Advertisements

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

Local: Chimoio – Manica

A Development Media International (DMI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Investigador.

Contexto

A Development Media International (DMI) realiza campanhas de comunicação de massa para mudar comportamentos e salvar vidas nos países em desenvolvimento. A DMI é uma ONG inovadora que te vindo a crescer rapidamente e tem um excelente histórico no melhoramento de resultados de saúde, através da mudança de comportamentos. A DMI está quase a embarcar numa grande campanha nacional na rádio – Intensaúde – com o objectivo de mortalidade infantil. Esta acção visa incentivar a procura de tratamentos de saúde, sobretudo em relação a doenças como a malária, pneumonia e diarreia. O ensaio clínico controlado e aleatorizado (randomized controlled trial – RCT) realizado pela DMI em Burquina Faso demonstrou que as campanhas na rádio podem reduzir a mortalidade infantil em 6,3%. A DMI está desenvolver projectos no país desde Março de 2015 e encontra-se de momento a expandir a sua equipa para poder dar continuidade a este novo e estimulante projecto.

Descrição do Cargo

  • O Investigador possui um papel fundamental na DMI Moçambique, ajudando com actividades de estudos quantitativos e mantendo boas relações com os principais interessados, nomeadamente o Ministério da Saúde. Tem de saber trabalhar com métodos de pesquisa quantitativa e liderar a validação dos dados de centros de saúde nas províncias de Manica e Sofala, que serão usados para avaliar o impacto da campanha de media da DMI. Trabalha em estreita colaboração com o Especialista em Comunicações, para realizar estudos qualitativos sobre o público-alvo e a forma como a campanha é recebida junto do mesmo. Também tem de contribuir para outras tarefas, tais como a elaboração de inquéritos e a supervisão de empresas de estudos de mercado que realizem a recolha de dados, conforme indicado pelo Representante do País. Este cargo envolve uma quantidade significativa de viagens, incluindo pernoitar.

Principais Funções

  • Adquirir conhecimentos sobre os métodos da DMI e os objectivos do projecto;
  • Obter todas as aprovações éticas e administrativas necessárias para a realização de pesquisa de campo;
  • Planear e coordenar viagens de pesquisa, gerir orçamentos e operações de campo e supervisionar o trabalho de investigadores juniores;
  • Visitar os centros de saúde em províncias seleccionadas para a recolha de dados de rotina e divulgar esses dados à equipa de pesquisa da DMI de forma concisa e prontos a serem interpretáveis;
  • Comparar dados recolhidos nos centros de saúde com outros fornecidos pelo Ministério da Saúde;
  • Realizar estudos qualitativos, incluindo entrevistas individuais e focus groups, para entender o contexto local, obstáculos à mudança de comportamento e recolher feedback sobre as campanhas da DMI. Ajudar a melhorar os briefings para a criação de conteúdos da campanha;
  • Sintetizar e apresentar os resultados da pesquisa à equipa de produção e fazer recomendações para o conteúdo das mensagens de saúde dos spots de rádio;
  • Trabalhar com a equipa de produção para ajudar a mesma a entender o contexto e garantir que os spots produzidos representem com precisão a cultura local;
  • Coordenar e participar em pré-teste dos spots e apresentar as conclusões às equipas de pesquisa e produção;
  • Manter boas relações com os principais interessados, em particular com o Ministério da Saúde;
  • Comunicar com o Ministério da Saúde, parceiros de pesquisa, rede de rádios parceira e outras ONG que trabalhem em Moçambique;
  • Ajudar na configuração de uma rede de monitores de emissão nas regiões de estudo;
  • Representar a DMI em grupos de trabalho e fóruns de ONG;
  • Contribuir para a concepção e supervisão de estudos quantitativos;
  • Ter capacidade de contribuir para a análise e interpretação dos resultados da pesquisa e conduzir a redacção de relatórios de análise de pesquisa;
  • Trabalhar em estreita colaboração e reportar à equipa da DMI em Maputo;
  • Comunicar com a equipa de pesquisa da DMI em Londres;
  • Estar actualizado sobre os desenvolvimentos no campo da saúde materna e infantil a nível internacional e em Moçambique, para garantir que a nossa equipa permaneça actualizada sobre temas relevantes;
  • Assumir a responsabilidade por outros elementos do projecto e executar outras tarefas conforme solicitado pelo Representante do País.

Requisitos

Competências Essenciais

  • Licenciatura em Ciências Sociais ou disciplina relacionada (por exemplo: Saúde Pública, Epidemiologia, Antropologia, Sociologia);
  • Experiência pós-Universitária em estudos quantitativos e qualitativos;
  • Fluência em Português escrito e falado. Conhecimentos de inglês ou de outra qualquer língua importante em Moçambique constituem vantagem;
  • Grandes capacidades intelectuais, que podem ser atestadas através da apresentação de bons resultados académicos durante a entrevista.

Competências Desejáveis

  • Experiência de trabalho com centros de saúde ou recolha de dados de rotina através de sistemas de saúde;
  • Experiência em análise de dados;
  • Experiência de trabalho e de estabelecimento de contactos nas comunidades rurais e na condução de pesquisa de campo em Moçambique.

Exigências

Advertisements

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

Local: Maputo

A Development Media International (DMI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Administrador de Escritório.

Contexto

A Development Media International (DMI) realiza campanhas de comunicação de massa para mudar comportamentos e salvar vidas nos países em desenvolvimento. A DMI é uma ONG inovadora que te vindo a crescer rapidamente e tem um excelente histórico no melhoramento de resultados de saúde, através da mudança de comportamentos. A DMI está quase a embarcar numa grande campanha nacional na rádio – Intensaúde – com o objectivo de mortalidade infantil. Esta acção visa incentivar a procura de tratamentos de saúde, sobretudo em relação a doenças como a malária, pneumonia e diarreia. O ensaio clínico controlado e aleatorizado (randomized controlled trial – RCT) realizado pela DMI em Burquina Faso demonstrou que as campanhas na rádio podem reduzir a mortalidade infantil em 6,3%. A DMI está desenvolver projectos no país desde Março de 2015 e encontra-se de momento a expandir a sua equipa para poder dar continuidade a este novo e estimulante projecto.

Descrição do Cargo

  • O Administrador será responsável pela realização de tarefas financeiras e administrativas no escritório da DMI em Maputo. Irá processar pagamentos e manter registos de todas as transacções financeiras. Trabalhará em estreita colaboração com o Representante Adjunto do País e a equipa financeira da DMI no Reino Unido (com sede em Londres) e será responsável por garantir que os procedimentos financeiros e administrativos são estritamente cumpridos. Também ajudará a recolher dados de monitorização de transmissão e auxiliará o Representante do País em outras tarefas logísticas.

