, tanto a nível central ou provincial;
  • De preferência com nacionalidade moçambicana.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vaga para Director do Projecto (Project HOPE)

Vaga para Director do Projecto (Project HOPE)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 04/11/2016

Local: Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete

Project HOPE, pretende recrutar para o quadro de pessoal, um (1) Director do Projecto.

Introdução

  • O propósito do programa da USAID temporariamente denominado “Service Delivery and Support for Orphans and Vulnerable Children” (SDS-OVC-MZ) é de contribuir para o melhoramento da situação de saúde, nutricional e de bem-estar de Crianças Orfãs e Vulneráveis (COVs) vivendo em zonas consideradas prioritários pelo PEPFAR para o controle da epidemia de HIV/SIDA. O programa estará orientado para o fortalecimento da capacidade das famílias e das comunidades de proteger e cuidar das crianças, desta forma contribuindo para a redução do risco e do impacto do HIV/SIDA e outras condições de saúde de um dos grupos populacionais mais vulneráveis de Moçambique. O programa assumirá abordagens tendentes a: fortalecer a capacidade das famílias e das comunidades de apoiar as crianças e melhorar a sua resiliência, criar um ambiente favorável para o desenvolvimento físico, social e emocional, garantindo que as crianças estão saudáveis, educadas e preparadas para contribuir para o desenvolvimento de Moçambique.

Responsabilidades

  • Providenciar liderança técnica e supervisão ao projecto e garantir a implementação atempada das actividades e prestações de contas;
  • Estabelecer ligação com o Ministério da Saúde (MISAU) e outros intervenientes do projecto para assegurar a coordenação das actividades do projecto com as iniciativas implementadas por outros intervenientes.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou área relacionada;
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência em programas de saúde pública em países de desenvolvimento ou em transição e experiência extensiva na implementação de programas de malária ou outros programas na área de saúde;
  • Habilidades e experiência demonstrada na gestão de programas complexos e de grande magnitude;
  • Excelentes habilidades de comunicação em Inglês e Português, capacidade de liderança e habilidade para trabalhar de forma colaborativa em várias disciplinas técnicas;
  • De preferência com nacionalidade moçambicana.

Nota: Para mais informações e candidatura, visite: www.projecthope.org/about/careers

Exigências

  • Cartas de Motivação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Fundado em 1958, o Project HOPE (Health Opportunities for People Everywhere) dedica-se ao fornecimento de soluções duradouras para os problemas de saúde com a missão de ajudar as pessoas a se ajudarem.

Comentários desativados em Vagas para 2º Oficial da Marinha (Kenmare)

Vagas para 2º Oficial da Marinha (Kenmare)

Enviada por | outubro 26, 2016 | Candidatura

Email:[email protected]

Validade: 27/10/2016

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, dois (2) 2º Oficial da Marinha.

Responsabilidades

Embora não se limitando a estas:

