Advertisements

A TJ Consultants é uma empresa de Consultoria Estratégica de Recursos Humanos, na qual recruta actualmente um (1) Chefe Executivo para Tete em Moçambique (M/F).

Responsabilidades

O Chefe Executivo será responsável por:

  • Listar e programar compras;
  • acompanhar produção dos alimentos;
  • Criar cardápios semanais para mais de 2500 clientes de acordo com a dieta de cada;
  • Coordenação de cardápio e da equipa de apoio dos eventos corporativos;
  • Conduzir, supervisionar, treinar e orientar o pessoal da cozinha;
  • Garantir a gestão estratégica do seu sector;
  • Estoque de controle de materiais de rolamento e equipamentos de cozinha;
  • Verificar a quantidade de ingredientes, verificando os níveis de estoque daqueles que estão sujeitos à determinação para fornecer as substituições necessárias;
  • Planear, elaborar, actualizar e testar os menus;
  • Orientar, motivar e treinar equipes.

Requisitos

  • Experiência em gestão de equipes de catering;
  • Experiência em cozinhas profissionais de nível internacional;
  • Conhecimento sobre técnicas de higiene e manuseio de alimentos;
  • Conhecimentos de HACCP;
  • Nível de Licenciatura ou Bacharel na área Gestão;
  • Proficiência com computadores e programas de computador, incluindo Microsoft Word, Excel e Outlook;
  • Fluência Inglês.

Para candidatar-se envie o seu CV para: talentos@tjconsultants.org com assunto “Chefe Executivo”

 

Advertisements

Email: gmadeira@mz.ccsabco.com e meugenia@mz.ccsbco.com

Validade: 26/06/2017

Local: Macia – Gaza

A Coca-Cola Sabco Moçambique pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Supervisor de Vendas.

Subordina-se ao: Director Regional de Vendas de Gaza e Inhambane.

Principais Responsabilidades

  • Gestão diária, semanal e mensal de clientes e metas;
  • Gestão de canais de Distribuição, OCCD, bens e equipamentos da empresa;
  • Gerir e criar oportunidades no mercado;
  • Garantir a disponibilidade de produtos no mercado em tempo útil;
  • Gestão eficiente das metas segundo os objectivos;
  • Gerir a equipe de vendas e colaboradores dentro dos padrões de desempenho da empresa;
  • Comunicação e coordenação diárias das actividades inerentes ao processo de vendas.

Requisitos

  • Habilitações Literárias Mínimas: Bacharelato em Gestão, Marketing, Vendas, Relações Públicas, Economia ou área relevante;
  • Comunicativo, proactivo e multicultural;
  • Capacidade de negociação e conhecedor do mercado de referência;
  • Carta de condução e experiência mínima de dois (2) anos de condução;
  • Conhecimento do Microsoft Office como utilizador;
  • Gestão de tempo e capacidade de trabalhar sobre pressão.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Endereço: Fontes Pereira de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão 7, Malhangalene “A”, 2º Andar – Maputo

Email: eleuterio_fenita@wvi.org

Validade: 20/06/2017

Local: Maputo

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador Técnico de Protecção à Criança.

Contexto

  • O Coordenador Técnico de Protecção à Criança irá assegurar a contribuição da WV-Moç para promover um ambiente ‘amigo da criança’ e a melhoria do bem estar da criança, em conformidade com a Estratégia Nacional da organização;
  • O Coordenador Técnico de Protecção à Criança irá liderar e operacionalizar as actividades da organização naquela área, garantindo a observância dos padrões instituídos;
  • O incumbente será ainda responsável pela implementação da componente de responsabilização social, Cidadania, Voz e Acção (CVA) dos programas/projectos da WV-Moç através da qual pretende-se contribuir para o envolvimento activo das comunidades, com destaque para as mais vulneráveis, em processos destinados a melhorar a provisão de serviços sociais.

Principais Responsabilidades

  • Coordenar a integração da protecção à criança nas abordagens e programas técnicos da WV-Moç;
  • Conduzir avaliações, acções de formação em protecção à criança;
  • Assegurar a observância dos padrões e políticos de protecção à criança por que se deve pautar a WV-Moç;
  • Providenciar apoio técnico na área de protecção à criança aos projectos, incluindo orientação sobre ferramentas e informação;
  • Assegurar a integração da Protecção à Criança, a implementação dos padrões de Protecção à Criança e a priorização da criança vulnerável ao nível de toda a organização;
  • Liderar o processo de planificação. Implementação e pesquisa relativo à Protecção à Criança;
  • Identificar desafios ligados à Protecção à Criança nas áreas operacionais da WV-Moç e elaborar um plano tendo em vista responder aos mesmos em colaboração com as comunidades, o Governo e parceiros da sociedade civil;
  • Apoiar de forma activa a coordenação do Comité de Protecção à Criança da WV-Moç;
  • Sensibilizar os trabalhadores da WV-Moç e comunidades sobre matérias ligadas à Protecção à Criança;
  • Apoiar o estabelecimento de estruturas comunitárias de promoção dos direitos da criança e Protecção à Criança;
  • Assegurar a participação e o encaminhamento de incidentes de Protecção à Criança em tempo útil e segundo os padrões e procedimentos em vigor.

Cidadania, Voz e Acção (CVA)

  • Apoiar acções destinas a dotar as comunidades locais de ferramentas que as permitam contribuir, através do modelo CVA, para a melhoria da qualidade, disponibilidade e acesso a serviços sociais com impacto na Protecção à Criança, através de uma relação construtiva e mutuamente benéfica com os seus provedores e o Governo;
  • Coordenar a implementação integrada da componente local da estratégia de advocacia da WV-Moç;
  • Apoiar iniciativas de advocacia lideradas pelas comunidades locais;
  • Documentar e disseminar as lições aprendidas e boas práticas decorrentes da implementação do modelo CVA;
  • Manter a base de dados do CVA actualizada e disponível para fins de advocacia;
  • Comparticipar na elaboração de propostas destinadas a mobilizar fundos adicionais para o sector de Advocacia.

Requisitos de Provimento

  • Grau de Bacharelato em Estudos de Desenvolvimento, Antropologia, Sociologia ou afins;
  • Conhecimentos sólidos e experiência de trabalho comprovada na área de protecção à criança e/ou responsabilização social através da monitoria de serviços sociais;
  • Experiência em trabalhar com entidades do Governo;
  • Domínio das línguas Portuguesa e Inglesa.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Português e Inglês;
  • Cópias de Diplomas e Certificados de Habilitação;
  • Carta de Manifestação de Interesse.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

FHI360 é uma organização de desenvolvimento global com uma rigorosa abordagem baseada em factos. O nosso pessoal profissional inclui especialistas em saúde, nutrição, educação, fortalecimento económico, sociedade civil, ambiente e pesquisa. FHI360 opera em 60 escritórios com 4,400 trabalhadores nos EUA e no mundo O nosso compromisso com parcerias a todos os níveis e a nossa abordagem multidisciplinar permite-nos ter um impacto duradouro sobre as pessoas, comunidades e países onde servimos – melhorando a vida de milhões. Procuramos candidatos qualificados para o cargo de:

Director Associado de Recursos Humanos (Maputo)

Principais Funções e Responsabilidades

  • Dar orientação, supervisão e interpretação de políticas e procedimentos relacionados com RH que orientem as operações do dia-a-dia da organização;
  • Proporcionar liderança geral e a orientação da equipa de RH para garantir que as operações do dia-a-dia das funções relacionadas com RH sejam abordadas de forma oportuna, eficiente e pró-activa;
  • Dar briefings regulares à administração sobre questões de RH, incluindo o status de recrutamento, treinamento, saldos de férias, roteamento de pessoal, etc;
  • Participar na tomada de decisões sobre assuntos relacionados com os recursos humanos; Identificar sinergias e soluções para a gestão de lacunas e vagas de pessoal para optimizar o uso do pessoal existente;
  • Colaborar com o Director Nacional, Directores dos Projectos, Programas de RH regionais e globais para criar boas práticas de RH da FHI360 e padrões de RH da FHI360;
  • Fornecer supervisão técnica e monitoria para os escritórios do campo na administração de suas funções de RH.
  • Supervisionar o processo de recrutamento, interno e externo para todas as nomeações da FHI360 em Moçambique para assegurar a eficácia, a transparência e a responsabilização. Assegurar o cumprimento dos padrões da FHI360 por todos os gestores e entrevistadores de contratação;
  • Trabalhar com os gestores de contratação na planificação e implementação de recrutamento, orientação, benefícios etc. aos padrões exigidos;
  • Trabalhar em estreita colaboração com a equipa de finanças na codificação apropriada e cobrança de pessoal para as fontes de financiamento de programa;
  • Iniciar, desenvolver e implementar programas e estratégias organizacionais de RH;
  • Contribuir para o desenvolvimento e edição de políticas e procedimentos; rever e recomendar actualizações ao manual de políticas conforme necessário;
  • Supervisionar a gestão e revisão periódica dos contratos de serviços prestados aos funcionários da FHI360, por exemplo, seguro de saúde, etc;
  • Supervisionar, treinar e orientar a equipa de RH, incluindo atribuição de responsabilidades, realizar avaliações de desempenho, avaliar e identificar oportunidades de desenvolvimento que fortalecem o papel dos RH na organização;
  • Participar no processo anual de planificação do pessoal para programas e orçamentos e aconselhar a liderança da Sede Nacional em questões de RH relacionadas, por exemplo, com lacunas de habilidades, necessidades de treinamento, acima ou abaixo da contratação do pessoal, etc;
  • Manter uma conscientização completa sobre a evolução das leis e legislações de trabalho e aconselhar a administração conformemente;
  • Criar e manter processos e procedimentos para construir e manter a precisão e integridade dos dados em tempo útil;
  • Colaborar com colegas de HR da FHI360 em vários locais;
  • Actuar como um recurso para o pessoal estrangeiro e articular, conforme apropriado, com a equipa regional e global de RH; as áreas incluem transferência e gestão da orientação do escritório do país;
  • Exercer outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Requisitos Específicos

