Advertisements

Website: http://sightsavers.org/vacancies

Validade: 30/06/2017

Local: Nampula

Duração: 2 anos de contracto com possibilidade de renovação

A Sightsavers pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Finanças e Serviços de Apoio (FSSM) que se juntará à equipe em nossos escritórios em Moçambique e será responsável pela gestão financeira e pelos serviços de suporte ao dia-a-dia.

Responsabilidades

  • O(A) FSSM monitorará os recursos do país e identificará riscos ou problemas que condicionem os trabalhos no país;
  • Desenvolverá ou proporá soluções para problemas financeiros ou de suporte e assegurará a consistência, especialmente no âmbito da gestão financeira;
  • Este é um cargo integral no escritório do país para garantir que os programas sejam totalmente suportados, onde você terá uma excelente experiência em gestão de projectos, além da capacidade de trabalhar com parceiros e gerir orçamentos e subsídios de forma eficiente;
  • Este(a) liderará a gestão da logística para assegurar que a obtenção suprimentos seja entregue a tempo e o candidato deve ter habilidades administrativas excelentes para preencher esse papel.

Requisitos

  • O candidato deve ter qualificações contabilística profissionais relevantes (CPA/ ACCA) ou um grau académico em finanças/ contabilidade e pode demonstrar experiência de trabalhar em função semelhante;
  • A experiência de trabalhar para uma Organização Internacional Não Governamental (INGO) é preferível;
  • Uma excelente capacidade de comunicação em Português e Inglês é essencial, juntamente com fortes habilidades de Tecnologias de Informação.

Exigências

  • Curriculum Vitae.

Nota: Para se inscrever e obter mais detalhes sobre o papel, baixe um pacote de aplicativos em http://sightsavers.org/vacancies

 

 

Advertisements

Este guia reúne toda a informação necessária sobre as Vagas de emprego na Coca Cola Sabco. Encontre as últimas vagas publicadas pela empresa e ferramentas para você preparar-se para as futuras vagas de emprego a serem abertas ao público. Ensinaremos você a preparar a sua candidatura a um anúncios de emprego, bem como realizar uma candidatura espontânea.

Sobre a Coca Cola Sabco

A Coca-Cola Sabco iniciou suas operações em Moçambique na província de Maputo em Março de 1994, com uma segunda fábrica instalada em Chimoio em Julho de 1997 e uma terceira em Nampula, inaugurada em Junho de 2001. Com iniciais 80 empregados, a organização aumentou ao longo dos anos os seus números para 1000 trabalhadores. Sua base de consumidores é estimada em 24 milhões de pessoas.

Emprego na Coca Cola Sabco Moçambique

Fábrica da Coca-Cola Sabco em Moçambique

Oportunidades de emprego na Coca Cola Sabco Moçambique

A Coca Cola Sabco sempre ofereceu oportunidades para os seus colaboradores destacarem-se dentro de uma equipe diversificada rica em talento, ideias, perspectivas, antecedentes e cultura. Existe na empresa um ambiente e uma maneira de operar que capacita o nosso pessoal a criar resultados extraordinários a cada dia.

Como canidatar-se às vagas da Coca-Cola Sabco Moçambique

A melhor forma de você ficar à par das últimas oportunidades da Coca Cola é vistando a página de vagas de emprego da Coca Cola no MMO Emprego. Caso as oportunidades ainda estejam abertas, não hesite em enviar a sua candidatura. Prepare uma nova carta de apresentação e um currículo personalizado a ser enviado para a empresa.

Caso as vagas já tenham expirado, você ainda pode enviar uma candidatura espontânea, na ligação acima, você poderá encontrar os últimos emails usados pela empresa para recrutar, as chances de ser contratado podem ser menores, mas existem e você pode maximiza-las seguindo as nossas dicas de produção de currículos de qualidade e carta de apresentação personalizada para cada oportunidade.

Email: lvianacala.vaga@gmail.com

Validade: 26/06/2017

Local: Nacala-Porto – Nampula

A Associação Internacional de Voluntários Leigos (LVIA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Mobilizador Social.

Responsabilidades

  • Realizar as actividades previstas no projecto, com vista ao alcance dos objectivos deste, com supervisão directa do Assessor de projecto;
  • Coordenar e motivar os grupos envolvidos nas actividades. Promover encontros regulares com os grupos de contacto comunitário para monitorar o processo da implementação das actividades do projecto;
  • Recolher e gerar todas as informações provenientes das actividades. Produzir relatórios mensais sobre o desenvolvimento das actividades realizadas no terreno;
  • Participar nas reuniões promovidas pelo projecto;
  • Fornecer e criar arquivos de dados de rotina com respectivo relatório narrativo regular. Fornecer dados que permitam a elaboração dos relatórios de impacto do projecto e documentar as lições aprendidas, histórias de sucessos descrevendo pontos fortes e fracos na implementação do projecto;
  • Trabalhar junto com a estruturas de base (LVIA e CMCN de Nacala, respondendo directamente ao Assessor LVIA), apoiando-as na implementação dos planos de acção preconizados pelo projecto de modo a cumprir com as metas;
  • Estabelecer a ligação com as estruturas locais para facilitar as redes e os sistemas de referência, e mobilização de recursos dos diferentes actores de modo a maximizar os benefícios.