Principais Funções

  • Adquirir rapidamente conhecimentos sobre os métodos da DMI e os objectivos do projecto;
  • Ajudar na criação de sistemas, controlos e procedimentos financeiros transparentes que permitam a monitorização, o controlo e responsabilização efectiva de todos os movimentos financeiros. E, assim que esses sistemas estiverem operativos, deve mantê-los e melhorá-los;
  • Assegurar o cumprimento de todas as políticas e procedimentos relevantes em matéria de caixa, adiantamentos, banca, aquisições e activos. Tal inclui garantir que outros membros da equipa sigam as políticas correctamente;
  • Registar todas as receitas e despesas relacionadas com as actividades do projecto e dar assistência na realização de previsões e revisões de orçamento, conforme necessário;
  • Realizar pagamentos em dinheiro em nome da DMI Moçambique de acordo com as políticas da DMI;
  • Manter os registos financeiros da DMI Moçambique;
  • Manter um sistema de arquivo para os documentos financeiros relevantes;
  • Enviar relatórios mensais e trimestrais à DMI Londres, detalhando receitas, despesas, balanço patrimonial, flutuações orçamentais com comentários e reconciliações bancárias e de caixa com um alto nível de precisão.
  • Enviar relatórios contabilísticos semanais para o escritório da DMI Londres;
  • Preparar previsões mensais e trimestrais de fluxo de caixa para a DMI Moçambique e usar essas previsões para preparar pedidos de fundos mensais à DMI Londres;
  • Manter o inventário da DMI Moçambique e garantir a segurança dos activos da DMI;
  • Assegurar que todas as informações financeiras exigidas por doadores ou auditores externos são fornecidas à DMI Londres em tempo útil;
  • Ajudar no trabalho administrativo necessário para manter o estatuto da DMI junto dos ministérios e a sua permissão para operar em Moçambique;
  • Ajudar a manter actualizada a documentação necessária para os veículos da DMI em Moçambique;
  • Ajudar na selecção, aquisição e manutenção de seguros e serviços relevantes (como internet, electricidade, etc.) para o escritório de Maputo, conforme exigido pelo Representante do País;
  • Ajudar na recolha de dados semanais de transmissão da rede de monitores de rádio da DMI;
  • Coordenar, planear e organizar viagens e alojamento, tanto para o pessoal da DMI Moçambique como para as equipas que estão de visita, oriundas de outros escritórios da DMI;
  • Ajudar no processo de recrutamento, elaborar propostas de contratos e certificar-se de que os Contratos estão em conformidade com o manual de Recursos Humanos e as leis moçambicanas;
  • Manter um registo das férias gozadas pelos colaboradores;
  • Manter uma boa comunicação com a equipa financeira da DMI Londres;
  • Coordenar e comunicar regularmente com o escritório da DMI em Manica;
  • Assumir a responsabilidade por outros elementos do projecto e executar outras tarefas, conforme solicitado pelo Representante do País.

Requisitos

Competências Essenciais

  • Com formação Universitária ou experiência profissional equivalente;
  • Experiência anterior em funções financeiras ou administrativas;
  • Excelente atenção ao detalhe e capacidade de organização;
  • Fluência em Português escrito e falado. Conhecimentos de Inglês ou de outra qualquer língua importante em Moçambique constituem vantagem;
  • Experiência a trabalhar com o Microsoft Excel;
  • Grandes capacidades intelectuais, que podem ser atestadas através da apresentação de bons resultados académicos durante a entrevista.

Competências Desejáveis

  • Experiência de trabalho financeiro numa ONG;
  • Experiência na criação de sistemas e procedimentos financeiros para uma organização.

Exigências

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

Local: Maputo

A Development Media International (DMI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Investigador Sénior.

Contexto

A Development Media International (DMI) realiza campanhas de comunicação de massa para mudar comportamentos e salvar vidas nos países em desenvolvimento. A DMI é uma ONG inovadora que te vindo a crescer rapidamente e tem um excelente histórico no melhoramento de resultados de saúde, através da mudança de comportamentos. A DMI está quase a embarcar numa grande campanha nacional na rádio – Intensaúde – com o objectivo de mortalidade infantil. Esta acção visa incentivar a procura de tratamentos de saúde, sobretudo em relação a doenças como a malária, pneumonia e diarreia. O ensaio clínico controlado e aleatorizado (randomized controlled trial – RCT) realizado pela DMI em Burquina Faso demonstrou que as campanhas na rádio podem reduzir a mortalidade infantil em 6,3%. A DMI está desenvolver projectos no país desde Março de 2015 e encontra-se de momento a expandir a sua equipa para poder dar continuidade a este novo e estimulante projecto.

Descrição do Cargo

  • O Investigador Sénior possui um papel fundamental na DMI Moçambique, liderando actividades de estudos quantitativos pelo país e mantendo boas relações com os principais interessados, nomeadamente o Ministério da Saúde. Tem de saber trabalhar com métodos de pesquisa quantitativa e liderar a validação dos dados de centros de saúde das províncias do sul, que serão usados para avaliar o impacto da campanha de media da DMI. Trabalha em estreita colaboração com os Especialistas em Comunicações em Maputo e Chimoio, para realizar estudos qualitativos sobre o público-alvo e a forma como a campanha é recebida junto do mesmo. Também tem de contribuir para outras tarefas, tais como a elaboração de inquéritos e a supervisão de empresas de estudos de mercado que realizem a recolha de dados, conforme indicado pelo Representante do País. Este cargo envolve uma quantidade significativa de viagens, incluindo pernoitar.

Principais Funções

  • Adquirir conhecimentos sobre os métodos da DMI e os objectivos do projecto;
  • Manter boas relações com os principais interessados, em particular com o Ministério da Saúde;
  • Obter todas as aprovações éticas e administrativas necessárias para a realização de pesquisa de campo;
  • Planear e coordenar viagens de pesquisa, gerir orçamentos e operações de campo e supervisionar o trabalho de investigadores juniores;
  • Visitar os centros de saúde em províncias seleccionadas para a recolha de dados de rotina e divulgar esses dados à equipa de pesquisa da DMI de forma concisa e prontos a serem interpretáveis;
  • Comparar dados recolhidos nos centros de saúde com outros fornecidos pelo Ministério da Saúde;
  • Realizar estudos qualitativos, incluindo entrevistas individuais e focus groups, para entender o contexto local, obstáculos à mudança de comportamento e recolher feedback sobre as campanhas da DMI. Ajudar a melhorar os briefings para a criação de conteúdos da campanha;
  • Sintetizar e apresentar os resultados da pesquisa à equipa de produção e fazer recomendações para o conteúdo das mensagens de saúde dos spots de rádio;
  • Trabalhar com a equipa de produção para ajudar a mesma a entender o contexto e garantir que os spots produzidos representem com precisão a cultura local;
  • Coordenar e participar em pré-teste dos spots e apresentar as conclusões às equipas de pesquisa e produção;
  • Ajudar na configuração de uma rede de monitores de emissão nas regiões de estudo;
  • Comunicar com o Ministério da Saúde, parceiros de pesquisa, rede de rádios parceira e outras ONG que trabalhem em Moçambique;
  • Ajudar a supervisionar a equipa de investigadores a trabalhar em Manica;
  • Representar a DMI em grupos de trabalho e fóruns de ONG;
  • Contribuir para a concepção e supervisão de estudos quantitativos;
  • Ter capacidade de contribuir para a análise e interpretação dos resultados da pesquisa e conduzir a redacção de relatórios de análise de pesquisa;
  • Trabalhar em estreita colaboração e reportar à equipa de pesquisa da DMI em Londres;
  • Estar actualizado sobre os desenvolvimentos no campo da saúde materna e infantil a nível internacional e em Moçambique, para garantir que a nossa equipa permaneça actualizada sobre temas relevantes;
  • Assumir a responsabilidade por outros elementos do projecto e executar outras tarefas conforme solicitado pelo Representante do País.

Requisitos

Competências Essenciais

  • Licenciatura em ciências sociais ou disciplina relacionada (por exemplo: saúde pública, epidemiologia, antropologia, sociologia);
  • Experiência Pós-Universitária em estudos quantitativos e qualitativos;
  • Fluência em Português escrito e falado. Conhecimentos de inglês ou de outra qualquer língua importante em Moçambique constituem vantagem;
  • Grandes capacidades intelectuais, que podem ser atestadas através da apresentação de bons resultados académicos durante a entrevista.

Competências Desejáveis

  • Experiência de trabalho com centros de saúde ou recolha de dados de rotina através de sistemas de saúde;
  • Experiência em análise de dados;
  • Experiência de trabalho e de estabelecimento de contactos nas comunidades rurais e na condução de pesquisa de campo em Moçambique.

Exigências

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

Local: Maputo

A Development Media International (DMI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Representante Nacional Adjunto.