  • Bacharel em Administração de Empresas, Ciências Sociais ou áreas afins e um mínimo de nove (9) anos de experiência relevante com pelo menos cinco (5) anos em programas de desenvolvimento internacional;
  • Ou MS/ MA em Administração de Empresas, Ciências Sociais ou áreas afins e um mínimo de sete (7) anos de experiência relevante com pelo menos três (3) anos em programas de desenvolvimento internacional;
  • Exige-se um sucesso comprovado em ambientes internacionais ou multiculturais;
  • Exige-se certificação/ qualificação profissional num órgão de RH reconhecido;
  • Experiência e sólidos conhecimentos dos regulamentos da USAID são uma vantagem;
  • Experiência de RH no sector sem fins lucrativos é uma vantagem.

Email: keyrhconsultoria@gmail.com

Validade: 20/06/2016

Local: Matola

A KeyRh, empresa de consultoria em Recursos Humanos com a vocação de promover conexões entre valores, soluções e habilidades. Mais do que oferecer excelência no mercado de recursos humanos, buscamos excelência em quem impactamos.

Nosso cliente (Instituição de Ensino) baseado na Matola pretende recrutar para o seu quadro de pessoal Professores para as seguintes disciplinas:

  • Português
  • Química
  • Francês
  • História
  • Ciências Naturais
  • Educação Musical
  • Educação Física
  • Dança

Requisitos

  • Experiência de leccionar o currículo Português;
  • Bacharel/Licenciatura em área específica será uma vantagem;
  • Formação Psico-Pedagógica sólida;
  • Idade não inferior a 25 anos e não superior a 55 anos;
  • Domínio de metodologias de ensino centrados no aluno e que desenvolvam nos alunos a curiosidade, gosto pela aprendizagem, pro-activismo na aprendizagem, o pensamento criativo, pesquisa e capacidade de resolução de problemas;
  • Domínio perfeito da língua de Portuguesa;
  • Conhecimentos da língua Inglesa constitui vantagem;
  • Domínio de informática na óptica de utilizador;
  • Experiência mínima de 3-5 anos de trabalho em ambientes multinacionais e multiculturais e em lidar com criança e adolescentes.

Qualidades Exigidas:

  • Criatividade;
  • Paciência e paixão para trabalhar com crianças;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Facilidade de comunicação.
Vagas na Sasol

Sobre a Sasol Moçambique

A Sasol é uma empresa internacional de energia e química estabelecida em 1950. Esta tem um quadro efectivo de mais de 35000 trabalhadores em 37 países. Esta empresa está listada nas Bolsas de Valores de Joanesburgo e de Nova Iorque.

A Sasol tem desenvolvido inúmeras tecnologias novas e continua a investir no desenvolvimento de novas tecnologias. Estas incluem a produção de combustível a partir do gás, designada como a tecnologia “gás para líquido” (na sigla correspondente em Inglês – GTL – gas-to-liquid).

Presentemente, a Sasol é uma das maiores empresas produtoras de combustíveis sintéticos a nível mundial. Moçambique desempenha um papel fundamental nesta área.

Sasol Petroleum International

Em Moçambique, a Sasol funciona com a designação de Sasol Petroleum International (SPI). A SPI tem um quadro efectivo de 192 trabalhadores, dos quais 140 são moçambicanos. A SPI efectua o desenvolvimento e a gestão da exploração e produção de petróleo e gás da Sasol em Moçambique, na África do Sul e em outros países.

Oportunidades de Emprego na Sasol

Vagas de Emprego na Sasol

A Sasol iniciou a produção de gás em Moçambique em 2004, com gás extraídos nos seus campos
de gás de Temane e de Pande e processado através da sua Unidade Central de Processamento
(CPF) situada perto de Inhassoro.

Possíveis carreiras na Sasol

Apesar de trabalho na Sasol remeter à maquinaria pesada, na verdade existem diversas opções de carreira na empresa. Assim como as demais empresas, existem vários departamentos que precisam de recursos humanos diferenciados para que a máquina da instituição funcione correctamente. Portanto, áreas administrativas, de gestão e técnicas também são procuradas.

Consultar as mais recentes vagas de emprego da Sasol

Para ficar sempre por dentro das últimas oportunidades  de emprego pela empresa é aconselhável que consulte regularmente as mais recentes oportunidades de emprego publicadas pela Sasol visitando o site oficial da empresa ou página de Vagas na Sasol no MMO Emprego.

A TJ Consultants é uma empresa de Consultoria Estratégica de Recursos Humanos, que está a recrutar para Maputo um (1) Técnico Júnior em área de Recrutamento e Selecção (M/F).

Responsabilidades

O Técnico será responsável por apoiar em  processos de recrutamento e selecção:

  • Compilação e publicação de anúncios;
  • Captação, triagem curricular;
  • Realização de entrevistas preliminares;
  • Avaliação dos candidatos utilizando ferramentas como: entrevistas por competências, dinâmicas de grupo, testes técnicos e comportamentais;
  • Compilação de relatórios de analise de competências.

Requisitos

  • Domínio do Excel (Factor eliminatório);
  • Proficiência em Microsoft Word, Excel, PowerPoint, Publisher;
  • Mínimo um (1) ano de experiência em Recrutamento e Selecção;
  • Conhecimentos da legislação, normas e regulamentos laborais;
  • Nível de Licenciatura ou Bacharel em Gestão de Recursos Humano/Psicologia;
  • Fluência Inglês (factor eliminatório).

Para candidatar-se envie o seu CV para: talentos@tjconsultants.org com assunto “Técnico Júnior – Recrutamento e Selecção

Email: irachide@mz.ccsabco.com e mbatalha@mz.ccsbco.com

Validade: 15/06/2017

Local: Nampula

A Coca-Cola Sabco Moçambique pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Supervisor de Transporte para a Fábrica de Nampula.

Subordina-se ao: Director Regional de Logística.

Principais Responsabilidades

  • Monitorar e coordenar actividades do sector;
  • Gestão de pessoal;
  • Controle de custos e uso de peças sobressalentes;
  • Administrar recursos para executar as actividades de manutenção de veículos ligeiros e pesados;
  • Identificar e recomendar actividades para melhorar a qualidade de trabalho;
  • Desenvolvimento do pessoal (competências, formação técnica);
  • Supervisão das actividades diárias, monitoramento e controle das folhas de obra, para garantir efectividade do trabalho e que as peças de reposição sejam usadas adequadamente;
  • Implementação do SOP (Procedimentos Operacionais Padrão);
  • Cumprir com os requisitos de SHEQ (Segurança, Qualidade, Saúde e Ambiente).

Requisitos

  • Licenciatura ou Bacharelato na área de Mecânica Auto/Geral;
  • Mínimo cinco (5) anos de experiência a nível de supervisão na área de transportes;
  • Experiência com as marcas Mercedes Benz, Powerstar 2642s;
  • Forte competência de liderança e motivação de equipas;
  • Possuir a carta de condução de veículos ligeiros e pesados-profissional;
  • Conhecimentos de Excel, Outlook, MS Office e PowerPoint;
  • Experiência no SAP;
  • Falar, ler e escrever em Inglês, é uma vantagem;
  • Capacidade de trabalhar sobre pressão;
  • Residência na Região Norte constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Manjacaze – Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Médico.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Responsabilidades Chaves

  • Prestar cuidados clínicos aos pacientes do Centro de Saúde Ocupacional;
  • Realizar avaliação médica aos trabalhadores mineiros e ex-mineiros com vista a obterem a necessária compensação;
  • Prestar assistência técnica a outros funcionários do Centro de Saúde Ocupacional.

Requisitos

  • Bacharel em Medicina;
  • Formação em Saúde Ocupacional;
  • Experiência anterior de trabalho com comunidade mineira;
  • Ter certificação em Saúde Ocupacional é uma vantagem adicional.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Xai-Xai – Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Médico.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Responsabilidades Chaves

  • Prestar cuidados clínicos aos pacientes do Centro de Saúde Ocupacional;
  • Realizar avaliação médica aos trabalhadores mineiros e ex-mineiros com vista a obterem a necessária compensação;
  • Prestar assistência técnica a outros funcionários do Centro de Saúde Ocupacional.