Requisitos

  • Nacionalidade moçambicana;
  • Nível de Formação Médio;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência comprovada na área de mobilização comunitária, de preferência com conhecimento de metodologias participativas e ou envolvimento em programas de Desenvolvimento comunitário;
  • Experiência em análise das necessidades e capacitação das comunidades;
  • Experiência de trabalho com parceiros locais, Governo e OCBs;
  • Experiência na identificação de novos sectores de intervenção e elaboração de novas propostas de projecto;
  • Possuir carta de condução para ligeiros;
  • Boas relações interpessoais e habilidades para trabalhar em equipa e de forma autónoma;
  • Dinâmico, autónomo, responsável e comprometido/a com o trabalho;
  • Fluente em Português e Macua (falado e escrito).

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae com 3 Referências Profissionais;
  • Cópia do B.I.;
  • Cópia da Carta de Condução.

Sobre a Empresa

A Associação Internacional de Voluntários Leigos (LVIA) uma ONG internacional que opera em Moçambique na área sócio-ambiental, no âmbito do projecto de “Restauração do meio-ambiente em Nacala-Porto através da remissão de resíduos orgânicos no ambiente e da reintegração laboral dos grupos mais vulneráveis da sociedade”, financiado pela União Europa e implementado em colaboração com o Conselho Municipal de Nacala e outros parceiros nacionais.

Endereço: Av. da Marginal, parcela 141/C – Maputo

Validade: 23/06/2017

Local: Nampula e Tete

A Global Alliance Seguros com sede em Maputo pretende recrutar para seu quadro de pessoal dois (2) Consultores de Vendas.

Descrição de Funções

  • Efectuar vendas de seguros comerciais/individuais na filial Barclays Bank Moçambique, em Nampula.

Requisitos

  • Ser comunicativo;
  • Ter capacidade de relacionamento interpessoal;
  • Ter capacidade de persuadir e influenciar;
  • Ter capacidade de trabalhar em equipa;
  • Ser dinâmico e eficiente;
  • Ter capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Conhecimentos sólidos do software MS Office (Word, Excel, PowerPoint e Outlook) e Internet;
  • Experiência mínima de dois (2) anos em venda de seguros;
  • Idade compreendida entre os 21 e 35 anos;
  • Inglês e Português falado e escrito fluentemente;
  • Ter 12ª Classe.

Exigências

  • Cartas de Candidatura;
  • Curriculum Vitae em Português e Inglês;
  • Cópia do Bilhete de Identidade autenticada;
  • Certificados de Habilitações Literárias e Profissionais autenticados;
  • Registo Criminal;
  • Atestado de Residência;
  • Cartas de Recomendação/ Referência autenticadas;
  • Duas (2) Fotos tipo passe.

Sobre a Empresa

A Global Alliance é uma Seguradora de Bens, Acidentes e Vida de várias companhias multinacionais e locais em Angola e Moçambique.

Endereço: Av. Eduardo Mondlane, nº 46D, R/C (em frente ao Museu Nacional de Etnologia) – Nampula

Tel-Fax: 26 215 260

Email: celmadeara@gmail.com

Validade: 23/06/2017

Local: Nampula

O Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG) pretende recrutar para o seu quadro pessoal quatro (4) Operadores de Caixa.

Responsabilidades

  • Atender o cliente com cortesia e objectividade;
  • Efectuar cobrança de facturas emitidas pela empresa usando o sistema de gestão comercial PHC;
  • Efectuar diariamente o fecho de caixa;
  • Produzir diariamente, a informação relativa ao diário do caixa, necessária a produção de relatóriosdo departamento;
  • Manter o arquivo do caixa organizado;
  • Cumprir com os prazos estabelecidos para a área do atendimento;
  • Apoiar o balcão de atendimento em outras tarefas específicas do sector.

Requisitos

  • Nível Médio Geral ou especializado em Gestão, Administração ou Contabilidade;
  • Experiência mínima de dois (2) anos com atendimento ao público;
  • Forte domínio de informática nos pacotes Excel e Word;
  • Conhecimento e domínio do módulo de gestão comercial (PHC) e de procedimentos de tesouraria são uma vantagem;
  • Capacidade para trabalhar sob pressão e fora do horário normal;
  • Boa capacidade de relacionamento, comunicação, dinamismo e honestidade;
  • Fluente na língua Portuguesa fala e escrita;
  • Capacidade de comunicar na língua Inglesa;
  • Idade (preferencialmente) até 35 anos.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Manifestação de Interesse;
  • Certificado de Habilitações Literárias;
  • Bilhete de Identidade.

Nota: Os interessados deverão enviar as candidaturas ao Departamento de Recursos Humanos, sob o título “Candidatura a Vaga de Caixa”

Endereço: Av. Eduardo Mondlane, nº 46D, R/C (em frente ao Museu Nacional de Etnologia) – Nampula

Tel-Fax: 26 215 260

Email: celmadeara@gmail.com

Validade: 23/06/2017

Local: Nampula

O Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG) pretende recrutar para o seu quadro pessoal cinco (5) Operadores de Bombas.