Contexto

A Development Media International (DMI) realiza campanhas de comunicação de massa para mudar comportamentos e salvar vidas nos países em desenvolvimento. A DMI é uma ONG inovadora que te vindo a crescer rapidamente e tem um excelente histórico no melhoramento de resultados de saúde, através da mudança de comportamentos. A DMI está quase a embarcar numa grande campanha nacional na rádio – Intensaúde – com o objectivo de mortalidade infantil. Esta acção visa incentivar a procura de tratamentos de saúde, sobretudo em relação a doenças como a malária, pneumonia e diarreia. O ensaio clínico controlado e aleatorizado (randomized controlled trial – RCT) realizado pela DMI em Burquina Faso demonstrou que as campanhas na rádio podem reduzir a mortalidade infantil em 6,3%. A DMI está desenvolver projectos no país desde Março de 2015 e encontra-se de momento a expandir a sua equipa para poder dar continuidade a este novo e estimulante projecto.

Descrição do Cargo

  • O Representante Adjunto do País é um cargo sénior com um papel importante na gestão de pessoal em Moçambique. Enquanto o Representante do País (RP) terá de gerir sobretudo a área das relações externas, o Adjunto assumirá o comando operacional do projecto Intensaúde. Tal envolverá auxiliar o Representante do País na gestão dos diferentes fluxos de trabalho (pesquisa, produção, administração, finanças) e as respectivas equipas. Trabalhará em estreita coordenação com o Representante do País e a sede da DMI em Londres para aprovar planos com vista à implementação do projecto. Também será responsável por garantir que a DMI respeita a legislação moçambicana vigente nas áreas financeira e laboral e assegurar que as políticas internas da DMI são cumpridas. O Representante Adjunto do País fará ainda deslocações regulares ao escritório da DMI em Chimoio.

Principais Funções

  • Adquirir conhecimentos sobre os métodos e objectivos da DMI e as metas do projecto;
  • Ter um papel activo no seio da equipa de gestão sénior em Moçambique e contribuir para a tomada de decisões estratégicas e de gestão;
  • Assumir um papel fundamental na gestão da equipa da DMI em Moçambique e dirigir o escritório de Maputo caso o RP se ausente;
  • Auxiliar na calendarização e monitorização das actividades do projecto, como a pesquisa de campo, a produção de spots de rádio de 60 segundos, a distribuição e a transmissão de spots nos meios de comunicação que são parceiros da DMI;
  • Ajudar na criação de sistemas, controlos e procedimentos financeiros transparentes que permitam a monitorização, o controlo e responsabilização efectiva de todos os movimentos financeiros. E, assim que esses sistemas estiverem operativos, deve mantê-los e melhorá-los;
  • Fazer a supervisão financeira do projecto e colaborar com o Administrador de Escritório para a realização de previsões e relatórios financeiros a apresentar, cuidadosa e atempadamente, à DMI Londres;
  • Manter-se actualizado e garantir o cumprimento da legislação moçambicana nas áreas financeira e laboral;
  • Auxiliar no processo de recrutamento de pessoal;
  • Ajudar na elaboração de contratos com consultores e organizações parceiras da DMI em Moçambique;
  • Negociar contratos com as rádios seleccionadas e garantir que estas respeitam os termos desses acordos;
  • Assumir a responsabilidade pela distribuição dos spots da DMI às rádios parceiras;
  • Assegurar o bom funcionamento do escritório através da aquisição de serviços relevantes (como internet, seguros, etc.) para a DMI em Moçambique, de acordo com as políticas internas desta organização;
  • Manter a situação do estatuto da DMI nos ministérios e as respectivas autorizações para operar em Moçambique;
  • Aconselhar o Representante do País em questões financeiras, operacionais e laborais;
  • Garantir uma gestão de pessoal eficaz em outras localizações de Moçambique, mantendo o contacto regular entre os escritórios e realizando visitas ocasionais a essas localizações (aprox. 8 vezes por ano);
  • Comunicar regularmente e de forma clara com a DMI em Londres sobre todas as vertentes do projecto;
  • Assumir a responsabilidade por outros elementos do projecto e executar outras tarefas, conforme solicitado pelo Representante do País.

Requisitos

Competências Essenciais

  • Com formação Universitária ou experiência profissional equivalente;
  • Grande capacidade de gestão, atestada pela experiência de gestão de equipas multidisciplinares num cargo anterior;
  • Experiência de gestão de projectos respeitando os orçamentos e os prazos;
  • Grande capacidade diplomática e experiência na criação de contactos produtivos ao mais alto nível em organizações variadas;
  • Profundos conhecimentos financeiros, atestados por um cargo financeiro de responsabilidade significativa noutra organização;
  • Fluência em Português escrito e falado. Conhecimentos de Inglês ou de outra qualquer língua importante em Moçambique constituem vantagem;
  • Grandes capacidades intelectuais, atestadas através da apresentação de bons resultados académicos durante a entrevista. Embora não seja necessário ter formação científica, o candidato tem de ser capaz de compreender as questões científicas com que lidamos.

Competências Desejáveis

  • Qualificado na área de Contabilidade;
  • Qualificado na área de gestão de projecto;
  • Competências na área de recursos humanos e conhecimento do Direito do Trabalho moçambicano;
  • Experiência de trabalho com estações de rádio e outros órgãos de comunicação social em Moçambique;
  • Conhecimentos de saúde pública. Embora não seja necessário ter formação nesta área, terá de demonstrar capacidade de compreensão de questões relacionadas com a saúde pública inerentes ao projecto.

Exigências

Endereço: Av. Eduardo Mondlane, 220 – Tete

Email: [email protected]

Validade: 23/10/2017

Local: Tete

Os Médicos Sem Fronteiras (MSF), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assistente Administrativo/ Financeiro/ RH.

Responsabilidades

  • Apoio na preparação de vagas e sua divulgação. Recepção de candidaturas;
  • Preparação de contratos de trabalho dos apurados, de acordo com os requisitos da MSF;
  • Organização de processos individuais dos trabalhadores;
  • Gestão de base de dados do pessoal “HOMERE”;
  • Fazer o seguimento de férias do pessoal, ausências e faltas;
  • Preparar folha de salários;
  • Fazer a inscrição do novo pessoal no INSS;
  • Organização de formações;
  • Assegurar o registo, envio e recepção de correspondências;
  • Gestão do dinheiro ao nível de caixas;
  • Seguimento dos documentos de suporte para os pagamentos efectuados;
  • Fazer o lançamento dos movimentos feitos na base de dados contabilística “SAGA”, de acordo com a tabela de locação e descrições padrão;
  • Efectuar todos pagamentos conforme pedidos devidamente autorizados.

Requisitos

Experiência Profissional

  • Experiência como Assistente Administrativo, mínimo de dois (2) anos;
  • Experiência na área Financeira, em especial com gestão de caixa.

Competências Pessoais e de Línguas

  • Nível Universitário ou formação equivalente em Administração/ RH e Finanças;
  • Conhecimento da Lei do Trabalho em Moçambique, INSS, IRPS e Relação Nominal;
  • Bons conhecimentos de informática (Excel & Word);
  • Capaz de manter e guardar a confidencialidade das informações a que tenha acesso;
  • Português fluente, Inglês e/ou Francês, uma vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópia do B.I.:
  • Cópia do NUIT;
  • Diplomas;
  • Certificados;
  • Cartas de Recomendação
  • Carta de Motivação.

Sobre a Empresa

Médicos Sem Fronteiras é uma Organização Humanitária que foi criada em 1971. A MSF está presente em Moçambique desde 1984. MSF Bélgica é activa na área de prevenção e do tratamento do HIV-SIDA a nível da cidade de Maputo e província de Tete.

Endereço: Bairro 29 de Setembro, nº 91, Vila de Marracuene – Maputo

Email: [email protected]

Validade: 22/11/2017

Local: Marracuene – Maputo

CCS Itália – Centro Cooperazione Sviluppo é uma ONG que trabalha em Moçambique desde 1998 para a protecção e promoção dos direitos das crianças e o desenvolvimento das comunidades. No âmbito das actividades que realiza, pretende contratar um/a Administrador/a Nacional de acordo com os seguintes Termos de Referência:

Posição

  • Responsável Nacional de Administração, Finanças e Recursos Humanos.