Requisitos

  • Bacharel em Medicina;
  • Formação em Saúde Ocupacional;
  • Experiência anterior de trabalho com comunidade mineira;
  • Ter certificação em Saúde Ocupacional é uma vantagem adicional.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Trabalhadores Sociais.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Responsabilidades Chaves

  • Determinar a natureza da situação do paciente entrevistando-o;
  • Avaliar informações médicas, psicológicas, emocionais e sociais dos pacientes;
  • Proceder as visitas regulares de supervisão no centro de saúde ocupacional;
  • Estabelecer um roteiro de acção explorando opções;
  • Realizar visitas domiciliares quando necessário e preparar os relatórios relevantes.

Requisitos

  • Grau de Bacharelato ou Diploma em trabalho social, psicologia ou sociologia;
  • Formação em Saúde Ocupacional;
  • Experiência prévia de trabalho com comunidades mineiras e um conhecimento e entendimento de assuntos afectando beneficiários.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Xai-Xai – Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico de Informática.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Responsabilidades Chaves

  • Prestar apoio ao Centro de Saúde Ocupacional em acções de documentação, gestão de dados, análise de dados e produção de relatórios;
  • Garantir a qualidade dos dados;
  • Garantir a segurança e confidencialidade dos dados.

Requisitos

  • Grau de Bacharelato ou Diploma em Ciências de Tecnologias de Informação (TICS), Gestão de Sistemas de Informação, Estatística ou outros cursos relacionados;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência em administração e gestão de sistemas de dados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Manjacaze – Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico de Informática.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Responsabilidades Chaves

  • Prestar apoio ao Centro de Saúde Ocupacional em acções de documentação, gestão de dados, análise de dados e produção de relatórios;
  • Garantir a qualidade dos dados;
  • Garantir a segurança e confidencialidade dos dados.

Requisitos

  • Grau de Bacharelato ou Diploma em Ciências de Tecnologias de Informação (TICS), Gestão de Sistemas de Informação, Estatística ou outros cursos relacionados;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência em administração e gestão de sistemas de dados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@ografoundation.org e ogratims@gmail.com

Validade: 02/06/2017

Local: Gaza

A Ogra Foundation pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Gestores de Centro de Saúde Ocupacional.

Introdução

  • A Ogra Foundation é uma organização não-governamental internacional com sede no Quénia. A Ogra está implementando pacotes de serviços da Tuberculose (TB) no Sector Mineiro, (TIMS), na região da África Austral como parte do financiamento do TIMS que envolve a gestão de Centros de Serviços de Saúde Ocupacional (OHSCs) em 8 países da África Austral, direccionados a mineiros, ex-ministros, suas familias e comunidades. A Fundação Ogra, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCTB-Moçambique), está actualmente a procurar candidatos qualificados para os dois Centros de Saúde Ocupacional (CSO) em Moçambique por um período de sete (7) meses com possibilidade de extensão, os seleccionados trabalharão nos centros de saúde localizados no Hospital Distrital de Mandlakazi e na Unidade Sanitária Marien Ngoubi na cidade de Xai-Xai.

Descrição Geral das Funções

  • Responsabilizar-se, no dia a dia, pelos serviços de Enfermagem e clínicos prestados no âmbito dos Centros de Serviços de Saúde Ocupacional diariamente.

Responsabilidades Chaves

  • Assegurar o funcionamento normal do Centro de Saúde Ocupacional (CSO), assegurando níveis adequados de disponibilidade de os serviços e insumos e uma prestação de serviços consistente aos beneficiários alvo;
  • Supervisionar as actividades de criação de demanda para assegurar a utilização optimizada do CSO;
  • Dirigir a supervisão e o gerenciamento de desempenho do pessoal da CSO  numa base diária e permanente;
  • Colaborar com outros prestadores de cuidados de saúde e as autoridades sanitárias nas suas zonas de acção.

Requisitos

  • Nível de Bacharelato ou Diploma em Enfermagem;
  • Deverá ser membro da associação de enfermeiros ou entidade relevante;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência de trabalho em centros de saúde ocupacional;
  • Experiência de três (3) anos em gestão/ supervisão.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: cmallari@sri-executive.com

Validade: 31/05/2017

Local: Maputo

SRI Executive Search nomeado pela Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foudation (EGPAF) pretende recrutar um (1) Director Nacional.

Contexto

  • O Director Nacional, Moçambique, irá promover  a missão da Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foudation através do seu plano estratégico global, ao liderar e gerir o Programa de Estratégia Nacional de Moçambique e a equipa, bem como a entrega e expansão eficaz e eficiente de projectos e serviços apoiados pela Fundação em colaboração com o governo local, doadores e outros interessados em Moçambique. Alocado em Maputo, o Director Nacional irá liderar e facilitar o desenvolvimento, revisão e implementação dos Planos de Estratégia e Negócios, para garantir que o Programa de Moçambique se mantenha estrategicamente focado, viável e competitivo. Actuando na equipa de Liderança Mundial da EGPAF, o Director Nacional irá colaborar com unidades de apoio mundiais para garantir que estes objectivos sejam alcançados.

Requisitos

Educação:

  • O candidato ideal tem um Bacharelato ou um curso Superior (MD, MPH, MBA, MSc, MA).

Experiência Relevante:

  • Oito (8) anos ou mais de experiência bem-sucedida gerindo programas de múltiplos sectores complexos em um ambiente africano, preferível experiência em Moçambique;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência comprovada gerindo subsídios governamentais dos EUA e/ou acordos de cooperação;
  • Experiências com outros doadores internacionais é uma vantagem;
  • Ter pelo menos cinco (5) anos de experiência comprovada na liderança e gestão pessoal, incluindo recrutamento, desenvolvimento de pessoal, treinamento, orientação e avaliação de desempenho;
  • Experiência demonstrada na prestação de serviços de saúde pública, preferencialmente gestão de programas/ projectos de HIV/SIDA;
  • Demonstrar liderança madura com uma forte capacidade para desenvolver equipas e influenciar o desenvolvimento de uma cultura baseada em desempenho coesivo;
  • Consciência política com capacidade de criar e construir redes de relacionamentos sustentáveis de trabalho com funcionários governamentais, doadores, parceiros de projecto, etc;
  • Experiência demonstrada em gestão financeira, incluindo a preparação e gestão de orçamentos e contratos, bem como a gestão de actividades bancárias e de relacionamentos, incluindo a adesão aos procedimentos de aquisição;
  • Experiência comprovada na criação de redes de relacionamento, relações públicas, comunicações, advocacia e desenvolvimento de novos negócios;
  • É necessário viajar nacionalmente e internacionalmente (até 30% do tempo).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação em formato Microsoft Word;
  • Documentação relevante.

Email: apn.vagas@gmail.com

Validade: 31/05/2017

Local: Maputo

A Ajuda Popular da Noruega (APN) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor Financeiro.

Resumo

  • Está é uma função sénior que que exige uma pessoa madura, profissional de alta integridade. O Gestor Financeiro (GF) desempenhará um papel fundamental na elaboração e gestão do orçamento dos projectos e programas de acordo com as exigências dos doadores, gestão de subvenções, relatórios financeiros, auditoria dos programas, implementação dos regulamentos financeiros, supervisão do pessoal das finanças, visitas de monitoria financeira, avaliação da capacidade financeira dos parceiros, treinamento. O Gestor Financeiro responde perante o Director Regional e Gestor do Programa e faz parte da equipa de gestão da APN Moçambique como membro do conselho de direcção.

Responsabilidades

  • Responsabilidade geral da gestão financeira da APN Moçambique, incluindo actividades de contabilidade, auditoria e monitoria;
  • Facilitar e coordenar as auditorias internas e externas no país e dar seguimento às recomendações;
  • Responsável pela garantia de qualidade de controle contabilístico e financeiro de acordo com as políticas, regras e regulamentos da APN (Manual Financeiro) e legislação nacional relevante;
  • Responsável pelos processos de orçamentação e previsão, acompanhamento e elaboração de relatórios;
  • Preparar o orçamento mensal em funções dos relatórios efectivos para os gestores de programas numa base pontual para um seguimento orçamental prudente;
  • Desenvolver competências e capacidades no âmbito das finanças, tanto para o pessoal local como para os parceiros;
  • Em cooperação com os gestores de programas e o director regional, assegurar que os prazos e exigências dos doadores em todos os programas sejam na íntegra cumpridos, assegurar que os relatórios financeiros dos doadores sejam elaborados de acordo com as obrigações contratuais;
  • Capacitação do pessoal do programa na gestão e monitoramento das finanças;
  • Gestor de linha para o pessoal de finanças;
  • Responsável por relatórios mensais, trimestrais e anuais para o Oficial Chefe de Contabilidade na sede da APN em OSLO;
  • Manter a integridade do balanço garantindo a pronta preparação da reconciliação do balanço garantindo a pronta preparação da reconciliação do balanço de fim do mês (TBR);
  • Manter o fluxo de caixa e garantir que há dinheiro suficiente no país para actividades/ operações;
  • Realizar visitas de campo regulares e assegurar controlos internos adequados;
  • Responsável pelo acompanhamento de casos de corrupção de acordo com a Política e Directrizes Anti-Corrupção da APN;
  • Implementar a aprendizagem e procedimentos na organização para prevenir casos de corrupção;
  • Responsável pelo estabelecimento, implementação e/ou desenvolvimento de políticas e procedimentos locais para a gestão de riscos;
  • Esforça-se para melhorar a colaboração entre Finanças e Operação/ Programas (DP e HD);
  • Monitoria e Controlo Orçamental, despesas e auditorias dos parceiros de APN;
  • Auxiliar na avaliação de capacidade financeira e revisão dos sistemas financeiros e orçamentos dos parceiros de APN.