  • Garantir o cumprimento eficaz de Saúde e Segurança Ocupacionais e Sistemas de Gestão Ambiental, políticas, procedimentos, processos, padrões, normas de acordo com as directrizes da Kenmare, bem como dos requisitos legais e estatutários;
  • Determinar a posição geográfica do navio, utilizando todos os meios disponíveis, tais como GPS, faixas de radar, observações visuais e sondas de profundidade;
  • Auxiliar conforme exigido pelo Imediato na realização da manutenção planeada ou reparações a todos os sistemas, equipamentos, máquinas, etc;
  • Supervisionar, liderar e transmitir conhecimento e formar o pessoal em matéria de trabalho;
  • Fornecer relatórios ao Mestre ou Imediato;
  • Auxiliar no Departamento de Marinha como 2º ou 3ºOficial nas tarefas do dia-a-dia;
  • Manusear a embarcação conforme a orientação do Capitão na doca, ancoragem e pilotagem e rederecionar nas proximidades e em condições de mar aberto;
  • Efectuar a navegação da embarcação com segurança para garantir a ausência de riscos no mar, como corais, cardumes periféricos, águas rasas, etc, usando ajudas à navegação, tais como luzes, faróis e bóias;
  • Apoiar no transporte de hóspedes, trabalhadores e equipa dentro e fora de barcos de socorro;
  • Interromper as operações ou agir em nome do superior hierárquico, sempre que condições de insegurança se verificarem, não-conformidades e/ou situações de conflitos, tendo obrigação de notificar, dependendo da actividade realizada, ao Imediato, Mestre, Capitão ou Engenheiro-Chefe imediatamente;
  • Participar na formação de segurança a bordo, reuniões e exercícios sob Direcção do Capitão, incluindo incêndio, abandonar o navio, excesso de carga, cheias e emergências médicas;
  • Manter familiaridade com todas as obrigações, deveres de acordo com o sistema de Gestão de Segurança, incluindo as actividades de Resposta e Emergência;
  • Calcular o horário diário do nascer do sol e do pôr-do-sol e marés e informações actualizadas;
  • Elaborar a panilha do plano de viagem para revisão e aprovação pelo Capitão;
  • Criar a lista de verificação de certificados de formação e de conclusão para todas as formações a bordo para os funcionários e enviar para Escritório;
  • Manter cópia de toda a formação externa e de bordo para cada empregado a bordo;
  • Substituir o superior hierárquico durante sua ausência e fazer o devido retorno de informação logo após o seu regresso.

Requisitos

Conhecimentos e Experiência

  • Ser de nacionalidade moçambicana;
  • Qualificações: Nível Superior;
  • Certificado de Oficial de Marinha;
  • Certificado de sobrevivência em embarcações;
  • Certificado de formação básica de combate a incêndios em embarcações;
  • Certificado de Primeiros Socorros no Mar;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência como Oficial da Marinha;
  • Fluente em Português e bom conhecimento de Inglês.

O candidato ideal deverá ter seguintes atributos

  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Capacidade de gestão de Tempo e de Stress
  • Alto nível de integridade e Adaptabilidade.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.
Comentários desativados em Vagas para Especialistas (CNFA)

Vagas para Especialistas (CNFA)

Enviada por | outubro 19, 2016 | Candidatura

Email: [email protected]

Validade: 28/10/2016

Local: Zambézia, Nampula, Manica e Tete

A CNFA pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, Especialistas, nas seguintes posições:

  • Director Adjunto de Projecto
  • Especialista em Ligações com o Mercado e Comércio
  • Especialista em Monitoria, Avaliação e Aprendizagem
  • Especialista em Serviços de Assessoria em Negócios e Inclusão Financeira
  • Especialista em Desenvolvimento de Cadeia de Valor
  • Especialista de Produção
  • Especialista em Equidade de Género e Empoderamento das Mulheres
  • Especialista em Engajamento de Juventude
  • Especialista em Nutrição
  • Especialista em Comunicação em Mudanças Sociais e Comportamentais
  • Gestor de Finanças e Operações
  • Gestor de Recursos Humanos
  • Contabilista
  • Especialistas em Procurement
  • Especialista em Comunicação do Programa

Background do Projecto

  • A CNFA, no âmbito da iniciativa Feed the Future da USAID, está actualmente a produra de candidatos qualificados para um projecto antecipado que visa contribuir para a materialização do objectivo de crescimento equitativo no sector da agricultura e melhoria do estado nutricional: oleaginosas (soja, gergelim e amendoim), leguminosas (feijão bóer, feijão vulgar, feijão nhemba), castanha de caju, banana e hortículas. O projecto vai aumentar a produtividade agrícola e expandir mercados e comércio agrícolas em 26 distritos de Zambézia, Nampula, Manica e Tete. Irá fornecer e facilitar serviços técnicos a fim de aumentar a competitividade das cadeias de valor seleccionados, e melhorar relações e ligações entre as cadeias de valor. Em última análise, o projecto visa melhorar as oportunidades de renda para pequenos produtores e aumentar a disponibilidade de alimentos nutritivos nas províncias-alvo

