Advertisements

Endereço: Rua dos Trabalhadores 424 – Quelimane

Email: tomas.andre@fgh.org.mz e sara.vanrompaey@fgh.org.mz

Validade: 30/06/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor do Estudo de Homens para Saúde +.

Objectivo

  • Gestão no nível provincial da implementação de um novo estudo de pesquisa com pacientes (mulheres grávidas e seus parceiros masculinos) na Consulta Pré-Natal (CPN) (e depois na Consulta Pós-Parto/ Criança em Risco), e gestão de todo o pessoal envolvido no estudo;
  • Supervisão e apoio para o sucesso das actividades relacionadas ao estudo e garantir a qualidade dos dados do estudo.

Tarefas

  • Coordenar e ajudar em facilitar todas as formações requisitadas para o estudo, incluindo (mas não limitado a) aconselhamento, estratégias de comunicação e terapia comportamental e cognitiva, e apoio de adesão para casais seropositivos;
  • Supervisionar todas as actividades relacionadas com o estudo;
  • Apoiar os Assistentes do Estudo e outro pessoal do estudo na implementação das actividades (ex. recrutamento, inquéritos, sessões de aconselhamento, educação e apoio, etc);
  • Supervisionar as actividades de recrutamento dos casais no estudo, assegurando o seguimento dos critérios de inclusão e o processo de obter consentimento informado;
  • Supervisionar e controlar a qualidade de recolha e gestão de dados relacionados com o estudo, incluindo a realização das verificações de dados e auditorias;
  • Gerir todos os assuntos dos recursos humanos (RH) relacionados ao estudo, incluindo o recrutamento dos casais experientes voluntários das comunidades;
  • Realizar e apoiar actividades de estudo durante ausências do pessoal do estudo;
  • Comunicar-se regularmente com todo o pessoal envolvido no estudo e o pessoal clínico e comunitário, em relação às actividades do estudo e as necessidades dos participantes;
  • Viajar regularmente (aproximadamente 40-50% do tempo) para os sítios incluídos no estudo para fazer supervisão e dar apoio ao pessoal.

Requisitos

  • Licenciatura nas áreas de Psicologia Clínica, Ciências Sociais, Saúde Pública ou áreas afins, idealmente ter um Mestrado na Saúde Pública;
  • Fluência oral e escrita em Português, e idealmente ter compreensão (oral e escrita) em Inglês;
  • Experiência mínima de cinco (5) nos trabalhando nas áreas de Psicologia, Apoio Psicossocial e/ou da Saúde das pessoas vivendo com HIV, seja nas unidades sanitárias ou na área comunitária;
  • Experiência na implementação dos protocolos de intervenções, pesquisa e/ou inquéritos;
  • Habilidades na gestão de dados e o uso de planilhas electrónicas, editores de texto e aplicativos informáticos para apresentação de dados (ex. Excel, Word, PowerPoint);
  • Habilidades em organizar, liderar, dirigir e treinar pessoalmente na implementação de programas de cuidados e tratamento clínicos de HIV/SIDA;
  • Preferível ter fluência ou compreensão nas línguas locais usadas na Zambézia;
  • Boa capacidade e iniciativa de partilhar experiência e conhecimentos;
  • Qualidades de flexibilidade e adaptação;
  • Capacidade de trabalhar com eficácia em equipas multidisciplinares;
  • Formação e pelo menos dois (2) anos de experiência trabalhando com mulheres grávidas ou casais, ou nas áreas de pesquisa/ inquéritos, apoio familiar ou relações de género.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Cartas de Recomendação.
Advertisements

Girl Child Rights-GCR a sub-grantee of ADPP Mozambique is implementing NIKHALAMO project in Namacurra district of Zambezia province to contribute to improve the life chances of poor rural girls through increased educational opportunities.  This project is funded by USAID under the Award AID-656-A-14-00008.  GCR is responsible for implementing result whose main focus is geared towards improving the quality of girls’ life so that high-quality learning outcomes will be achieved.  GCR is therefore responsible for actions towards promoting a gender responsive environment in primary and secondary schools through providing technical support and assistance to Nikhalamo Project. The technical support envisages facilitating gender responsive pedagogy, promote gender equality and mainstreaming, as well as the prevention of Gender Based Violence in the project target areas.

Summary

  • The objective of this Term of Reference (ToR) is to request proposals from qualified consultants with proven background in developing training materials on gender equality programming to provide specific technical support to improve the gender interventions in Nikhalamo project.  This will entail reviewing existing gender materials (teacher counsellors’ training manual, School Council representatives training manual, Girl Education Promoters’ gender norms guidelines and any other gender related material.  The consultancy will consolidate this material and develop a standardized curriculum of training material for the various entities drawing from material that have been developed to strengthen gender equality programming.   The interested consultant (s) will also develop tools and instruments for use by teachers, students,  members of school council and community members.

Key Tasks

  • Review existing Nikhalamo gender norms session guidelines, teacher counsellors and school council representatives gender training manuals and other gender related material produced by GCR;
  • Based on key findings:
  • Develop  comprehensive training curriculum for Teacher Counsellors, School council members and students (girls and boy ) and update existing training manuals;
  • Develop a series of core training modules on the practical dimensions of gender responsive and safe environment for Girls and Boys Education;
  • Facilitate gender training for GCR Project Team to increase gender sensitive materials development skills;
  • Propose new gender sensitive strategies, tools and material to reach out and cater effectively to beneficiary girls and boys.

Deliverables

  • Report (One (1) hard copy and electronic copy) of the main findings and key recommendations for issues to be included in the existing documents to be revised.  The report should take into account the interviews/ consultations carried out with the project team;
  • Curriculum and training manuals for teacher counsellors and school council representatives including supporting manuals;
  • Revised practical guidelines for sessions of gender norms for referred groups.

Qualifications, Experience and Competences Required

  • At least five (5) years of experience progressively responsible materials development with a special focus on gender.  Preference will be given to experts with experience of working on gender responsive programming in development and/or Girls Education/School Safe Environment settings;
  • Practical experience working with US Agencies and local NGOs;
  • Proven experience combining formal expertise on gender mainstreaming and gender equality with experience of applying these concretely to specific Education, Child Protection, SRHR programmes sectors, plans, policies and business processes;
  • Proven experience leading Action Learning processes, developing gender training tools, and delivering trainings on gender-responsive programming;
  • Masters or Advanced Degree in a related subject area. Ability to communicate ideas in a manner conducive to their practical application;
  • Fluency in English and Portuguese required;
  • Time Frame 21 days. 

Email: recrutamento@adpp-mozambique.org

Validade: 17/06/2017

Local: Nicoadala com deslocações frequentes para os distritos de Maringué, Caia e Nicoadala, Namacura nas províncias de Sofala e Zambézia respectivamente

Duração: Um (1) ano

A ADPP Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Agrónomo para o Projecto Clube de Agricultores.

O projecto tem três (3) componentes nomeadamente: agricultura e segurança alimentar, ligações de mercado e saneamento do meio.

Objectivo Principal

  • Contribuir para a redução da pobreza rural em Moçambique através do desenvolvimento da agricultura de pequena escala, promovendo a criação de riqueza de forma sistentável.

Responsabilidades

O Agrónomo vai reportar ao Coordenador do Projecto e irá trabalhar em estreita colaboração com a SNV, na qualidade de parceria de implementação e autoridades do Governo ao nível distrital e provincial.

  • Fornecer suporte técnico e supervisionar o trabalho dos técnicos de agricultura, instrutores agrários e técnicos de água para garantir resultados de qualidade;
  • Envolver as partes interessadas e fornecer suporte técnico para a sustentabilidade do projecto;
  • Desenvolver e liderar a formação dos instrutores agrários;
  • Coordenar e liderar acções para mitigar os efeitos das mudanças climáticas bem como garantir que os objectivos transversais sejam alcançados de acordo com o plano do projecto;
  • Dirigir pesquisas (sobre produção, produtividade, fertilidade e uso do solo) nos clubes de agricultores com o objectivo de melhorar os resultados do projecto;
  • Garantir liderança técnica em matéria relacionada com a sustentabilidade dos solos e gestão de recursos hídricos;
  • Participar e conduzir acções de formação organizadas pela SNV e outros parceiros do projecto;
  • Realizar visitas de monitoria e verificar o grau de realização dos objectivos em concordância com o quadro lógico e planos de trabalho;
  • Apoiar a criação de planos de negócio para sistemas de irrigação de baixo custo instalados.

Requisitos

  • Formação Superior em Agronomia;
  • Dez (10) anos de experiência na implementação de projectos relacionados com agricultura, preferencialmente em território moçambicano;
  • Experiência em gestão de projectos financiados por fundos externos e cooperação com estruturas do Governo;
  • Boas habilidades de comunicação escrita e oral em Português e Inglês;
  • Conhecimento de línguas locais constitui vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Indique o assunto a vaga a que se candidata.

Sobre a Empresa

A ADPP Moçambique tem mais de 30 anos de experiência de trabalho na área de desenvolvimento sócio-económico e actualmente implementa mais de 50 projectos. A ADPP, está empenhada em apoiar a população moçambicana através de diversos projectos que estão a ser implementados em todas as províncias, em parceria com diferentes doadores.

Email: adm@wlsa.org.mz

Tel: 21 415 811

Cel: 82 385 8100

Validade: 02/06/2017

Locais: Maputo Cidade, Maputo Província, Gaza, Manica, Sofala, Tete, Zambézia e Niassa

WLSA Moçambique em parceria com a FHI360 pretende recrutar para o seu quadro de pessoal oito (8) Profissionais de Pontos Focais.

Responsabilidades

  • Coordenar as actividades da WLSA/FHI360 ao nível local;
  • Monitorar as actividades previstas no plano de acção;
  • Contribuir para a harmonização e operacionalização dos planos de advocacia dos parceiros;
  • Trabalhar para o desenvolvimento de um directório de serviços de VGB;
  • Coordenar e reportar regularmente a WLSA as actividades realizadas e constrangimentos que possam eventualmente ocorrer no decurso da implementação.