Responsabilidades

  • Controlar o funcionamento de todos os equipamentos do sistema tais como: electrobombas, geradores, clorinadores e válvulas;
  • Ser capaz de operar os equipamentos do sistema (electrobombas, geradores, clorinadores e válvulas);
  • Preparar a solução de produtos químicos para o tratamento de água;
  • Controlar o funcionamento dos equipamentos, detectar avarias e propor soluções;
  • Controlar o nível de água nos depósitos;
  • Efectuar limpeza geral das máquinas e quadros eléctricos;
  • Efectuar a distribuição de água de acordo com o plano;
  • Registar as leituras nos contadores de energia e de água diariamente.

Requisitos

  • Nível Médio Geral ou curso Médio de Abastecimento de Água e Saneamento;
  • Possuir curso Médio especializado em hidráulica ou hidromecânica é uma vantagem;
  • Conhecimentos do funcionamento do sistema de abastecimento de água;
  • Conhecimentos sólidos sobre procedimentos de tratamento de água;
  • Experiência mínima de dois (2) anos em operação de sistemas de abastecimento de água;
  • Domínio das normas de saúde, higiene, e segurança no trabalho;
  • Boa capacidade de relacionamento, comunicação, dinamismo e honestidade;
  • Possuir alto sentido de responsabilidade, profissionalismo e espírito de trabalho em equipa;
  • Disponibilidade para trabalhar sob pressão e em regime de turnos;
  • Nacionalidade moçambicana;
  • Idade (preferencialmente) até 35 anos;
  • Fluente na língua Portuguesa, falada e escrita.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Manifestação de Interesse;
  • Certificado de Habilitações Literárias;
  • Bilhete de Identidade.

Nota: Os interessados deverão enviar as candidaturas ao Departamento de Recursos Humanos, sob o título “Candidatura a Vaga de Operador de Bombas”

Endereço: Rua Travessa de Azurara, nº 11 – Maputo

Email: ferreira@snvworld.org ou asultana@snvworld.org

Validade: 16/06/2017

Local: Nampula

A SNV Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor para Capacitação em Associativismo e Gestão de Pequenos Negócios. 

Contexto

  • O Projecto OYE vista dotar jovens com potencial empreendedor em habilidades e competências essenciais para o desenvolvimento de iniciativas de agronegócio sustentáveis. Em Moçambique, o Projecto OYE é implementado pela SNV em parceria com o Ministério da Juventude e Desportos (MJD), Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA) e o Conselho Nacional da Juventude (CNJ).

Responsabilidades

  • O Consultor deverá fortalecer a organização interna dos grupos através da criação de pequenas associações formadas por jovens, promoção de maior organização financeira e assegurar a participação activa da mulher nas actividades e na liderança dos grupos.

Exigências

  • Termos de Referência;
  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Sobre a Empresa

A SNV é uma organização Internacional sem fins lucrativos que trabalha em prol do desenvolvimento das capacidades das organizações locais no sector público, ONGs e sector privado. A SNV está presente em 38 países e as suas acções centram-se nas áreas de Água, Saneamento e Higiene, Energias Renováveis e Negócios Inclusivos. Em Moçambique na área de Água e Saneamento, a SNV desenvolve acções nas áreas Rurais e Per-Urbanas.

Guia de recrutamento para quem deseja ter mais informações sobre como conseguir uma oportunidade de emprego na Kenmare em Moçambique.

Sobre a Kenmare

Kenmare Resources plc é uma empresa de mineração internacional, cuja principal actividade do é a exploração da Mina de Minérios de Titânio de Moma, localizada na costa nordeste de Moçambique desde 2009. A Kenmare é reconhecida como um importante fornecedor de produtos de areia mineral para uma base de clientes global que opera em mais de 15 países.

Oportunidades de emprego na Kenmare

Oportunidades de emprego na Kenmare

Consulte as mais recentes vagas de emprego da Kenmare clicando na página de vagas da Kenmare no MMO emprego e escolha aquela que melhor se adeqúe ao seu perfil.

Clique aqui para consultar vagas na Kenmare Moçambique

Apesar de trabalho na Kenmare remeter à trabalho braçal, na verdade existem diversas opções de carreira na empresa. Assim como as demais empresas, existem vários departamentos que precisam de recursos humanos diferenciados para que a máquina da instituição funcione correctamente. Portanto, áreas administrativas, de gestão e técnicas também são procuradas. Boa sorte!

Email: recruitment@kenmaremoz.com

Validade: 17/06/2017

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Superintendente de Finanças. (Ref nº: KME 25.05.17)