Requisitos

  • Bacharel em Contabilidade, Finanças ou campo relacionado ou experiência de trabalho equivalente;
  • Qualificações em Contabilidade como ACCA, CPA, etc;
  • Proficiência escrita e verbal em Inglês;
  • Boa compreensão dos sistemas de TIC e experiência com aplicativos do MS Office, Word, Agresso, Excel incluindo Internet;
  • Experiência de uma Organização Internacional de Desenvolvimento;
  • Experiência com capacitação de pessoal;
  • Experiência em trabalhar com parceiros;
  • Capacidade de alcançar resultados através de outros;
  • Estruturado, preciso e eficiente;
  • Capacidade de lidar sob pressão e flexível para lidar com prioridades em mudança;
  • Sensível à diversidade cultural.

Vantagem Acrescida:

  • Qualificações de auditoria interna ou externa;
  • Conhecimento prático do sistema “Agresso” ou software de contabilidade semelhante.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias autenticadas das Qualificações.

Endereço: Av. Fernão Magalhães, nº 3137 – Maputo

Email: jobslfsm@letshego.com e telma@letshego.com

Validade: 26/05/2017

Local: Maputo

O Micro-Banco Letshego de Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Compliance. (REfª da vaga: 006/BL/RH/2017)

Responsabilidades-Chave

  • Propor, manter e rever políticas e procedimentos de modo a garantir funcionamento eficiente das operações do Banco prevenindo comportamentos ilegais, antiéticos ou impróprios;
  • Gerir risco de operações diárias do Banco;
  • Rever e submeter para aprovação Manuais e Políticas de Compliance do Banco;
  • Monitorar o cumprimento das recomendações da Auditoria Internas, Externas e do Legislador.

Requisitos

  • Grau de Bacharelato ou Licenciatura em áreas afins;
  • Experiência mínima de três (3) anos em Gestão de Risco e Compliance (AML e CFT) ou similares;
  • Capacidade de lidar com prazos apertados e trabalhar sob pressão;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente com uma supervisão mínima;
  • Conhecimento de relações humanas;
  • Excelente capacidade de comunicação verbal e escrita (língua Portuguesa e Inglesa);
  • Conhecimentos de legislação bancária é uma vantagem;
  • Elevado sentido de responsabilidade, disciplina, organização e método;
  • Espírito de equipa e iniciativa;
  • Boa apresentação;
  • Disponibilidade imediata.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Nota: Indicar o número de referência, a vaga e o local.

Sobre a Empresa

Letshego Financial Services Mozambique SA (LFSM SA), é um micro banco subsidiaria da Letshego Holdings Limited, um grupo financeiro (bancário) presente em mais de 11 países em África, com mais de 10 anos de experiência no mercado Africano.

Endereço: Av. Fernão Magalhães, nº 3137 – Maputo

Email: jobslfsm@letshego.com e telma@letshego.com

Validade: 26/05/2017

Local: Maputo

O Micro-Banco Letshego de Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Auditor Interno Sénior. (REfª da vaga: 008/BL/RH/2017)

Requisitos

  • Grau mínimo de Bacharelato em Contabilidade e Auditoria;
  • Quatro (4) anos de experiência na área;
  • Capacidade de lidar com prazos apertados e trabalhar sob pressão;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente com uma supervisão mínima;
  • Conhecimento de relações humanas;
  • Excelente capacidade de comunicação verbal e escrita (língua Portuguesa e Inglesa);
  • Conhecimentos de legislação bancária é uma vantagem;
  • Elevado sentido de responsabilidade, disciplina, organização e método;
  • Espírito de equipa e iniciativa;
  • Boa apresentação.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Nota: Indicar o número de referência, a vaga e o local.

Sobre a Empresa

Letshego Financial Services Mozambique SA (LFSM SA), é um micro banco subsidiaria da Letshego Holdings Limited, um grupo financeiro (bancário) presente em mais de 11 países em África, com mais de 10 anos de experiência no mercado Africano.

Endereço: Direcção Provincial  do STAE de Maputo, Comissão de Eleições  de Maputo – Av. 25 de Junho nº 1177 – Cidade da Matola

Direcção do STAE da Cidade da Matola, Comissão Provincial de Eleições  da Cidade da Matola – Rua Rio Zambeze, Q. 270 – Cidade da Matola

Direcção Distrital  do STAE de Namaacha, Comissão Distrital de Eleições  de Namaacha – Bairro da Fronteira, Rua nº 4, Talhão nº 140 – Namaacha

Direcção Distrital do STAE de Manhiça, Comissão Distrital de Eleições  de Manhiça – Rua nº 8, Casa nº 969 – Manhiça

Direcção Distrital do STAE de Boane, Comissão Distrital de Eleições  de Boane – Rua 1 de Maio, Casa nº 285 – Boane

Validade: 03/06/2017

Local: Matola – Maputo

O STAE – Secretariado Técnico de Administração Eleitoral, de acordo com o despacho de 11 de Maio de 2017, do Exmo Senhor Director Provincial do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral de Maputo, está aberto o concurso de avaliação curricular seguido de entrevista profissional e teste prático, para o recrutamento de:

  • Um (1) Director Distrital para Direcção Distrital da Matola
  • Um (1) Director Distrital para Direcção Distrital do STAE da Manhiça
  • Um (1) Director Distrital para Direcção Distrital do STAE de Namaacha
  • Um (1) Director Distrital para Direcção Distrital do STAE de Boane

Requisitos

  • Possuir nível de Bacharelato ou equivalente;
  • Ter exercido funções de direcção ou chefia na administração pública, pelo menos cinco (5) anos, com boas informações;
  • Ter nacionalidade moçambicana;
  • Idade compreendida entre 18 e 55 anos;
  • Não ter sido expulso da Administração Pública.

Exigências

  • Requerimento dirigido ao Exmo. Senhor Director Provincial do STAE de Maputo;
  • Cópia autenticada do Certificado de de Habilitações;
  • Curriculum Vitae actualizado;
  • Cópia de Certidão de Registo de Nascimento autenticado;
  • Declaração de compromisso de honra;
  • Mapa da Junta de Saúde;
  • Declaração Sob Compromisso de Honra;
  • Mapa de Junta de Saúde;
  • Situação Militar Regularizada.

Sobre a Empresa

O Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) é um serviço público personalizado para a administração eleitoral, com representação ao nível provincial, distrital ou de cidade. O Secretariado Técnico da Administração Eleitoral organiza, executa e assegura as actividades técnico administrativas dos recenseamentos e processos eleitorais.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Chief of Party, the IT Manager is responsible for the computer network of the AIRS Mozambique project office locations in Maputo and Quelimane, remote technical support to the district level staff, and data entry centers during the annual spray campaign.