Requisitos

  • Ter Licenciatura em Ciências Sociais ou áreas afins;
  • Falar Português fluentemente;
  • Preferência para quem falar a língua local maioritária na província de trabalho;
  • Residir no local onde ficará sediada a acção;
  • Ter capacidade de trabalho em grupo, dinamismo e sentido de responsabilidade;
  • Ser sensível e reconhecer a importância de uma abordagem de direitos humanos e igualdade de género;
  • Experiência de trabalho no combate à Violência Baseada no Género (VGB), HIV/SIDA e direitos humanos;
  • Habilidades comprovadas de comunicação;
  • Trabalho a tempo inteiro;
  • Sensibilidade para as diferenças culturais e compreensão das questões éticas que envolvem os direitos humanos e VBG entre as populações-chave em Moçambique.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Termos de Referência.

Endereço: Rua dos Trabalhadores 424 – Quelimane

Av. Maguiguana, 32  – Maputo

Email: grace.fumane@fgh.org.mz e mariana.coelho@fgh.org.mz

Validade: 20/05/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial Distrital de Apoio Psicossocial.

Objectivo do Posto

  • Fornecer apoio técnico para a implementação das actividades de adesão a nível comunitário, em colaboração com as equipas clínica e comunitária para apoiar o distrito de Quelimane.

Tarefas

  • Garantir a boa implementação de actividades de APSS, a nível do distrito e/ou US através da coordenação com outros intervenientes a nível da unidade sanitária;
  • Tutoria clínica directa para os elementos da equipa de APSS;
  • Formação teórica e em serviço de conselheiros e outros intervenientes da equipa de APSS;
  • Liderar a implementação do apoio psicossocial para crianças e adolescentes relevados positivos;
  • Fortalecimento distrital de actividades que visam a melhoria de retenção e adesão de pacientes em seguimento no STARV;
  • Fornecer Assistência Técnica, formação em trabalho e tutoria clínica directa para os elementos da equipa de APSS;
  • Responsável pela supervisão regular directa das equipas APSS/PP nas US periféricas (CdS, Ed. Saúde);
  • Organizar as actividades dos grupos de apoio;
  • Sempre que necessário, garantir o uso e desenvolvimento de ferramentas de apoio para melhor funcionalização dos programas clínicos;
  • Empreender todos os esforços para o alcance das metas pré-definidas para o programa;
  • Uso efectivo e racional de todos os recursos disponíveis para uma boa implementação das actividades.

Requisitos

  • Um ou mais dos seguintes graus: Licenciatura em Psicologia Clínica;
  • Três (3) anos de experiência em programas clínicos de APSS em locais de recursos clínicos limitados;
  • Domínio clínico de programas de aconselhamento e testagem em saúde, prevenção positiva, violência baseada no género e outros;
  • Português fluente e nível IV de Inglês;
  • Habilidades em organizar, liderar, dirigir e treinar pessoal na implementação de programas de cuidados e tratamento de HIV/SIDA;
  • Conhecimento dos protocolos nacionais;
  • Fácil integração em equipas multisectoriais;
  • Boa capacidade de comunicar oralmente e por escrito;
  • Ambientes multiétnicos com sensibilidade e respeito pela diversidade;
  • Capacidade e iniciativa de partilhar experiência e conhecimentos;
  • Qualidades de flexibilidade e adaptação;
  • Habilidade de defender e promover a visão, a missão e os temas relacionados ao mandato da FGH, bem como seus objectivos estratégicos.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Carta de Candidatura;
  • Cópia de B.I.

Endereço: Rua dos Trabalhadores 424 – Quelimane

Av. Maguiguana, 32  – Maputo

Email: jose.vallejo@fgh.org.mz e ana.fijamo@fgh.org.mz

Validade: 20/05/2017

Local: Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assessor Clínico Distrital.

Tarefas

  • Assegurar a qualidade dos serviços de cuidados integrados e tratamento de HIV e SIDA nas unidades sanitárias rurais e o alcance dos objectivos/ indicadores da FGH/MISAU/doador, através da assistência técnica a DPS e aos SDMAS;
  • Liderar, avaliar, treinar e assistir uma equipa muldisciplicar (tutores clínicos da FGH & DPSZ) a fim de identificar e remediar problemas, limitações e obstáculos ao funcionamento dos serviços;
  • Assegurar a integração de serviços e programas directamente relacionados com o programa HIV/SIDA (MQ, VBG, B+, GAAC…);
  • Formações na actualização de novas abordagens;
  • Tutoria clínica directa do pessoal de saúde distrital priorizada em habilidades (diagnóstico, exame de habilidades físicas, uso de protocolos clínicos, habilidades de relação interpessoais, gráficos de pacientes);
  • Coordenação estreita com as equipas distritais e da DPS e apoio no processo de expansão de serviços TARV do MISAU;
  • Relatórios de visita e outros de acompanhamento com devidas recomendações aos parceiros.

Requisitos

  • Licenciatura em Medicina;
  • Três (3) anos de experiência no ramo clínico em locais de recursos clínicos limitados;
  • Habilidades em liderar e treinar pessoal na implementação de programas de cuidados e tratamento de HIV/SIDA;
  • Conhecimento dos protocolos nacionais;
  • Desligado do Sistema Nacional de Saúde no acto de candidatura;
  • Proficiente em Inglês;
  • Disponibilidade imediata.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Três (3) Carta de Recomendação.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Chief of Party, the IT Manager is responsible for the computer network of the AIRS Mozambique project office locations in Maputo and Quelimane, remote technical support to the district level staff, and data entry centers during the annual spray campaign.

Specific duties and responsibilities are outlined below

  • Provide technical support for major and/or urgent problems with LAN or any of its components (server crash, firewall, virus attack, hard drive failure, etc.);
  • Reimage and join laptops to the domain;
  • Provide on-call assistance technical support to individuals as needed;
  • Work with Tier2 support (Abt IT) to resolve issues as required;
  • Perform Window Server maintenance and administration, including installing Windows patches and upgrades (Service Packs);
  • Monitor server logs and perform necessary operations to ensure the proper state of the systems;
  • Monitor to ensure Symantec Antivirus software and virus definition updates are being deployed to the server and client PCs.  Ensure that any PC deployed to the field has the project standard antivirus protection and it is configured to receive virus definition updates via Internet/Symantec LiveUpdate;
  • Run a weekly antivirus status report from the Symantec Antivirus Console;
  • Perform File Server backups (weekly full backup, daily incremental on file server, and monthly backups of file server and users data). Using Symantec BackupExec 2010, confirm scheduled backup jobs are successful.  In conjunction with International IT, perform quarterly data recover validation from backup;
  • Monitor site firewall, managing VPN accounts, if any;
  • Monitor File Server (Group Policy, NTFS permissions, EFS);
  • LAN Administration: create and modify user accounts and privileges/rights (for network and exchange); manage disk space, printer queues, and internet connection; and update antivirus software and definition files;
  • Perform desktop and laptop computer support, including perform routine preventive maintenance (disk scan, deleting temp files, defragmentation, etc.); install software patches and upgrades, troubleshoot hardware or software problems; and ensure users are backing up their data files on the server;
  • Provide basic training of MS Office products;
  • Monthly conference call and written summary report (format to be provided) with Abt International IT Management;
  • Review monthly activity, articulate and implement Action Plans relating to identified IT needs.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Computer Sciences, Community Health, Sociology, or other relevant field;
  • At least four (4) years of relevant professional experience in IT network administration in a Windows NT environment, including internet access support;
  • Knowledge of analysis software (Excel, SPSS, Arc GIS, etc.) desirable;
  • Knowledge of health project implementation in general, with knowledge about malaria prevention programs very desirable;
  • A demonstrated ability to work independently, as well as within a team setting;
  • Excellent writing, computer and organizational skills in both English and Portuguese;
  • Professional interpersonal skills with the ability to work in multidisciplinary teams;
  • Well-organized, responsible, independent, efficient and able to multitask under pressure;
  • Experience in working in collaboration with national and international Partners;
  • Demonstrated experience in Microsoft Office, especially Word, Excel, PowerPoint, Outlook, etc;
  • Portuguese and English required.
Vagas no Instituto Nacional de Estatística

Endereço: Av. 24 de Julho nº 1989 – Maputo

Caixa Postal, nº 493 – Maputo

Validade: 13/05/2017

Local: Vários Locais

Duração do Trabalho: 63 dias (desde 22 de Junho até 23 de Agosto de 2017)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal trezentos e cinquenta e sete (357) Formadores Regionais.

  • Niassa (23 vagas)
  • Cabo Delgado (25 vagas)
  • Nampula (74 vagas)
  • Zambézia (71 vagas)
  • Tete (39 vagas)
  • Manica (28 vagas)
  • Sofala (28 vagas)
  • Inhambane (21 vagas)
  • Gaza (18 vagas)
  • Maputo Província (18 vagas)
  • Maputo Cidade (12 vagas)

Tarefas Principais

  • Capacitar os Formadores Locais;
  • Supervisionar a capacitação dos recenseadores e controladores;
  • Assessorar os GDR durante a recolha de dados, apuramento preliminar dos resultados e retorno dos boletins preenchidos;
  • Garantir o apuramento preliminar usando o SCO.

Requisitos

  • Ser moçambicano;
  • No mínimo ser finalista de Licenciatura em Ciências Sociais (Geografia, História, ou áreas afins), Estatística;
  • Ter idade mínima entre 25 anos;
  • Possuir experiência na área de ensino é uma vantagem;
  • Ter aptidão física para o desempenho das funções;
  • Ter participado em censos anteriores ou em inquéritos aos agregados familiares é uma vantagem;
  • Disponibilidade imediata e a tempo inteiro;
  • Ter domínio de computador na óptica do utilizador;
  • Ter residência na província em que pretende ser formador é uma vantagem;
  • Falar/comunicar em língua local é uma vantagem;
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Possuir espírito de trabalho em equipa;
  • Demonstrar capacidade de fácil comunicação em língua Portuguesa;
  • Ter auto-confiança;
  • Inspirar confiança;
  • Possuir espírito de responsabilidade individual e de grupo;
  • Ter bom comportamento cívico e moral;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e fora das horas normais (inclusive fins de semana e feriados se necessário);
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Alto sentido de responsabilidade;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão, dentro e fora das horas normais de serviço;
  • Capacidade de coordenar a equipa.

Nota: O local de trabalho será nas sedes distritais.