Responsabilidades

  • Garantir a cumprimento eficaz de Saúde e Segurança Ocupacionais e Sistema de Gestão Ambiental, políticas, procedimentos, processos, padrões, normas de acordo com as directrizes da Kenmare, bem como dos requisitos legais e estatutários;
  • Desenvolver um Quadro Financeiro interno de processos, práticas, sistemas e controlos alinhados ao ciclo e requisitos de planeamento financeiro da Kenmare;
  • Garantir que os mecanismos de governação apropriados (isto é, parâmetros orçamentários, ciclos de relatórios financeiros, delegação de autoridade, etc.) estejam em conformidade com as normas e práticas contabilísticas geralmente aceites para gerenciar e monitorar as actividades financeiras dentro da Mina;
  • Garantir a conformidade com o Quadro Financeiro da Kenmare em processos, práticas, sistemas e controlos;
  • Garantir a integridade dos dados financeiros do sistema de contabilidade da Kenmare (SYSPRO);
  • Empreender esforços para melhorar as operações financeiras, diminuir os tempos de resposta, agilizar os processos de trabalho e trabalhar cooperativamente e em conjunto para implementar as melhores práticas em toda a mina;
  • Desenvolver e implementar ferramentas/ sistemas adicionais para melhorar os controlos financeiros corporativos e a análise financeira;
  • Rever os modelos e estrutura orçamentária e solicitar a apresentação dos orçamentos anuais do Departamento;
  • Responder a perguntas da sede, fazer comentários sobre orçamentos departamentais e desafiar suposições;
  • Consolidar o Orçamento Anual e preparar a apresentação ao Director- Geral;
  • Efectuar ajustes a cada Departamento e submeter ao Director-Geral para aprovação;
  • Resolver as questões da sede e submeter ao Director-Geral;
  • Uma vez aprovado, o orçamento anual, garantir que seja correctamente introduzido no SYSPRO;
  • Extrair informações orçamentárias do SYSPRO;
  • Com base em dados e tendências históricas, desenvolver uma previsão preliminar de despesas futuras e identificar as discrepâncias;
  • Juntamente com os chefes de Departamentos, validar a previsão e/ou resolver discrepâncias;
  • Consolidar o feedback e rever a previsão;
  • Desafiar suposições;
  • Identificar desvios entre orçamento e previsão departamental;
  • Quantificar e qualificar o impacto nas despesas anuais esperadas, gestão de caixa, etc;
  • Supervisionar a elaboração de dados mensais de gestão, consolidar, validar com os Chefes de Departamentos e compilar o Relatório Mensal de Gestão;
  • Rever análises interpretativas sobre as variações e discrepâncias e rever com a Direcção;
  • Preparar e analisar o Relatório Mensal Externo de Gestão e submeter à Sede;
  • Investigar e resolver consultas da sede;
  • Elaborar e analisar o Relatório Mensal Externo de Gestão (sede);
  • Garantir um orçamento mais exacto para as despesas de capital em todos os Departamentos;
  • Analisar os cálculos financeiros e obter aprovação do Director de Finanças, patrocinador do CAPEX e Director-Geral, uma vez que o pedido de investimento tenha sido enviado;
  • Garantir que os pagamentos das contas dos fornecedores sejam processados com precisão;
  • Rever e aprovar os pagamentos dos fornecedores;
  • Iniciar pagamento e resolver consultas de fornecedores;
  • Efectuar a previsão mensal de caixa para aprovação;
  • Solicitar à sede disponibilização de dinheiro da sede;
  • Desembolsar o valor de acordo com requisitos de caixa aprovados;
  • Garantir a conversão efectiva da moeda/gestão de câmbio;
  • Rever impostos a pagar de acordo com a legislação e regulamentos relevantes;
  • Obter a aprovação do imposto a pagar e garantir o pagamento;
  • Rever e aprovar os retornos de custos;
  • Preparar o requisito de auditoria externa;
  • Gerir auditorias e fornecer informações quando necessário;
  • Rever e aprovar contas estatutárias para assegurar que está em conformidade com as normas e especificações de Moçambique;
  • Garantir que toda a logística de viagens (voos fretados, transportes por autocarro e voos comerciais) para o pessoal permanente e temporário, bem como contratados seja executada de acordo com os requisitos estabelecidos.

Requisitos

  • Qualificações: CIMA ou equivalente;
  • Registado na ACCA (Associação de Revisores Oficiais de Contas) é vantagem;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência após qualificação em CIMA ou ACCA;

O candidato ideal deverá ter os seguintes atributos:

  • Capacidade de trabalhar de forma independente;
  • Capacidade de manter os objectivos sob pressão;
  • Alto nível de integridade;
  • Forte capacidade de liderança.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Email: recruitment@kenmaremoz.com

Validade: 15/06/2017

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Compras de Categoria Sénior. (KME 31-05-17)

Responsabilidades

Os aspectos da função incluem, mas não estão limitativos a:

  • Garantir a conformidade com a política de compras da empresa e procedimentos, bem como as leis e recomendações do manual sobre Saúde e Segurança no Trabalho e Meio Ambiente da Kenmare;
  • Definir, liderar e executar estratégias de abastecimento, em estreita colaboração com as partes interessadas dos negócios;
  • Ajudar o chefe de procurement/ contratos públicos no desenvolvimento de um plano de aquisições anual e concordar e entregar as metas de poupança em conformidade com esse plano;
  • Gerir/ liderar os usuários finais no concurso de gestão, incluindo uma listagem curta de fornecedores, lançamento do concurso, recepção dos concorrentes, avaliação das propostas, negociação com os fornecedores e selecção do fornecedor final;
  • Trabalho com desenvolvimento de fornecedores para implementar a gestão de relacionamento com o fornecedor (SRM) dentro da sua categoria, em conjunto com as partes interessadas a nível interno;
  • Compreender os requisitos dos usuários finais e guiá-los no desenvolvimento do caso de negócios. Fornecer aos usuários finais informações relevantes e atempadas do mercado para a tomada de decisões informadas e eficazes;
  • Dirigir o negócio na execução de contratos com fornecedores seleccionados;
  • Gerir o desenvolvimento de contratos específicos e actividades associadas, a aplicar princípios organizacionais de integridade e conformidade;
  • Desenvolver e manter informações de gestão de contratos, documentação, procedimentos, dados e registos;
  • Redigir disposições contratuais com base em debates sobre a estratégia, contribuições da direcção e necessidades organizacionais e expectativas e servir como principal contacto organizacional durante as negociações do contrato;
  • Envolver-se com as partes interessadas pertinentes durante o ciclo contratual, em especial usuários legais e finais bem como tendo em conta os requisitos regulamentares e padrões contratuais;
  • Manter prazos sobre o material de entrega e comunicar numa base contínua com vários departamentos e clientes internos sobre questões contratuais;
  • Análise contratual de ambas as partes (fornecedor e comprador) para assegurar o cumprimento dos termos e para identificar conflitos ou alterações que exijam resolução;
  • Monitorar eficazmente as transacções não padrão com o aconselhamento jurídico, a fim de maximizar a eficiência e a relevância do aconselhamento jurídico;
  • Ajudar negócios em análise legal e de riscos legal de quaisquer modificações contratuais/ alterações sugeridas pelos fornecedores seleccionados;
  • Monitorar o desempenho e a conformidade do contrato de acordo com o contrato, plano de gestão contratual e gestão de riscos contratuais e de directivas e procedimentos organizacionais;
  • Implementar a gestão de risco contratual e de fornecedor para garantir o melhor valor e segurança de fornecimento à Kenmare;
  • Contacto com fornecedores contratados e usuários finais em caso de litígios do fornecedor para garantir uma solução amigável;
  • Negociar, elaborar e recomendar os acordos com os fornecedores externos, negociando termos aceitáveis para a empresa e atenuando riscos comerciais e jurídicos à Kenmare.

Requisitos

  • Qualificação Universitária, de preferência Engenharia Eléctrica, Engenharia Mecânica ou Gestão e Administração de Negócios & MCIPS, ISM ou qualificações internacionais semelhantes;
  • No mínimo cinco (5) anos de experiência de gestão de alto valor em procurement de Mecânica, contratos de Engenharia Eléctrica, trabalhando de preferência na indústria mineira, incluindo projectos de capital e procurement de projectos;
  • Conhecimento da Estratégia de contratos públicos/ procurement;
  • Conhecimento de Gestão de Categoria;
  • Conhecimento de Gestão do Fornecedor;
  • Capacidade de Gestão e Avaliação;
  • Conhecimento de Gestão/ Administração de Contratos;
  • Capacidade de redigir/ elaborar acordos contratuais de procurement;
  • Capacidade de aquisições directas;
  • Deve ser fluente em Português e Inglês;
  • Orientação para os resultados;
  • Inovação;
  • Orientação para o Cliente;
  • Persuasão e Influência;
  • Análise e resolução de problemas;
  • Liderança e Desenvolvimento de os outros;
  • Trabalho em equipa e cooperação;
  • Comunicação eficaz.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Indique o número da referência correcta no seu CV.

Email: recruitment@kenmaremoz.com

Validade: 15/06/2017

Local: Moma – Nampula

A Kenmare pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Funcionário de Desenvolvimento de Abastecimento. (KME 29-05-17)

Responsabilidades

Principais aspectos da posição incluem, mas não estão limitados a:

  • Assegurar o cumprimento da política e procedimentos de procurement da empresa, bem como as leis e recomendações do manual da Kenmare sobre Saúde, Segurança e Meio Ambiente no Trabalho;
  • Gerir a actividade de registo e pré-qualificação de fornecedores, coordenando a aprovação de novos fornecedores com o respectivo Gestor de Categoria e Chefe de Cadeia de Abastecimento;
  • Agrupamento e revisão de inscrições e pré-qualificações de fornecedores como parte do processo de aquisição do fornecedor;
  • Investigar o mercado de novos fornecedores nas principais categorias de procurement e iniciar a aquisição, conforme necessário, em consulta com os Gestores de Categoria;
  • Classificar os fornecedores de acordo com a estrutura de classificação acordada;
  • Levar a cabo a gestão actual e futura dos fornecedores, incluindo a gestão de uma base de dados central de fornecedores;
  • Realizar avaliações de fornecedores no local em conjunto com engenharia/ produção para todos os principais fornecedores estratégicos antes do registo;
  • Realizar avaliações anuais de fornecedores no local para os principais fornecedores estratégicos, com base na qualidade, no lead time e no preço (benchmarks);
  • Iniciar a avaliação do desempenho do fornecedor, com base em metas acordadas e desempenho contratual, em conjunto com as unidades de negócios e as diversas partes interessadas;
  • Garantir que os fornecedores tenham as acreditações e licenças relevantes e que o estatuto de todos os fornecedores registados e aprovados seja revisto pelo menos anualmente para assegurar que as suas credenciais relevantes sejam mantidas;
  • Ligação com os fornecedores contratados e as várias partes interessadas (unidades de negócios) e trabalhar com fornecedores em planos de melhoria contínua de serviços com base nesse retorno;
  • Desenvolver a base de fornecedores locais de acordo, alinhadas com as metas de uso de locais estabelecidas pela legislação da empresa e do governo e manter uma base de dados actualizada de fornecedores locais;
  • Construir e manter um banco de dados local de fornecedores e ser responsável pelo cumprimento das metas de fornecimento de conteúdo local da empresa e governo;
  • O Director de Desenvolvimento de Fornecedores será obrigado a trabalhar junto a fornecedores locais para oferecer oportunidades para que eles façam uma oferta para o negócio da Kenmare, ou seja, será encarregado de desenvolver e aprimorar os fornecedores locais para poderem entregar mais produtos e serviços de maior complexidade;
  • Como parte da monitoria de desempenho do gestor de desenvolvimento de fornecedores, realizará benchmarketing de desempenho e trabalhará com todas as partes para identificar e implementar oportunidades de melhoria.