Objectivos da Posição

  • Executar e/ou coordenar e orientar as actividades da Área administrativa, contabilística-financeira e dos recursos humanos dos escritórios provinciais ao nível nacional, em coordenação o Representante País

Principais Tarefas

  • Em colaboração com o Representante do País, implementar um sistema eficaz de gestão administrativa e financeira dos projectos;
  • Garantir uma gestão correcta dos procedimentos e da documentação administrativa, contabilístico-financeira, orçamental e dos recursos humanos dos projectos implementados por cada escritório provincial, de acordo com as regras em uso na associação e/ou requeridas pelos doadores específicos de cada projecto;
  • Garantir uma orientação, supervisão e controlo dos procedimentos e da documentação administrativa, contabilístico-financeira, orçamental e dos recursos humanos dos projectos dos escritórios provinciais;
  • Garantir o envio da documentação e dos relatórios financeiros nas formas e nos prazos previstos pelos procedimentos da Associação e/ou pelos doadores específicos de cada projecto;
  • Orientar os escritórios provinciais na aplicação da política de gestão dos recursos humanos (salarial, contratual, de formação) definida nos procedimentos da Associação;
  • Acompanhar os escritórios provinciais na realização dos procedimentos de procurement, com particular atenção para com os concursos públicos;
  • Reforçar as capacidades e realizar formações em prol dos colaboradores dos escritórios provinciais;
  • Desempenhar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

Recursos a Disposição

  • Computador e outro equipamento informático e de escritório, com acesso limitado ao trabalho;
  • Material de escritório e consumíveis (arquivos, papel, canetas, etc);
  • Transporte para as deslocações, quando for necessário.

Referente Directo

  • Representante País.

Competências Requeridas

  • Conhecimento profundo do contexto Moçambicano e da legislação laboral e fiscal do País;
  • Formação específica no Sector administrativo-contabilístico, laboral e de prestação de contas;
  • Conhecimentos de contabilidade, gestão de tesouraria e gestão orçamental, gestão de compras e fornecedores;
  • Autonomia na utilização de programas informáticos de escritório e capacidade de aprender rapidamente novos programas;
  • Fluente na língua Portuguesa;
  • Capacidade de trabalhar autonomamente na língua Inglesa e, de preferência, na língua Italiana;
  • Conhecimentos das regras administrativas dos principais doadores institucionais (União Europeia, USAID, Agência Italiana de Cooperação entre outros).

Capacidades Requeridas

  • Resolução dos problemas em autonomia com propostas inovadoras;
  • Organização, síntese, planificação e de colaborar em coordenação com diferentes interlocutores;
  • Trabalho em grupo com orientação aos resultados;
  • Predisposição para as relações interpessoais e empatia;
  • Trabalhar sob pressão.

Outros Requisitos

  • Nacionalidade moçambicana;
  • Experiência de, pelo menos, cinco (5) anos em posto similar, de preferência em ONG ou no âmbito da cooperação internacional;
  • Disponibilidade em efectuar missões periódicas nas províncias onde a CCS opera;
  • Carta de condução (veículos ligeiros).

Local de Tabalho

  • Sede Nacional da CCS Itália em Marracuene, com missões em outras províncias do País onde a CCS tenha Delegações ou esteja a implementar projectos.

Disponibilidade

  • Imediata.

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

A Birlik International School está seleccionando Professores para actuarem nas seguintes áreas do Ensino Secundário Geral [8ª, 9ª e 11ª Classes]:

Curriculo Cambridge – cinco (5) vagas, sendo: um (1) para Português, um (1) para Matemática (em regime de full time), um (1) para Física, um (1) para Biologia e um (1) para Química.

Requisitos

Exige-se:

  • Formação de nível Superior em ensino;
  • Jovem e dinâmico;
  • Domínio da língua Inglesa.

Aprecia-se:

  • Conhecimentos informáticos;
  • Conhecimento da língua Portuguesa

Curriculo Nacional – duas (2) vagas, sendo: um (1) para Filosofia e outra para Francês em regime de part time.

Requisitos

Exige-se:

  • Formação de nível Superior em ensino;
  • Jovem e dinâmico;
  • Domínio da língua Portuguesa.

Aprecia-se:

  • Conhecimentos informáticos;
  • Conhecimento da língua Inglesa.

Endereço: Av. Mártires de Mueda, nº 317, R/C Dtº. – Nampula

Email: [email protected]

Validade: 20/10/2017

Local: Nampula

Miruku Coop pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação.

Responsabilidades

  • Elaborar planos de actividades anuais, trimestrais e mensais;
  • Desenvolver e/ou melhorar instrumentos de recolha de informações com base nos indicadores do projecto e assistir/ treinar a equipa do consórcio na recolha de informações relevantes sobre actividades e resultados;
  • Assegurar a coerência do quadro lógico dos projectos, particularmente dos objectivos, resultados, indicadores e meios de verificação;
  • Apoiar a organização na preparação do plano operacional anual;
  • Preparar planos de capacitação do pessoal dos projectos em monitoria e avaliação;
  • Organizar o plano de M&A que será composto das revisões anuais, das avaliações participativas de impacto, medidas de monitoria de processos e das operações e sessões de documentação de boas práticas e lições aprendidas;
  • Orientar o processo de identificação e desenho de principais indicadores em cada projecto tendo em vista o registo e comunicação dos progressos materiais em relação aos planos operacionais anuais dos projectos;
  • Desenvolver instrumentos de recolha de dados e desenhar formatos de relatórios;
  • Apoiar ao pessoal dos projectos (Gestores, Oficiais e Técnicos) no uso dos formatos de relatórios aprovados pela instituição;
  • Assegurar a análise coerente e crítica da informação contida nos relatórios aprovados pela instituição;
  • Elaborar e documentar estudos de caso para divulgar experiências e boas práticas junto do grupo alvo e parceiros;
  • Assistir a equipa do projecto na integração de informações relevantes nos relatórios trimestrais e colaborar com o gestor na elaboração dos relatórios trimestrais.

Requisitos

  • Conhecimentos sólidos de metodologias participativas;
  • Conhecimentos sólidos de estatística e informática (Excel avançado);
  • Experiência em desenho, implementação, monitoria e avaliação de projectos e programas;
  • Experiência em concepção e implementação de sistemas de gestão e geração de informação (MS Project, etc);
  • Formação Superior em Gestão de Projectos, Estatística, M&A ou outras áreas relacionadas.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Outros Documentos Complementares.

Endereço: Campus UNIZAMBEZE de Matacuane, no 1º piso no edifício novo – Beira

Email: [email protected]

Cel: 84 522 9025

Local: Beira – Sofala

Duração: Formação e começo de funções a partir  de Novembro 2017 até Outubro 2018

Reporta a: Coordenadora de Programa

A Fundação Girl Move está a implementar um programa inovador que aposta na capacitação de uma nova geração de Mulheres Líderes Moçambicanas, na cidade de Beira em Moçambique. Estamos à procura de um (1) Gestor Financeiro, de preferência com experiência em trabalho com organizações não governamentais, para apoiar a equipa de gestão da Girl Move, na cidade da Beira. Procuramos alguém que conheça bem a lei moçambicana, seja autónomo e de confiança.

Esperamos

  • Formação na área de Finanças, Contabilidade, Recursos Humanos ou áreas afins;
  • Forte sentido de equipa e de colaboração com projectos da Organização;
  • Autonomia na gestão de projectos com enfoque nos resultados;
  • Excelente conhecimento da lei laboral e organizacional Moçambicana;
  • Experiência em gestão financeira, mínimo de cinco (5) anos;
  • Preferência por experiência em gestão financeira de ONG’s e financiamentos internacionais;
  • Capacidade para, com as suas acções, mostrar pôr o serviço aos beneficiários da Acção da GM em primeiro lugar;
  • Domínio de Português e de Inglês, escrita e fala;
  • Disponibilidade e compromisso para um (1) ano;
  • Bons conhecimentos de informática, na óptica do utilizador, Ferramentas do Microsoft Office: Excel, Powerpoint e Word são fundamentais;
  • Domínio de software financeiro;
  • Fácil adaptação;
  • Providenciar referências é obrigatório;
  • Disponibilidade imediata a tempo inteiro.