Exigências

  • Preencher a Ficha de Candidatura;
  • Apresentar cópia reconhecida do BI ou Certidão de Registo de Nascimento;
  • Apresentar “Curriculum Vitae” em línguas Portuguesa;
  • Certificado de Habilitações Literárias ou experiência profissional;
  • Atestado médico de sanidade mental e capacidade física para o desempenho de funções na Administração Pública;
  • Declaração de Compromisso de Honra;
  • Certificado de Registo Criminal;
  • Declaração Militar;
  • NUIT e NIB.

Os documentos referidos nas alíneas g), h) e i) poderão ser entregues após o apuramento dos candidatos.

Vagas no Instituto Nacional de Estatística

Endereço: Av. 24 de Julho nº 1989 – Maputo

Caixa Postal, nº 493 – Maputo

Validade: 13/05/2017

Local: Vários Locais

Duração do Trabalho: 87 dias (desde 1 de Junho até 26 de Agosto de 2017)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal trinta e sete (37) Formadores Iniciais.

  • Niassa (3 vagas)
  • Cabo Delgado (3 vagas)
  • Nampula (5 vagas)
  • Zambézia (5 vagas)
  • Tete (3 vagas)
  • Manica (3 vagas)
  • Sofala (3 vagas)
  • Inhambane (3 vagas)
  • Gaza (3 vagas)
  • Maputo Província (3 vagas)
  • Maputo Cidade (3 vagas)

Tarefas Principais

  • Capacitar os Formadores Regionais;
  • Supervisionar a capacitação dos Formadores Locais;
  • Assessorar os Gabinetes Provinciais de Recenseamento durante a recolha de dados apuramento preliminar dos resultados e retorno dos boletins preenchidos e outros materiais;
  • Assessorar os Formadores Locais durante a formação dos recenseadores e controladores.

Requisitos

  • Ser moçambicano;
  • Ter no mínimo Licenciatura em Ciências Sociais (Geografia, História, ou áreas afins), Estatística;
  • Ter idade mínima entre 25 anos;
  • Ter aptidão física para o desempenho das funções;
  • Disponibilidade imediata e a tempo inteiro;
  • Ter domínio de computador na óptica do utilizador;
  • Ter residência na província em que pretende ser formador é uma vantagem;
  • Falar/comunicar em língua local é uma vantagem;
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Ter participado em censos anteriores ou em inquéritos aos agregados familiares é uma vantagem;
  • Ter no mínimo cinco (5) anos de experiência na área de ensino;
  • Possuir espírito de trabalho em equipa;
  • Demonstrar capacidade de fácil comunicação em Português e em língua local;
  • Ter auto-confiança;
  • Inspirar confiança;
  • Possuir espírito de responsabilidade individual e de grupo;
  • Ter bom comportamento cívico e moral;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e fora das horas normais (inclusive fins de semana e feriados se necessário);
  • Alto sentido de responsabilidade;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão, dentro e fora das horas normais de serviço;
  • Capacidade de coordenar a equipa.

Nota: Estes trabalharão nas Capitais Provinciais (GPR)

Exigências

  • Preencher a Ficha de Candidatura;
  • Apresentar cópia reconhecida do BI ou Certidão de Registo de Nascimento;
  • Apresentar “Curriculum Vitae” em línguas Portuguesa;
  • Certificado de Habilitações Literárias ou experiência profissional;
  • Atestado médico de sanidade mental e capacidade física para o desempenho de funções na Administração Pública;
  • Declaração de Compromisso de Honra;
  • Certificado de Registo Criminal;
  • Declaração Militar;
  • NUIT e NIB.

Os documentos referidos nas alíneas g), h) e i) poderão ser entregues após o apuramento dos candidatos.

Endereço: Rua Tenente General Osvaldo Tanzama, nº 169B, Bairro da Sommerschield – Maputo

Caixa Postal 356 – Maputo

Email: neusa.ribeiro@oxfamnovib.nl

Validade: 10/05/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Oxfam pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Projecto.

Responsabilidades

  • O/A Oficial de Projecto será responsável por assegurar a correcta implementação dos projectos a serem implementados pelos parceiros e monitorar de forma qualitativa os relatórios narrativos em concordância com os procedimentos da organização e dos doadores.

Requisitos

  • Os candidatos interessados devem possuir experiência comprovada em área similar;
  • De preferência, ser fluente na língua Inglesa e Portuguesa.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Formulário de Aplicação;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

Oxfam é uma confederação internacional de ONGs comprometida em erradicar a pobreza no mundo. A Oxfam está convicta de que as pessoas são capazes de construir uma vida sem pobreza por si próprias, que os homens pobres e socialmente excluídos e mulheres têm o poder, e com o apoio de uma sociedade civil mais forte, sejam mais resistentes a desastres, tenham os seus direitos humanos básicos respeitados e que lhes permitam levar uma vida decente. A Oxfam apoia programas nos países em desenvolvimento, através da abordagem baseada em direitos humanos, privilegiando acções de advocacia junto dos governos, tomadores de decisão e das empresas para terem em atenção os interesses das pessoas mais pobres. A Ofxam Novib é membro da confederação e trabalha em conjunto com outras afiliadas em Moçambique, através de uma estratégia de intervenção comum.

Endereço: Rua Correia de Brito, 613, Ponta Gêa – Beira

Caixa Postal 90 – Beira

Email: ced@ucm.ac.mz

Validade: 26/04/2017

Locais: UCM – Beira, Búzi, Muanza, Marromeu, Gorongosa, Chimoio, Tete, Maputo, Quelimane, Milange, Gurué, Cuamba, Nampula e Pemba

A Universidade Católica de Moçambique (UCM), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, Tutores, para o curso de Mestrado em Saúde Pública, um para cada cadeira, especificamente:

  • Fundamentos de Saúde Pública
  • Bioestatística
  • Epidemiologia e Demografia
  • Epidemiologia e Controle das Doenças Transmissíveis
  • Antropologia de Saúde
  • Metodologia Quantitativa e Qualitativa de Investigação em Saúde
  • Gestão de Cadeia de Suprimentos Medicinais
  • Selecção, Quantificação e Aquisição de Medicamentos
  • Distribuição e Armazenamento de Medicamentos
  • Garantia de Qualidade e Fortalecimento de Sistema de Saúde
  • Virologia de HIV
  • Prevenção de HIV e SIDA
  • Gestão da Infecção por HIV
  • Estratégias da Resposta do HIV e SIDA e Boas Práticas
  • Introdução do Saneamento
  • Qualidade de Água e Saúde Pública
  • Avaliação de Risco Aplicada ao Saneamento Ambiental
  • Sistema de Abastecimento de Água

Requisitos

  • Nível de Mestrado ou Doutoramento na área afim;
  • Pelo menos dois (2) anos de experiência na área Pedagógica;
  • Conhecimentos de pacotes de Informática na óptica de utilizador;
  • Ser uma pessoa idónea;
  • Constitui uma vantagem ter algum artigo publicado;
  • Experiência de Ensino em Metodologia a Distância (E-Learning), constitui uma vantagem;
  • Trabalhar na área, constitui uma vantagem.

Exigências

  • Carta dirigida ao Magnifico Reitor, especificando a cadeira;
  • Fotocópia do BI ou Passaporte autenticado;
  • Fotocópia de Certificado autenticado e Diplomas de cursos feitos;
  • Curriculum Vitae actualizado e assinado na última página;
  • Dois (2) Fotos tipo passe;
  • NUIT.

Sobre a Empresa

A Universidade Católica de Moçambique (UCM) é uma instituição de ensino superior privada localizada em Moçambique. Foi fundada em 10 de Agosto de 1996, pela Conferência Moçambicana de Bispos. À época, a educação de ensino superior só estava disponível na capital moçambicana, Maputo, e por isso as locações da universidade estão em Beira, Chimoio, Cuamba, Nampula, Pemba, Quelimane e Tete – cidades do centro e do norte do país.

Endereço: Rua Filipe Samuel Magaia, nº 174 – Nampula

Email: apinto@psi.org.mz

Validade: 04/04/2017

Local: Zambézia

A PSI Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, uma (1) Enfermeira de SMI.

Responsabilidades

  • Terá a responsabilidade de oferecer serviços de Saúde Sexual e Reprodutiva, Testagem em Saúde, assim como prestação de informação sobre os métodos contraceptivos, aconselhamento e atendimento clínico a nível das franquias e comunidades locais;

Sumárias:

  • Implementar as actividades clínicas de saúde sexual e reprodutiva;
  • Proporcionar um serviço confidencial, garantindo a referência dos utentes às Franquias Tem Mais+;
  • Apoiar os utentes na escolha e no uso do método do Planeamento Familiar mais adequado à situação;
  • Proporcionar Aconselhamento e Testagem em Saúde, assim orientação sobre as opções contraceptivas disponíveis;
  • Realizar consultas clínicas de Planeamento Familiar, de acordo com as directrizes do Sistema Nacional de Saúde;
  • Agir com qualidade, dedicação e em coordenação com as Unidades Sanitárias de referência;
  • Proporcionar informação sobre a dupla protecção e fornecer contraceptivos aos utentes;
  • Prestar apoio às actividades de comunicação interpessoal a nível das comunidades;
  • Zelar pela logística e controlo dos consumíveis e produtos de saúde sob sua responsabilidade;
  • Fazer o registo sistemático e monitoria das actividades desenvolvidas;
  • Realizar palestras de saúde e outras actividades de apoio aos utentes no seu local de trabalho.

Requisitos

  • Cinco (5) anos de experiência em enfermagem de saúde materno-infantil;
  • Conhecimento das metodologias participativas de mudança de comportamento em saúde, assim como das principais políticas, estratégias e protocolos nacionais que regem a área de Planeamento Familiar e Saúde Sexual e Reprodutiva;
  • Predisposição/ orientação estratégica para sensibilização do pessoal e criação de demanda dos serviços;
  • Dinamismo, integridade e habilidade de pensar/ trabalhar de forma independente;
  • Proficiência na comunicação oral e escrita em Português, e conhecimentos das línguas locais;
  • Formação Média em Enfermagem de Saúde Materno-Infantil;
  • Nacionalidade moçambicana.

Preferência:

  • Habilidades excepcionais em matéria de sensibilização do pessoal e criação de demanda dos serviços de Planeamento Familiar;
  • Excelente orientação estratégica no âmbito das metodologias participativas de mudança de comportamento em saúde e, especialmente, com uma forte paixão pela mobilização de massas em prol da saúde.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse;
  • Curriculum Vitae.