Specific duties and responsibilities are outlined below

  • Provide technical support for major and/or urgent problems with LAN or any of its components (server crash, firewall, virus attack, hard drive failure, etc.);
  • Reimage and join laptops to the domain;
  • Provide on-call assistance technical support to individuals as needed;
  • Work with Tier2 support (Abt IT) to resolve issues as required;
  • Perform Window Server maintenance and administration, including installing Windows patches and upgrades (Service Packs);
  • Monitor server logs and perform necessary operations to ensure the proper state of the systems;
  • Monitor to ensure Symantec Antivirus software and virus definition updates are being deployed to the server and client PCs.  Ensure that any PC deployed to the field has the project standard antivirus protection and it is configured to receive virus definition updates via Internet/Symantec LiveUpdate;
  • Run a weekly antivirus status report from the Symantec Antivirus Console;
  • Perform File Server backups (weekly full backup, daily incremental on file server, and monthly backups of file server and users data). Using Symantec BackupExec 2010, confirm scheduled backup jobs are successful.  In conjunction with International IT, perform quarterly data recover validation from backup;
  • Monitor site firewall, managing VPN accounts, if any;
  • Monitor File Server (Group Policy, NTFS permissions, EFS);
  • LAN Administration: create and modify user accounts and privileges/rights (for network and exchange); manage disk space, printer queues, and internet connection; and update antivirus software and definition files;
  • Perform desktop and laptop computer support, including perform routine preventive maintenance (disk scan, deleting temp files, defragmentation, etc.); install software patches and upgrades, troubleshoot hardware or software problems; and ensure users are backing up their data files on the server;
  • Provide basic training of MS Office products;
  • Monthly conference call and written summary report (format to be provided) with Abt International IT Management;
  • Review monthly activity, articulate and implement Action Plans relating to identified IT needs.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Computer Sciences, Community Health, Sociology, or other relevant field;
  • At least four (4) years of relevant professional experience in IT network administration in a Windows NT environment, including internet access support;
  • Knowledge of analysis software (Excel, SPSS, Arc GIS, etc.) desirable;
  • Knowledge of health project implementation in general, with knowledge about malaria prevention programs very desirable;
  • A demonstrated ability to work independently, as well as within a team setting;
  • Excellent writing, computer and organizational skills in both English and Portuguese;
  • Professional interpersonal skills with the ability to work in multidisciplinary teams;
  • Well-organized, responsible, independent, efficient and able to multitask under pressure;
  • Experience in working in collaboration with national and international Partners;
  • Demonstrated experience in Microsoft Office, especially Word, Excel, PowerPoint, Outlook, etc;
  • Portuguese and English required.

Email: DREAMSMozambique@jsi.com

Validade: 19/05/2017

Local: Maputo

A JSI Research & Training Institute, Inc. pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Subvenções para o Projecto de Desafio de Inovação de Sonhos (DREAMS) financiado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos da América.

Responsabilidades

  • O Gestor de Subvenções será o principal responsável pela gestão de subvenções do projecto, com foco no fortalecimento institucional;
  • Prestará apoio incluindo, mas não se limitando a:
    • Gestão de subvenções em curso para uma carteira de até 6 beneficiários;
    • Conformidade do beneficiário;
    • Identificação e realização de reforço de capacidades dos beneficiários nas áreas de finanças e operações e conformidade dos doadores;
    • Realização de visitas de rotina no local dos beneficiários para a monitoria e apoio;
    • Comunicação permanente com escritórios nos Estados Unidos;
    • Outras responsabilidades relacionadas. (Os financiamentos são assinados e os fundos desembolsados a partir do escritório nos Estados Unidos).

Requisitos

  • É necessário Bacharelato, Mestrado em Gestão, Finanças, Saúde Pública/ Desenvolvimento Internacional ou áreas relacionadas;
  • No mínimo quatro (4) anos de experiência na gestão de subvenções e/ou programas;
  • No mínimo três (3) anos de experiência em trabalho nos projectos financiados pela USG, programas de financiamento e relatório de PEPFAR e/ou programas em saúde pública;
  • Interesse e experiência demonstrada na capacitação e/ou formação organizacional ou individual;
  • Experiência nas regras e regulamentos de projectos e assistência financiados pelo Governo Americano;
  • Conhecimento demonstrado nos procedimentos de financiamento, desde o início do financiamento, a sua gestão e encerramento;
  • Experiência nas organizações complexas de parceiros, por exemplo as subconcessões de terceiro nível é desejável;
  • Competência demonstrada na avaliação de prioridades e gestão de uma variedade de actividades num ambiente sensível em termos de tempo e cumprimento de prazos com atenção para os detalhes e qualidade;
  • Proficiência informática é necessária (especialmente Excel e MS Word);
  • Excelente habilidade de comunicação, oral e escrita na língua Inglesa. A competência em línguas estrangeiras é desejável.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Coloque “Gestor de Subvenções” na linha de assunto do email.

A Human Capital Mozambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Specialist in Report Design.

Experience

General

Specialist in report design should be able to:

  • Plan, control and monitor the results defined for the area of ​​Reports and statistics, seeking their optimization/ maximization and meeting established goals;
  • Periodically consolidate the results and performance indicators of the operation through reports and presentations to the hierarchical superior;
  • Monitor quality and safety audits in the unit, contributing to the maintenance of these certifications;
  • Elaborate and submit proposals for the development of customized Software;
  • Perform tests under simulated operating conditions, in order to verify that the program performs correctly within the specified one and performs satisfactorily;
  • Be able to comply with the schedules and dates defined for sending periodic reports;
  • Be able to produce and keep the documentation updated to ensure the proper functioning of the department;
  • Be able to identify problems, analyze and present solutions proactively.

Specialized Expertise:

  • Be able, based on business needs, to design reports using the Oracle Business Intelligence tool;
  • Have mastery over the database management system Oracle 11g;
  • Solid knowledge of SQL and PL/ SQL;
  • Creation of objects such as tables, views, procedures and packages and assignment of privileges;
  • Creation of procedures using cursors or bulk collection;
  • Mastery of DML and DDL instructions;
  • Proven experience in Java programming, such as;
  • Experience with agile development methodology;
  • Knowledge in programming Java Enterprise Edition (JEE);
  • Basic knowledge of software design standards (Design Patters);
  • Knowledge of UML;
  • Knowledge in Web technologies: HTML, CSS and Javascript, JSF, JSP;
  • Knowledge of development framework such as Hibernate, Spring MVC, Grails, Tomcat, Jasper Reports;
  • Mobile android programming knowledge

Other Areas of Relevance

  • Knowledge of help tools for extracting information critical to business intelligence, such as IBM Cognos, SAP Business Objects or Oracle Business Intelligence, etc.

Education

  • Bachelor’s or Master’s degree in Computer Science, Business Administration or Mathematics;
  • Oracle certification for PL / SQL advanced and SQL Performance Tunning courses.

Competencies and Skills

  • Be fluent in speaking and writing in Portuguese and English;
  • Be able to work under pressure and outside normal working hours;
  • Good communication skills and team integration;
  • Dynamic and proactive.

Email: suraia.mahomed@mbconsulting.co.mz

Validade: 14/04/2017

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista em Capacidade e Desenvolvimento.

Contexto

  • Irão trabalhar sobre a supervisão do Director Executivo e com ele irão coordenar as actividades estratégicas e operacionais necessárias a prossecução dos objectivos da instituição e a concretização do seu plano estratégico e planos anuais de trabalho.

Requisitos

  • Licenciatura e de preferência Bacharelato na área de formação relevante para o cargo a que se candidata, com excepção para os cargos de contabilista e assistente administrativo;
  • Ter pelo menos 5 a 10 anos de experiência profissional no campo do desenvolvimento e de preferência no âmbito da alavancagem do sector privado em Moçambique, com experiência em implementar advocacia e intervenções de capacitação;
  • Possuir uma experiência extensiva no trabalho com fundos/ organizações semelhantes;
  • Conhecedor do contexto do país e do funcionamento do Estado em Moçambique;
  • Habilidade demonstrada de uso de computadores e do pacote Microsoft Windows;
  • Fluente em Português e excelente comunicação verbal e escrita da língua Inglesa;
  • Qualificações pessoais relevantes para o cargo a que se candidata nomeadamente apresentação e visão geral profissional, iniciativa na resolução de problemas, integridade, e orientado para resultados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Documentos relevantes.

Sobre a Empresa

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) é um fundo de apoio às organizações do sector privado para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique. O FAN enquadra-se na componente de Advocacia e Pesquisas de Negócios do Programa de Desenvolvimento do Sector Privado (PDSP 2011-2015), que também inclui a componente Agro-negócios e Estradas Distritais. O PDSP 2011-2015 é uma iniciativa da Embaixada Real da Dinamarca e do Governo de Moçambique, criado com objectivo de facilitar a intervenção das organizações sector do privado, no trabalho de advocacia para mudanças de políticas para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique.

Email: suraia.mahomed@mbconsulting.co.mz

Validade: 14/04/2017

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista em Advocacia.

Contexto

  • Irão trabalhar sobre a supervisão do Director Executivo e com ele irão coordenar as actividades estratégicas e operacionais necessárias a prossecução dos objectivos da instituição e a concretização do seu plano estratégico e planos anuais de trabalho.

Requisitos

  • Licenciatura e de preferência Bacharelato na área de formação relevante para o cargo a que se candidata, com excepção para os cargos de contabilista e assistente administrativo;
  • Ter pelo menos 5 a 10 anos de experiência profissional no campo do desenvolvimento e de preferência no âmbito da alavancagem do sector privado em Moçambique, com experiência em implementar advocacia e intervenções de capacitação;
  • Possuir uma experiência extensiva no trabalho com fundos/ organizações semelhantes;
  • Conhecedor do contexto do país e do funcionamento do Estado em Moçambique;
  • Habilidade demonstrada de uso de computadores e do pacote Microsoft Windows;
  • Fluente em Português e excelente comunicação verbal e escrita da língua Inglesa;
  • Qualificações pessoais relevantes para o cargo a que se candidata nomeadamente apresentação e visão geral profissional, iniciativa na resolução de problemas, integridade, e orientado para resultados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Documentos relevantes.