Requisitos

  • Cinco (5) ou mais anos de experiência em Agricultura e Agronegócio é necessário para o Director de Adjunto de Projecto e Especialistas das áreas Técnicas;
  • Para Especialista em Desenvolvimento de Cadeia de Valor e Especialistas Técnicos, dá-se preferência aos que tiverem experiência de trabalho com o sector privado;
  • É dada preferência aos que tenham experiência de trabalho em projectos financiados pela USAID;
  • É exigido o grau de Licenciatura em áreas relacionadas, mas o grau Mestrado é o preferido;
  • Experiência de trabalho em Moçambique é altamente preferida;
  • É exigido que tenha fluência em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Nota: “Mozambique FTF VC” e o título da posição devem aparecer na linha de assunto.

Comentários desativados em Vaga para Oficial de Finanças (Malaria Consortium)

Vaga para Oficial de Finanças (Malaria Consortium)

Enviada por | outubro 13, 2016 | Recrutamento

Cargo: Oficial de Finanças

Departamento: Finanças

Supervisionado por: Coordenador Provincial

Contexto Organizacional

A Malaria Consortium é uma Não- Governamental sem fins lucrativos, dedicada ao controlo da malária e outras doenças infecciosas no continente Africano e Sudoeste Asiático. A Malaria Consortium trabalha com o governo, comunidades, Organizações não-governamentais, instituições académicas e organizações nacionais e internacionais na garantia de provisão de serviços eficazes através de apoio técnico para a monitoria e avaliação de programas e actividades para planificação estratégica e tomada de decisão baseada em evidências. A nossa organização trabalha não só para a melhoria da saúde das pessoas mas também para a melhoria da capacidade dos sistemas nacionais de saúde, o que contribui para o alívio da pobreza e para a melhoria do crescimento económico.

Neste âmbito, a Malaria Consortium pretende recrutar para os seus quadros, um (1) Oficial de Finanças, baseado em Nampula e Niassa, com as seguintes responsabilidades:

Objectivo do cargo

  • O Oficial de Administração e Finanças terá como função principal, assegurar o bom funcionamento financeiro e administrativo do escritório provincial.

Responsabilidades

Na Área Financeira:

  • Organizar e manter o sistema financeiro a nível da província, conforme as politica da Malaria Consortium e as orientações do Gestor Nacional Financeiro ou representante designado;
  • Efectuar os desembolsos e as respectivas reconciliações para a realização de workshops, conferências e outras actividades de projectos de acordo com as normas estipuladas;
  • Assegurar a implementação e supervisão dos procedimentos financeiros em estreita coordenação com o Coordenador Provincial e o Gestor Nacional de  Finanças
  • Monitorar as despesas mensais e manter os arquivos e a base de dados financeira no formato requerido pelo escritório de Maputo;
  • Monitorar os custos de funcionamento do escritório e desenvolver estratégias sustentáveis de contenção;
  • Manter o controlo dos pagamentos efectuados através do fundo de maneio, assegurando-se que os limites estipulados sejam cumpridos
  • Assegurar a retenção na fonte do imposto sobre o rendimento, quando aplicável, e assegurar o encaminhamento do valor retido e de outros, dentro do prazo as entidades competentes;
  • Preparar, em colaboração com os Project Managers, as necessidades de fundos mensais para o funcionamento do escritório provincial e a implementação das actividades, segundo indicações do escritório de Maputo.
  • Trabalhar em estreita coordenação com o escritório central em assuntos relacionados com finanças e operações e aconselhar GNF quando surgirem questões financeiras e partilhar as áreas de preocupação, sugerindo soluções;
  • Apoiar o escritório central na supervisão da folha salarial competente ao escritório provincial, quando lhe forem requeridos;
  • Outras actividades solicitadas.