Funções

  • Gestão financeira diária do projecto Mwarusi na Beira;
  • Coordenação com recursos humanos;
  • Relatórios semanais e mensais de contas;
  • Gestão de pettycash e despesas;
  • Pagamentos internos e externos aos fornecedores;
  • Enviar documentos para o sector de contabilidade;
  • Manter organizados os arquivos e cadastros da organização;
  • Manter backup arquivos e ficheiros actualizados;
  • Garantir implementação de procedimentos e políticas adequados e em conformidade com o financiador;
  • Ter boa comunicação, responsabilidade, saber administrar bem o tempo, saber lidar com números, boa memória, bom humor, paciência e integridade.

Oferecemos

  • Excelente oportunidade de trabalho e desenvolvimento profissional, com elevado impacto social;
  • Oportunidade de colaborar num projecto financiado pela PEPFAR (Governo dos Estados Unidos da América), junto de uma equipa internacional;
  • Grande autonomia e responsabilidade;
  • Salário base + Seguro de trabalho + Ajudas de custo para transportes + Crédito mensal para telemóvel.

A Girl Move Foundation segue uma política estricta de anti-discriminação contra gênero, portadores de HIV, raça ou religião. Todos os candidatos são bem-vindos e o processo de selecção será de acordo com a melhor capacidade de resposta às habilidades e experiência pedidas.    

Email: [email protected]

Validade: 20/10/2017

Local: Nampula

Duração: 1 ano renovável dependendo do desempenho

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Arquitecto ou Engenheiro Civil (M/F).

Funções

  • Prestar assistência técnica no processo de implementação ao nível provincial e distrital na reabilitação e construção de infraestruturas escolares que incluirá:
    • Coordenação e programação de actividades com a equipa do UN-Habitat a nível central;
    • Apoio técnico e coordenação de actividades com o Supervisor do ERRP baseado na Unidade de Construção de Equipamentos Escolas (DPEDH-UCEE);
    • Realização de avaliações de campo;
    • Levar a cabo actividades de treinamentos técnicos em reconstrução melhorada em diferentes níveis;
    • Monitoria e acompanhamento das actividades de campo das ONG’s, empreiteiros e comunidades durante a fase de implementação.

Requisitos

  • Grau Arquitectura, Engenharia Civil ou equivalente;
  • Cinco (5) anos de experiência de trabalho na área mencionada, com destaque para área das infraestruturas escolares;
  • Bom conhecimento escrito e oral da língua Portuguesa;
  • Experiência com sistema das Nações;
  • Noções da língua Inglesa é uma vantagem.

Exigências

  • Termos de Referências;
  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae em Português, fornecendo detalhes sobre a experiência de trabalho.

Email: [email protected]

Validade: 20/10/2017

Local: Maputo

Duração: 1 ano renovável dependendo do desempenho

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Engenheiro Civil Jr. Nacional (M/F).

Funções

  • Apoiar na elaboração e concepção de soluções técnicas no campo da Engenharia Estrutural no âmbito da redução de risco de desastres para infraestrutura escolar e na promoção de uma metodologia de reconstrução melhorada e resiliente de escolas tomando em consideração os materiais em material convencional e não convencional.

Requisitos

  • Grau Universitário e experiência em área relacionada com construção resiliente, materiais de construção alternativos e redução de risco de desastres;
  • Bom conhecimento escrito e oral da língua Portuguesa;
  • Experiência com sistema das Nações;
  • Noções da língua Inglesa é uma vantagem.

Exigências

  • Termos de Referências;
  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae em Português, fornecendo detalhes sobre a experiência de trabalho.

Email: [email protected]

Validade: 20/10/2017

Local: Maputo

Duração: 1 ano renovável dependendo do desempenho

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Arquitecto Nacional (M/F).

Funções

  • Apoiar na coordenação de toda assistência técnica relativa ao desenho, planeamento e monitoria, orçamentação, implementação e supervisão dessas soluções de projectos adaptados e resilientes, bem como na elaboração de módulos de capacitação sobre prevenção e mitigação dos riscos às ameaças naturais;
  • Na criação da capacidade local através de treinamentos práticos destinados aos técnicos distritais, empreiteiros, ONGs, mestre-de-obras e aos membros das comunidades;
  • Reforçar os mecanismos de coordenação com as entidades governamentais a todos os níveis.

Requisitos

  • Grau Universitário com cinco (5) anos de experiência em área relacionada;
  • Bom conhecimento escrito e oral da língua Portuguesa;
  • Experiência com sistema das Nações;
  • Noções da língua Inglesa é uma vantagem.

Exigências

  • Termos de Referências;
  • Carta de Motivação;
  • Curriculum Vitae em Português, fornecendo detalhes sobre a experiência de trabalho.

Email: [email protected] ou [email protected]

Validade: 27/10/2017

Local: Nacala-Porto – Nampula

NCL África Import E Export pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Promotor de Vendas.

Funções

  • Promover produtos e serviços, impulsionando as vendas da empresa;
  • Identificar e converter as oportunidades de com novos clientes que operam em sectores económicos-chave com ênfase nos sectores agrícola, mineiro, petróleo e gás;
  • Definir e implementar um plano periódico de vendas;
  • Captar novos clientes e reter os existentes;
  • Realizar visitas regulares aos clientes para melhor promover o TEEN;
  • Criar e manter uma base de dados de todos os clientes do TEEN assim como os clientes ainda por captar;
  • Identificar e materializar as oportunidades nacionais e regionais com vista ao aumento de fluxo de mercadorias através do TEEN;
  • Acompanhar o mercado com relação à prática de preços.

Requisitos

  • Ensino Superior com formação em áreas como Marketing ou Gestão;
  • Experiência comprovada de vendas com o mínimo de três (3) anos de experiência de trabalho na área comercial;
  • Forte capacidade analítica com forte orientação para a venda;
  • Excelentes competências de comunicação e de argumentação;
  • Domínio de Português e Inglês;
  • Bons conhecimentos de Informática na óptica do utilizador;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e com mínimo de supervisão;
  • Capacidades de elaboração de propostas comerciais e gostar de interagir com clientes;
  • Carta de Condução de veículos ou de motociclos.

Benefícios

  • Salário compatível com a experiência profissional e função a desempenhar;
  • Uniformes e material de suporte para a actividade.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados de Habilitações.

Endereço: Rua Patrice Lumumba, 927 – Maputo

Email: [email protected]

Validade: 20/10/2017

Local: Maputo

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico de Recursos Humanos. (Concurso Público n.º 007/CTA/2017)

Atribuições

Constituem atribuições do Técnico de Recursos Humanos, entre outras, as seguintes:

  • Responder pela administração e coordenação dos Recursos Humanos a nível da CTA-Sede e a nível dos Conselhos Empresariais Provinciais (CEPs);
  • Participar no processo de recrutamento e selecção de trabalhadores;
  • Participar na actualização periódica de tabelas salariais, alinhadas à política em vigor na CTA;
  • Elaborar programas de segurança, higiene e saúde no trabalho;
  • Manter actualizado o registo físico e electrónico dos processos individuais dos trabalhadores;
  • Administrar os benefícios e o seguro dos funcionários;
  • Garantir a avaliação de desempenho dos trabalhadores;
  • Garantir a adopção de políticas que concorram para a motivação dos trabalhadores;
  • Elaborar planos de formação;
  • Gerir aspectos de rotina ligados ao pessoal, nomeadamente assiduidade, férias, processamento dos salários, IRPS, INSS;
  • Preparar os relatórios da área de Recursos Humanos;
  • No exercício das suas funções, o Técnico de Recursos Humanos reporta ao Gestor da Unidade de Administração e Finanças.