Sobre a Empresa

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) é um fundo de apoio às organizações do sector privado para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique. O FAN enquadra-se na componente de Advocacia e Pesquisas de Negócios do Programa de Desenvolvimento do Sector Privado (PDSP 2011-2015), que também inclui a componente Agro-negócios e Estradas Distritais. O PDSP 2011-2015 é uma iniciativa da Embaixada Real da Dinamarca e do Governo de Moçambique, criado com objectivo de facilitar a intervenção das organizações sector do privado, no trabalho de advocacia para mudanças de políticas para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique.

Email: suraia.mahomed@mbconsulting.co.mz

Validade: 14/04/2017

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista em Monitoria e Avaliação.

Contexto

  • Irão trabalhar sobre a supervisão do Director Executivo e com ele irão coordenar as actividades estratégicas e operacionais necessárias a prossecução dos objectivos da instituição e a concretização do seu plano estratégico e planos anuais de trabalho.

Requisitos

  • Licenciatura e de preferência Bacharelato na área de formação relevante para o cargo a que se candidata, com excepção para os cargos de contabilista e assistente administrativo;
  • Ter pelo menos 5 a 10 anos de experiência profissional no campo do desenvolvimento e de preferência no âmbito da alavancagem do sector privado em Moçambique, com experiência em implementar advocacia e intervenções de capacitação;
  • Possuir uma experiência extensiva no trabalho com fundos/ organizações semelhantes;
  • Conhecedor do contexto do país e do funcionamento do Estado em Moçambique;
  • Habilidade demonstrada de uso de computadores e do pacote Microsoft Windows;
  • Fluente em Português e excelente comunicação verbal e escrita da língua Inglesa;
  • Qualificações pessoais relevantes para o cargo a que se candidata nomeadamente apresentação e visão geral profissional, iniciativa na resolução de problemas, integridade, e orientado para resultados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Documentos relevantes.

Sobre a Empresa

O Fundo para Ambiente de Negócios (FAN) é um fundo de apoio às organizações do sector privado para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique. O FAN enquadra-se na componente de Advocacia e Pesquisas de Negócios do Programa de Desenvolvimento do Sector Privado (PDSP 2011-2015), que também inclui a componente Agro-negócios e Estradas Distritais. O PDSP 2011-2015 é uma iniciativa da Embaixada Real da Dinamarca e do Governo de Moçambique, criado com objectivo de facilitar a intervenção das organizações sector do privado, no trabalho de advocacia para mudanças de políticas para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 13/04/2017

Local: Nampula

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Laboratório para Apoio ao Programa de Avaliação Externa de Qualidade.

Responsabilidades

1. Programa de Avaliação Externa da Qualidade:

  • Apoiar o fortalecimento e expansão do Programa Provincial de Avaliação Externa da Qualidade (AEQ) para a testagem rápida do HIV, na rede de laboratórios e serviços de testagem na província de Nampula;
  • Apoiar o fortalecimento e expansão do Programa Provincial de Avaliação Externa da Qualidade (AEQ) para baciloscopia e geneXpert, na rede de laboratórios da província de Nampula;
  • Apoiar ao Grupo Técnico Provincial de Garantia de Qualidade para análise dos resultados das avaliações externas de qualidade realizadas ao nível provincial para testagem rápida de HIV, assim como nas supervisões formativas aos locais de testagem e treinamentos do pessoal de saúde;
  • Em coordenação com o Grupo Técnico Provincial  de Garantia de Qualidade apoiar na planificação para envio das amostras do Programa Nacional de Avaliação Externas da Qualidade para os distritos e unidades sanitárias, e os resultados para o Instituto Nacional de Saúde;
  • Manter um programa activo de Garantia de Qualidade ao nível provincial, incluindo registos de avaliação de competência anual do pessoal, resultados de avaliação para garantir a qualidade, bem como avaliar controlos de qualidade inter-laboratorais.

Programas Fortalecimento de Laboratório para a Acreditação (FOGELA):

  • Fornecer orientação técnica para garantir a implementação do programa ao nível da província;
  • Apoiar o Grupo Técnico da FOGELA na aplicação a Lista de Verificação (LV);
  • Discutir os problemas encontrados pela LV com os membros do Grupo Técnico do FOGELA e apoiar na definição das acções a realizar para cada um dos laboratórios participantes no programa, e dar seguimento aos Planos de Melhoria;
  • Dar apoio técnico ao Grupo Técnico de FOGELA na elaboração, revisão, aprovação dos Procedimentos Operacionais Padrão (POPs);
  • Participar dos encontros do Grupo Técnico Provincial de Garantia de Qualidade.

Requisitos

  • Possuir o graduação Superior na área de Laboratório, Bacharel em Biologia, Farmácia, Química, Medicina Veterinária ou Medicina;
  • Possuir o mínimo de três (3) anos de experiência em laboratório, inclusive de pessoal, operações de laboratório e de gestão, procedimentos laboratoriais e metodologias utilizadas nos testes para infecção pelo HIV, o estadiamento da doença HIV, monitorização laboratorial para resposta a TARV, procedimentos diagnósticos da tuberculose e da malária, padrões e métodos de garantia de qualidade, métodos de treinamento de laboratório e equipamentos utilizados para procedimentos laboratoriais especializadas;
  • Significativa experiência em sistemas de gestão de qualidade laboratorial;
  • Familiaridade com as directrizes do sistema nacional de saúde e algoritmos de diagnóstico de HIV/SIDA é essencial;
  • Experiência na supervisão da rede de laboratório clínico do Sistema Nacional de Saúde será mais-valia;
  • Conhecimentos em laboratório de biologia molecular e microbiologia serão uma mais-valia;
  • Excelente capacidade analítica para resolver problemas de forma independente, de escrita e conhecimentos padrão de aplicações de software de informática, incluindo processamento de texto e folhas de cálculo;
  • Disponibilidade para viajar com regularidade aos distritos.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Vagas na Shoprite

Trabalhar na Shoprite é o desejo de muitos moçambicanos que possuem apenas o nível básico ou médio, pois apesar de surgirem algumas oportunidades para técnicos superiores, a maior parte das oportunidades abertas pela Shoprite são para pessoas sem formação superior, pelo menos em volume.

Sobre a Shoprite

A Shoprite é a maior retalhista de bens alimentares de África. Com a aposta no preço baixo a Shoprite oferecer aos sues clientes uma experiência de compras de qualidade internacional numa grande variedade de produtos alimentares, produtos para a casa e pequenos electrodomésticos aos nossos preços mais baixos possível.

Oportunidades de emprego na Shoprite

Desde o seu lançamento em 1997, a Shoprite abriu mais 12 lojas em Moçambique e emprega mais de 1000 pessoas em toda a nação. No seu compromisso de apoio às empresas locais, a Shoprite criou relações com os principais fornecedores moçambicanos, pequenas empresas e agricultores, garantindo uma grande variedade de marcas locais.

Envolvimento social

A Shoprite contribui continuamente para o bem-estar das nossas comunidades ao tornar-se activamente envolvida a ajudar quem tem necessidades. Através da sua Rede Comunitária Shoprite, apoia projectos nas várias comunidades moçambicanas, especialmente as que estão focadas nos idosos, orfanatos e crianças.

Vagas na Shoprite

Loja Shoprite de Maputo

Primeiros passos para trabalhar na Shoprite

Agora que você já sabe o básico sobre a empresa, é hora de começar a preparar a sua candidatura. Comece analisando as suas qualificações  e explorando todas as posições possíveis de você ocupar na empresa, tendo em conta as suas qualidades. Você pode ver as vagas mais recentes da Shoprite e entender melhor as posições mais comuns na empresa.

Consultar vagas na Shoprite

Geralmente a Shoprite anuncia as suas vagas de emprego através do jornal e da internet, você pode usar o link já disponibilizado acima para consultar as últimas vagas na Shoprite e candidatar-se caso estejam ainda abertas.

Como candidatar-se à vagas abertas na shoprite

Depois disso, é hora de você escrever a sua carta de candidatura. Se houver alguma vaga de emprego disponível, leia atentamente à descrição do trabalho e aos requisitos. Se estiver tudo de acordo com o seu perfil. Siga adaptando o seu currículo à vaga da Shoprite específica a qual deseja candidatar-se.

Como realizar uma candidatura espontânea

Pode acontecer que nenhuma vaga esteja aberta do momento e você precise enviar uma candidatura espontânea, para o caso de surgir uma oportunidade futuramente. Nesse caso você precisa redigir uma carta de apresentação que demonstre o seu interesse e conhecimento sobre a empresa. A ideia é você mostrar como as suas qualificações poderão ser uma mais valia para a já estabelecida Shoprite. Não deixe de visitar o site da empresa para ter mais informações que lhe possam ajudar a elaborar a sua candidatura e preparar uma eventual entrevista de emprego.

Receba notificações de Vagas na Shoprite no seu email

E por fim você poderá garantir que vai tomar conhecimento de todas as vagas da Shoprite abertas futuramente no seu email, escrevendo-se no nosso boletim informativo diário.