Relatório:

  • Reconciliação de Fundo de Manejo, regularização de facturas, conferência de caixa, compilação do mapa de Contas e envio atempado para Maputo, ate o segundo dia útil após final de mês acompanhado por a lista completa do fim do mes (Month End Checklist);
  • Enviar até ao 3º dia útil de cada mês o processo de contas mensal, incluindo todos os documentos de suporte aos escritórios de Maputo para verificação e consolidação;
  • Preparar atempadamente os relatórios financeiros das actividades realizadas.

Qualificações

Essencial:      

  • Bacharelato em Finanças;
  • Mínimo de dois anos de experiência em finanças.

Desejável:          

  • Conhecimento prático de software de contabilidade;
  • Experiência de trabalho em um departamento de finanças de uma ONG;
  • Experiência na preparação de Relatórios de doadores.

Experiência Profissional e Competências           

Essencial:        

  • Atenção a detalhes;
  • Boas aptidões de Excel;
  • Flexível e disposto a viajar no interior da província.

Desejável:

  • Boas Habilidades analíticas;
  • Conhecimentos de informática nível profissional em Microsoft Excel;
  • Nível Médio Inglês (leitura e escrita).
Comentários desativados em Vaga para Assessor de Nutrição (PATH)

Vaga para Assessor de Nutrição (PATH)

Enviada por | outubro 11, 2016 | Candidatura

Link: http://bit.ly/2dnggtJ

Validade: 24/10/2016

Local: Nampula

A PATH pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Assessor de Nutrição, para o Programa de Sobrevivência Materna e Infantil (MCSP).

Responsabilidades

Liderança Técnica

  • Fornecer liderança técnica, e desenvolver a capacidade das autoridades de supervisão de nutrição e oficiais das unidades sanitárias do distrito através de abordagens de treinamento comprovadas, incluindo a formação de grupo, a formação no local e coaching e mentoria;
  • Apoiar a formação local de trabalho, conforme necessário para os profissionais clínicos e pontos focais de nutrição à todos os níveis de cuidados primários de saúde para prestar serviços de nutricionais de qualidade;
  • Supervisionar os Supervisores de Nutrição MCSP e oficiais distritais das unidades sanitárias, trabalhando em Nampula e Sofala;
  • Supervisionar o controle de qualidade (acompanhamento conjunto e visitas de supervisão com ferramentas aprovadas do MCSP e do Ministério da Saúde, harmonizando os instrumentos e processos, feedback em tempo real) para as actividades comunitárias e das unidades sanitárias;
  • Assegurar fortes ligações de referência entre o componente da comunitária e a componente unidade sanitária (vice-versa) nas províncias de Nampula e Sofala;
  • Trabalhar com equipa de monitoria e avaliação (M&A) do programa para garantir que o programa alcance os objectivos de acordo com os indicadores identificados;
  • Coordenar com o UNICEF, Banco Mundial e outros doadores que apoiam a nutrição nas duas províncias;
  • Representar o MCSP nos comités provincial e distrital de coordenação de nutrição e grupos de trabalho de nutrição, quando forem organizados, e defender as melhores práticas na prevenção e tratamento de nutrição nas unidades sanitárias e nas comunidades.

Gestão

  • Contribuir para os planos mensais, relatórios trimestrais, planeamento de trabalho anual, e formação e mentoria/ no local de trabalho/ planos de controle de qualidade e outros relatórios exigidos conforme necessário;
  • Contribuir para reportar atempadamente e acertadamente as actividades do programa de nutrição e resultados;
  • Com o Assessor Sénior de Nutrição, supervisionar a concepção do programa, a execução, garantia de qualidade, ligações, e acompanhamento no plano de trabalho de ambas as componentes de nutrição de base comunitária e baseadas nas unidades sanitárias nas províncias;
  • Assegurar a administração financeira dos fundos da USAID através do cumprimento de requisitos financeiros e ajudar a criar uma cultura de cumprimento das normas;
  • Avaliar  o progresso do programa de nutrição contra os resultados numa base trimestral;
  • Garantir a implementação de qualidade do programa seguindo as directrizes do Ministério da Saúde e Orientações Estratégicas da USAID Moçambique;
  • Coordenar e colaborar com os outros membros das equipes técnicas e ONGs parceiras para desenvolver e implementar mecanismo viável e abordagens baseadas na comunidade;
  • Participar como um membro da Equipa de Gestão Provincial do MCSP, que se reunirá semanalmente, como líder técnico em nutrição, para fornecer uma visão estratégica para o esforço provincial;
  • Exercer outras tarefas que lhe forem atribuídas pelo supervisor que contribuam para o alcance dos objectivos do programa.