Requisitos

  • Disponibilidade imediata;
  • Nacionalidade moçambicana;
  • Formação Superior em Recursos Humanos;
  • Experiência mínima de três (3) anos de serviço contínuo na área de Recursos Humanos;
  • Boa capacidade de comunicação e de relação interpessoal;
  • Fortes conhecimentos da legislação laboral moçambicana vigente;
  • Capacidade analítica e de redacção de relatórios;
  • Autonomia e responsabilidade;
  • Bons conhecimentos da informática na óptica do utilizador;
  • Fluência escrita e falada da língua Portuguesa e bons conhecimentos da língua Inglesa;
  • Nível excelente de organização e comunicação interpessoal;
  • Bons conhecimentos do uso do computador em ambientes de Microsoft.

Local de Trabalho:

  • O Técnico de Recursos Humanos é contratado em regime de exclusividade e prestará trabalho nas instalações da CTA-Sede em Maputo, e poderá incluir deslocações para dentro e fora do país.

Exigências

  • Carta de Motivação dirigido ao Director Executivo;
  • Cópia de Bilhete de Identidade (BI);
  • Cópia de Certificado de Habilitações;
  • Curriculum Vitae;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Endereço: Rua Mouzinho de Albuquerque, nº 855 – Beira

Rua Dr. Araújo de Lacerda, nº 147 – Chimoio

Rua Caetano Viegas nº 67 – Maputo

Email: [email protected]

Validade: 17/10/2017

Local: Zambézia

A Health Alliance International (HAI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal duas (2) Enfermeiras de SMI para trabalharem no “Estudo sobre avaliação de qualidade de serviços” nas Unidades Sanitárias dos distritos da Província de Zambézia, por um período de 30 dias.

Objectivos do Estudo

  • Fortalecer o programa de mentoria para melhorar a qualidade dos serviços de Saúde Materno Infantil na província de Zambézia.

Principais Actividades

  • Trabalhar diariamente nas Unidades Sanitárias da província de Zambézia, nos horários indicados pelo responsável;
  • Recolher dados registados (entrevistas) nas Unidades Sanitárias que possam ser de interesse para o estudo;
  • Identificar e contactar com grupos alvos das pesquisas;
  • Avaliar as competências de gestão de casos em sectores dos serviços de Saúde Materno-Infantil seleccionados;
  • Avaliar a capacidade da provisão de serviços em sectores de saúde materno-infantil seleccionados.

Requisitos

  • Ser Enfermeira de SMI;
  • Mínimo de dois (2) anos de experiência em trabalho na área de SMI;
  • Disponibilidade em viajar por longo período;
  • Disponibilidade imediata;
  • Saber se comunicar em línguas locais;
  • Conhecimentos básicos de informática;
  • Ter trabalhado em algum estudo.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse;
  • Curriculum Vitae.

Sobre o World Wide Fund For Nature (WWF)

O WWF é uma das organizações independentes de conservação da natureza mais importantes a nível mundial. Tem cerca de 5 milhões de apoiantes e está activa nos cinco continentes em mais de 100 países.

O estilo único da WWF combina objectivos globais com critérios científicos, experiência e rigor, envolve acção a todos os níveis, do local ao global e apresenta soluções inovadoras que visam a protecção da vida humana e da natureza.

WWF em Moçambique

As actividades que o WWF (World Wide Fund for Nature) implementa em Moçambique reflectem os objectivos do seu Programa Mundial e os objectivos do Programa para África e Madagáscar. Estes estão de acordo com as Políticas e Estratégias do Governo de Moçambique no que diz respeito à gestão dos recursos naturais.

O WWF exerce as suas actividades em Moçambique de acordo com as regras das organizações internacionais, estando registado junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Tem ainda um Memorando de Entendimento celebrado com o Ministério do Turismo.

Oportunidades de emprego na WWF em Moçambique

Desde a sua criação, em 1961, tem mantido elevados níveis de sucesso. Actualmente, a WWF financia cerca de 2000 projectos e emprega cerca de 4000 pessoas em todo o mundo. Tem um rendimento anual de 600 milhões de CHF. Quer fazer parte?

Clique aqui para consultar as mais recentes vagas de emprego da WWF Moçambique

 

Email: [email protected]

TJ Consultants is a Human Resources Strategic Consulting company that is head hunting for the mining area: Foundation Phase Teacher – Primary Teacher.

Responsabilities

  • To be able to work effectively within a school team to develop, monitor and evaluate the school development plan;
  • Create a stimulating, interactive and safe learning environment;
  • Facilitate excellent transition from Flying Start/Early Years to the Foundation Phase and embracing the use of outdoor learning;
  • Have an excellent working knowledge of the Foundation Phase Profile, Use statistical data to plan and inform pupil progress;
  • Supporting the school’s open door policy, demonstrate sustained commitment to professional development,demonstrate a willingness to lead an extracurricular activity and support events, demonstrate a commitment to the vision and values of the school’s ethos and strategic direction;
  • Prepared to take on curriculum responsibilities e.g. FP area coordination responsibilities in line with the practicing teacher standards and leadership standards;
  • To participate in performance management activities which support continuing professional development and school improvement.

Requirements

  • Minimum of 7 years in teaching;
  • Minimum of two (2) years of experience in In-company classes, similar jobs – Elimination factor;
  • Purchased certification in private education;
  • Fluency in English language – Elimination factor.

Email: [email protected]    

TJ Consultants is a Human Resources Strategic Consulting company that is head hunting for the mining area: Co-Curricular Teacher (Art, Music, Drama, Sport)

Responsabilities

  • It stimulates to play, to act, to sing, to recite, to speak and to narrate in students, to stimulate activities like participation in debates of games, music, drama, etc. help to achieve the general functioning of education;
  • Allowing students to express themselves freely through debates, games, and sports helps to fit in and energetic for the child;
  • Help develop the spirit of healthy competition;
  • Guide students on how to organize and present an activity, how to develop skills, how to cooperate and coordinate in different situations – all of this helps in leadership qualities;
  • Provide the means of socialization, self-identification and self-assessment when the child contacts organizers, colleagues, teachers, out-of-school people during cultural activities;
  • Inculcate the values ​​to the vision and feeling of each other, in what will make the students be perfect in making decisions;
  • Develop a sense of motivation to learn, develop physical, psychological, ethical, academic, civic, social, aesthetic, cultural, recreational and disciplinary values.

Requirements

  • Minimum of 7 years in teaching (Art, Music, Drama, Sport);
  • Minimum of two (2) years of experience in In-company classes, similar jobs – Elimination factor;
  • Purchased certification in private education;
  • Fluency in English language – Elimination factor.

Endereço: Av. Eduardo Mondlane nº 220 – Tete

Email: [email protected]

Validade: 13/10/2017

Local: Tete

Duração: 6 meses com possibilidade de se estender por mais 6 meses

Os Médicos Sem Fronteiras (MSF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Enfermeiro (M/F).

Responsabilidades

  • Organizar e realizar colecta de amostras de sangue dos pacientes para o estudo. Respeitar a confidencialidade em todos os momentos;
  • Gerir o material a ser esterilizado;
  • Conhecer e fazer o uso apropriado do Kit de Prophylaxis pós-Exposição (PREP);
  • Realizar admissão, vigilância e seguimento de pacientes;
  • Gerir e supervisionar os procedimentos e documentos administrativos;
  • Participar na colecta de dados e manter equipe e supervisar informados;
  • Participar no controle de farmácia e do equipamento médico;
  • Supervisar e garantir o trabalho em equipe e adesão a todos os protocolos e procedimentos apropriados.

Requisitos

  • Essencial Diploma de Curso em Enfermagem;
  • Desejável graduação universitária em Enfermagem;
  • Desejável experiência prévia em tratamento do HIV-SIDA;
  • Experiência em supervisão e treinamento em equipa;
  • Experiência com MSF ou outras organizações humanitárias é desejável.

