Advertisements

Email: [email protected]

Validade: 07/01/2018

Local: Quelimane – Zambézia

Duração: Tempo indeterminado

A Oxfam pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Programas: Sector Público.

Contexto

O objectivo fundamental da Oxfam é apoiar as comunidades pobres, marginalizadas e incapazes de fazer mudanças que possam ajudá-las a aliviar permanentemente a pobreza e o sofrimento por si causado. Como parte de um processo global de mudança, a Oxfam está neste momento a desencadear um processo de revisão da sua estratégia em Moçambique.

Responsabilidades

O titular deste posto será responsável por desenvolver, gerir, monitorar e apoiar a implementação do programa, bem como apoiar os parceiros externos na implementação do programa. Adicionalmente,

As responsabilidades incluem também, mas não limitadas a:

  • Realizar visitas periódicas de monitoria e apoio técnico nas áreas de trabalho dos parceiros para avaliar o progresso em relação ao sistema MEAL acordado e recomendar acções correctivas, conforme apropriado;
  • Implementar actividades de acordo com as Directrizes do Programa, planos anuais operativos, políticas do IBIS e acordos relevantes do programa AICE;
  • Desenvolver o seu trabalho com os parceiros de forma profissional e ética, sempre buscando o diálogo e o consenso e de acordo com o Guião da Parceria;
  • Participar activamente nas actividades de treinamento de parceiros em monitoria e avaliação e outras áreas;
  • Reportar ao gestor de linha sobre qualquer indício de desvio dos propósitos do programa AICE;
  • Documentar as melhores práticas;
  • Garantir durante as actividades de monitoria que os parceiros sejam levadas em consideração questões de género, HIV/SIDA e ambiente de implementação do programa;
  • Garantir uma forte colaboração com o assessor administrativo e financeiro para garantir o apoio contínuo ao sistema de gestão financeira e ao parceiro administrativo, colaborar e/ou ter forte cooperação com outras Operações;
  • Em coordenação com o departamento, que trabalha basicamente como supervisor de qualidade & conformidade, garantir a organização e execução do plano de treinamento dos parceiros ao abrigo do plano de actividades de capacitação em questões temáticas/ programáticas.

Requisitos

  • O candidato elegível deve possuir nível Superior em Desenvolvimento, Ciências Sociais, Política Pública, Economia ou outra área relevante;
  • Cinco (5) anos de experiência profissional relevante em programas de desenvolvimento;
  • Experiência sólida em monitoria e avaliação;
  • Disponibilidade para trabalhar entre sete a dez dias por mês nas províncias/ distritos, no desenvolvimento de actividades do interesse do programa com os parceiros;
  • Ter domínio de técnicas de integração para questões transversais (particularmente género, HIV/SIDA e mudanças climáticas) em projectos/ programas;
  • Ter competências técnicas na gestão de parcerias e gestão de projectos, com foco numa Estrutura Lógica e Gestão Baseada em Resultados;
  • Ter competências consolidadas nos quadros do MEAL;
  • Excelente conhecimento do ambiente de Moçambique, da economia política, tributação e dos direitos humanos;
  • Estar familiarizado com a abordagem baseada em direitos humanos;
  • Ter excelente capacidade de comunicação em Inglês e Português, escrita e fala.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse em Inglês;
  • Curriculum Vitae em Inglês.

Sobre a Empresa

Oxfam é uma confederação internacional de ONGs comprometida em erradicar a pobreza no mundo. A Oxfam está convicta de que as pessoas são capazes de construir uma vida sem pobreza por si próprias, que os homens pobres e socialmente excluídos e mulheres têm o poder, e com o apoio de uma sociedade civil mais forte, sejam mais resistentes a desastres, tenham os seus direitos humanos básicos respeitados e que lhes permitam levar uma vida decente. A Oxfam apoia programas nos países em desenvolvimento, através da abordagem baseada em direitos humanos, privilegiando acções de advocacia junto dos governos, tomadores de decisão e das empresas para terem em atenção os interesses das pessoas mais pobres. A Ofxam Novib é membro da confederação e trabalha em conjunto com outras afiliadas em Moçambique, através de uma estratégia de intervenção comum.

Advertisements

Email: [email protected]

Local: Zambézia

Procura-se Consultor Comercial IT ou Account com muita vontade de trabalhar e energia para encontrar novos clientes.

Requisitos (obrigatório e eliminatório)

  • Experiência como Comercial nas áreas Soluções IT, Serviços, Software (ERP’s), Infraestruturas, etc…;
  • Rede de contactos;
  • Carteira de Clientes;
  • Venda de serviços de manutenção e formação (Pack de Horas, Contratos Assistência, Etc…).

Factores muito valorizados (não obrigatórios):

  • Capacidade de Comunicação;
  • Capacidade de trabalhar por objectivos;
  • Responsável e pró-activo;
  • Boa apresentação e argumentação.

Benefícios

  • Inicialmente será para trabalhar em regime de Comissões, com possibilidade de integrar a equipa posteriormente mediante resultados obtidos;
  • Comissões bastante atractivas.

Email: [email protected]

Validade: 15/12/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Especialista Clínico Provincial.

Contexto

  • Os candidatos seleccionados contribuirão na implementação de um projecto recém-premiado à empresa Chemonics e financiado pela USAID por cinco anos para apoiar o Governo de Moçambique. O Programa Integrado de Malária (IMaP) foi concebido para reduzir a mortalidade, morbidade e parasitemia da malária em províncias seleccionadas em Moçambique. Isso será alcançado através de um aumento das intervenções de qualidade de prevenção e controle da malária. As actividades do projecto melhorarão a qualidade de serviços oferecidos nas unidades sanitárias e na comunidade, fortalecendo nas unidades sanitárias e na comunidade, fortalecendo o fluxo de dados entre esses sistemas.

Tarefas

  • Assegurar a qualidade dos serviços de malária nas unidades sanitárias e o alcance das metas dos indicadores do programa IMaP através da assistência técnica a DPS e aos SDSMAS;
  • Desenvolver plano de capacitação e liderar a implementação de formações do pessoal clínico do Sistema Nacional de Saúde (SNS) e dos APEs na área de malária;
  • Junto com o pessoal da DPS e dos SDSMAS desenvolver um plano de supervisões formativas do pessoal clínico do SNS e APEs na área de malária;
  • Tutorar o pessoal do SNS priorizando habilidades (diagnóstico, exame de habilidades físicas, uso de protocolos clínicos);
  • Coordenar todas as actividades com a equipa da DPS e com as equipas de Serviços Distritais de Saúde;
  • Participar nos encontros periódicos de coordenação da equipa provincial do programa IMaP e nos encontros e grupos de trabalhos com os outros parceiros provinciais (DPS, ONGs…);
  • Desenvolver relatórios de actividades com devidas recomendações.

Requisitos

  • Licenciatura em Medicina;
  • Quatro (4) anos de experiência no ramo do atendimento clínico, prática ao nível das Unidades Sanitárias no diagnóstico e tratamento da malária;
  • Habilidades comprovadas em motivar e treinar pessoal do SNS;
  • Conhecimento dos protocolos nacionais;
  • Capacidade de identificar prioridades e propor soluções pragmáticas;
  • Proficiente em Português, escrito e falado. Inglês será uma vantagem;
  • Disponibilidade para deslocações frequentes nos distritos;
  • Conhecimento sólido de pacotes informáticos (Word, PowerPoint, Excel);
  • Ser desligado do SNS no dia da aplicação a vaga.

Exigências

  • Carta de Aplicação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionar no título do email “ECP001”

Email: [email protected]

Validade: 17/12/2017

Local: Gurué, Namarroi e Lugela – Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Apoio Psicossocial.

Responsabilidades

  • Promover actividades para maximizar a testagem de HIV nas Unidades Sanitárias (expandir os UATS e ATIP);
  • Mobilizar campanhas de testagem a nível da US e comunidades;
  • Promover a ligação entre os serviços de testagem e os serviços com TARV;
  • Trabalhar com equipas multidisciplinares provinciais e distritais, focando o fortalecimento do sistema de identificação dos faltosos, abandonos, busca consentida, grupos de adesão ao TARV comunitário (GAAC);
  • Coordenar as actividades desenvolvidas pelos grupos de apoio e educadores de pares na unidade sanitária e comunidade;
  • Coordenar a referência e contra referência de pacientes entre os serviços (instituições ou organizações) com a área de apoio psicossocial;
  • Identificar parceiros locais capazes de estabelecer parcerias na área de cuidados de saúde;
  • Monitorar o curso das actividades e elaborar relatórios de avaliação garantindo a qualidade da informação reportada.