Digite seu email

A AMODEFA – Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Família, está a recrutar um (a) Oficial de Juventude.

Responsabilidades

  •  O Oficial da Juventude responsabiliza-se pela implementação de todas as actividades da AMODEFA dirigidas à juventude.

Tarefas

  • Pesquisar, planificar e implementar iniciativas de Saúde Sexual e Reprodutiva, HIV/SIDA para adolescentes e Jovens;
  • Desenvolver e gerir o sistema de gestão de informação educativa para os jovens relativa a Saúde Sexual e Reprodutiva, HIV/SIDA;
  • Garantir o envolvimento dos jovens na identificação e implementação dos programas dos jovens;
  • Monitorar a implementação das actividades da AMODEFA ligadas à Juventude;
  • Assegurar a produção de relatórios periódicos sobre o decurso de actividades:
  • Liderar o processo de capacitação dos activistas para os programas de juventude da AMODEFA;
  • Garantir o funcionamento e manutenção de todo o património aloucado a actividades de juventude;
  • Servir de interlocutor com os parceiros em assuntos da juventude dentro da AMODEFA e liderar o processo de estabelecimento de parcerias com organizações Juvenis nacionais e internacionais e outros parceiros;
  • Colaborar com oficial de IEC na produção de materiais;
  • Realizar outras tarefas que lhe forem determinadas.

Requisitos

  • Bacharelato em Ciências Sociais;
  • Conhecimento de programas de Saúde Sexual e Reprodutiva, HIV/SIDA para adolescentes e jovens;
  • Experiência na área de sistemas de comunicação e produção de materiais educativos-informativo.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Operations Manager, the Administration Manager 9/ Logistics Manager is responsible for the inventory management and logistics functions of the project.

Specific duties and responsibilities include the following:

  • Management of the project’s inventory control system, including storage, quality control, inventory record keeping, and inventory reporting;
  • Directs and supervises the storage, distribution, and transport of IRS commodity goods and equipment throughout the country;
  • Supervises Warehouse and Store Managers, and organizes capacity-building interventions to elevate their skills;
  • Manages the logistics for all project activities, including spray operations, entomological activities, events such as workshops and meetings, lodging and travel arrangements, etc;
  • Lead storekeeper’s training in supply chain management, stock and warerhouse management;
  • In collaboration with the Environmental Compliance Officer:
    • Ensures that all health and safety measures are in place and followed at all store and spraying locations;
    • Ensures the clearance and proper disposal of all waste material and excess items from project stores;
    • Helps to train drivers and warehouse managers on environmental compliance issues.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Logistics, Business, Management, Administration, or other relevant field;
  • At least four (4) years of relevant professional experience, with significant experience in the logistics and management of commodities;
  • Demonstrated experience in stock, supply chain and warehouse management;
  • Excellent management, supervisory, organizational, computer, and writing skills;
  • Experience in regulatory and operational aspects of insecticide use and management;
  • Demonstrated ability to work with a minimum of direction and supervision;
  • Demonstrated ability to work both as a member of a team as a team leader, with the ability to accept inputs of other team members;
  • Experience in working with districts and communities;
  • Excellent organizational, interpersonal communication and computer skills;
  • Experience with USAID and donor projects is highly desirable;
  • Fluency in English and Portuguese.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Monitoring & Evaluation Manager, the Database Manager is responsible for the set-up and management of M&E support functions personnel at the district level data entry centers during the spray campaign, and supports the implementation of the monitoring and evaluation (M&E) database of the PMI AIRS Mozambique Project.

Specific duties and responsibilities included but are not limited to the following:

  • Participate in the collection, analysis, and reporting of baseline M&E data and ongoing M&E data collection, analysis and reporting according to the project M&E plan;
  • Assist in the regular monitoring of project implementation against established targets and objectives;
  • Support periodic internal Data Quality Assessments and prepare the project for possible external Data Quality Audits to ensure validity, integrity, precision, reliability and timeliness of all performance data, identifying gaps and suggesting corrective actions on time;
  • Collect, analyze, and present program spray data for project staff, partners, counterparts, and donors;
  • Support the preparation of performance monitoring plans, including developing and defining program indicators and sources of data, as well as annual reports and other project documents;
  • Assist in the preparation of performance monitoring plans, including developing and defining program indicators and sources of data, as well as annual reports and other project documents;
  • Trains and manages the M&E support functions, including data entry clerks, M&E assistants and Database Coordinators;
  • Secures and leads the set up and demobilizatin of data centers for the annual spray campaign;
  • Coordinate with the US-based technology team to run and trouble shoot the project indicator database.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Computer Sciences, in Statistics, Community Health, Sociology, or other relevant field;
  • At least four to five years of relevant professional experience in database management, monitoring & evaluation, or other relevant social science activities;
  • Familiarity with quantitative and qualitative research methods;
  • Knowledge of analysis software (Excel, SPSS, EPiInfo, Arc GIS, etc.) desirable;
  • Experience in international development programs, preferrably with USAID-funded programs;
  • Knowledge of health project implementation in general, with knowledge about malaria prevention programs very desirable;
  • Well-organized, responsible, independent, efficient and able to multitask under pressure;
  • Professional interpersonal skills with the ability to work in multidisciplinary teams;
  • Demonstrated experience working with international and national partners;
  • Demonstrated experience in Microsoft Office, and good writing skills, statistical data analyse and interpretation;
  • Portuguese and English language required.
Vagas na Vale Moçambique

Este artigo reúne toda a informação sobre vagas de emprego na Vale Moçambique, caso tenha interesse em iniciar uma carreira nesta empresa multinacional que actua também em Moçambique, este guia vai lhe ajudar a dar os primeiros passos rumo à conquista do seu objectivo.

Sobre a Vale Moçambique

A Vale é uma empresa global presente nos cinco continentes que actua na área de mineração. Esta empresa actua em Moçambique e contribui para o desenvolvimento da indústria mineira do país desde 2004.

Possíveis carreiras na Vale

Embora muitos relacionem o trabalho na Vale à profissionais mineiros, assim como as demais grandes empresas, a Vale é feita de pro​fissionais de diferentes culturas, histórias e níveis académicos. Em Moçambique, mais de 2100 colaboradores trabalham na Mina de Carvão de Moatize e nas áreas administrativas, pesquisa mineral, logística e energia para transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável.

Operação de carvão – enfoque em processos voltados para a extração, pesquisa, produção e processamento mineral, operação e manutenção de equipamentos móveis na mina de carvão.

Para profissionais das áreas de Engenharia, Geologia, Saúde e Segurança, Segurança Empresarial, Ciências Sociais e Humanas

Logística – enfoque na operação e manutenção de linhas férreas, portos, navios e terminais.

Para Profissionais das áreas de Engenharia, Ciências Náuticas, Ciências Económicas, Gestão e Administração.

Projectos – enfoque na concepção, planeamento, desenvolvimento e implementação de projectos.

Para profissionais das áreas de Engenharia, Ciências Económicas, Gestão e Administração, Ciências Económicas, Ciências Sociais e Humanas.

Matriciais – áreas transversais de suporte às diversas áreas de negócio da Vale.

Para profissionais das áreas de Ciências Sociais e Humanas, Ciências Económicas, Ciências Políticas, Gestão e Administração

Consultar as mais recentes vagas de emprego da Vale

Embora vagas abertas possam não existir do momento, é aconselhável que consulte regularmente as mais recentes oportunidades de emprego publicadas pela Vale Moçambique visitando o site oficial da empresa ou página de Vagas na Vale no MMO Emprego. Caso ainda estejam abertas encorajamos a enviar a sua candidatura.

Candidatura espontânea na Vale Moçambique

Nos casos em que não existe explicitamente nenhuma vaga aberta na instituição, você ainda pode candidatar-se de forma espontânea através do endereço electrónico: recrutamento.mz@vale.com. É uma boa ideia ler o artigo Como enviar candidatura por email para garantir que sua voz será bem acolhida.

Receba oportunidades da Vale no seu email

E por fim você poderá garantir que vai tomar conhecimento de todas as vagas abertas futuramente no seu email, escrevendo-se no nosso boletim informativo diário.

Digite seu email

Recebe vagas da Vale no Facebook

Se é utilizador do Facebook, então está convidado a seguir a nossa página para receber as últimas vagas publicadas no nosso portal diariamente. Clique no botão like/curtir/gosto logo abaixo e seja bem vindo.

 

 

Vagas na EDM

Este artigo reúne toda a informação sobre vagas de emprego na EDM, caso tenha interesse em iniciar uma carreira nesta empresa estatal, continue lendo este guia e siga as dicas até que esteja pronto para seguir carreira.

Sobre a EDM

A Electricidade de Moçambique (EDM) é uma empresa de produção, transporte, distribuição e comercialização de energia eléctrica de Moçambique. Esta empresa criada em 1977, é detentora de cinco centrais hidroeléctricas e seis centrais termoeléctricas. No ano de 2010 a EDM foi classificada como uma das dez empresas de Moçambique com mais empregados.