Requisitos

  • Licenciatura em Negócios e Administração e MCIPS, ISM ou uma qualificação internacional idêntica;
  • Experiência mínima de cinco (5) anos de trabalho num ambiente semelhante, trabalhando na gestão ou desenvolvimento de relações com fornecedores;
  • Conhecimento de Gestão de Fornecedores;
  • Fluente em Pacotes de Computador de MS Office (Word, Excel, PowerPoint);
  • Deve ser fluente em Português e Inglês;
  • Orientação para os resultados;
  • Inovação;
  • Orientação para o Cliente;
  • Persuasão e Influência;
  • Análise e resolução de problemas;
  • Liderança e Desenvolvimento de os outros;
  • Trabalho em equipa e cooperação;
  • Comunicação eficaz;
  • Alto nível de integridade.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Indique o número da referência correcta no seu CV.

Email: irachide@mz.ccsabco.com e mbatalha@mz.ccsbco.com

Validade: 15/06/2017

Local: Nampula

A Coca-Cola Sabco Moçambique pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Supervisor de Transporte para a Fábrica de Nampula.

Subordina-se ao: Director Regional de Logística.

Principais Responsabilidades

  • Monitorar e coordenar actividades do sector;
  • Gestão de pessoal;
  • Controle de custos e uso de peças sobressalentes;
  • Administrar recursos para executar as actividades de manutenção de veículos ligeiros e pesados;
  • Identificar e recomendar actividades para melhorar a qualidade de trabalho;
  • Desenvolvimento do pessoal (competências, formação técnica);
  • Supervisão das actividades diárias, monitoramento e controle das folhas de obra, para garantir efectividade do trabalho e que as peças de reposição sejam usadas adequadamente;
  • Implementação do SOP (Procedimentos Operacionais Padrão);
  • Cumprir com os requisitos de SHEQ (Segurança, Qualidade, Saúde e Ambiente).

Requisitos

  • Licenciatura ou Bacharelato na área de Mecânica Auto/Geral;
  • Mínimo cinco (5) anos de experiência a nível de supervisão na área de transportes;
  • Experiência com as marcas Mercedes Benz, Powerstar 2642s;
  • Forte competência de liderança e motivação de equipas;
  • Possuir a carta de condução de veículos ligeiros e pesados-profissional;
  • Conhecimentos de Excel, Outlook, MS Office e PowerPoint;
  • Experiência no SAP;
  • Falar, ler e escrever em Inglês, é uma vantagem;
  • Capacidade de trabalhar sobre pressão;
  • Residência na Região Norte constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Email: nwetiorg@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A N’weti – Comunicação para Saúde pretende recrutar para o quadro de pessoal um (1) Motorista e Logístico – Ref. da Vaga Nº RH/ML/Nampula/2017.

Requisitos

  • Experiência profissional comprovada mínima de cinco (5) anos como Motorista nas ONGs e/ou noutras Instituições;
  • Idade igual ou superior a 35 anos;
  • 12ª Classe;
  • Possuir carta de condução profissional;
  • Bons conhecimentos técnicos (condução e mecânica auto);
  • Bom conhecimento da província de Nampula e das condições actuais das estradas e auto-estradas;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e fora das horas normais do expediente;
  • Alto sentido de responsabilidade, honestidade e de sigilo profissional;
  • Boa capacidade de relacionamento interpessoal;
  • Domínio da língua Portuguesa.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, com indicação da Ref. da Vaga.

Email: nwetiorg@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Maputo

A N’weti – Comunicação para Saúde pretende recrutar para o quadro de pessoal um (1) Recepcionista e Assistente Administrativo – Ref. da Vaga Nº RH/RAA/Nampula/2017.

Objectivo da Função

  • Executar as actividades de recepção e de assistência administrativa, logística e de secretariado.

Requisitos

  • Nível Médio nas áreas de Administração e Gestão, Secretariado Executivo ou Assessoria de Direcção;
  • Bons conhecimentos de secretariado e práticas administrativas;
  • Noção de gestão nas áreas de património, de stocks, logística e de eventos;
  • Experiência profissional mínima de três (3) anos em funções similares;
  • Conhecimento da língua Inglesa falada e escrita;
  • Conhecimento de informática na óptica do utilizador (Word, Excel e Outlook);
  • Boa capacidade de comunicação oral e escrita.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, com indicação da Ref. da Vaga.