Requisitos

  • Licenciatura em Psicologia com experiência em HIV/SIDA;
  • Experiência em aconselhamento de pelo menos dois (2) anos;
  • Fluente na língua Portuguesa e na língua local;
  • Experiência em actividades de ligação com a comunidade constitui vantagem;
  • Conhecimentos sobre o Serviço Nacional de Saúde e Programas de Acção Social constituem uma vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, indicando o nome da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Cópia do B.I.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 15/12/2017

Local: Zambézia

A ATOS Lda pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial Provincial de Programas para a província da Zambézia, o Oficial Provincial de Programas, para o seu cliente, uma organização não-governamental americana, que representa oficiais de saúde pública, HIV/SIDA e Hepatites, cuidados de saúde, prevenção e elaboração. O contratado(a) para esta posição, será baseado a tempo inteiro na província da Zambézia, apoiando a implementação das actividades da organização na DPS (Direcção Provincial de Saúde), no âmbito da capacitação institucional e desenvolvimento organizacional para fortalecer a implementação dos programas de saúde pública e reduzir o impacto do HIV/SIDA.

Responsabilidades

  • Guiar, apoiar e dar assistência técnica à DPS no desenho e implementação de estratégias e dar capacitação institucional nos Procedimentos Operacionais Padronizados (POPs), guiões, intervenções, ferramentas e outros documentos;
  • Criar e fortalecer a coordenação entre a DPS e Direcções Distritais e outras instituições do Governo parceiros à todos os níveis;
  • Representar a organização nas reuniões da DPS e outros fóruns;
  • Assegurar a coordenação de actividades de capacitação institucional na Província;
  • Assegurar a monitoria e avaliação das capacidades organizacionais da DPS;
  • Contribuir no desenvolvimento de estratégias de programas anuais a nível provincial;
  • Supervisionar e dar mentoria à equipa de programas da província através de orientação estratégica alinhada com o plano das actividades do programa;
  • Executar outras tarefas relacionadas à coordenação das actividades do programa na província da Zambézia.

Requisitos

  • Licenciatura em Ciências de Saúde, Saúde Pública, Desenvolvimento Internacional ou outra área relacionada;
  • Mínimo de três (3) anos de experiência em programas de HIV e SIDA, Saúde Pública com ONGs, incluindo Direcções Provinciais de Saúde nas áreas de capacitação institucional em Moçambique;
  • Excelente capacidade de comunicação em Português e Inglês;
  • Demonstrar capacidade de comunicação com as contrapartes de alto nível, parceiros e colegas de forma cordial, diplomática e confidencial;
  • Habilidade para trabalhar com agências de cooperação, governos e doadores.

Exigências

  • Curriculum Vitae no formato Word;
  • Carta de Motivação.

Sobre a Empresa

A ATOS, Limitada, é uma empresa de prestação de serviços de Consultoria que oferece soluções na área da Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos. A ATOS usa a consultoria, assessoria e outsourcing como o veículos para o provimento dos seus serviços. Os nosso serviços incluem Recrutamento e Selecção; Consultoria em RH; Processamento de Salários, Avaliação do Perfil Comportamental; Coaching para Resultados; Formação e Desenvolvimento; Ferramentas RH Virtual.

Email: [email protected]

Validade: 11/12/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Conselheiro Leigo.

 Responsabilidades e Tarefas

  • Oferecer o pacote completo do ATS, preconizado pelo MISAU;
  • Realizar palestras de sensibilização dos utentes para adesão ao teste e serviços de CMV;
  • Aconselhamento pré-teste (avaliação de comportamentos de riscos e formas de prevenção);
  • Aconselhamento para saúde (rastreio para outras doenças: Malária, TB,ITS,HT);
  • Teste rápido para o HIV;
  • Aconselhamento pós-teste e apoio psicológico;
  • Oferecer testagem para os utentes dos serviços de CMV;
  • Registo e reporte das actividades;
  • Referencia e encaminhamento dos utentes aos STARV e outros;
  • Promover aconselhamento Pré TARV e de Adesão.

Requisitod

  • Possuir a 10ª Classe ou equivalente;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência de trabalho como motorista;
  • Possuir carta de condução de veículos automóveis;
  • Experiência de trabalho num ambiente de ONG;
  • Disponibilidade para trabalhar fora das horas normais de expediente;
  • Incluído feriados e fins-de- semana quando necessário.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 15/12/2017

Local: Zambézia

A Netherlands Leprosy Relief (NLR) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor para avaliação final do projecto de abordagem combinada no tratamento de Lepra e Filaríase Linfática na província da Zambézia, nos distritos de Ile, Lugela, Pebane e Gilé, com financiamento da LEPRA UK. O projecto está a ser implementado desde 2015 e têm como objectivos principais melhorar a prevenção destas doenças e contribuir para a redução da deficiência nas comunidades afectadas, bem como em risco a Filaríase Linfática e Lepra, e tem o seu términus previsto para Março de 2017. Assim, pretende-se realizar avaliação final do projecto com vista a aferir o seu impacto sobre os beneficiários.

Requisitos

  • Experiência de pelo menos cinco (5) ou mais anos na condução de exercícios similares, com destaque para avaliação de projectos;
  • Experiência extensa na realização de pesquisas e inquéritos qualitativos e quantitativos, incluindo desenvolvimento de ferramentas e análise de dados;
  • Extensa experiência em treinamento e orientação de pessoas em um contexto multicultural;
  • Espírito de equipa;
  • Conhecimento e domínio do contexto moçambicano, com ênfase para as zonas rurais e em particular da província da Zambézia;
  • Bom domínio das línguas Portuguesa e Inglesa;
  • Confortável em lidar com os principais beneficiários do projecto, nomeadamente pessoas afectadas pela lepra, Filaríase Linfática ou outras doenças incapacitantes;
  • O domínio das línguas locais e a experiência de trabalho no campo da lepra, Filaríase ou outras doenças incapacitantes;
  • O domínio das línguas locais e a experiência de trabalho no campo da lepra, Filaríase Linfática e/ou inclusão de deficiência constituem uma vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Pessoas interessadas deverão solicitar os Termos de Referência detalhados no email acima.

Sobre a Empresa

A Netherlands Leprosy Relief (NLR) Moçambique é uma organização não-governamental de origem holandesa, não religiosa e sem fins lucrativos que intervêm em projectos de Saúde, mais particularmente na área da lepra, prevenindo a doença ou mitigando os seus efeitos junto das comunidades. A organização opera em Moçambique desde 1996 e em parceria com o Ministério da Saúde. A NLR tem como objectivos, promover e apoiar, directa ou directamente acções de mitigação e combate da lepra e outras doenças tropicais negligenciadas, suas consequências, e promover a inserção na sociedade de indivíduos com deformidades físicas derivadas destas e de outras causas.

Endereço: Av. Vladimir Lenine nº 174, 16º Andar, Edifício Millennium Park – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 360 957

Validade: 08/12/2017

Local: Zambézia

Duração: 12 meses

O Governo de Moçambique (GdM) recebeu um donativo proveniente do Banco Mundial para implementação de Projectos na área florestal, no contexto dos fundos do Forest Investment Program (FIP). O Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER), através do Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende aplicar parte destes fundos para cobrir parte das despesas relacionados com a criação de Delegações Provinciais da Agência Nacional para o Controlo da Qualidade Ambiental (AQUA) através do apoio directo à esta. O Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende recrutar um (1) Técnico Superior. (Referência: 27/MFIP/IC/2017)

Requisitos

  • Nível Superior na área de Florestas ou equivalente.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópia dos Diplomas ou Certificados dos graus académicos e referências.

Endereço: Av. Vladimir Lenine nº 174, 16º Andar, Edifício Millennium Park – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 360 957

Validade: 08/12/2017

Local: Zambézia

Duração: 12 meses

O Governo de Moçambique (GdM) recebeu um donativo proveniente do Banco Mundial para implementação de Projectos na área florestal, no contexto dos fundos do Forest Investment Program (FIP). O Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER), através do Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende aplicar parte destes fundos para cobrir parte das despesas relacionados com a criação de Delegações Provinciais da Agência Nacional para o Controlo da Qualidade Ambiental (AQUA) através do apoio directo à esta. O Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende recrutar um (1) Assistente Administrativo e Financeiro. (Referência: 31/MFIP/IC/2017)

Requisitos

  • Nível Superior nas áreas de Administração e Finanças, Economia e Gestão, Contabilidade e Auditoria ou equivalente.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópia dos Diplomas ou Certificados dos graus académicos e referências.

Endereço: Av. Vladimir Lenine nº 174, 16º Andar, Edifício Millennium Park – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 360 957

Validade: 08/12/2017

Local: Zambézia

Duração: 12 meses

O Governo de Moçambique (GdM) recebeu um donativo proveniente do Banco Mundial para implementação de Projectos na área florestal, no contexto dos fundos do Forest Investment Program (FIP). O Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER), através do Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende aplicar parte destes fundos para cobrir parte das despesas relacionados com a criação de Delegações Provinciais da Agência Nacional para o Controlo da Qualidade Ambiental (AQUA) através do apoio directo à esta. O Fundo Nacional do Desenvolvimento Sustentável (FNDS) pretende recrutar um (1) Técnico de Recursos Humanos. (Referência: 34/MFIP/IC/2017)

Requisitos

  • Nível Superior em Gestão de Recursos Humanos, Administração Pública, Direito, Sociologia ou Psicologia.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópia dos Diplomas ou Certificados dos graus académicos e referências.