Consultar Vagas da EDM no MMO Emprego

Embora vagas abertas possam não existir do momento, é aconselhável que consulte regularmente as mais recentes oportunidades de emprego publicadas pela Electricidade de Moçambique visitando o endereço vagas na EDM no MMO Emprego. Caso ainda estejam abertas encorajamos a enviar a sua candidatura.

Consultar vagas de emprego da EDM

Acompanhe as mais recente notícias da EDM

Outra forma de manter-se conectado com a EDM é acompanhando a página de notícias da empresa aqui. Assim, você pode colher informação valiosa para uma eventual candidatura no futuro. Também é uma boa ideia inscrever-se na Newsletter através do formulário disponível na barra lateral do website.

Oportunidades de emprego na EDM

Possíveis carreiras na EDM

Ao contrário do que vem à mente da maioria das pessoas, não apenas técnicos de electricidade podem trabalhar na EDM, assim como as demais empresas, existem vários departamentos que precisam de recursos humanos diferenciados para que a máquina da instituição funcione correctamente. Portanto, áreas administrativas, de gestão e técnicas também podem ser alvo de recrutamento.

Concursos na EDM

A EDM possui uma página electrónica dedicada à publicação de concursos actualizada com alguma frequência, caso esteja interessado em saber mais clique aqui e aceda ao conteúdo disponibilizado.

Primeiros passos

Se houver alguma vaga aberta é hora de preparar a sua carta de apresentação e o currículo para enviar a sua candidatura, caso contrário, foque-se em aprimorar as suas qualificações com formação e estágio profissional, muitas vezes poderá ser exigida alguma experiência para ocupar determinadas vagas, por isso esteja sempre aberto para realizar actividades que lhe possam dar a experiência necessária, mesmo que não sejam trabalhos efectivos.

Receba oportunidades da EDM no seu email

E por fim você poderá garantir que vai tomar conhecimento de todas as vagas abertas futuramente no seu email, escrevendo-se no nosso boletim informativo diário.

Digite seu email

Recebe vagas da Vale no Facebook

Se é utilizador do Facebook, então está convidado a seguir a nossa página para receber as últimas vagas publicadas no nosso portal diariamente. Clique no botão like/curtir/gosto logo abaixo e seja bem vindo.

 

Email: globalhr.africa@aidshealth.org e info@target.co.mz

Validade: 22/03/2017

A AIDS Healthcare Foundation (AHF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor do Programa do País.

Resumo

  • O Gestor do Programa do País é responsável por assegurar o pleno apoio do Programa;
  • Ele/ela é responsável por liderar estrategicamente, dirigir, desenvolver e gerir todos os aspectos do programa da AIDS Health Foundation (AHF) em Moçambique, como um membro efectivo da equipe de Gestão de AHF em África.

Deveres Essenciais e Responsabilidades

Incluindo o seguinte, outras funções podem ser atribuídas.

Liderança:

  • Providenciar uma liderança eficaz e inspiradora ao estar activamente envolvido em todos os programas e serviços, desenvolvendo um amplo e profundo conhecimento de todas as áreas do programa;
  • Promover os valores e a missão da AHF dentro da organização;
  • Identificar oportunidades que permitam a AHF influenciar os pontos fortes do programa, de modo a capitalizar novas oportunidades e/ou lidar com os desafios organizacionais à medida que surjam;
  • Liderar, capacitar, desenvolver e reter pessoal com alto nível de desempenho, com ênfase no desenvolvimento de capacidade na planificação e orçamentação de programas estratégicos;
  • Preparar e apresentar um orçamento operacional anual, gerir eficazmente dentro deste orçamento, e informar com precisão sobre is progressos realizados e os desafios encontrados;
  • Assegurar a capacidade financeira dos programas operacionais do país, através de uma gestão financeira sólida;
  • Trabalhar em parceria com a equipe do escritório, elaborar planos estratégicos e implementar novos processos e abordagens para alcançá-los;
  • Em parceria com a equipe do escritório, desenvolver actividades essenciais de liderança interna (recursos humanos, administração e planeamento organizacional);
  • Providenciar apoio de gestão, mentoria e orientação aos subornados. Fornecer a todos os funcionários uma forte presença diária de liderança;
  • Realizar operações a nível nacional e local e apoiar uma política de abertura entre todos os funcionários;
  • Servir como representante da AHF do programa do país, com parceiros de implementação, agências públicas e privadas, programas nacionais de SIDA e principais agências doadoras. Representar a AHF em reuniões sobre questões de HIV/SIDA e manter uma vasta gama de contactos profissionais com organizações governamentais e não-governamentais.

Edificação do Programa:

  • Assumir a liderança na identificação de novas oportunidades para o crescimento do programa do país;
  • Coordenar o desenvolvimento de planos de trabalho e orçamentos anuais;
  • Assegurar que todos os contratos de parceiros programáticos e MoU’s estejam actualizados;
  • Desenvolver/ melhorar e implementar políticas e sistemas operacionais padrão, em relação à gestão de aquisição, stock, logística e gestão de activos;
  • Identificar políticas e procedimentos operacionais padrão necessários para o desempenho eficiente e efectivo de programas;
  • Participar na preparação da proposta, em colaboração com o escritório sede da AGF África, incluindo avaliação de campo, redacção e negociações com os doadores, identificação de parceiros e elaboração de propostas, estruturas lógicas, planos de trabalhar e orçamentos detalhados;
  • Assegurar que o Manual de Políticas e Procedimentos do Programa Global da AHF seja claramente divulgado, implementado e cumprido;
  • Produzir relatórios de programas nacionais regularmente para o escritório sede da AHF, a Direcção Governamental de África e os doadores, conforme necessário. Recursos Humanos, Gestão Financeira;
  • Trabalhar com Departamentos de Finanças e Orçamento para assegurar que a informação financeira permita a orçamentação estratégica e monitoramento do desempenho financeiro vs programa;
  • Identificar as melhores práticas e melhorar os sistemas internos, tendo em vista as necessidades futuras e as realidades orçamentais;
  • Trabalhar em estreita colaboração com a equipe de finanças e gestores no processo orçamental, prover monitoria e apoio à equipe.

Requisitos

Educação e/ou Experiência:

  • Bacharel em Medicina, Administração Pública ou Ciências Sociais, com mais de dez (10) anos de experiência profissional. Mestrado em Saúde Pública ou Grau de Mestrado relevante em Ciências ou Gestão de Negócios e um mínimo de 5-7 anos de experiência na gestão de saúde pública/ programas de desenvolvimento internacional;
  • Competências comprovadas em gestão, supervisão, liderança e networking, com pelo menos 3-5 anos de experiência de supervisão;
  • Comunicar-se fluentemente em Inglês e Português.

Recursos Humanos, Gestão Financeira:

  • Trabalhar com os Departamentos de Finanças e Orçamento para assegurar que a informação financeira permita a orçamentação estratégica e o monitoramento do desempenho financeiro vs programa;
  • Identificar as melhores práticas e melhorar os sistemas internos, tendo em vista as necessidades futuras e as realidades orçamentais;
  • Trabalhar em estreita colaboração com a equipe de finanças e Gerentes no processo orçamentário, mentor e equipe de suporte nesta área.

Conhecimentos em HIV/SIDA e questões relacionadas com a Saúde

  • Altamente qualificados na programação de HIV/AIDS, preferencialmente dentro de um contexto africano, financiado por doadores principais como o governo dos EUA, o Banco Mundial, o Fundo Global para AIDS, TB e Malária, corporações, fundações, etc;
  • Ser culturalmente sensível e capaz de trabalhar em uma ampla variedade de configurações e culturas;
  • Disponibilidade para viajar, pelo menos doze (12) semanas por ano, para os locais de operações, conforme atribuído;
  • Possuir passaporte válido.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Sobre a Empresa

A AIDS Healthcare Foundation (AHF) é uma ONG Global sem fins lucrativos, legalmente registada nos EUA em 1987. Foi legalizada em Moçambique em Dezembro de 2016. A organização dedica-se ao fornecimento de cuidados e tratamento do HIV, bem como a advocacia em 38 países no mundo.

Responsibilities

  • Management of office/project logistics; Develop/implement the country logistics policies and procedures for the management of the supply chain, including transport and distribution, warehousing and stock management, and for the management of vehicle fleets and assets;
  • Ensure that the supply chain is appropriate and cost effective, based on budget markets, infrastructure, nature of the Good Neighbors programs, and need for timely delivery;
  • Assist Administration office works including ensuring office security condition and clearance;
  • The post-holder will comply with all relevant Good Neighbors policies and procedures with respect to child safeguarding, safety and security, code of conduct and other relevant policies.

Qualification

  • Mozambican Nationality;
  • Above Bachelor school degree;
  • Good communication skill written and oral (Portuguese, English);
  • Computer literacy and good documentation skills;
  • Willingness to travel to rural area;
  • A minimum of 2 years of related-experience in either logistics/administration field or humanitarian development field.