Endereço: Rua dos Trabalhadores 424 – Quelimane

Av. Maguiguana, 32 – Maputo

Fax: 24 217 101/ 21 328 311

Email: amina.muicha@fgh.org.mz e camilo.taquidir@fgh.org.mz

Validade: 15/04/2017

Local: Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Técnico de Farmácia.

Tarefas

  • Apoio na expansão do Sistema de Informação de Medicamentos e Artigos Médicos – SIMAM;
  • Apoiar na Manutenção e Sustentabilidade do SIMAM nos distritos (DDM’s) garantindo a utilização adequada de modo a elevar a integridade dos dados;
  • Apoiar no cumprimento de boas práticas de gestão, distribuição e armazenamento de medicamentos;
  • Tutorar os Técnicos, Agentes de Farmácia e todo o pessoal que lida com Medicamentos nos Distritos;
  • Promover o use racional dos medicamentos nas Unidades Sanitárias;
  • Melhorar a gestão de medicamentos para evitar a existência de acumulados, expirados e roturas de stock desde o nível Provincial até as Unidades Sanitárias;
  • Apoiar nas actividades de gestão da cadeia de fornecimento e stock de medicamentos a nível distrital e das Clínicas Móveis;
  • Garantir a disponibilidade de modelos de gestão e controlo dos medicamentos assim como o seu preenchimento adequado e envio aos níveis superiores;
  • Apoiar e formar em trabalho os profissionais envolvidos na implementação da estratégia B+ de forma a garantir o seguimento eficiente da actividade;
  • Apoiar tecnicamente a implementação e supervisão da estratégia de Grupos de Apoio a Adesão Comunitária – GAAC;
  • Assistir ao programa clínico de FGH com o desenvolvimento de estratégias para melhorar o funcionamento da farmácia distrital;
  • Participar nas reuniões com DDS para planificação e coordenação das actividades da área de Farmácia para a padronização dos procedimentos realizados em Farmácia.

Requisitos

  • 12ª Classe mínimo;
  • Profissional de Saúde, com Diploma de Técnico Médio de Farmácia, desligado legalmente do quadro do MISAU;
  • Experiência demonstrada na Gestão dos Medicamentos;
  • Fluência na língua Portuguesa;
  • Boa capacidade de comunicação escrita e oral;
  • Bom nível de informática (Excel, relatórios, etc…);
  • Capacidade de trabalhar em equipas multidisciplinares e flexível em horários quando for necessário;
  • Disponível para viver e permanecer no distrito;
  • Preferência será dada a candidatos residentes em Zambézia, e proveniente do distrito.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados
  • Cartas de Recomendação.

Endereço: Rua dos Trabalhadores 424 – Quelimane

Av. Maguiguana, 32 – Maputo

Fax: 24 217 101/ 21 328 311

Email: silva.mulambo@fgh.org.mz e thomas.bonnet@fgh.org.mz

Validade: 15/04/2017

Local: Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor Provincial de Tutoria de Gestão e Sub-Acordos.

Tarefas

Apoio Técnico à Direcção Provincial de Saúde da Zambézia (DPSZ):

  • Planificação e gestão de actividades de saúde na província;
  • Preparação de planos estratégicos e operacionais;
  • Preparação e implementação de instrumentos de M&A de actividades;
  • Organização e manutenção de base de dados de parceiros e coordenação de intervenções.

Apoio Técnico na Área de Medicação de Desempenho dos Parceiros:

  • Avaliar e resumir políticas e legislações existentes para a implementação de pagamento de provedores de saúde com base no desempenho;
  • Identificação de indicadores de desempenho, e sua definição e medição;
  • Seguimento da implementação dos Sub-acordos: prestação de contas, alcance das metas e indicadores;
  • Avaliação da eficácia e eficiência das tutores de gestão.

Sub-acordos (SA) e memorandos:

  • Ponto focal da gestão de sub-acordos em estreita ligação com os departamentos de Finanças e M&A da FGH;
  • Preparação e elaboração de propostas de sub-acordos;
  • Identificação de áreas para capacitação institucional;
  • Supervisão, treino e capacitação da equipa de Oficiais da FGH e do pessoal das DPS & DDS no seguimento e cumprimento dos SA;
  • Compilação de relatórios de desempenho dos distritos no âmbito dos SA;
  • Responsável do cumprimento das metas e dos prazos para entrega de relatórios programáticos e financeiros;
  • Assistência aos distritos na previsão de necessidades para assistência técnica e financeira.

Actividades de Supervisão:

  • Liderar uma equipa multifacetada nos 15 distritos apoiados pela FGH, na identificação de limitações, obstáculos e capacidades no funcionamento de serviços integrados de HIV apoiados pela FGH;
  • Avaliar o funcionamento geral dos serviços distritais olhando para as necessidades de infra-estrutura, projecções de recursos humanos, planos de formação/ capacitação, expansão dos serviços e, capacidade geral dos distritos;
  • Providenciar recomendações técnicas.

Requisitos

  • Licenciatura em Gestão Pública, Sanitária, Economia, Sociologia ou áreas afins;
  • Excelente domínio dos procedimentos do Sistema Nacional de Saúde;
  • Domínio da administração e contabilidade públicas aplicadas à Saúde;
  • Domínio da língua Inglesa;
  • Capacidade de liderar e trabalhar em equipas multifacetadas;
  • Proficiência em Microsoft Office (por exemplo, Word, Excel e PowerPoint);
  • Proactividade e capacidade de solucionar problemas;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão de circunstâncias adversas.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados
  • Cartas de Recomendação.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Operations Manager, the Administration Manager 9/ Logistics Manager is responsible for the inventory management and logistics functions of the project.

Specific duties and responsibilities include the following:

  • Management of the project’s inventory control system, including storage, quality control, inventory record keeping, and inventory reporting;
  • Directs and supervises the storage, distribution, and transport of IRS commodity goods and equipment throughout the country;
  • Supervises Warehouse and Store Managers, and organizes capacity-building interventions to elevate their skills;
  • Manages the logistics for all project activities, including spray operations, entomological activities, events such as workshops and meetings, lodging and travel arrangements, etc;
  • Lead storekeeper’s training in supply chain management, stock and warerhouse management;
  • In collaboration with the Environmental Compliance Officer:
    • Ensures that all health and safety measures are in place and followed at all store and spraying locations;
    • Ensures the clearance and proper disposal of all waste material and excess items from project stores;
    • Helps to train drivers and warehouse managers on environmental compliance issues.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Logistics, Business, Management, Administration, or other relevant field;
  • At least four (4) years of relevant professional experience, with significant experience in the logistics and management of commodities;
  • Demonstrated experience in stock, supply chain and warehouse management;
  • Excellent management, supervisory, organizational, computer, and writing skills;
  • Experience in regulatory and operational aspects of insecticide use and management;
  • Demonstrated ability to work with a minimum of direction and supervision;
  • Demonstrated ability to work both as a member of a team as a team leader, with the ability to accept inputs of other team members;
  • Experience in working with districts and communities;
  • Excellent organizational, interpersonal communication and computer skills;
  • Experience with USAID and donor projects is highly desirable;
  • Fluency in English and Portuguese.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Monitoring & Evaluation Manager, the Database Manager is responsible for the set-up and management of M&E support functions personnel at the district level data entry centers during the spray campaign, and supports the implementation of the monitoring and evaluation (M&E) database of the PMI AIRS Mozambique Project.

Specific duties and responsibilities included but are not limited to the following:

  • Participate in the collection, analysis, and reporting of baseline M&E data and ongoing M&E data collection, analysis and reporting according to the project M&E plan;
  • Assist in the regular monitoring of project implementation against established targets and objectives;
  • Support periodic internal Data Quality Assessments and prepare the project for possible external Data Quality Audits to ensure validity, integrity, precision, reliability and timeliness of all performance data, identifying gaps and suggesting corrective actions on time;
  • Collect, analyze, and present program spray data for project staff, partners, counterparts, and donors;
  • Support the preparation of performance monitoring plans, including developing and defining program indicators and sources of data, as well as annual reports and other project documents;
  • Assist in the preparation of performance monitoring plans, including developing and defining program indicators and sources of data, as well as annual reports and other project documents;
  • Trains and manages the M&E support functions, including data entry clerks, M&E assistants and Database Coordinators;
  • Secures and leads the set up and demobilizatin of data centers for the annual spray campaign;
  • Coordinate with the US-based technology team to run and trouble shoot the project indicator database.

Qualification requirements include the following:

  • Bachelors Degree in Computer Sciences, in Statistics, Community Health, Sociology, or other relevant field;
  • At least four to five years of relevant professional experience in database management, monitoring & evaluation, or other relevant social science activities;
  • Familiarity with quantitative and qualitative research methods;
  • Knowledge of analysis software (Excel, SPSS, EPiInfo, Arc GIS, etc.) desirable;
  • Experience in international development programs, preferrably with USAID-funded programs;
  • Knowledge of health project implementation in general, with knowledge about malaria prevention programs very desirable;
  • Well-organized, responsible, independent, efficient and able to multitask under pressure;
  • Professional interpersonal skills with the ability to work in multidisciplinary teams;
  • Demonstrated experience working with international and national partners;
  • Demonstrated experience in Microsoft Office, and good writing skills, statistical data analyse and interpretation;
  • Portuguese and English language required.

The USAID-funded PMI Africa Indoor Residual Spraying 2 Task Order 6 (AIRS2 TO6) supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa. This Task Order will enhance USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Chief of Party, the Technical Manager provides management oversight of all of the project’s entomological surveillance activities in Mozambique, in collaboration with the National Malaria Control Program (NMCP) at national and provincial levels, and will guide key project and country-level decisions based on data analysis and interpretation.

Specific duties and responsibilities include the following:

  • Provide guidance and technical support to a focal counterpart from the MOH/NMCP or research institutions for the supervision of municipality-level field teams of entomological technicians or vector control officers who perform mosquito collections and tests;
  • Leads the development of the entomological monitoring plan and implementation, in collaboration with national counterparts at the NMCP or designated research institution in collaboration with the COP;
  • Write entomological monitoring and insecticide resistance reports;
  • Supervises the project’s entomology team, and requests and coordinate all technical assistance in entomology, as needed;
  • Provide leadership, guidance and support to the Entomology team on the organizational working standards;
  • Reviews the content of communications materials, and reports for technical accuracy and content;
  • Serves as the project liaison to the host country environmental monitoring institution when needed;
  • Ensures the transfer of technical skills to local institutions;
  • Achieves all technical M&E performance and Quality Control indicators in the PMP.