Endereço: Av. Sociedade de Geografia nº 83, 6º Andar A, Edifício Maryah – Maputo

Email: [email protected]

Validade: 05/12/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Rogers Aviation Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Agentes de Reservas/ Emissão de Bilhetes e Escala.

Responsabilidades

  • Efectuar cotações e reservas de passagens aéreas;
  • Efectuar vendas e emissão/ reemissão de passagens aéreas;
  • Desempenhar actividades operacionais relacionadas com check-in, check-out, embarque e desembarque de passageiros, serviços de atendimento especial (VIP’s, menores desacompanhados, idosos, gestantes, etc), bagagens extraviadas;
  • Assistência na placa e Load Control (Carga);
  • Atendimento ao público e gestão de clientes.

Requisitos

  • Experiência de trabalho com sistemas de reservas e emissão de bilhetes (GDS);
  • Conhecimentos sólidos de informática (Excel & Word);
  • Conhecimento em check-in e operações de aeroporto (Ground handling, DGR);
  • Experiência mínima de três (3) anos em área relevante;
  • Habilidades de comunicação oral e escrita em Inglês.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação;
  • Certificados de cursos feitos.

Nota: Mencionar no assunto, a respectiva referência para a província a que se candidata e o título da posição – Quelimane (Ref: RB – UEL).

Sobre a Empresa

Rogers Aviation é uma empresa do Grupo Rogers, dedicado a prestação de serviços financeiros, Hotelaria, Logística, propriedade e Tecnologia. Rogers Aviation é a marca direccionada à aviação, viagens e lazer da Rogers & Co. Ltd.

Endereço: Rua Fontes de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão – T (Atrás do Mercado Janet) – Maputo

Caixa Postal 2531 – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 350 600

Validade: 04/12/2017

Local: Morrumbala – Zambézia

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor Financeiro.

Propósito da Posição

  • Liderar a gestão financeira do projecto, assegurando que as equipes técnicas respeitam os padrões e regulamentos financeiros da World Vision e aqueles acordados com o doador. O incumbente será, ainda, responsável pela elaboração de relatórios financeiros e análises do fluxo de caixa junto dos parceiros envolvidos nas transferências monetárias.

Requisitos

  • Possuir formação Superior em Contabilidade e Finanças ou áreas afins;
  • Possuir o certificado em Contabilidade Pública (CPA);
  • Possuir pelo menos quatro (4) anos de experiência em gestão de fundos provenientes de doadores como Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse dirigida ao responsável dos recursos humanos nas províncias da Zambézia e Tete;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Certificado(s) de Habilitações Literárias e de Cursos relevantes para as posições técnicas OuvirLer foneticamente.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Endereço: Rua Fontes de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão – T (Atrás do Mercado Janet) – Maputo

Caixa Postal 2531 – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 350 600

Validade: 04/12/2017

Local: Morrumbala – Zambézia

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Segurança.

Propósito da Posição

  • Auxiliar, aconselhar o Gestor do Projecto e sua equipa na adopção de medidas de segurança a todos os níveis, incluindo as áreas de operacionalização do projecto. O incumbente será, igualmente, responsável pela implementação dos padrões de segurança e mitigação dos riscos associados, através de um correcto estabelecimento de sistemas e mecanismos, em coordenação com as instituições do governo na área de segurança.

Requisitos

  • Possuir pelo menos, o nível de Bacharelato em áreas relevantes;
  • Possuir pelo menos cinco (5) anos de experiência comprovada em gestão de segurança, especialmente em contextos de emergência ou frágeis;
  • Evidências de conclusão de cursos de segurança relevantes, tais como HEAT.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse dirigida ao responsável dos recursos humanos nas províncias da Zambézia e Tete;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Certificado(s) de Habilitações Literárias e de Cursos relevantes para as posições técnicas OuvirLer foneticamente.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Endereço: Rua Fontes de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão – T (Atrás do Mercado Janet) – Maputo

Caixa Postal 2531 – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 350 600

Validade: 04/12/2017

Local: Cahora Bassa – Tete e Morrumbala – Zambézia

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Coordenadores Distritais.

Propósito da Posição

  • Assegurar uma correcta implementação das actividades ao nível do distrito, nomeadamente: o registo dos beneficiários à luz dos critérios de selecção estabelecido, coordenar a logística do projecto e representar a World Vision-Moçambique e o Consórcio Humanitário de Moçambique, CHEMO, junto dos parceiros-chave, como o Instituto Nacional de Gestão de Calamidade, Instituto de Acção Social, os governos distritais e representantes locais dos beneficiários.

Requisitos

  • Formação Superior em Administração, Gestão de Projectos ou áreas afins;
  • Possuir pelo menos dois (2) anos de experiência na indústria humanitária;
  • Possuir a capacidade de trabalhar sob pressão.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse dirigida ao responsável dos recursos humanos nas províncias da Zambézia e Tete;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Certificado(s) de Habilitações Literárias e de Cursos relevantes para as posições técnicas OuvirLer foneticamente.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Endereço: Rua Fontes de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão – T (Atrás do Mercado Janet) – Maputo

Caixa Postal 2531 – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 350 600

Validade: 04/12/2017

Local: Cahora Bassa – Tete e Morrumbala – Zambézia

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Coordenadores de Transferências Monetárias.

Propósito da Posição

  • O Coordenador de Transferências Monetárias será responsável pela supervisão geral de todo processo de transferências monetárias, assegurando uma correcta planificação, monitoria e elaboração de relatórios.

Requisitos

  • Formação Superior em Contabilidade, Gestão ou áreas afins;
  • Experiência em assistência humanitária, especificamente na distribuição de alimentos ou bens não alimentares a pessoas afectadas pelos desastres.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse dirigida ao responsável dos recursos humanos nas províncias da Zambézia e Tete;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Certificado(s) de Habilitações Literárias e de Cursos relevantes para as posições técnicas OuvirLer foneticamente.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Endereço: Rua Fontes de Melo, Parcela 2/9-6/2, Quarteirão – T (Atrás do Mercado Janet) – Maputo

Caixa Postal 2531 – Maputo

Email: [email protected]

Tel: 21 350 600

Validade: 04/12/2017

Local: Cahora Bassa – Tete e Morrumbala – Zambézia

A World Vision Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Coordenadores de Informação e Relatórios.

Propósito da Posição

  • O Coordenador de Informação e Relatórios será responsável pela operacionalização da componente de Tecnologias de Informação para efectuar as transferências monetárias, bem como o registo de beneficiários, através de sistema móvel de recolha de dados designado Solutions Last Mile Mobile (LMMS).

Requisitos

  • Formação Superior em Informática, Tecnologias de Informação ou áreas afins;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse dirigida ao responsável dos recursos humanos nas províncias da Zambézia e Tete;
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Certificado(s) de Habilitações Literárias e de Cursos relevantes para as posições técnicas OuvirLer foneticamente.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Email: [email protected]

Validade: 03/12/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação.

Responsabilidades

Assistência Técnica (AT)

  • Prestar assistência técnica às Unidades Sanitárias, SDSMAS;
  • Garantir a qualidade de dados produzindo relatórios de análise/avaliação de desempenho dos programas-chave (ATS, cuidados e tratamento HIV,PTV e Tuberculose);
  • Formar e trabalhar com os digitadores para assegurar a digitação atempada, limpeza regular, e elaboração das listas dos pacientes;
  • Assegurar a ligação eficiente dos sistemas de recolha e digitação de dados em todos serviços (ex: Entre SMI e cuidados HIV/TARV, serviços de TB, etc…);
  • Trabalhar com o pessoal das unidades sanitárias para assegurar o fluxo eficiente dos dados;
  • Trabalhar com os outros membros da Unidade satélite na elaboração dos relatórios mensais, trimestrais e anuais;
  • Trabalhar com os recepcionistas das US para o preenchimento correcto dos livros de registos e elaboração dos resumos mensais (distritos prioritários);
  • Triangulação de dados entre os diversos serviços (distritos prioritários).

Qualidade de Dados

  • Colaborar com DPS e SDSMAS na realização das Avaliação de Qualidade de dados (iAQD e AQD do SESP) e a divulgação dos resultados e implementação/monitoria dos planos de acção;
  • Assegurar a triangulação regular dos dados entre vários serviços com diferentes fontes de dados.