Exigências

  • Curriculum Vitae com Referências;
  • Cartas de Recomendação e Motivação;
  • Fotocópias necessárias: BI, NUIT, Diplomas, Certificados e Referências de Trabalho.

Sobre a Empresa

Médicos Sem Fronteiras é uma Organização Humanitária que foi criada em 1971. A MSF está presente em Moçambique desde 1984. MSF Bélgica é activa na área de prevenção e do tratamento do HIV-SIDA a nível da cidade de Maputo e província de Tete.

Endereço: Av. Agostinho Neto nº 284 – Maputo

Email: [email protected]

Validade: 24/10/2017

Local: Maputo, Nampula e Niassa

A Cruz Vermelha de Moçambique (CVM) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal três (3) Administradores.

Principais Responsabilidades

  • Planificar e coordenar as operações administrativas/ financeiras da Delegação Provincial;
  • Classificar e processar a informação contabilística no pacote de contabilidade (NAVISION);
  • Cobrança de receitas diversas e depósitos nas contas da CVM;
  • Emitir cheques de pagamento, recolher justificativos  e garantir a realização de um arquivo de forma organizada e de fácil localização;
  • Preparar as reconciliações mensais (bancárias, de caixa e de outras contas correntes);
  • Elaborar relatórios periódicos de administração e finanças;
  • Fazer gestão de transportes e do património;
  • Elaborar planos e orçamento e gerir, financeiramente, os projectos de vária natureza implementados a nível Provincial;
  • Apoiar o(a) Secretário(a) Provincial na gestão de recursos humanos;
  • Zelar e monitorar o cumprimento das normas de disciplina no trabalho e das normas e procedimentos internos.

Requisitos

  • Nível Superior ou Médio em Contabilidade;
  • Experiência profissional em gestão de Recursos Humanos;
  • Habilidades em negociar com parceiros;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal;
  • Habilidades/ Capacidades de elaborar planos de trabalho e relatórios;
  • Capacidade de trabalhar em equipa e sob pressão;
  • Conhecimento de Informática na óptica do utilizador.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: [email protected]

Validade: 21/10/2017

Local: Chimoio – Manica

A Epsilon Energia Solar pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Vendas.

Contexto

  • A Epsilon Energia Solar é uma empresa cujo objectivo é vender e financiar a aquisição de sistemas solares de qualidade assegurada a clientes que não têm acesso a electricidade da rede nacional em Moçambique. O financiamento será fornecido através de um modelo de pagamentos através de dinheiro móvel (Pay As YouGo) usando a plataforma MPESA que combina o controle remoto de equipamentos.

Funções

  • Responsabilidade de promover e vender a solução da Epsilon Energia Solar e financiar a aquisição de sistemas solares;
  • Gerir todos os elementos do ciclo de venda por meio de uma abordagem directa aos potenciais consumidores, bem como a posterior gestão dos mesmos;
  • Gerir e coordenar actividades de marketing bem como ter noções e experiência em actividades e estratégias de mobilização comunitária, sensibilização e activação do mercado;
  • Garantir o comprimento das operações e vendas a níveis de padrão elevado de maneira económica e eficiente
  • Coordenar a equipa de vendas e supervisionar operações diárias;
  • Apoiar o processo de contratação e treinamento da equipe de vendas;
  • Supervisionar, orientar e orientar a equipe de operações e coordenar na identificação de oportunidades de vendas;
  • Director de vendas de suporte na concepção e entrega de marketing efectivo, conscientização e treinamento
  • Construção de relacionamento com comunidade e governo local;
  • Planeamento, motivação e gerenciamento de equipe de vendas externas no dia a dia;
  • Apoiar todos os esforços para minimizar delinquência nos pagamentos;
  • Garantir o cumprimento da equipe de vendas com os requisitos de crédito e outras políticas.

Requisitos

  • Nível Superior ou Médio;
  • Mínimo de dois (2) anos de experiência com actividades de vendas;
  • Experiência em gestão de equipes de vendas;
  • Bons conhecimentos de aplicação de Microsoft Office (Excel, Word, PowerPoint e Outlook);
  • Capacidades e maturidade para trabalhar num ambiente multicultural e multidisciplinar sob pressão e em equipa;
  • Trabalho em equipa com excelentes habilidades de comunicação, redacção de relatórios e habilidades analíticas;
  • Conhecimentos básicos gerais sobre energia solar;
  • Disponibilidade de viajar para os distritos;
  • Fluência ou bom conhecimento com as línguas locais da Manica (Cishona/Xitswa/Sena/Chichewa/Ndau).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Email: [email protected]

Validade: 14/10/2017

A MND Group, Sa está a recrutar para integrar a sua equipe de profissionais um(a) candidato(a) a vaga de Assistente Administrativo(a).

Responsabilidades

  • Gestão de escritório (encaminhamento de correspondências, consumíveis, e recepção);
  • Dar suporte aos membros da Administração;
  • Atender Chamadas, encaminhar expedientes, elaborar cartas e documentos informativos;
  • coordenar trabalho de logística da empresa, enviar documentos para o departamento contábil e fiscal;
  • Arquivar os documentos em conformidade.

Requisitos

  • Mínimo de três (3) anos de experiência comprovada;
  • Formação em Secretariado;
  • Formação Superior em Administração Pública, Gestão Organizacional, e áreas afins constitui uma vantagem;
  • Fluente na língua Inglesa;
  • Domínio das ferramentas do Microsoft Office.

Email: [email protected]

Validade: 01/11/2017

Local: Maputo

A Development Media International (DMI) realiza campanhas de comunicação de massa para mudar comportamentos e salvar vidas nos países em desenvolvimento. A DMI é uma ONG inovadora que te vindo a crescer rapidamente e tem um excelente histórico no melhoramento de resultados de saúde, através da mudança de comportamentos.

A DMI está quase a embarcar numa grande campanha nacional na rádio – Intensaúde – com o objectivo de mortalidade infantil. Esta acção visa incentivar a procura de tratamentos de saúde, sobretudo em relação a doenças como a malária, pneumonia e diarreia. O ensaio clínico controlado e aleatorizado (randomized controlled trial – RCT) realizado pela DMI em Burquina Faso demonstrou que as campanhas na rádio podem reduzir a mortalidade infantil em 6,3%.

O administrador será responsável pela realização de tarefas financeiras e administrativas no escritório da DMI em Maputo. Irá processar pagamentos e manter registos de todas as transacções financeiras. Trabalhará em estreita colaboração com o Representante Adjunto do País e a equipa financeira da DMI no Reino Unido (com sede em Londres) e será responsável por garantir que os procedimentos financeiros e administrativos são estritamente cumpridos. Também ajudará a recolher dados de monitorização de transmissão e auxiliará o Representante do País em outras tarefas logísticas.

Endereço: Av. Das Indústrias C.2751, Bairro da Liberdade, Matola – Maputo

Email: [email protected]

Local: Matola – Maputo

A Maputogal pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Mecânico Auto.

Responsabilidades

  • Será responsável pela oficina, pela manutenção de uma frota de viaturas, máquinas e equipamentos.

Requisitos

  • Alto sentido de responsabilidade e proactividade
  • Cinco  (5) anos de experiência comprovada;
  • Ambição, pro-actividade e orientação para objectivos;
  • Disponibilidade imediata.

Benefícios

  • Oferece-se integração em equipa jovem e dinâmica, boas condições de trabalho e remuneração adequada.

Endereço: Av. Das Indústrias C.2751, Bairro da Liberdade, Matola – Maputo

Email: [email protected]

Local: Matola – Maputo

A Maputogal pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Eng. Electrotécnico.

Requisitos

  • Capacidade de trabalhar sob pressão e flexibilidade no horário;
  • Alto sentido de responsabilidade e proactividade;
  • Três (3) anos de experiência comprovada;
  • Domínio de ferramentas informáticas, bem como a fluência da língua Portuguesa e Inglesa são factores fundamentais;
  • Ambição, pro-actividade e orientação para objectivos;
  • Disponibilidade imediata.