Email: nwetiorg@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A N’weti – Comunicação para Saúde pretende recrutar para o quadro de pessoal dois (2) Oficiais de Apoio Técnico – Ref. da Vaga Nº RH/OAT/Nampula/2017.

Requisitos

  • Nível de Licenciatura em Ciências Sociais ou áreas afins;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência na implementação de projectos na área de Saúde Sexual e Reprodutiva;
  • Experiência em trabalhar com vários parceiros incluindo Governo (Distrital e Local), Organizações de Comunitárias de Base, Rádios Comunitárias e Grupos Teatrais e Juvenis;
  • Bons conhecimentos de Planificação Operacional de Actividades, Orçamentação, Melhoria e Avaliação e Técnicas de Facilitação;
  • Compreensão da dinâmica do sector de Saúde a nível dos distritos e das comunidades na Província de Nampula em particular;
  • Conhecimentos sobre o contexto da vulnerabilidade da rapariga ao HIV e SIDA;
  • Boas habilidades de liderança, comunicação e trabalho em equipa;
  • Orientado para resultados e capaz de tomar decisões com supervisão mínima;
  • Habilidade de redigir relatórios de actividades;
  • Domínio de Português e da língua local;
  • Conhecimento de pacotes informáticos básicos como Word, Outlook, Excel, PowerPoint e Access.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, com indicação da Ref. da Vaga.

Email: nwetiorg@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A N’weti – Comunicação para Saúde pretende recrutar para o quadro de pessoal um (1) Assistente de Monitoria e Avaliação – Ref. da Vaga Nº RH/AMA/Nampula/2017.

Objectivo da Função

  • Apoiar o processo de Monitoria e Avaliação dos Programas.

Requisitos

  • Licenciatura nas áreas de Estatística, Ciências e Humanas ou áreas afins;
  • Experiência profissional mínima de dois (2) anos na área de Monitoria e Avaliação;
  • Conhecimentos sólidos de Monitoria e Avaliação de programas no sector de desenvolvimento;
  • Experiência em gestão de base de dados;
  • Bons conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
  • Bons conhecimentos dos pacotes de análise de dados, SPSS e Epi-Info constituem uma vantagem;
  • Experiência em documentação de estórias de sucesso e boas práticas (Most Significant Change);
  • Conhecimentos de abordagens de Comunicação para mudança social e de comportamento;
  • Domínio da língua Portuguesa falada e escrita;
  • Conhecimento da língua Inglesa falada e escrita.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, com indicação da Ref. da Vaga.

Email: nwetiorg@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A N’weti – Comunicação para Saúde pretende recrutar para o quadro de pessoal um (1) Coordenador do Projecto – Ref. da Vaga Nº RH/CP/Nampula/2017.

Objectivo da Função

  • Coordenar, gerir e supervisionar a implementação do projecto na componente da N’weti.

Requisitos

  • Formação em Saúde Pública, Ciências de Gestão e Económicas ou outras áreas relevantes;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência na coordenação, desenvolvimento, gestão e execução de projectos numa ONG particularmente programas de Saúde Sexual e Reprodutiva;
  • Experiência em trabalhar com vários parceiros incluindo Governo, Sociedade Civil, Organizações Comunitárias de Base e Doadores;
  • Bons conhecimentos de Gestão de Projectos, Planificação Operacional, Orçamentação, Monitoria e Avaliação e Técnicas de Facilitação;
  • Conhecimento e compreensão da dinâmica do sector de Saúde em Moçambique e da província de Nampula em particular;
  • Boas habilidades de liderança, comunicação e desenvolvimento de equipa;
  • Orientado para resultados, capaz de tomar decisões com supervisão mínima;
  • Habilidade de produzir e compilar relatórios programáticos;
  • Domínio da língua Portuguesa e Inglesa falado e escrito;
  • Conhecimento da língua local é uma vantagem;
  • Conhecimento de pacotes informáticos básicos como Word, Outlook, Excel, PowerPoint e Access.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae, com indicação da Ref. da Vaga.

Email: hopem@hopem.org.mz e hopem.moz@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A Rede HOPEM pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Programas para área de Direitos Sexuais e Reprodutivos.

Requisitos

  • Possuir nível Superior em Antropologia, Sociologia, Saúde Pública, Estudos de Género ou outras áreas afins;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência de trabalho relevante para este posto;
  • Conhecimento de instrumentos políticos no campo dos direitos sexuais e reprodutivos, no contexto nacional e internacional;
  • Conhecimentos de abordagens baseadas em direitos humanos com enfoque para assuntos de género e masculinidades;
  • Domínio de Macua, Português e excelentes conhecimentos de Inglês;
  • Boas habilidades de comunicação escrita/oral e analíticas;
  • Experiência de trabalho em organizações não governamentais;
  • Domínio de informática.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Nota: Os Termos de Referência (TdR) detalhado se encontram disponíveis na página do facebook da Rede HOPEM designada: Rede Hopem.

Sobre a Empresa

A Rede Homens pela Mudança (HOPEM) é uma entidade sem fins lucrativos, composta por 25 organizações e activistas da sociedade civil moçambicana, que trabalham para  a afirmação dos direitos humanos de homens, mulheres e crianças moçambicanas.