Digitação de Dados (DHIS & SESP)

  • Garantir a actualização das bases de dados electrónicos e fluxo entre os serviços da Unidade Sanitária;
  • Fazer a triangulação de dados dos indicadores prioritários;
  • Manter o DHIS actualizado, mensalmente.

Requisitos

  • Possuir grau de Licenciado em Estatística ou Informática ou áreas afins;
  • Conhecimento em Tecnologias de Informação e Comunicação;
  • Experiência na área monitoria e avaliação;
  • Experiência na área de saúde, é uma vantagem;
  • Possuir o nível de Inglês intermédio;
  • Conhecimento de ferramentas de análise (ex: Excel intermediário, STATA,…);
  • Possuir experiência na área de análise de dados estatísticos;
  • Possuir experiência na área de monitoria e avaliação (mínimo: 2 anos).

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 03/12/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Dados.

Responsabilidades

  • Apoiar as unidades sanitárias (US) na recolha dos dados, no envio dos relatórios padronizados pelo Sistema Nacional de Informação de Ministério da Saúde e pelo projecto da Organização não-governamental, e zelar pelo cumprimento dos prazos e periodicidade estabelecidos;
  • Apoiar a equipe da US no uso dos instrumentos de recolha dos dados para o programa de cuidado e tratamento de pacientes vivendo com HIV e o manejo do sistema electrónico assegurando os princípios de segurança, sigilo e confidencialidade das informações;
  • Formar e trabalhar com os digitadores nas US para actualizar e elaborar os relatórios automáticos e assegurar  que a digitação de dados seja feita atempadamente, limpeza regular e elaboração das listas dos pacientes;
  • Apoiar as equipas de M&E da ICAP na digitação, limpeza e completude dos dados no sistema de gestão de dados agregados da ICAP (DHIS);
  • Executar os procedimentos sistemáticos de verificação de dados e avaliação de qualidade (AQD) em meio manual e/ou electrónico;
  • Promover e apoiar actividades de disseminação, analise de informação e atender as iniciativas de melhoria do projecto.

Requisitos

  • Possuir o nível de 12ª Classe concluído, grau Universitário em curso ou concluído constitui uma vantagem;
  • Habilidade no uso de programas informatizados MS Word, Excel, Access, PowerPoint;
  • Familiarizado com Tecnologia de Informação e Comunicação;
  • Conhecimentos básicos em Estatística;
  • Conhecimentos básicos em Excel;
  • Experiência de M&A de campo e na área de saúde (pelo menos 1 ano);
  • Experiência na área de monitoria e avaliação de programas de saúde, preferencialmente nas áreas do HIV/SIDA, PTV, ATS;
  • Familiaridade com programas e/ou projectos de saúde pública e agências internacionais;
  • Excelente comunicação oral e escrita em Português;
  • Conhecimentos básicos da língua Inglesa.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 07/12/2017

 Local: Nampula & Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director do Projecto: Capacitação em Melhoria de Qualidade para Projecto de Impacto.

Responsabilidades

  • Lidar com a elaboração, implementação e avaliação da abordagem Colaborativa de MQ em várias unidades sanitárias em Moçambique, em colaboração com o ICAP NY;
  • Fornecer liderança técnica e supervisão às equipas de MQ do ICAP Moçambique e todas as actividades da abordagem Colaborativa de MQ;
  • Fornecer a supervisão de gestão às equipas de MQ do ICAP Moçambique e as entregas do CMQPI;
  • Liderar o planeamento estratégico e o desenvolvimento do plano de trabalho em colaboração com o ICAP NY;
  • Rever todos os documentos de actividade de formação em abordagem Colaborativa de MQ e assistência técnica das equipes da MQ do ICAP e ajudará a produzir e disseminar relatórios técnicos, guiões, manuais, histórias de sucesso e outros materiais escritos;
  • Facilitar e assegurar uma comunicação e colaboração clara, regular e sistemática entre o ICAP NY, CDC MZ, HRSA, MISAU e todos os outros intervenientes do projecto;
  • Desenvolver e actualizar as actividades de formação e assistência técnica relacionados a abordagem Colaborativa de MQ, mas se limitando a assistência a elaboração, entrega e gestão das iniciativas de formação e capacitação em Colaboração MQ;
  • Propor liderança e apoio práticos para as sessões de formação presencial e avaliação de MQ no local, avaliando as sessões de formação, seminários, webinars e outros projectos de formação Colaboração MQ;
  • Participar regularmente na supervisão de apoio mensal nas unidades sanitárias, formação em MQ, orientação e apoio à implementação de projectos de MQ à nível do local para todas as unidades sanitárias que participam mensalmente na implementação da abordagem Colaborativa de MQ;
  • Deslocar-se para os locais de implementação de MQ pelo ICAP durante pelo menos 15 dias úteis por mês;
  • Coordenar com a equipe de M&A para o desenvolvimento de sistemas de M&A da abordagem abordagem Colaborativa de MQ, incluindo desenvolvimento de indicadores, ferramentas de recolha de dados e POPs, sistemas de gestão de dados, análise e revisão de dados;
  • Preparar dados relacionados a MQ para a apresentação de uma ampla gama de públicos-alvo;
  • Contribuir para o desenvolvimento do protocolo do projecto e coordenar as actividades de submissão de IRB através da Universidade de Columbia, Doadores e Organizações Locais.

Requisitos

  • Possuir o grau de Pós-Graduação em Medicina, Enfermagem, Saúde Pública ou áreas relacionadas, incluindo a experiência de trabalho com o MISAU ou fundos do PEPFAR;
  • Possuir no mínimo oito (8) anos de experiência relevante e perícia demonstrada na implementação de programas de saúde em Moçambique;
  • Possuir no mínimo cinco (5) anos de actividades relevantes do programa de HIV e MQ em Moçambique;
  • Possuir no mínimo três (3) anos de experiência relevante em educação e/ou formação de adultos;
  • Competência demonstrada nas habilidades de análise e apresentação de dados;
  • Experiência demonstrada na síntese e divulgação das melhores práticas e lições aprendidas aos funcionários do governo, implementadores e principais intervenientes;
  • Competência informáticas demonstradas, incluindo proficiência em Word e PowerPoint e a capacidade de processar e analisar dados com celeridade usando o MS Excel são necessárias;
  • A experiência de trabalho com DHIS2 constitui uma vantagem;
  • Talento demonstrado na redacção de conteúdo técnico e materiais de formação;
  • Possuir experiência de trabalho em programas complexos que envolvem curtos prazos e tarefas múltiplas em coordenação com múltiplos parceiros para alcançar os resultados do programa;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Fotocópias de B.I.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 07/12/2017

 Local: Nampula & Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação de Melhoria de Qualidade.

Responsabilidades

  • Apoiar e contribuir para a elaboração, implementação e avaliação da abordagem Colaborativa de Melhoria de Qualidade (MQ) em várias unidades sanitárias em Moçambique;
  • Apoiar o Assessor de MQ para desenvolver os planos de monitoria e avaliação (M&A) da abordagem Colaborativa de MQ, indicadores, sistemas de gestão de dados e protocolos de operação e controlo, para a recolha de dados e análise de projectos de MQ;
  • Apoiar o Assessor de MQ para orientar as equipas de MQ nas unidades sanitárias para implementar projectos de MQ e recolher e analisar dados;
  • Realizar as actividades contínuas de garantia de qualidade de dados (GQD) para projectos de MQ em diversas unidades sanitárias;
  • Preparar análise de dados relacionada com os projectos de MQ para a apresentação a uma ampla gama de públicos-alvo;
  • Apoiar o Assessor de MQ a documentar a formação em MQ e as actividades de assistência técnica e ajudará a produzir e divulgar relatórios técnicos, guiões, manuais, histórias de sucesso e outros materiais escritos;
  • Facilitar os seminários de MQ e cursos de formação, com foco na M&A de MQ;
  • Poder deslocar-se mensalmente para todas as unidades que implementam a abordagem Colaborativa de MQ (durante pelo menos 15 dias úteis por mês).

Requisitos

  • Possuir o grau de Pós-Graduação em Medicina, Enfermagem, Saúde Pública ou áreas relacionadas, incluindo a experiência de trabalho com o MISAU ou fundos do PEPFAR;
  • Possuir no mínimo cinco (5) anos de experiência relevante e perícia demonstrada na implementação de actividades relevantes do programa de HIV e MQ em Moçambique;
  • Possuir no mínimo dois (2) anos de experiência relevante em educação e/ou formação de adultos;
  • Competência demonstrada na implementação de actividades relevantes do programa de HIV e MQ em Moçambique;
  • Competência informáticas demonstradas, incluindo proficiência em Word e PowerPoint e a capacidade de processar e analisar dados com celeridade usando o MS Excel são necessárias;
  • Possuir experiência de trabalho com DHIS2 constitui uma vantagem;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Fotocópias de B.I.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 07/12/2017

 Local: Nampula & Zambézia

O ICAP-Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assessor de Melhoria de Qualidade.