Endereço: Av. Das Indústrias C.2751, Bairro da Liberdade, Matola – Maputo

Email: [email protected]

Local: Matola – Maputo

A Maputogal pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Compras.

Requisitos

  • Alto sentido de responsabilidade e proactividade;
  • Três (3) anos de experiência comprovada;
  • Domínio de ferramentas informáticas, bem como a fluência da língua Portuguesa e Inglesa são factores fundamentais;
  • Ambição, pro-actividade e orientação para objectivos;
  • Disponibilidade imediata.

Email: [email protected]

Validade: 08/11/2017

Local: Maputo

A TJ Consultants é uma Consultoria estratégica de Recursos Humanos que está a recrutar para seu cliente um (1) Analista Sénior de Compras (Procurement) (M/F) que estará baseado em Maputo.

Responsabilidades

  • Cadastro de fornecedores e preços no sistema Primavera;
  • Elaboração de planilhas de análise de demanda e projecção de estoque;
  • Auxílio na logística e suporte nas compras e entregas dos produtos;
  • Gestão e negociação com fornecedores – preços, prazos e condições de compras;
  • Emição de relatórios e ordens de compras;
  • Analise de mapas de preços e planilhas de custos;
  • Avaliação, classificação e selecção de fornecedores nacionais e internacionais;
  • Pesquisa de potenciais fornecedores em termos preços competitivos e qualidade de produtos no mercado nacional e internacional;
  • Administração e organização do sector de compras da empresa, reestruturando processos e procedimentos;
  • Follow-up das entregas dos produtos comprados dentro a nível nacional;
  • Controle e actualização semanal da base de dados de fornecedores e preços dos produtos;
  • Apoio aos serviços administrativos/operacionais, com interface de todas as áreas da empresa.

Requisitos

  • Mínimo oito (8) anos de experiência na área de procurement em empresas de distribuição;
  • Experiência de cinco (5) anos em supervisão ou gestão de equipes e processos de compras;
  • Fluência no Inglês;
  • Formação Superior em Gestão Administrativa ou áreas relacionadas;
  • Cursos Técnicos em Procurement, Compras ou Logística;
  • Domínio do Excel – Nível avançado.

Email: [email protected]

Human Capital Mozambique pretende recrutar um (1) Environmental Specialist – North of Mozambique.

Requirements

  • Relevant experience (at least 10 years) in environmental inspections in oil, gas and mining projects;
  • Fluency in English is required and knowledge of Portuguese will be an advantage.

NB: The project is for a duration of 5 months only

Email: [email protected]

Human Capital Mozambique pretende recrutar um (1) Occupational Health and Safety Specialist – North of Mozambique.

Requirements

  • At least ten (10) years of experience in occupational health and safety area, preferably in oil and gas and mining exploration and production or large industry;
  • Fluency in English is required and knowledge of Portuguese will be an advantage.

NB: The project is for a duration of 5 months only

Email: [email protected]

Human Capital Mozambique pretende recrutar um (1) Mine Safety Specialist – North of Mozambique.

Requirements

  • At least ten (10) years of experience in mine safety of solid minerals;
  • Relevant experience (at least 5 years) in writing Inspection Guidelines and Procedures Manuals;
  • Knowledge of mining activities in Mozambique;
  • Knowledge of Mozambican Mining Legislation with special reference to mine safety;
  • Fluency in English is required and knowledge of Portuguese will be an advantage.

NB: The project will take the duration of  5 months.

Email: [email protected]

Validade: 10/10/2017

A ChildFund Moçambique pretende recrutar para quadro de pessoal um (1) Coordenador de Administração e Finanças.

Responsabilidades

  • Supervisionar a área administrativa.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Carta de Candidatura em Inglês;
  • Curriculum Vitae em Inglês.

Email: [email protected]

Validade: 10/10/2017

A ChildFund Moçambique pretende recrutar para quadro de pessoal um (1) Coordenador da Qualidade dos Programas.

Responsabilidades

  • Coordenar a implementação dos seus programas em Moçambique.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Carta de Candidatura em Inglês;
  • Curriculum Vitae em Inglês.

Email: [email protected]

Local: Chimoio – Manica

A Mozasem, Lda com sede em Maputo e uma loja em Chimoio, pretende recrutar um (1) Estagiário com perfil Agrônomo/ Comercial, com possibilidade de posterior contratação dependendo do desempenho.

Responsabilidades

  • Área de actuação: Comercial e Desenvolvimento.

Requisitos

  • Nível Superior em Agronomia, ou áreas afins;
  • Falar Inglês e Francês, é uma vantagem;
  • Possuir residência na cidade de Chimoio.

Benefícios

  • Duração do estágio de seis (6) meses;
  • Posterior contratação para Chimoio;
  • Ajuda de custo: 5.000,00MT/Mês.

Email: [email protected]

Local: Lichinga – Niassa

A Mozasem, Lda com sede em Maputo e uma loja em Chimoio, pretende recrutar um (1) Agente Comercial com perfil Agrônomo para sua nova loja na cidade de Lichinga.

Responsabilidades

  • Vendas e apoio ao produtor, facturação e organização de pastas, elaboração de relatórios.

Requisitos

  • Falar Inglês e Francês é uma vantagem;
  • Nível Superior em Agricultura, Comercial e Marketing;
  • Possuir residência em Lichinga;
  • Possuir conhecimentos básicos de Informática, saber trabalhar com Word e Excel é fundamental.

Benefícios

  • Três (3) meses de estágio, dos quais um (1) em Maputo e os outros dois (2) na cidade de Lichinga (NB: Despesas em Maputo a custo próprio). Ajuda de custo no período de estágio é de 5.000,00Mt/mês;
  • Possibilidade de posterior contratação (para loja de Lichinga), com salário de 8.000,00Mt. base+2000,00Mt. Bónus sobre o volume de venda mensal da Loja.

Email: [email protected]

Validade: 31/10/2017

Local: Maputo

A Management Systems International (MSI) iniciou o projecto de Mecanismos de Monitoria e Avaliação (MMEMS) pretende recrutar um (1) Director Financeiro e Administrativo.

Contexto

  • O projecto de Mecanismos e Serviços de Monitoria e Avaliação (MMEMS) em Moçambique localmente apoio para a monitoria de desempenho, verificação de dados, avaliação de impacto, produção e conformidade ambiental das actividades da USAID/ Moçambique. O projecto Mecanismos e Serviços de Monitoria e Avaliação (MMEMS) tem escritório principal sedeado em Maputo, e os de campo em Quelimane e Nampula.

Responsabilidades

  • O Director de Financeiro e Administrativo supervisiona todas as actividades financeiras e a administrativas (incluindo de recursos humanos), consequentemente todo o pessoal financeiro, logístico e administrativo do projecto;
  • Reporta ao Director do Projecto (COP) MMEMS;
  • Trabalhará com pessoal do projecto incluindo dos escritórios de campo e com a sede da MSI de forma a assegurar a uniformidade e conformidade na implementação do projecto.

Requisitos

  • Mínimo de dez (10) anos de experiência em gestão financeira e administrativa em Moçambique;
  • Experiência demonstrada e proficiência no uso de Excel e QuickBooks;
  • Experiência em fazer deduções salariais e pagamentos às autoridades competentes;
  • Alto grau de maturidade e capacidade de trabalhar em colaboração com múltiplos parceiros e fornecedores;
  • Experiência em gestão de pessoal em múltiplos locais;
  • CPA ou Mestrado em Administração de Empresas, Contabilidade e Auditoria, Finanças ou área relacionada;
  • Experiência preferencial com projectos financiados pela USAID;
  • Proficiência em Inglês escrito e falado é necessária;
  • Competências e experiência que demonstram o potencial de assumir maiores responsabilidades e deveres, acima e além dos aqui listados;
  • Nacionalidade moçambicana.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Inglês.