Advertisements

Como Superar a Perda do Emprego – O Guia

Enviada por | novembro 15, 2016 | Perda de Emprego

São muitos os nomes que se podem dar – ser demitido, expulso, afastado, dispensado, perder o lugar, ficar desempregado, etc. A perda de emprego geralmente é um dos principais factores causadores de stress, numa lista de eventos complicados alternados da vida como uma morte na família, divórcio e doença grave. A falta de emprego pode ter um efeito profundo no seu bem estar emocional. Há um ciclo típico pelo qual a maioria das pessoas que perde emprego passa, que inclui negação, raiva, frustração e eventualmente adaptação.

Lidando com a perda do emprego

Como é evidente, a perda do emprego é difícil e muitas pessoas vivenciam um momento de muito sofrimento que se compara à perda de uma pessoa amada. O que não chega a ser surpreendente, uma vez que parte significativa de sua vida desaparece quando você perde o seu emprego. Muitos de nós temos uma grande ligação e nos identificamos com o que fazemos para ganhar a vida. Quando alguém nos tira o trabalho, perdemos um pouco da nossa identidade, isto é, o nosso propósito na vida.

Desabafe com seus amigos e família sobre o seu antigo trabalho, até que não haja mais a dizer. Em seguida, tente colocar seus problemas emocionais de lado. A primeira coisa que você deve fazer é determinar quanto tempo seus recursos financeiros irão sustentá-lo enquanto você não tiver um emprego.

Em seguida, você deve decidir se você vai querer procurar outro emprego na mesma área ou se vai fazer uma mudança de carreira . Finalmente, você deve começar a planear o futuro.

Resolver questões práticas

Como superar perda do emprego

Austeridade é fazer parte da rotina do desempregado.

As finanças são uma grande preocupação para a maioria das pessoas. Quando você perde seu emprego, você deve descobrir como garantir sustento para si e sua família até que tenha outro emprego.

A seguir você deve preocupar-se com o seu seguro de saúde e outros benefícios vitais que estão conectados ao seu antigo empregador. A maioria das pessoas que têm seguro de saúde o conseguiram graças ao empregador, ou seja, assim que termina o vínculo profissional, encerra também o seguro.

Seguindo em frente

Depois de ter harmonizado todas as questões emocionais e financeiras, é hora de você seguir em frente.

Você deve decidir para onde ir de seguida. A primeira coisa que você deve fazer é entender o motivo pelo qual você perdeu seu emprego. A empresa estava a reduzir custos? Se for esse o caso, essa é uma tendência da sua indústria? É uma boa ideia permanecer no mesmo campo ocupacional? Talvez você deve considerar uma mudança de carreira. Pode ser um bom momento para você aprimorar suas habilidades afim de tornar-se mais competitivo.

Ao invés de olhar para a perda do emprego como uma completa desgraça, considere procurar pelos aspectos positivos dessa situação. Olhe para a frente pois é lá onde ficam as oportunidades. Você nunca sabe que portas poderão abrir-se nesse turno de eventos.

Advertisements

SIGA-NOS


COMENTE E DEIXE SUAS DÚVIDAS

Olá leitor, o meu nome é Matope José. Obrigado por ler este artigo, espero ter ajudado. Por favor partilhe a sua opinião sobre este tema e as dificuldades tem tido, fale um pouco da sua experiência com casos similares. Caso tenha alguma dúvida ou deseja que eu produza um artigo ou vídeo sobre um assunto específico, também pode sugerir no campo de comentários, que certamente irei responder. Bem vindo e não saia sem deixar algumas palavras, este espaço é seu. Obrigado!

2 Comentários para “Como Superar a Perda do Emprego – O Guia”

  1. Comment made by silvia chibide on mar 6th 2017 at 4:25 pm:

    boa tarde Matope,eu sinto que estou para perder emprego nao tenho boas relacoes com meu chefe ele esta fazer de tudo para me afastar ,eu psicologicamente me sinto preparada,mas dias menos dias a minha carta de dimissao chega ,e ja comecei a procurar emprego no mesmo ramo de vendas gosto da area de vendas ,gostei do artigo so me deixou mais confortavel,obrigada pela dica

    • Comment made by Matope José on mar 6th 2017 at 8:12 pm:

      Chefe “demónio é mesmo complicado”, mas você ficaria surpresa em como uma conversa franca com a pessoa que lhe tem atormentado pode mudar a situação. Sem ressentimentos e sem mágoas, tente chamá-la para conversa e pergunte se existe algum problema entre vocês e se existe alguma forma de ultrapassarem isso, pois a situação não está boa para nenhum dos dois. Experimenta!

Este conteúdo não recebe comentários.