Responsabilidades

  • Apoiar e contribuir para a elaboração, implementação e avaliação da abordagem Colaborativa de Melhoria de Qualidade (MQ) em várias unidades sanitárias em Moçambique;
  • Ajudar no planeamento estratégico e no desenvolvimento do plano de trabalho, e na formação do Documento da abordagem Colaborativa de MQ e nas actividades de assistência técnica, bom como e ajudar a produzir e disseminar relatórios técnicos, guiões, manuais, histórias de sucesso e outros materiais escritos;
  • Facilitar e garantir uma comunicação e colaboração claras, regulares e sistemáticas entre os doadores, o Ministério da Saúde e todos os outros intervenientes do projecto, de modo a atingir os objectivos do projecto da abordagem Colaborativa de MQ a nível nacional;
  • Desenvolver e actualizar as actividades de formação e assistência técnica relacionadas à elaboração, entrega e mas não se limitando à assistência a elaboração, entrega e gestão das iniciativas de formação e capacitação em Colaborativa de MQ;
  • Proporcionar liderança e apoio práticos para as secções de formação presencial e avaliação de MQ no local, avaliando as sessões de formação, seminários, webinars e outros projectos de formação para implementação da abordagem Colaborativa de MQ;
  • Liderar e facilitar a supervisão de apoio mensal no local das instalações, formação em MQ, orientação e apoio à implementação para projectos de MQ em todas as unidades sanitárias que implementam a abordagem Colaborativa de MQ;
  • Deslocar-se para os locais implementação de MQ pelo ICAP pelo menos durante 15 dias úteis num mês;
  • Efectuar parceria com o pessoal de M&A de MQ para o desenvolvimento de sistemas de M&A da abordagem Colaborativa de MQ, incluindo o desenvolvimento de indicadores, ferramentas de recolha de dados e POPs, sistemas de gestão de dados, políticas e procedimentos de garantia de qualidade de dados, análise e revisão de dados;
  • Preparar dados relacionados com a MQ para a apresentação para uma ampla gama de públicos-alvo.

Requisitos

  • Possuir o grau de Pós-Graduação em Medicina, Enfermagem, Saúde Pública ou áreas relacionadas, incluindo a experiência de trabalho com o MISAU ou fundos do PEPFAR;
  • Possuir no mínimo cinco (5) anos de experiência relevante e perícia demonstrada na implementação de actividades relevantes do programa de HIV e MQ em Moçambique;
  • Possuir no mínimo dois (2) anos de experiência relevante em educação e/ou formação de adultos;
  • Competência demonstrada na implementação de actividades relevantes do programa de HIV e MQ em Moçambique;
  • Competência informáticas demonstradas, incluindo proficiência em Word e PowerPoint e a capacidade de processar e analisar dados com celeridade usando o MS Excel são necessárias;
  • Possuir experiência de trabalho com DHIS2 constitui uma vantagem;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Fotocópias de B.I.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 30/11/2017

Local: Quelimane e Maganja da Costa – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal dois (2) Coordenadores Distritais de Saúde Comunitária e Comunicação. (CDSCC001)

Tarefas

  • Apoiar na liderança e na implementação das actividades da área Comunitária no distrito de forma a atingirem os resultados previstos/ planificados;
  • Coordenar a operacionalização das Visitas e Buscas Consentidas e outras actividades comunitárias associadas com a adesão a cuidados e tratamento de HIV/SIDA, com a equipa clínica e comunitária;
  • Fornecer tutoria e formação em trabalho dos Oficiais de Saúde e Envolvimento Comunitário para a realização de VBC e mobilização comunitária das US’s para melhorar a capacidade das DDS’s ma implementação das actividades relacionados com adesão numa forma independente assim como de inclusão das comunidades nas prioridades das US;
  • Garantir a interligação das acções clínicas e saúde comunitária a nível distrital;
  • Apoiar e garantir o preenchimento dos instrumentos e registo, agregação de dados, análise e reporte dos indicadores de saúde comunitária, em coordenação com a M&A nos procedimentos de registo;
  • Garantir a inclusão das principais mensagens da estratégia de comunicação da FGH nas acções dos grupos comunitários e nos programas radiofónicos;
  • Planificar formações dos Praticantes de Medicina Tradicional, Homens Campeões, Parteiras Tradicionais, Líderes;
  • Supervisar a implementação das actividades de comunicação implementadas pelas organizações sub-contratadas;
  • Estabelecer as ligações necessárias com a M&A nos procedimentos de registo dos instrumentos, agregação dos dados, análise e reporte da informação.

Requisitos

  • Experiência de ao mínimo cinco (5) anos de formação e de supervisão de voluntários/ activistas comunitários em matérias de saúde;
  • Diploma Universitário em Desenvolvimento Comunitário, Saúde Pública, Ciências Sociais e/ou outros campos relevantes;
  • Conhecimento de metodologias de mudança de comportamento em HIV/SIDA;
  • Experiência trabalhando em parceria com o Sistema Nacional de Saúde;
  • Experiência em técnicas Participativas e de emponderamento comunitário e questões de género;
  • Nacionalidade moçambicana;
  • Conhecimento de informática/ Word, Excel, PowerPoint, sob a óptica de utilizador;
  • Ter carta de condução de motociclos.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionando a referência da vaga no titulo do email. Indicar no assunto/ subject a referência da posição que está a concorrer.

Email: [email protected]

Validade: 30/11/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Monitoria e Avaliação. (GMA001)

Tarefas

  • Gerir actividades de recolha, agregação, análise, retroinformação e avaliação rotineira da qualidade de dados relacionados à monitoria e avaliação (M&A) das actividades do programa Avante Zambézia conforme requisitos requeridos pelos doadores e Ministério da Saúde;
  • Fornecer, de forma colaborativa, assistência técnica e suporte às equipas clínicas e comunitárias da FGH para assegurar que instrumentos de M&A, incluindo indicadores, sistemas de recolha, planos de análise e relatórios, avaliações de qualidade de dados (DQA), sejam desenvolvidos e implementados;
  • Identificar e colaborar na planificação dos meios necessários ao funcionamento do Departamento de Informação Estratégica da FGH;
  • Desenvolver Plano Integrado de M&A para as actividades clínicas e ligação comunitária;
  • Colaborar com a equipa de Sistemas de Informação da Saúde (SIS) e as equipas clínicas e ligação comunitária para implementar sistemas informáticos de apoio à monitoria e avaliação;
  • Supervisão directa e avaliação de desempenho anual da Coordenadores Regionais de M&A;
  • Monitorar de perto o desempenho das equipas de M&A, em parceria com a equipa SIS, implementando mudanças para a optimização do desempenho;
  • Participar do processo de selecção e contratação de pessoal da Organização;
  • Analisar e aprovar os Termos de Referência para deslocamento da equipa de Coordenadores Distritais de M&A aos distritos segundo actividades planificadas;
  • Liderar o processo de desenvolvimento de planos de trabalhos conjuntos de M&A com a DPS e DDS sob orientação da Direcção da FGH;
  • Participar de Grupos Técnicos de assuntos relacionados à M&A na Direcção Provincial de Saúde.

Requisitos

  • Licenciatura em área relacionada à Saúde como Psicologia, Sociologia, Medicina Preventiva, Enfermagem, Saúde Pública, Estatística e outros;
  • Mais de cinco (5) anos de experiência em desenvolvimento e implementação de sistemas de Monitoria e Avaliação de programas relacionados ao HIV/SIDA;
  • Mínimo de dois (2) anos de experiência em gestão de programas de saúde e de pessoal;
  • Habilidades avançadas em Microsoft Word, Excel, PowerPoint, DHIS2;
  • Conhecimento médio de Inglês requerido;
  • Experiência com análises de dados usando EpiInfo, SAS, SPSS, Stata ou sistemas semelhantes é uma vantagem, mas não requerido;
  • Disponível para viajar metade do tempo nos distritos.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionando a referência da vaga no titulo do email. Indicar no assunto/ subject a referência da posição que está a concorrer.

Email: [email protected]

Validade: 30/11/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal cinco (5) Enfermeiras de Saúde Materno-Infantil para os Cantos de Saúde Escolar. (ESMI001)

Tarefas

  • Promover a educação à sexualidade, incluindo violência baseada no género (VGB) em adolescentes e jovens nas escolas;
  • Implementar os componentes de saúde sexual e planeamento familiar (PF) incluindo baseado em casais, assim como integração com serviços de HIV, Serviços Amigos dos Adolescentes e Jovens (SAAJ) e cuidados primários de saúde, promover o uso dos métodos contraceptivos nos adolescentes e jovens bem como o envolvimento masculino na contracepção;
  • Oferecer aconselhamento em PF, promoção do uso correcto e consistente do preservativo masculino e feminino;
  • Promover a demanda e uso dos serviços de SSR nos adolescentes nos adolescentes e jovens nas escolas e nas unidades sanitárias (US);
  • Dar reciclagens e apoio técnico aos educadores de pares nas escolas, para aumentar a procura dos serviços de Aconselhamento e Testagem em Saúde (ATS);
  • Referenciar adolescentes e jovens para o ATS, incluindo o despiste de infecções de transmissão sexual (ITS) nas US;
  • Promover a reflexão no seio dos adolescentes e jovens sobre assuntos de HIV e ITS;
  • Divulgar impressos de informação, educação e comunicação (IEC).