Qualification requirements include the following:

  • Master’s Degree (minimum), Doctoral degree (desirable), in Entomology, Public Health, Environmental Health, Biology, Program Management or other relevant field;
  • At least 5 years of relevant professional work experience with significant amounts of experience directly in Vector Control and/or Monitoring & Evaluation;
  • Experience in regulatory and operational aspects of insecticide use and management;
  • Demonstrated ability to work with a minimum of direction and supervision;
  • Demonstrated ability to work both as a member of a team and as a team leader, with the ability to accept the inputs of other team members;
  • Strong management, and planning skills of project tasks and budgets;
  • Demonstrates leadership and team work and produces high quality work in a timely, cost effective manner and has excellent writing skills;
  • Excellent organizational, interpersonal communication and computer skills;
  • Experience with USAID and donor projects is highly desirable;
  • Portuguese and English language fluency required.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 05/04/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial Provincial de Comunicação para a Saúde e Ligação com a Comunidade.

Funções e Responsabilidades

  • Garantir a implementação do plano de comunicação da instituição nos distritos da Zambézia que o ICAP apoia através dos diferentes implementadores, nomeadamente OCB’s, Instituto de Comunicação Social, Educadores de Par e Rádios Comunitários;
  • Fazer a supervisão das actividades de criação de demanda, sensibilização na comunidade e referência de pacientes aos serviços de saúde implementadas pelos activistas das OCB’s e Educadores de Par;
  • Garantir a implementação das actividades de envolvimento comunitário para o aumento da procura dos serviços de saúde em particular do HIV, criando ligações com os principais actores chave lideres religiosos, praticantes de medicina tradicional;
  • Garantir a implementação de um sistema de referência e contra-referência dos pacientes da comunidade para unidade sanitária e vice-versa devidamente documentado e organizado a nível das unidades sanitárias;
  • Garantir a implementação qualitativa das actividades de aconselhamento e testagem do HIV na comunidade implementadas pelos OCB’s parceiras do ICAP em todos os distritos da província da Zambézia.

Requisitos

  • Possuir o grau de Licenciatura em Ciências Sociais, Comunicação para Saúde ou área similar;
  • Possuir no mínimo de três (3) anos de experiência em trabalhar na área do HIV e em particular actividades de comunicação para mudança social e de comportamento;
  • Experiência comprovada em actividades com OCB’s, lideranças comunitárias e envolvimento comunitário;
  • Disponibilidade para viajar aos distritos apoiados pela organização;
  • Fluência na fala e escrita da língua Portuguesa e bons conhecimentos da língua local;
  • Domínio de Informática, Internet, Word, Outlook e PowerPoint.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: vagas@fgh.org.mz

Validade: 07/04/2017

Local: Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor Nacional de Infra-Estruturas.

Contexto

  • O Gestor Nacional de Infra-Estruturas será responsável pela elaboração do plano de trabalho anual, gerindo e supervisionando a equipa de infraestrutura da FGH, garantindo que os projectos de infraestruturas que FGH implementa na área de Saúde atendam à demanda das equipas clínicas e sejam implementados seguindo os cronogramas propostos, de acordo com os padrões e procedimentos de qualidade do MISAU, CDC e FGH.

Tarefas

  • Receber e organizar solicitações para reabilitação de infraestruturas das equipas técnicas da FGH;
  • Orientar e, se necessário realizar directamente a avaliação da viabilidade dos pedidos para reabilitação de infraestruturas, em coordenação com a DPS&DDS;
  • Comunicar a lista de prioridades e obter consenso entre as equipas técnicas da FGH e elaborar o plano de trabalho anual;
  • Preparar os documentos do concurso, incluindo o mapa de quantidades, mentoria descritiva, desenhos e avaliar os mesmos;
  • Seguimento dos contratos de empreitada;
  • Responsável pela execução atempada dos projectos de acordo com os padrões de qualidade e especificações do projecto FGH, implementando um sistema de fiscalização adequado;
  • Assegurar que todos os contratos de construção são geridos adequadamente e que os prazos sejam cumpridos;
  • Desenvolver ferramentas para monitorar a implementação de planos de trabalho;
  • Realizar avaliações oportunas de desempenho seguindo a política da FGH;
  • Participar na elaboração dos orçamentos anuais e outros;
  • Fornecer actualizações trimestrais de despesas e do desenvolvimento dos projectos;
  • Liderar a elaboração de estratégias e um plano específico de capacitação para os membros da equipa de infraestruturas;
  • Representar a FGH na reunião técnica (DPS, DDS, Governo Provincial, Doador).

Requisitos

  • Mais de dez (10) anos de experiência comprovada na gestão de projectos de reabilitação e construção em Moçambique, de preferência no sector de Saúde;
  • Licenciatura ou Mestrado em Arquitectura (de preferência) ou Engenharia Civil;
  • Excelente habilidade no software de design (de preferência AutoCAD);
  • Excelente habilidade em levantamento e fiscalização de obras de construção;
  • Compreensão abrangente dos procedimentos e políticas do Governo Americano, bem como directrizes nacionais (Ministério de Obras Públicas);
  • Proficiência necessária em Inglês e Português, boas habilidades de comunicação escrita e orais requeridas em ambas as línguas;
  • Excelentes habilidades interpessoais, incluindo paciência, diplomacia, disposição para ouvir e respeitar os colegas;
  • Capacidade de trabalhar de forma eficaz em um ambiente acelerado e sob pressão;
  • Conhecimento de Informática/ Word, Excel, PowerPoint, sob a óptica do utilizador.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Certificados
  • Cartas de Recomendação.

Email: vagas@fgh.org.mz

Validade: 31/03/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Análise de Dados – Monitoria e Avaliação.

Objectivos

  • Apoiar a agregação, análise, construção e interpretação de indicadores recomendados pelo MISAU e doadores internacionais na área do HIV/SIDA, adequar instrumentos de recolha de dados para facilitar a agregação de dados dos indicadores;
  • Apoiar a elaboração de relatórios por meio de elaboração de tabelas, gráficos e análises descritivas;
  • Aplicar metodologia de Avaliação de Qualidade de Dados.

Tarefas

  • Organizar informações sobre os serviços de saúde da província apoiados pela organização para subsidiar a análise de informações;
  • Elaborar relatórios e apresentações requisitados pela organização, doadores e parceiros;
  • Manter organizada a documentação da organização relacionada a M&A;
  • Participação em reuniões e a geração do relatórios sobre a análise desenvolvida;
  • Apoiar os Gestores de M&A e equipa do Sistema de Informação em Saúde na implementação de sistemas informatizados;
  • Promover o desenvolvimento de capacidades da equipa multidisciplinar em agregação de dados, construção e interpretação de indicadores e análise de dados;
  • Participar em reuniões regulares com o pessoal-chave da FGH e a DPS para desenvolver e discutir procedimentos operacionais padrão de qualidade de dados;
  • Apoiar os Gestores de M&A no desenvolvimento e implementação de instrumentos de verificação de qualidade de dados e promover formação para a equipa multidisciplinar;
  • Realizar visitas de apoio técnico aos distritos apoiados pela organização.

Requisitos

  • Formação Universitária concluída em campos relevantes com foco em uso, análises e garantia de qualidade de dados (Estatística, Medicina, Sociologia, Ciências Sociais e áreas afins);
  • Experiência académica ou profissional em desenvolvimento e implementação de métodos ou estratégias de controlo de qualidade de dados para projectos ou programas de saúde;
  • Experiência de Trabalho (académica ou profissional) em Análise e de Qualidade de dados (2 anos no mínimo);
  • Fluência oral e escrita em Português e compreensão básica de leitura em Inglês;
  • Habilidade no uso de planilhas electrónicas, editores de texto e aplicativos informáticos para apresentação de dados.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação;
  • Certificados de Licenciatura concluída.

Email: emprego@atosLda.com

Validade: 19/03/2017

Local: Zambézia

A ATOS Lda, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial Provincial de Programa (OPP).

Responsabilidades

  • Orientar, apoiar e dar assistência técnica às Direcções Provinciais de Saúde (DPSs) na concepção, desenvolvimento e implementação de estratégias de desenvolvimento de capacidades organizacionais, procedimentos habituais de funcionamento (do SOP), orientações, intervenções, ferramentas e recursos;
  • Construir e fortalecer relações com Direcções Provinciais e Distritais de Saúde, Departamentos do Governo Provincial e outras partes interessadas a todos os níveis;
  • Assegurar a coordenação de capacitação e actividades de desenvolvimento e acompanhamento de planos de trabalho de monitoria e colecta de dados a nível provincial e distrital;
  • Assegurar a submissão de relatórios internos e externos atempadamente;
  • Trabalhar em estreita colaboração com o Gestor de Programa para implementar o projecto, fazer a monitoria e avaliar as estratégias.

Requisitos

  • Licenciatura em Ciências de Saúde, Saúde Pública, Desenvolvimento Internacional ou áreas afins;
  • Experiência mínima de cinco (5) anos em programas de HIV, Saúde Pública e/ou em ONGs, idealmente nas Direcções Provinciais de Saúde (DPSs);
  • Proficiência em Microsoft Office Suite com fortes conhecimentos de informática;
  • Disponibilidade para efectuar viagens;
  • Carta de condução é essencial;
  • Fluência em Português e Inglês.

Exigências

  • Curriculum Vitae, em Português e Inglês no formato Word;
  • Carta de Motivação.

Sobre a Empresa

A ATOS, Limitada, é uma empresa de prestação de serviços de Consultoria que oferece soluções na área da Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos. A ATOS usa a consultoria, assessoria e outsourcing como o veículos para o provimento dos seus serviços. Os nosso serviços incluem Recrutamento e Selecção; Consultoria em RH; Processamento de Salários, Avaliação do Perfil Comportamental; Coaching para Resultados; Formação e Desenvolvimento; Ferramentas RH Virtual.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 24/03/2017

Local: Nampula e Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Apoio Psicossocial.