Requisitos

Qualificações Exigidas

  • Nutricionista com Licenciatura em ou Mestrado em Nutrição ou um Enfermeiro ou Médico com cursos especiais em pelo menos três temas de nutrição (por exemplo, reabilitação nutricional de crianças, desnutrição severa ou moderada, amamentação ou a totalidade alimentação infantil, incluindo alimentação complementar, a suplementação de micronutrientes);
  • Pelo menos cinco (5) anos de trabalho como nutricionista (a nível nacional ou provincial) ou em posições onde intervenções nutricionais eram frequentemente implementadas;
  • Boa compreensão de evidências científicas mais actualizadas sobre intervenções eficazes em nutrição;
  • Experiência de formação e treinamento de unidade sanitária e/ou trabalhadores da saúde a nível da comunidade;
  • Demonstrada capacidade de criar capacidade e colaboração entre os parceiros governamentais e não-governamentais e outros implementadores do projecto;
  • Familiaridade com intervenções e melhores práticas baseadas em evidências de saúde reprodutiva, materna, neonatal e infantil que serão o foco deste projecto;
  • Compromisso pessoal e profissional para a igualdade de género;
  • Capacidade comprovada de planear, analisar e garantir a monitoria de rotina dos planos de trabalho;
  • Poder viver e trabalhar na província de Nampula e viajar na província até 50% do tempo;
  • Experiência supervisão dos colaboradores;
  • Gestão da mudança forte, orientada para resultados e habilidades de tomada de decisão;
  • Excelente comunicação escrita e habilidades interpessoais/ habilidades de apresentação, incluindo a capacidade de trabalhar de forma eficaz com uma equipe diversificada da Sede e funcionários, parceiros e contrapartes baseadas no campo;
  • Moçambicanos fortemente encorajados a candidatarem-se.

Qualificações preferidas

  • Experiência de viver e trabalhar a nível provincial;
  • Experiência anterior de trabalho com o sistema de saúde pública de Moçambique;
  • Fluência na fala e escrita em Inglês;
  • Experiência anterior de trabalho com projectos financiados pela USAID.

Exigências

  • Carta de Candidatura
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

PATH é uma organização internacional sem fins lucrativos que transforma a saúde global através da inovação. Tomamos uma abordagem empresarial para desenvolvimento e fornecimento de alto impacto, soluções de baixo custo, desde vacinas que salvam vidas e dispositivos para programas de co

Comentários desativados em Vaga para Nutricionista (CIS)

Vaga para Nutricionista (CIS)

Enviada por | setembro 30, 2016 | Recrutamento

A CIS – Catering International & Services procura colaborador para vaga de Nutricionista.

Este profissional terá como principais funções

  • Elaborar Menus variados e equilibrados de acordo com as necessidades vitais e de acordo com os requerimentos do Cliente;
  • Aumentar a qualidade dos alimentos de acordo com o Cliente;
  • Acompanhar a preparação das Refeições, em todas as suas fases;
  • Aplicar a Legislação relativa aos Alimentos;
  • Realizar auditorias de segurança alimentar e nutricional
  • Aplicação de metodologias de segurança alimentar tendo como base os princípios HACCP;
  • Implementar medidas correctivas, através da análise de riscos, identificação de pontos críticos de controlo e aplicação sistemática de registos procedimentos de verificação aplicando-os a todas as fases, desde a produção até consumidor final;
  • Executar o controlo dos géneros alimentícios transformados, produzidos, importados ou embalados;
  • Prevenir a ocorrência de riscos que possam levar a intoxicações alimentares;
  • Informar, educar e treinar o Staff relativamente à importância dos alimentos, sua preparação e as consequências para a saúde humana;
  • Prevenir as doenças através da promoção de hábitos alimentares e culinários saudáveis e equilibrados;
  •  Avaliar e Reportar os resultados em formato e período estabelecido.