Requisitos

  • Enfermeira/o de Saúde Materno Infantil (SMI) de nível Médio;
  • Formação específica na saúde (e idealmente saúde sexual) dos adolescentes;
  • Experiência na interacção com jovens (rapazes e raparigas), incluindo através de actividades voluntárias;
  • Abertura/ ausência de preconceitos em relação com sexualidade dos jovens;
  • Experiência nas US do distrito (referências entre SAAJ/US e escolas);
  • Conhecimento dos protocolos do MISAU.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionando a referência da vaga no titulo do email. Indicar no assunto/ subject a referência da posição que está a concorrer.

Email: [email protected]

Validade: 30/11/2017

Local: Ile, Inhassunge, Gilé e Pebane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal quatro (4) Oficiais de Estratégia de “Envolvimento Comunitário”. (OE002)

Tarefas

  • Trabalhar directamente com estruturas e grupos comunitários, dando uma imagem positiva do projecto Avante Zambézia implementado no distrito;
  • Mobilizar e facilitar a participação dos líderes e grupos comunitários na área de Cuidados e Desenvolvimento Comunitário no distrito para implementar acções ao género, prevenção das ITS e HIV/SIDA;
  • Apoiar no fortalecimento da capacidade técnica institucional dos Facilitadores Comunitários, Campeões Masculinos, Praticantes de Medicina Tradicional, Grupos Comunitários e em especial grupos de PVHS em género, CPN, PTV;
  • Fazer a ligação entre os pacientes e as unidades sanitárias (US) através de serviços de visitas domiciliárias, buscas activas;
  • Facilitar o fortalecimento das estruturas e o desenvolvimento de sistemas locais para assegurar o acesso e adesão ao tratamento;
  • Fazer o mapeamento e identificação das actividades comunitárias e sua organização;
  • Apoiar o Ponto Focal Distrital  do Instituto de Medicina Tradicional (IMT) no seguimento das actividades dos Praticantes de Medicina Tradicional (PMT’s);
  • Apoiar o Ponto Focal do IMT e responsáveis das US periféricas, a nível Distrital, na elaboração dos relatórios mensais das actividades realizadas pelo PMT’s;
  • Fortalecer a ligação entre os Profissionais de Saúde das US com os PMT’s, afim de aumentar as referências de pacientes nas US;
  • Reunir mensalmente com os PMT’s e PT’s, para o balanço das actividades realizadas nas comunidades;
  • Garantir a distribuição e conservação das guias de referências nas US a serem entregues aos PMT’s.

Requisitos

  • Nível académico: Licenciatura na área de Desenvolvimento Comunitário, ou nível Médio, mas com experiência  nas actividades comunitárias;
  • Fluência em Português e línguas locais de Zambézia;
  • Formação de pelo menos quatro (4) anos de experiência de trabalho em processos de desenvolvimento comunitário de programas de HIV/SIDA;
  • Experiência em acções de fortalecimento de vínculos comunitários e sociais, especialmente de PTV, HIV e SIDA nas famílias afectadas;
  • Experiência de trabalhar no contexto clínico ou na unidade sanitária.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionando a referência da vaga no titulo do email. Indicar no assunto/ subject a referência da posição que está a concorrer.

Email: [email protected]

Validade: 30/11/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Avaliações. (OA001)

Tarefas

  • Trabalhar directamente com o Director de Avaliações na implementação de avaliações de programa;
  • Contribuir na elaboração de notas de conceito para avaliações de programas, de protocolos e dos seus instrumentos de recolha de dados;
  • Liderar a recolha de dados das avaliações de programas nos distritos;
  • Assegurar a qualidade da colheita entrada e gestão de dados;
  • Apoiar na elaboração da documentação de lições aprendidas, relatórios e avaliação de programas.

Requisitos

  • Nível de Licenciatura (áreas de Medicina, Saúde Pública, Biologia, Geografia ou afins);
  • Fluência oral e escrita em Português;
  • Experiência mínima de três (3) anos nas áreas de avaliação ou pesquisa, de preferência na área de saúde;
  • Conhecimento dos serviços nacionais de saúde e de HIV;
  • Conhecimento de metodologias em pesquisa/ avaliação e ética em pesquisa;
  • Habilidades em organizar planos de trabalho;
  • Habilidades em seguir os procedimentos operacionais padronizados para actividades;
  • Habilidades na monitoria da qualidade de dados;
  • Boa capacidade de comunicar oralmente e por escrito e iniciativa de partilhar experiência e conhecimentos;
  • Boas capacidades analíticas e de resolução de problemas;
  • Encoraja-se a candidatura de profissionais residentes em Quelimane.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados.

Nota: Mencionando a referência da vaga no titulo do email. Indicar no assunto/ subject a referência da posição que está a concorrer.

Email: [email protected]

Validade: 26/11/2017

Local: Zambézia

O ICAP Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Digitador de Carga Viral.

Responsabilidades

  • Codificar todas as amostras de carga viral referenciadas ao laboratório da unidade sanitária onde estará a exercer as funções;
  • Recolher diariamente as amostras de carga viral de outros sectores da unidade sanitária fora do laboratório (Serviços de Saúde Materno Infantil, Tuberculose e outros) para codificação;
  • Introduzir diariamente todos os dados de carga viral de acordo com os procedimentos estabelecidos na Base de Dados electrónica disponível para o efeito;
  • Assegurar que a informação é completa, se não for, regressar à fonte primária, e solicitar que se corrija a informação;
  • Imprimir diariamente todos os resultados de carga viral disponíveis no sistema;
  • Organizar os resultados de carga viral consoante a procedência (unidades sanitárias periféricas, diferentes sectores dentro da própria unidade sanitária onde estará a exercer funções);
  • Colocar os resultados de carga viral nos processos clínico dos pacientes;
  • Empacotar os resultados de carga viral das unidades sanitárias periféricas e entregar ao responsável de laboratório;
  • Verificar junto ao pessoal de laboratório que todas as informações relacionadas com cada amostra estão correctamente registadas nos livros correspondentes;
  • Coordenar com a equipe de M&A para assegurar que todas as informações das amostras e resultados dos pacientes estejam introduzidas na Base de Dados da unidade sanitária;
  • Realizar “back up” da informação segundo os procedimentos estabelecidos e enviar a informação ao Oficial Distrital de Laboratório consoante periodicidade predefinida;
  • Comunicar atempadamente ao Supervisor imediato (Chefe do Laboratório) e a equipa clínica do ICAP (Laboratório ou outro) e sobre qualquer problema técnico identificado para a codificação da informação referente as amostras, impressão de resultados e outros;
  • Participar de forma activa junto a equipa do laboratório no processo de arrumação/ conservação das amostras;
  • Elaborar relatórios conforme as necessidades do programa.

Requisitos

  • Possuir no mínimo o nível Médio Completo de Educação, 10ª Classe;
  • Possuir conhecimentos básicos sobre HIV/SIDA;
  • Conhecimentos do funcionamento do Sistema de Saúde em Moçambique preferido;
  • Experiência profissional na introdução de informação em algum dos softwares de interesse para a Organização (EPTS – Access, OpenMRS, etc.);
  • Experiência profissional na área de saúde constitui uma vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Fotocópia de B.I.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 26/11/2017

Local: Nampula e Zambézia

O ICAP Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Condutor de Motorizada.

Responsabilidades

  • Solicitar amostras aos provedores de saúde das unidades sanitárias do distrito nomeadamente: DPI, CV, Escarro, CD4, Hemograma e Bioquímica;
  • Exigir das unidades sanitárias o protocolo de referenciamento de amostras;
  • Entregar às US os resultados dos testes realizados no laboratório de referência por si transportado;
  • Verificar na US se as requisições apresentam derrame ou contaminação com amostras;
  • Solicitar apoio dos provadores da US na arrumação das amostras no Cool Box (caixa térmica);
  • Assegurar que os cool box (caixa térmica) estão devidamente fechados e evitar vazamento e/ou derrames de amostras;
  • Preencher o protocolo de referenciamento de amostras do motoqueiro;
  • Preencher o diário de bordo da motorizada;
  • Transportar as amostras e resultados protegidas da poeira, sol, chuva entre outros perigos;
  • Entregar as amostras no laboratório dentro das condições e dos prazos estabelecidos;
  • Confirmar a entrega da encomenda através da assinatura do protocolo de referenciamento de amostras pelo técnico do laboratório que recebe;
  • Sempre que tiver programa de saída as unidades de saúde periféricas deve passar do laboratório para levantar os resultados das amostras anteriores;
  • Identificar preventivamente as amostras, cujos resultados ainda não foram enviadas para as US remetentes;
  • Listar no protocolo todos resultados transportados antes de partir;
  • Passar a levantar os resultados de CD4, Carga Viral na Base de Dados caso estes sejam digitados e depois enviados às unidades sanitárias;
  • Junto do sector de transporte fazer a identificação de oficinas mecânicas idóneas a nível do distrito para a realização das manutenções preventivas e reparativas das motorizadas (definir o nível de manutenção que pode ser feito a nível do distrito);
  • Realizar qualquer outra actividade julgada necessária para o alcance dos objectivos e metas do ICAP.