Responsabilidades

  • Promover actividades para maximizar a testagem de HIV nas unidades sanitárias (expandir os UATS e ATIP);
  • Capacidade para mobilizar campanhas de testagem a nível da US e comunidades;
  • Promover ligação entre os serviços de testagem e os serviços com TARV;
  • Trabalhar com equipas multidisciplinares provinciais e distritais, focando fortalecimento do sistema de identificação dos faltosos, abandonos, busca consentida, grupos de adesão ao TARV comunitário (GAAC);
  • Coordenar as actividades desenvolvidas pelos grupos de apoio e educadores de pares na unidade sanitária e comunidade;
  • Coordenar a referência e contra referência de pacientes entre os serviços (Instituições ou organizações) com a área de apoio psicossocial;
  • Identificar parceiros locais capazes de estabelecer parcerias na área de cuidados de saúde;
  • Monitorar o curso das actividades e elaborar relatórios de avaliação garantindo a qualidade da informação reportada;
  • Participar em grupos técnicos liderados  pela DDS e demais órgãos do Governo, parceiros nacionais e internacionais.

Requisitos

  • Possuir o grau de Licenciatura em Psicologia;
  • Possuir experiência de três (3) anos de trabalho na área de HIV/SIDA;
  • Experiência em atendimento em psicologia clínica e de saúde é uma vantagem;
  • Conhecimento de fluxograma de Apoio Psicossocial e Prevenção Positiva;
  • Conhecimento das abordagens de testagem de HIV em Moçambique;
  • Capacidade de organizar e liderar organizações de base comunitária;
  • Experiência em manejo de grupos de apoio e promoção de adesão e retenção de pacientes em cuidados e tratamento;
  • Disponibilidade para viajar aos distritos apoiados pela organização;
  • Fluência na fala e escrita da língua Portuguesa;
  • Conhecimentos das línguas locais e da língua Inglesa constitui vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, com indicação da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • No mínimo duas (2) cópias de Cartas de Referência.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 24/03/2017

Local: Nampula e Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Assessor Provincial de Apoio Psicossocial.

Responsabilidades

  • Trabalhar em estreita ligação com a DPS oferecendo apoio técnico para o desenvolvimento, expansão e gestão do Programa de Aconselhamento e Testagem e Apoio Psicossocial na província;
  • Implementar estratégias desenvolvidas pelo ICAP para a expansão do diagnóstico do HIV para adultos, crianças e mulheres grávidas e fortalecimento das estratégias de ligação entre os serviços de testagem e os serviços com TARV;
  • Promover o desenvolvimento de estratégias de apoio psicossocial e prevenção positiva para pacientes portadoras de patologias crónicas e seus familiares;
  • Participar nos grupos técnicos de trabalho liderados pela DPS;
  • Apoiar tecnicamente às equipes distritais do ICAP na adaptação e implementação de políticas e recomendações da área de aconselhamento e testagem e no desenvolvimento de instrumentos de melhoria de qualidade de testagem, supervisão, avaliação de programa;
  • Trabalhar com as equipes multidisciplinares provinciais e distritais, focando o fortalecimento do sistema de identificação  dos faltosos, abandonos, busca consentida, grupos de adesão ao TARV comunitário (GAAC) e outras estratégias de retenção;
  • Coordenar a referência e contra referência de pacientes entre os serviços (instituições ou organizações) com a área de apoio psicossocial;
  • Identificar parceiros locais capazes de estabelecer parcerias na área de cuidados de saúde;
  • Monitorar o curso de actividades e elaborar relatórios de avaliação garantindo a qualidade de informação reportada;
  • Avaliar as necessidades de formação das equipes distritais em termos de capacidades de análise de dados para tomada de decisão local;
  • Trabalhar em coordenação com outros parceiros clínicos e comunitários na área de aconselhamento e testagem e APSS;
  • Participar com DPS nas visitas de supervisão, avaliações de qualidade do programa e nos grupos técnicos de trabalho.

Requisitos

  • Psicólogo Clínico ou formado em áreas relacionadas com experiência de cinco (5) anos na área de prevenção e cuidados de HIV/SIDA;
  • Experiência em gestão de programas focalizadas para seguimento de pacientes com cronicidade e condições adversas;
  • Experiência comprovada em gestão, supervisão e monitoria e avaliação de programas é uma vantagem;
  • Conhecimento do fluxograma de Apoio Psicossocial e Prevenção Positiva;
  • Conhecimento das abordagens de testagem de HIV em Moçambique;
  • Capacidade de organizar e liderar organizações de base comunitária;
  • Experiência em manejo de grupos de apoio e promoção de adesão e retenção de pacientes em cuidados e tratamento;
  • Disponibilidade para viajar aos distritos apoiados pela organização;
  • Fluência na fala e escrita da língua Portuguesa e bons conhecimentos da língua Inglesa;
  • Domínio de Informática, Internet, Word, Outlook e PowerPoint.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, com indicação da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • No mínimo duas (2) cópias de Cartas de Referência.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 22/03/2017

Local: Zambézia e Nampula

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, dois (2) Recepcionistas.

Responsabilidades

  • Efectuar o atendimento de chamadas telefónicas, e encaminhar aos destinatários;
  • Efectuar o atendimento do público, recepção e encaminhamento de visitas e expediente;
  • Elaborar e preparar  o expediente do escritório da província para outras entidades;
  • Organizar os documentos e manter os arquivos em dia;
  • Controlar correspondência de entrada e saída;
  • Preparação do pacote para visitas;
  • Sob supervisão do Gestor de Escritório coordenar as actividades de transporte com motoristas;
  • Apoiar na numeração de documentos;
  • Gerar e responder a correspondência diversa;
  • Saber agendar e fazer reuniões por telefone (Conference alls);
  • Actuar com ética no exercício da função.

Requisitos

  • Possuir nível Médio concluído;
  • Constitui uma vantagem possuir curso de Secretariado ou nas áreas de Administração e Gestão;
  • Experiência profissional de três (3) anos em funções similares;
  • Conhecimento de informática na óptica;
  • Conhecimento da língua Portuguesa e noções da língua Inglesa.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, com indicação da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • No mínimo duas (2) cópias de Cartas de Referência.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 22/03/2017

Local: Zambézia e Nampula

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Gestor Provincial de Escritório.

Responsabilidades

  • Assegurar o funcionamento do escritório de forma eficiente e eficaz;
  • Controlar e monitorar todos os bens materiais e equipamentos do escritório bem como a sua manutenção rotineira;
  • Apoiar o Gestor Provincial de Administração e Finanças na administração de todas as actividades do programa no escritório provincial;
  • Organizar o transporte quando solicitado;
  • Responsável pela segurança do escritório;
  • Garantir a atempada manutenção e reparação dos equipamentos de escritório;
  • Realizar a supervisão das Assistentes, Administrativas, Motoristas e dos Auxiliares de Limpeza;
  • Preparar as necessidades de fundos de funcionamento do escritório;
  • Enviar semanalmente as despesas realizadas incluindo todos os documentos de suporte, esteja no Escritório Provincial para verificação e consolidação;
  • Desenvolver e desempenhar outras incumbidas pela Direcção.

Requisitos

  • Possuir formação na área de Administração ou áreas afins;
  • Possuir pelo menos cinco (5) anos de experiência de trabalho na área de gestão patrimonial, administrativa e logística;
  • Domínio do computador na óptica do utilizador, domínio do Excel constitui uma vantagem;
  • Conhecimentos de Inglês.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae detalhado, com indicação da função desejada;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • No mínimo duas (2) cópias de Cartas de Referência.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: emprego@bayport.co.mz

Validade: 03/03/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Bayport pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Balconista.

Responsabilidades

  • Os candidatos seleccionados serão responsáveis pelo atendimento ao público e apresentar aos clientes que se fazem ao balcão os produtos da Bayport e proceder a sua venda;
  • Dá ao cliente toda a informação solicitada e recolhe todo tipo de documentação para o processo de crédito. Registo nos sistemas internos dos dados do cliente e respectivo empréstimo.

Requisitos

  • Os candidatos devem ter habilidades de comunicação, orientação para atingir bons resultados, capacidade de organizar e planificar, capacidade de resolver problemas;
  • Conhecimento da informática na óptica de utilizador;
  • Frequentar nível Superior em Administração ou Gestão das Empresas;
  • Experiência em vendas e contacto directo com clientes;
  • Experiência de vendas na mesma província será uma vantagem;
  • Os candidatos preferidos devem ter experiência no sector bancário;
  • Ser fluente em Português e bons conhecimentos da língua Inglesa.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados;
  • Documentos de Identidade.

Endereço: Rua da Resistência nº 239 – Quelimane

Email: maria_lobo@wvi.org e sandra_rosario@wvi.org

Validade: 02/03/2017

Local: Zambézia

A World Vision Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Coordenador de Monitoria e Avaliação.

Propósito da Posição

  • Assistir o Gestor do Projecto, na planificação, desenvolvimento e implementação de actividades de monitoria e avaliação;
  • O incumbente vai apoiar na implementação e uso do sistema de monitoria a nível da cidade, incluindo supervisão do pessoal e do sistema para assegurar a qualidade da colheita de dados, a sua utilização efectiva para a tomada atempada de decisões, documentação e disseminação das lições apreendidas;
  • O incumbente irá também trabalhar em estreita coordenação e colaboração com os parceiros, incluindo Organizações da Sociedade Civil e redes internacionais humanitárias assim como apoiar na pesquisa operacional.

Requisitos

  • Mínimo Bacharelato em Desenvolvimento Internacional, Ciências Sociais, Análise Estatística, Saúde Pública ou áreas afins, com ênfase na monitoria e avaliação;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência de trabalho na área de Monitoria e Avaliação de Programas Humanitários, incluindo a planificação, concepção e implementação de sistemas de monitoria e avaliação;
  • Boas habilidades de análise de dados e elaboração de relatórios, incluindo proficiência em softwares de análises quantitativas, tais como SPSS ou STATA;
  • Experiência no uso de metodologias de avaliação participativa e de qualidade (FGD, PLA/PRA);
  • Habilidade de desenhar e liderar programas de capacitação e apresentações;
  • Habilidade para preparar e editar relatórios de alta qualidade.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Cópia de Certificados;
  • Duas (2) Referências de emprego anterior.