Local de Trabalho: Nacala-a-Velha (existe transporte de Nacala-Porto para Nacala-a-Velha)

Requisitos

  • Curso de nutricionista;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência em funções similares;
  • Fluência na língua Inglesa;
  • Facilidade de Comunicação;
  • Responsabilidade e Autonomia;
  • Disponibilidade Imediata.

Benefícios

  • Oferecemos salário compatível com a função.

 

Comentários desativados em Foreman/ Banksman (Heading)

Foreman/ Banksman (Heading)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

Heading Moz is searching for a Foreman/Banksman, for a major Oil and Gas Operator, to work in Nacala/Pemba to perform cargo handling at both quayside and pipeyard, as on a required basis.

Requirements

  • Minimum acceptable standard is a degree of competence equivalent to the OPITO Level 2 Approved Banksman and Slinger Training;
  • Candidates should have the ability to bank a crane, to carry out slinging of different types of loads and demonstrate the ability to work safely with cranes and lifting operations;
  • Minimum of 5 years experience in a similar position
Comentários desativados em Riggers/ Slingers (Heading)

Riggers/ Slingers (Heading)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

Heading Moz is searching Riggers/Slingers for a major Oil and Gas Operator to work in Nacala/Pemba.

Requirements

  • OPITO Level 2 (Approved Banksman and Slinger training);
  • 1 to 2 years of experience.

 

Comentários desativados em Drilling Storeman – Junior (Heading)

Drilling Storeman – Junior (Heading)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

Heading Moz is searching for a Junior Drilling Storeman for a major Oil and Gas Operator to work in Nacala/Pemba.

Requirements

  • 2 years in Drilling Warehouse.
Comentários desativados em Logistics HSE Supervisor (Heading)

Logistics HSE Supervisor (Heading)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

Heading Moz is serching for a Logistics HSE Supervisor for a major Oil and Gas Operator to work in Nacala or Pemba.

Requirements

  • HSE Certificate (Transporting and Riging/Lifting Operations);
  • At least 2 years of experience;
  • Oil and Gas experience will be an advantage.
Comentários desativados em Shipping and Port Coordinator (Heading)

Shipping and Port Coordinator (Heading)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

Heading Moz is searching for a Shipping and Port Coordinator for a major Oil and Gas Operator to work in Nacala or Pemba.

Requirements

  • At least 2 years of experience with Oil & Gas Operations.
Comentários desativados em Vaga para Assistente de Recursos Humanos (NETT Moçambique)

Vaga para Assistente de Recursos Humanos (NETT Moçambique)

Enviada por | setembro 20, 2016 | Recrutamento

A NETT Moçambique, Lda está a recrutar para empresa cliente que actua na indústria alimentar, com referência Nacional e Internacional, um (a) Assistente de Recursos Humanos, para Nacala.

Responsabilidades

  • Assegurar a recolha da documentação de suporte ao processo de legalização de trabalhadores estrangeiros e respectivo agregado familiar;
  • Assegurar o processo de validação dos referidos documentos: autenticação de documentos, traduções certificadas quando aplicável, reconhecimento de assinaturas/cópias;
  • Garantir a emissão das declarações de saída quando necessário;
  • Estabelecer contacto directo com as entidades governamentais (Ministério do Trabalho e Serviços de Migração) funcionando como interlocutor da empresa;
  • Garantir o controlo das validades das autorizações de trabalho e DIREs e assegurar a sua renovação mediante aprovação da Direcção;
  • Assegurar a emissão de cartas convites ou outros documentos de suporte à emissão de vistos destinados a trabalhadores, familiares destes e prestadores de serviços/ Fornecedores;
  • Manter o arquivo correspondente devidamente organizado de acordo com os procedimentos estipulados para o efeito;
  • Prestar apoio administrativo, ao departamento, de natureza variada e de acordo com as solicitações;
  • Assegurar o cumprimento dos procedimentos do Sistema Integrado de Gestão da sua responsabilidade.