Requisitos

  • Possuir nível Médio do Sistema Nacional de Educação;
  • Possuir carta de condução de motorizada ou equivalente;
  • Cinco (5) anos de experiência de condução de motorizada;
  • Possuir conhecimentos básicos de mecânica para veículos motorizados;
  • Experiência na implementação no sistema de referenciamento de amostras biológicas;
  • Experiência demonstrada na condução e no sistema de referenciamento de amostras.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Fotocópia de B.I;
  • Carta de Condução de Motorizada.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 24/11/2017

Local: Zambézia

A Netherlands Leprosy Relief (NLR) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor para avaliação final do projecto de abordagem combinada no tratamento de Lepra e Filaríase Linfática na província da Zambézia, nos distritos de Ile, Lugela, Pebane e Gilé, com financiamento da LEPRA UK. O projecto está a ser implementado desde 2015 e têm como objectivos principais melhorar a prevenção destas doenças e contribuir para a redução da deficiência nas comunidades afectadas, bem como em risco a Filaríase Linfática e Lepra, e tem o seu términus previsto para Março de 2017. Assim, pretende-se realizar avaliação final do projecto com vista a aferir o seu impacto sobre os beneficiários.

Requisitos

  • Experiência de pelo menos cinco (5) ou mais anos na condução de exercícios similares, com destaque para avaliação de projectos;
  • Experiência extensa na realização de pesquisas e inquéritos qualitativos e quantitativos, incluindo desenvolvimento de ferramentas e análise de dados;
  • Extensa experiência em treinamento e orientação de pessoas em um contexto multicultural;
  • Espírito de equipa;
  • Conhecimento e domínio do contexto moçambicano, com ênfase para as zonas rurais e em particular da província da Zambézia;
  • Bom domínio das línguas Portuguesa e Inglesa;
  • Confortável em lidar com os principais beneficiários do projecto, nomeadamente pessoas afectadas pela lepra, Filaríase Linfática ou outras doenças incapacitantes;
  • O domínio das línguas locais e a experiência de trabalho no campo da lepra, Filaríase ou outras doenças incapacitantes;
  • O domínio das línguas locais e a experiência de trabalho no campo da lepra, Filaríase Linfática e/ou inclusão de deficiência constituem uma vantagem..

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Pessoas interessadas deverão solicitar os Termos de Referência detalhados no email acima.

Sobre a Empresa

A Netherlands Leprosy Relief (NLR) Moçambique é uma organização não-governamental de origem holandesa, não religiosa e sem fins lucrativos que intervêm em projectos de Saúde, mais particularmente na área da lepra, prevenindo a doença ou mitigando os seus efeitos junto das comunidades. A organização opera em Moçambique desde 1996 e em parceria com o Ministério da Saúde. A NLR tem como objectivos, promover e apoiar, directa ou directamente acções de mitigação e combate da lepra e outras doenças tropicais negligenciadas, suas consequências, e promover a inserção na sociedade de indivíduos com deformidades físicas derivadas destas e de outras causas.

Email: [email protected]

Validade: 23/11/2017

Local: Zambézia

O ICAP Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Programa Circuncisão Masculina.

Objectivo

  • Coordenar a implementação das actividades do Programa Circuncisão Masculina a nível da província da Zambézia.

Responsabilidades

  • Planificar e monitorar a implementação das actividades do Programa de Circuncisão Masculina a nível provincial;
  • Oferecer apoio técnico as equipas distritais (ICAP e SNS) para fortalecimento das capacidades de gestão do programa;
  • Coordenar formações a capacidade técnica dos provedores de saúde;
  • Realizar supervisões de apoio técnico regular e mentoria as equipas distritais, fornecer retro informação com relação aos indicadores do programa, identificar e avaliar necessidades e desafios para implementação do programa;
  • Colaborar para a revisão de políticas nacionais, guiões, materiais de formação, documentos, ferramentas, bem como a sua implementação a nível nacional;
  • Apoiar a DPS na implementação de políticas e recomendações nacionais na componente Circuncisão Masculina e na implementação de instrumentos de qualidade, supervisão, avaliação de programa;
  • Gestão e previsão de necessidades para correcta implementação do programa;
  • Ser o elo de ligação entre a organização, DPS e outros parceiros de implementação a fim de maximizar os aspectos positivos das parcerias para o alcance das metas estabelecidas;
  • Acompanhar a qualidade de implementação do programa sob sua área de gestão de acordo com as normas vigentes no país;
  • Elaborar relatórios para DPS e ICAP, bem como outros relatórios técnicos periódicos que sejam necessários;
  • Realizar outras tarefas aos quais seja designado.

Requisitos

  • Possuir pelo menos o nível de Licenciatura em Cirurgia;
  • Ter capacidade de elaborar relatórios técnicos;
  • Possuir cinco (5) anos de experiência na área de Cirurgia;
  • Possuir conhecimento de informática na óptica do utilizador;
  • Ter conhecimento de língua Inglesa escrito e falado constitui uma vantagem;
  • Habilidades de coordenação de equipas de trabalho multidisciplinar;
  • Capacidade de gestão de programas;
  • Disponibilidade para viajar regularmente para os distritos da Zambézia.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, indicando o nome da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Indicação de três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 19/11/2017

 Local: Nicoadala – Zambézia

O ICAP Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal uma (1) Enfermeira de Saúde Materno Infantil no âmbito do programa DREAMS.

Descrição do Cargo

  • A Enfermeira do programa DREAMS na escola trabalha sob a supervisão directa da Oficial Provincial do DREAMS, é responsável pela implementação de actividades do DREAMS nas escolas.

Responsabilidades

  • Coordenar a implementação das actividades no cantinho escolar, incluindo:
    • Implementação de actividade de aconselhamento e testagem (SOS);
    • Integração do serviço de concepção em adolescentes (aconselhamento, referência, promoção de preservativo feminino e masculino);
    • Implementação de aconselhamento sobre a sexualidade, direitos e desenvolvimento humano;
    • Implementação de actividade de cuidados para adolescentes e jovens vítimas de violência baseada no género e referência para as US;
    • Implementar o acolhimento, aconselhamento e referência dos AJ testados positivos na escola para os serviços clínicos;
    • Apoiar na criação de grupos de apoio e de comunicação interpessoal entre AJ nas escolas (EP);
    • Segurar a ligação entre os cantinhos escolares e os serviços nas Uss, através das referências e contra referência;
    • Organizar grupos de debates com especialistas (Gineco-Obstetra e Psicólogo) para responder as necessidades do AJs;
  • Registar todas informações e dados estatísticos nos mapas adaptados para o efeito;
  • Planificar a implementação das actividades de palestra nas salas de aula diário, aproveitando os tempos livres e em coordenação com os DT (director de turma);
    • Fazer relatórios mensais das actividades realizadas e encaminhar ao Oficial Provincial do DREAMS, mensalmente.

Requisitos

  • Possuir o curso de Enfermeira de Saúde Materno Infantil de nível Médio;
  • Possuir 3-5 anos de experiência de trabalho na área de HIV, PVT, experiência no SAAJ (SSRAJ) constitui vantagem;
  • Possuir experiência na prestação de assistência técnica, de preferência com ênfase nos serviços de SMI e nos SAAJs;
  • Experiência de trabalho com ONG constitui uma vantagem;
  • Conhecimento básico dos programas de informática.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, detalhado indicando o nome da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Cartas de Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: [email protected]

Validade: 23/11/2017

Local: Zambézia

O Ipas pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assessor Clínico Provincial.

Contexto

  • O/A Assessor/a Clínico do Programa apoia a implementação de serviços de aborto seguro as unidades sanitárias seleccionadas para intervenção do Ipas, provendo formações regulares aos provedores de saúde em matéria de aborto seguro e de qualidade. O/A Assessor/a funcionará como elo de ligação entre a DPS e o Ipas e garantirá mentoria clínica aos provedores com vista a prestar cuidados de aborto seguro de qualidade. Cabe ao Assessor/a organizar treinamentos aos provedores de saúde e garantir que os serviços de aborto seguro sejam acessíveis, disponíveis, sem custos em todas unidades sanitárias implementadas.