Sobre a Empresa

A World Vision Moçambique é uma organização cristã de ajuda, desenvolvimento e promoção de justiça, dedicada ao trabalho com as crianças, suas famílias e comunidades no mundo todo, para que elas atinjam seu potencial máximo através da abordagem das causas da pobreza e da justiça. A World Vision Moçambique esta ao serviço de todos, independentemente da sua religião, raça, etnicidade e género, etc.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 22/02/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Digitador para o Programa Circuncisão Masculina Voluntária.

Responsabilidades

Digitação de Dados

  • Garantir actualização dos dados no SIS (ODK), assegurando que a digitação de dados seja feita atempadamente no Mobile data, Tableau, ODK e DHIS, limpeza regular e elaboração das listas dos pacientes a partir do Mobile data;
  • Verificar se os dados dos pacientes a nível da US estão preenchidos correctamente e relatar as dúvidas e possíveis erros aos seus superiores atempadamente;
  • Garantir que o fluxo de dados entre serviços esteja a funcionar sobretudo a ligação entre serviços de CMMV e STARV;
  • Coordenar a organização do fluxo de dados para assegurar que toda a informação necessária seja introduzida nos sistemas informatizados em uso.

Segurança do Material Informático & Confidencialidade

  • Assegurar os meios de segurança do computador/ tablet e outros materiais relacionados sejam implementados de acordo com o POP de segurança de ICAP;
  • Produzir cópias das BdD de segurança e manter em local seguro;
  • Gerir as senhas de acesso ao sistema informáticos com o objectivos de preservar o sigilo e confidencialidade.

Qualidade e Análise de Dados

  • Limpar e comparar os dados digitados no SIS (Mobile data, Tableau, ODK e DHIS) com as fontes primárias para assegurar qualidade dos dados e manter registado o resultado para fins de auditoria;
  • Realizar análise estatística, elaborar listas dos pacientes de acordo com os pedidos dos clínicos;
  • Executar mensalmente os procedimentos padrão de avaliação de qualidade de dados para acompanhar a completitude, a consistência e a fiabilidade dos dados;
  • Conhecer os indicadores recomendados pelo MISAU e parceiros e apoiara equipa local na construção, análises básicas (tabelas e gráficos) dos resultados.

Arquivamento

  • Acompanhar o quantitativo de formulários e/ou instrumentos (documentos-fonte) de forma a assegurar que não haja interrupção de registo de dados necessários a alimentação dos sistemas informáticos.

Retro-Informação

  • Informar ao Ponto focal de CMMV, Oficial de Dados ou (Oficial de M&A distrital de ICAP as falhas encontradas nos Sistemas Informáticos – de operação e/ou relatórios, por escrito e/ou por email, para serem corrigidos atempadamente;
  • Contribuir na preparação de relatórios gerenciais utilizando os resultados obtidos a partir da agregação dos dados no SIS (produção de resumos mensais e outros relatórios pré-programados).

Requisitos

  • Possuir o nível de 12ª Classe concluído, grau Universitário em curso ou concluído constitui uma vantagem;
  • Conhecimentos de informática nos programas Word, Excel, MS Access, Softwares de digitação e/ou Softwares de análise de dados (ex: Epi, SPSS, SAS, Mobile data, Tableau, ODK e DHIS);
  • Competência para uma boa crítica dos dados, boa supervisão, gestão e garantia da qualidade dos dados;
  • Experiência de fazer estrada dos dados.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: osvaldo.mostico@fgh.org.mz e lucia.ussene@fgh.org.mz

Validade: 28/02/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Segurança de Informação de Saúde.

Tarefas

  • Criar, implementar e manter a política de segurança informática da organização;
  • Elaborar plano de contingência para os sites da FGH;
  • Projectar, implementar e manter esquema de segurança da rede, incluindo a segurança de equipamentos (acesso físico), dos dados (acesso não autorizado) e de sistemas operativos de clientes e servidores (hardening);
  • Triagem, análise e tratamento de incidentes de segurança;
  • Acompanhamento de vulnerabilidade e de ameaças locais e globais que comprometam a segurança da informação;
  • Apoiar na classificação da informação organizacional;
  • Realizar actividades de monitorização, análise proactiva e de tendências para garantir a prevenção de segurança dos vários serviços, redes e sistemas;
  • Sugerir e implementar soluções que garantam a segurança no acesso local e remoto aos sistemas em uso;
  • Implementar medidas de segurança globais para acesso aos sistemas de informação de saúde;
  • Uso de ferramentas de monitoramento de tráfego;
  • Promover o uso de boas práticas de segurança de informação na FGH;
  • Efectuar relatórios semanais de incidentes de segurança.

Requisitos

  • Grau de Licenciatura ou Superior em Engenheira Informática, Tecnologias de Informação e áreas afins;
  • Certificação em segurança COMPTIA SECURITY PLUS ou equivalente;
  • Certificação em Redes COMPTIA, CISCO ou equivalente;
  • Profundos conhecimentos de configuração e actualização de regras de firewall;
  • Experiência comprovada em sistemas de segurança, redes, protocolos e serviços;
  • Conhecimentos profundos de Sistemas Operativos (Windows e Linux);
  • Conhecimentos em sistemas de gestão de base de dados MySQL e PortgreSQL;
  • Experiência com SaaS e serviços na Nuvem;
  • Cinco (5) anos de experiência em função similar.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Cartas de Recomendação.

Email: lucia.ussene@fgh.org.mz e augusta.oficiano@fgh.org.mz

Validade: 28/02/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Estafeta.

Objectivos da Posição

  • Fornecer suporte administrativo, logística e financeiro para todo o escritório para garantir a eficácia e eficiência diária, trabalhar como foco central para cópias, distribuição de expediente, depósitos e levantamentos, pagamentos de facturas, arquivos e qualquer outra função rotineira de suporte de escritório.

Tarefas

  • Distribuição do expediente pelos e para os departamentos e diversos sectores com respectivo protocolo;
  • Auxiliar os diversos Departamentos em cópias e encadernações;
  • Pagamento de facturas e recolha de cotações, recibos de bens e serviços da organização a pedido do departamento;
  • Executar serviços com Estado, Banco, ONGs, Correios, Portador Diário, Fedex, Cartórios;
  • Arrumar o economato trimestralmente (fazendo o levantamento do material em falta em coordenação com a logística);
  • Apoiar a logística no carregamento de diverso material;
  • Realizar outras tarefas de apoio administrativo e logístico.

Requisitos

  • 12ª Classe;
  • Habilidades de leitura básica, e aptidões aritméticas;
  • Dois (2) anos de experiência profissional comprovada no ramo;
  • Português fluente;
  • No mínimo dez (10) anos de Carta de Condução de Motociclos e larga experiência na condução de mota de pequena cilindrada em Maputo;
  • Conhecimento perfeito da Cidade de Maputo;
  • Rigoroso, organizado e capaz de gerir seu tempo;
  • Capacidade comprovada para guardar sigilo profissional;
  • Residente em Maputo;
  • Conhecer a rede de fornecedores e entidades em Maputo.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Cartas de Recomendação.

Email: jose.vallejo@fgh.org.mz e ana.fijamo@fgh.org.mz

Validade: 28/02/2017

Local: Quelimane – Zambézia

A Friends in Global Health (FGH) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Assessor Técnico Provincial para área de Nutrição.

Tarefas

  • Prestar apoio a DPS, DDSMAS e unidades sanitárias na implementação de serviços de nutrição, fornecendo treinamento e tutoria em nutrição para os profissionais de saúde nas áreas do acompanhamento do crescimento, identificação e tratamento para a desnutrição aguda e crónica, nutrição materna, anemia materna, alimentação de lactentes e crianças pequenas, implementação dos protocolos de reabilitação nutricional;
  • Trabalhar em estreita colaboração com oficiais distritais de nutrição e pessoal baseado nas unidades sanitárias e ajudá-los, conforme necessário com:
    • A implementação dos serviços para nutrição, incluindo enquadramento dos grupos de suporte entre pares (tipo GAAC, Mãe para Mãe em particular);
    • Suporte a monitoria e elaboração de relatórios sobre indicadores relacionados;
  • Coordenar com sector de farmácia para a disponibilização efectiva em quantidades adequadas do suplemento nutricional PlumpyNut®, ajudar com gestão e distribuição de produtos de suporte nutricional gerais tipo CSB para responder a demanda da forma mais equitativa possível;
  • Participar activamente nos comités de coordenação de nutrição provinciais e distritais e grupos de trabalho técnico de nutrição;
  • Dar suporte a monitoria e avaliação das actividades, ajudando alcançar disponibilização da informação requerida e metas estabelecidas;
  • Contribuir para a comunicação oportuna, precisa e adequada das actividades do programa de nutrição e resultados;
  • Exercer outras actividades que lhe forem atribuídas, que contribuam para o alcance dos objectivos do programa.

Requisitos

  • Licenciado(a) em Nutrição, Licenciado em Medicina (experiência na área de Nutrição), Técnico(a) de Nutrição;
  • Serão considerada uma mais-valia:
    • Formações complementares ou experiência comprovada em matéria de suporte nutricional de mulheres grávidas, lactantes e crianças pequenas;
    • Experiência prática do uso de produtos locais, em particular na Zambézia;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência na área de suporte a nutrição, dos quais três (3) ao nível distrital/ US;
  • Experiência sucedida comprovada em planificação, coordenação de actores, analisar e assegurar monitoria de rotina de nutrição e outros indicadores de saúde;
  • Pode viver e trabalhar na Província da Zambézia e viajar até 30% do tempo dentro da província;
    Conhecimento na óptica do utilizador de aplicativos de escritório (tipo Word, Excel, PowerPoint e de gestão de correio electrónico);
  • Habilidades de escrita, interpessoais e de comunicação oral/ apresentação excelentes, incluindo poder trabalhar efectivamente com uma equipa de trabalhadores diversos e contrapartes;
  • Requerida fluência de Português (verbal e escrita).

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificados;
  • Cartas de Recomendação.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 27/02/2017

Local: Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Assessor Provincial de Cuidado e Tratamento.