Perfil Pretendido

  • Habilitações académicas ao nível do Ensino Técnico Médio [obrigatório];
  • Experiência profissional consolidada em áreas de suporte administrativo;
  • Fortes conhecimentos de procedimentos de legalização de trabalhadores estrangeiros;
  • Conhecimentos de informática na óptica de utilizador;
  • Conhecimentos de Primavera [recomendável];
  • Conhecimentos de inglês [recomendável];
  • Detentor de carta de condução válida;
  • Elevada capacidade de organização e planeamento;
  • Capacidade de resolução de problemas;
  • Boa capacidade de comunicação;
  • Proactividade.
Comentários desativados em Vaga para Gestor de Monitoria e Avaliação (Winrock)

Vaga para Gestor de Monitoria e Avaliação (Winrock)

Enviada por | setembro 8, 2016 | Candidatura

Website: http://www.winrock.org

Validade: 11/09/2016

Local: Nacala – Nampula

A Winrock International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor de Monitoria e Avaliação.

Funções

  • O Gestor de Monitoria e Avaliação será responsável pelo desenvolvimento de um robusto sistema de monitoria e avaliação com ferramentas qualitativas e quantitativas de medição que cumprem o requisito do Sistema de Monitoria do Feed the Future.

Requisitos

  • Mestrado que inclui o uso de métodos quantitativos de pesquisa;
  • Mínimo de dez (10) anos de experiência profissional progressiva em Monitoria, Avaliação e Transparência de Conhecimento;
  • Dá-se preferência a candidatos com experiência em/ou específica a Moçambique;
  • Experiências anteriores em projectos que trabalham com o Sistema de Monitoria do Feed the Future;
  • Fluência em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Nota: Os potenciais são convidados a acederem a página da Winrock em: www.winrock.org a fim de preencherem a ficha de candidatura online, referenciando o “Programa do Feed the Future sobre Agricultura Inteligente em Moçambique”.

Comentários desativados em Vaga para Gestor de Adaptação às Mudanças Climáticas (Winrock)

Vaga para Gestor de Adaptação às Mudanças Climáticas (Winrock)

Enviada por | setembro 8, 2016 | Candidatura

Website: http://www.winrock.org

Validade: 11/09/2016

Local: Nacala – Nampula

A Winrock International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor de Adaptação às Mudanças Climáticas.

Funções

  • O Gestor de Adaptação às Mudanças Climáticas será responsável pela direcção técnica da actividade FTF CSA-Nacala;
  • Ele/Ela vai conceber e implementar actividades para aumentar a resiliência às alterações climáticas dos pequenos agricultores, aumentando de forma sustentável a produtividade e a renda agrícola, conceber sistemas alimentares resilientes às alterações climáticas e reduzir as emissões de gases de efeito estufa;
  • Ele/Ela vai gerir uma equipe de especialistas em agricultura e mudanças climáticas.

Requisitos

  • Experiência mínima: Mestrado em área de estudo relevante tais como Gestão Ambiental, Agricultura, Ciências Físicas, as alterações climáticas, etc;
  • Mínimo de dez (10) anos de experiência como gestor técnico de projectos de agricultura de conservação e/ou agricultura inteligente financiada por doadores;
  • Dá-se preferência a candidatos com experiência em/ou específica a Moçambique;
  • Fluência em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Nota: Os potenciais são convidados a acederem a página da Winrock em: www.winrock.org a fim de preencherem a ficha de candidatura online, referenciando o “Programa do Feed the Future sobre Agricultura Inteligente em Moçambique”.