Principais Funções e Responsabilidades

  • Colaborar com as autoridades da DPS, parceiros para garantir serviços de aborto seguro funcionais e reportar ao gestor nacional o desenvolvimento das actividades;
  • Organizar e actualizar a lista dos profissionais de saúde formados em aborto seguro e garantir a rotação entre os serviços e oferecer apoio técnico sempre que necessário para o bom desempenho;
  • Garantir a logística de todos consumíveis médicos necessários e mentoria clínica regular e apoiar o correcto registo das actividades realizadas;
  • Coordenar com o Instituto de Ciências de Saúde, para garantir a existência de condições técnicas e material necessário para a formação dos provedores de saúde em matéria de aborto seguro;
  • Desenvolver programas de mobilização e sensibilização comunitária e garantir apoio administrativo;
  • Promover formações de aborto seguro nos distritos em estreita colaboração com os formadores nacionais;
  • Colaborar com outros assessores do Ipas na resolução de problemas e garantir execução do plano de actividades;
  • Colaborar com o departamento financeiro para verificar a disponibilidade financeira, entregar o relatório das despesas e todas transacções financeiras;
  • Colaborar com Assessor Clínico Sénior do Ipas na actualização das unidades sanitárias apoiadas;
  • Reportar ao Gestor Nacional do Programa todas actividades desenvolvidas, relatórios mensais, plano de actividades e logística.

Requisitos

  • Licenciatura em Medicina Geral (Médico de Clínica Geral);
  • 4-5 anos de experiência profissional;
  • Experiência de trabalho nos distritos da província da Zambézia é uma vantagem;
  • Conhecimento de informática do utilizador;
  • Conhecimentos sólidos de planificação e monitoria e avaliação de programas;
  • Experiência de trabalho na matéria de saúde sexual e reprodutiva;
  • Conhecimento de língua Inglesa.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

O Ipas é uma organização sem fins lucrativos que dedica esforços para acabar com as mortes e deficiências evitáveis, resultantes de gravidezes indesejadas e abortos inseguros. Através de parceiras locais, nacionais e globais. O Ipas trabalha para garantir que mulheres e raparigas possam melhorar a sua saúde sexual e reprodutiva através serviços de aborto e métodos de contracepção acessíveis, seguros e completos.

Email: [email protected]

Validade: 12/11/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A World Education (WEI/B) Bantwana Initiative pretende recrutar para quadro de pessoal um (1) Grants Officer.

Resumo do Trabalho

  • Sob supervisão do Gestor de Subvenções, irá auxiliar no fornecimento de suporte técnico e orientação na gestão de todos os subacordos de parceiros para garantir gastos apropriados de acordo com os acordos de parceria, regulamentos e directrizes de concessão.

Responsabilidades e Deveres Específicos

  • Trabalhar com o Gestor de Subacordos na preparação de relatórios e projecções precisas;
  • Processar desembolsos para parceiros;
  • Monitorar desembolsos orçamentais e reconciliações de adiantamentos por parceiros;
  • Supervisionar os subordinados alocando tarefas e revisando seu trabalho;
  • Fornecer suporte técnico aos parceiros e realizar revisões no escritório de parceiros;
  • Fornecer suporte de capacitação e mentoria para parceiros e os funcionários de parceiros;
  • Revisão dos relatórios de despesas do parceiro, incluindo:
    • Revisão de vouchers;
    • Verificar as despesas do programa do parceiro;
    • Revisão do caixa diário do parceiro;
    • Solicitar esclarecimentos sobre despesas para parceiros;
    • Revisar as actividades de concessão para o cumprimento das regras e regulamentos do USG, bem como as políticas do WEI.
  • Assegurar que as subvenções concedidas aos parceiros de implementação locais e quaisquer outros beneficiários sejam implementadas de acordo com os objectivos do programa, desenho e os regulamentos de subconcessão da USAID/UNICEF;
  • Ajudar os parceiros na resolução de questões levantadas pelo escritório sede e pelos doadores;
  • Ajudar na revisão e edição de orçamentos e propostas de parceiros para a precisão, integridade e clareza para assegurar a apresentação final de alta qualidade;
  • Participar na documentação das lições aprendidas e das melhores práticas dos diferentes programas;
  • Apoiar o Gestor de Subacordos nos processos de conclusão de concessão.

Requisitos

  • Bacharel em Finanças, Contabilidade ou outros conhecimentos académicos relevantes;
  • Mínimo de 2+ anos de experiência profissional de pós-qualificação no campo de desenvolvimento;
  • Experiência em gestão de subacordos e avaliações financeiras para grandes agências de desenvolvimento, ex. USAID ou UNICEF;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e oral;
  • A experiência de auditoria será uma vantagem adicional;
  • Competências informáticas fortes com o MS Word, Excel e PowerPoint;
  • Língua Portuguesa e relevantes habilidades em linguagem local.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Nota: Indicar no assunto – exemplo: “Grants Officer”

Email: [email protected]

Validade: 12/11/2017

Local: Gurué – Zambézia

A World Education (WEI/B) Bantwana Initiative pretende recrutar para quadro de pessoal um (1) Oficial Distrital de Campo.

Contexto

  • Este cargo faz parte do projecto de cinco anos financiado por PEPFAR/USAID, Força à Comunidade e Criança (FCC), para melhorar a qualidade de serviços às COVs e quadros de política para coordenação, planificação, implementação e monitoria e avaliação.

Resumo do Trabalho

  • Será responsável pela recolha, processamento e análise de dados das actividades do projecto da WEI/B e apoiar tecnicamente os Oficiais de Monitoria e Avaliação das LIP’s, assim como os colectores primários de dados (Mentores, Educadores de Pares, Professores, Facilitadores de GPE, Gestores de Casos).

Responsabilidades e Deveres Específicos

O Oficial Distrital de Campo irá coordenar todas actividades do programa a nível do distrito. Irá:

  • Sob a supervisão do Coordenador Provincial, gerir actividades de Parceiros Locais de Implementação (PLI) no distrito, incluindo realizar encontros e elaborar de relatórios dos PLI, recolher de dados, participar em diálogo comunitário;
  • Orientar actividades de consciencialização sobre HIV/SIDA, Género, Estigma, viver com HIV e apoio e cuidado às COVs.

Requisitos

  • Pelo menos dois (2) anos de experiência no trabalho nas comunidades;
  • Capacidade comprovada para desenvolver, implementar e coordenar actividades de DFO;
  • Conhecimento geral da prevenção de HIV e SIDA, cuidado e apoio;
  • Bom conhecimento e experiência de trabalhar com o Sistema moçambicano de cuidado em saúde, comunidades moçambicanas e entidades governamentais;
  • Excelente domínio de Português (oral, escrito), e capacidade de falar a língua local.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Nota: Indicar no assunto – exemplo: “DF Officer_Distrito de Gurué”

Email: [email protected]

Validade: 12/11/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A World Education (WEI/B) Bantwana Initiative pretende recrutar para quadro de pessoal um (1) Oficial Distrital de Campo.

Contexto

  • Este cargo faz parte do projecto de cinco anos financiado por PEPFAR/USAID, Força à Comunidade e Criança (FCC), para melhorar a qualidade de serviços às COVs e quadros de política para coordenação, planificação, implementação e monitoria e avaliação.

Resumo do Trabalho

  • Será responsável pela recolha, processamento e análise de dados das actividades do projecto da WEI/B e apoiar tecnicamente os Oficiais de Monitoria e Avaliação das LIP’s, assim como os colectores primários de dados (Mentores, Educadores de Pares, Professores, Facilitadores de GPE, Gestores de Casos).

Responsabilidades e Deveres Específicos

O Oficial Distrital de Campo irá coordenar todas actividades do programa a nível do distrito. Irá:

  • Sob a supervisão do Coordenador Provincial, gerir actividades de Parceiros Locais de Implementação (PLI) no distrito, incluindo realizar encontros e elaborar de relatórios dos PLI, recolher de dados, participar em diálogo comunitário;
  • Orientar actividades de consciencialização sobre HIV/SIDA, Género, Estigma, viver com HIV e apoio e cuidado às COVs.

Requisitos

  • Pelo menos dois (2) anos de experiência no trabalho nas comunidades;
  • Capacidade comprovada para desenvolver, implementar e coordenar actividades de DFO;
  • Conhecimento geral da prevenção de HIV e SIDA, cuidado e apoio;
  • Bom conhecimento e experiência de trabalhar com o Sistema moçambicano de cuidado em saúde, comunidades moçambicanas e entidades governamentais;
  • Excelente domínio de Português (oral, escrito), e capacidade de falar a língua local.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Nota: Indicar no assunto – exemplo: “DF Officer_Distrito de Quelimane”