Descrição do Trabalho

  • O Assessor é membro da Equipa Técnica do ICAP-Moçambique, em coordenação como o Director Clínico e Gestores e Assessores das diferentes áreas, é responsável pela supervisão e direcção técnica das actividades de Cuidados e Tratamento, no âmbito dos projectos integrados de Assistência Técnica e Capacitação implementados pelo ICAP na província da Zambézia. É ainda responsável pelo planeamento e desenvolvimento das intervenções, assistência técnica e apoio à implementação das actividades relacionadas com a área de Cuidados e Tratamento. O exercício desta função requer a colaboração directa com a Direcção Provincial de Saúde e outros parceiros a nível provincial para o desenvolvimento e a expansão das actividades do ICAP-Moçambique em matéria de Cuidados e Tratamento.

Responsabilidades

  • Fornecer orientação técnica e supervisão na área de Cuidados e Tratamento;
  • Coordenar a implementação de planos de trabalho da área de Cuidados e Tratamento com os membros da equipa distrital;
  • Supervisionar e apoiar o desenvolvimento de actividades de assistência técnica ao nível distrital e da Unidade Sanitária;
  • Coordenar o apoio técnico do ICAP aos distritos em relação a implementação do Plano de Aceleração em colaboração com outros parceiros clínicos e comunitários;
  • Fornecer orientação nos processos de acompanhamento e avaliação de actividades técnicas;
  • Fornecer assistência técnica as equipas distritais em relação a tutoria clínica do pessoal das Unidades Sanitárias apoiadas pelo ICAP;
  • Fornecer assistência em relação a implementação de sistemas de melhoria de qualidade;
  • Manter às equipas actualizadas sobre as actualizações das normas técnicas da área de Cuidados e Tratamento e apoiar a implementação delas;
  • Fornecer aconselhamento e assistência no desenvolvimento e melhoria de sistemas de informação, facilitação de laços comunitários, análise de fluxo de pacientes, melhoria dos sistemas de apoio à aderência, desenvolvimento ou melhoria de sistemas de referência, etc;
  • Elaborar os relatórios técnicos, conforme as necessidades do programa;
  • Realizar outras funções que lhe forem atribuídas.

Requisitos

  • Possuir Licenciatura em Medicina;
  • Experiência no desenvolvimento, gestão, implementação, acompanhamento e avaliação de programas de cuidado e tratamento para o HIV (mínimo três anos);
  • Boa capacidade comunicação oral e escrita nas línguas Portuguesa e Inglesa;
  • Experiência em gestão de programas de controle de doenças na África Subsaariana;
  • Experiência em capacitação e assistência técnica;
  • Experiência em elaboração de documentos técnicos (manuais nacionais, protocolos, manuscritos);
  • Disponibilidade para viajar pelos distritos da Província da Zambézia.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 27/02/2017

Local: Mocuba e Milange – Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Técnico de Informática.

Descrição do Cargo

  • O IT Distrital terá a responsabilidade de garantir todo equipamento informático pertencente ao ICAP esteja a funcionar correctamente, assim como apoiar o processo de expansão e manutenção dos diferentes SIBI implementados e a manutenção dos computadores dos SIBIs e suporte as novas estratégias informatizadas (Commcare, I-DART e SMS Reminder).

 Responsabilidades

  • Liderar, instalar e configuração de novos computadores de acordo com os procedimentos do ICAP;
  • Adicionar utilizadores na rede (que dá acesso à Internet e recursos de rede, impressoras, etc);
  • Resolver problemas de conectividade;
  • Utilizar e manter as ferramentas locais de apoio aos utilizadores (sistema de gestão de problemas);
  • Criar novas bases de dados para apoiar as operações existentes e para outras solicitações das diferentes áreas da organização;
  • Monitorar nível de serviço do Internet Service Provider;
  • Garantir a segurança física e lógica da rede de dados através de implementação de Firewall e outros mecanismos de protecção;
  • Fazer a reparação de todo equipamento informático existente nas unidades sanitárias nos sítios apoiados pelo ICAP;
  • Conduzir formação em serviço do pessoal do ICAP sobre assuntos básicos relacionados com o trabalho do dia-a-dia;
  • Organizar e gerir informações na unidade compartilhada (Shared Drive, dropbox, etc) e educar os utilizadores na sua utilização;
  • Identificar necessidade de formação das equipas envolvidas no processo de gestão dos SIBI;
  • Participar no processo de actualização das versões do SIBI, sempre que uma nova versão estiver disponível & dar retro-informação atempadamente ao nível central dos problemas do sistema que poderão aparecer;
  • Coordenar com o Gestor Provincial de M&A e o IT Provincial o processo de manutenção preventiva e correctiva de todo equipamento informático relacionado com o funcionamento dos SIBI;
  • Apoiar os Oficiais de M&A no processo de upload das bases de dados no servidor provincial;
  • Manter actualizado o POP de segurança dos dados e de confidencialidade dos dados individuais do ICAP Provincial;
  • Garantir que todos os colegas de M&A, principalmente os digitadores, e da equipe técnica distrital respeitem e implementam as normas de segurança dos dados de ICAP;
  • Garantir que todos os arquivos (dados agregados e individuais brutos) são armazenados em um local seguro nos escritórios locais do ICAP;
  • Garantir que nenhum oficial de dados ou equipa técnica tenham base de dados instalada nos computadores do ICAP ou particular;
  • Garantir que todos os colegas cumpram os procedimentos de segurança, previamente definidos , no manuseio de base de dados individuais & segurança de dados de ICAP Moçambique.

Requisitos

  • Licenciado em Informática, ou nível Médio (mais de 5 anos de experiência);
  • Experiência em manutenção e reparação de computadores, configuração de redes, e instalação de sistemas informáticos;
  • Conhecimento em instalação, configuração e manutenção de software;
  • Experiência da área de Monitoria e Avaliação, é uma vantagem;
  • Experiências na implementação dos sistemas de informação, especialmente na área de saúde;
  • Conhecimento em Tecnologias de Informação e Comunicação;
  • Experiência na área de Saúde é uma vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 24/02/2017

Local: Nampula e Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Conselheiro Leigo.

Descrição do Cargo

  • O Conselheiro irá desenvolver suas actividades no âmbito dos serviços de UATS/ATIP (unidades de aconselhamento e testagem em saúde, triagem, CCS (Consulta Criança Sadia), enfermarias;
  • O Conselheiro apoiará os trabalhadores de saúde nas actividades de sensibilização, aconselhamento psicossocial e suporte psicológico às pessoas vivendo com HIV.

 Responsabilidades

  • Realizar palestras de sensibilização aos utentes nas salas de espera e enfermarias das US;
  • Aconselhamento para testagem de HIV aos voluntários, referidos e aos doentes internados nos hospitais;
  • Oferecer testagem do HIV, Aconselhamento pré-teste, pós-teste e oferecer testagem;
  • Aconselhamento pré-TARV e de adesão;
  • Prover aconselhamento sobre o PTV (seguimento da mãe/ criança);
  • Apoiar na ligação entre os serviços da US rumo segurar a inscrição e seguimento das crianças identificadas como expostas ao HIV ou infectadas pelo HIV e seus cuidadores, nos serviços adequados;
  • Apoio na criação e seguimento dos grupos de mães e de grupo de apoio de adolescentes;
  • Geração semanal das listas de faltosos ao nível de diferentes sectores do S/TARV em coordenação com a Farmácia;
  • Coordenação das actividades dos educadores de par presentes ao nível da US (ao nível da própria US e da comunidade);
  • Apoiar os trabalhadores de saúde no uso correcto e contínuo da ficha de árvore de família para identificação de casos de índice;
  • Ligação com as organizações de activistas presentes na comunidade para a realização de testagem na comunidade dos casos índices;
  • Preenchimento de todas as fichas e livros de registos necessários para o reporte das actividades.

Requisitos

  • Possuir 10ª Classe ao mínimo ou equivalente;
  • Formação em HIV e aconselhamento em saúde é uma vantagem;
  • Conhecimento sobre o PTV é uma vantagem;
  • Boa capacidade de comunicação;
  • Habilidade para educação e trabalho social e aconselhamento em saúde;
  • Fluência na língua local (dependendo da zona de trabalho) constitui uma vantagem;
  • Espírito de equipa e flexibilidade.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.

Email: icaphr@columbia.org.mz

Validade: 24/02/2017

Local: Nampula e Zambézia

O ICAP-Moçambique, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Digitador de Dados.

 Responsabilidades

  • Verificar se os dados dos pacientes a nível da US estão preenchidos correctamente e relatar dúvidas e possíveis erros aos seus superiores atempadamente;
  • Verificar se os questionários dos pacientes estão preenchidos adequadamente e relatar as dúvidas e possíveis erros ao Coordenador de Sítio, Administrador de Base de Dados;
  • Garantir actualização dos dados no SIS (ODK), assegurando que a digitação de dados seja feita atempadamente no Mobile Data, Tableau, OKD e DHIS, limpeza regular e elaboração das listas dos pacientes a partir do Mobile Data;
  • Limpar e comparar os dados digitados no SIS (Mobile Data, Tableau, ODK e DHIS) com as fontes primárias para assegurar a qualidade dos dados e manter registado o resultado para fins de auditoria;
  • Acompanhar o quantitativo de formulários e/ou instrumentos (documentos-fonte) de forma a assegurar que não haja interrupção de registo de dados necessários a alimentação dos sistemas informáticos.

Requisitos

  • 12ª Classe completa;
  • Conhecimento de Informática nos programas Word, Excel, MS Access, Softwares de Análise de Dados (ex: Epi, SPSS, SAS, OpenMRS ou SESP);
  • Conhecimentos do funcionamento do Sistema de Saúde em Moçambique;
  • Experiência profissional na introdução de informação em algum dos softwares de interesse para a Organização (EPTS-Access, OpenMRS, etc);
  • Experiência profissional preferida na área de saúde;
  • Conhecimentos básicos sobre HIV/SIDA e temas relacionados à saúde em geral em Moçambique.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Cópias de Certificados de Habilitações Literárias;
  • Três (3) Referências Profissionais.

Sobre a Empresa

A líder mundial de saúde, ICAP tem trabalhado desde 2004 com um objectivo central de melhorar a saúde das famílias e comunidades. Trabalhando lado a lado com os indivíduos em todos os níveis do sistema de saúde, desde pacientes a prestadores de cuidados de saúde  de centros de saúde do governo, ICAP é dedicada a oferecer iniciativas de fortalecimento desempenho do sistema de saúde de qualidade e acessível.