Email: hopem@hopem.org.mz e hopem.moz@gmail.com

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

A Rede HOPEM pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assistente Administrativo e de Programas.

Requisitos

  • Licenciatura em Direito ou uma área das Ciências Sociais;
  • Possuir experiência de trabalho ou ter realizado um estágio profissional;
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita/oral;
  • Conhecimentos básicos sobre abordagens baseadas em direitos humanos;
  • Domínio de Macua, Português e excelentes conhecimentos de Inglês;
  • Domínio de informática.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Nota: Os Termos de Referência (TdR) detalhado se encontram disponíveis na página do facebook da Rede HOPEM designada: Rede Hopem.

Sobre a Empresa

A Rede Homens pela Mudança (HOPEM) é uma entidade sem fins lucrativos, composta por 25 organizações e activistas da sociedade civil moçambicana, que trabalham para  a afirmação dos direitos humanos de homens, mulheres e crianças moçambicanas.

Website: https://www.peacecorps.gov/mozambique/contracts

Validade: 31/05/2017

Local: Nampula

O Corpo da Paz/ Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal Médicos Back-Up.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Website: http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nampula-mozambique-nod-temporary-appointment

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

Tipo de Contrato, nível: Temporary Appointment, nível NOD

Duração: 364 dias e possibilidade de renovação dependendo da avaliação do desempenho

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador de Programa – Posto nº 9965.

Requisitos

  • Mestrado em Desenvolvimento Social, Saúde Pública, Ciências Sociais e/ou outras áreas afins;
  • Sete (7) anos de experiência profissional preferencialmente na gestão de programas/ projectos no sector público ou privado nos países em desenvolvimento;
  • Experiência em trabalhar com instituições governamentais e não-governamentais e/ou Nações Unidas;
  • Experiência na área de saúde sexual e reprodutiva;
  • Fluência em Português e em Inglês (oral e escrito);
  • Competências informáticas (aplicações Office).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Para mais informações relacionadas com os termos de referência, os interessados podem tê-las através do website usando para as candidaturas http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nampula-mozambique-nod-temporary-appointment

Malaria Consortium é uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo dedicado ao controle abrangente da malária e outras doenças transmissíveis na África e Sudeste Asiático.

Fundada em 2003, a Malaria Consortium é uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo, especializada na prevenção, controle e tratamento integral da malária e outras doenças transmissíveis entre populações vulneráveis e desprivilegiadas.

Historial do Pais e Projecto

Malaria Consortium começou a trabalhar em Moçambique em 2005, apoiando o desenvolvimento de sistemas de distribuição de redes insecticidas de longa duração no país. Malária Consortium Moçambique tem 4 escritórios de funcionamento, localizados em Maputo (sede), Inhambane, Nampula e Niassa, com projectos atribuídos.

Malaria Consortium está actualmente a recrutar um (1) Gestor Técnico de Projecto para juntar-se à nossa equipa em Nampula, Moçambique. O Gestor Técnico é responsável por dar suporte de alta qualidade técnica ao projecto, e gestão do projecto: desenvolvendo pesquisas, planos de actividades, ferramentas de monitoria e avaliação, coordenação com autoridades locais de saúde e parceiros, disseminação de melhores práticas e lições aprendidas.

O candidato seleccionado terá:

Qualificações e Experiência

Essencial:     

  • Licenciatura em Ciências Sociais ou uma área relacionada, e/ou saúde pública;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência na área de projectos na área de saúde ou desenvolvimento ou mobilização social;
  • Experiência comprovada na realização e análise de pesquisas de campo. Usando ampla gama de técnicas de pesquisa qualitativa e/ou quantitativa, incluindo desenho do estudo e implementação, gestão de dados e análise;
  • Conhecimentos de abordagens de mobilização social e engajamento comunitário;
  • Excelente capacidades de análise, síntese e redacção em Português e em Inglês;
  • Capacidade de trabalhar de forma colaborativa, como parte de uma equipe;
  • Vontade de participar de actividades e pesquisas de campo e de viajar para áreas remotas dentro do pais.

Desejável

  • Experiência bem-sucedida de gestão, mentaria e coordenação de equipes de campo;
  • Conhecimentos sobre o contexto programático da prevenção e do controlo das DTNs no país;
  • Compreensão (e um interesse em) questões de desenvolvimento comunitário, em particular nas áreas da saúde pública/comunidade, e doenças preveníveis como a malária;
  • Experiência em treinamento/ capacitação.

Malaria Consortium é uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo dedicado ao controle abrangente da malária e outras doenças transmissíveis na África e Sudeste Asiático.

Fundada em 2003, a Malaria Consortium é uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo, especializada na prevenção, controle e tratamento integral da malária e outras doenças transmissíveis entre populações vulneráveis e desprivilegiadas.

Historial do Pais e Projecto

Malaria Consortium começou a trabalhar em Moçambique em 2005, apoiando o desenvolvimento de sistemas de distribuição de redes insecticidas de longa duração no país. Malária Consortium Moçambique tem 4 escritórios de funcionamento, localizados em Maputo (sede), Inhambane, Nampula e Niassa, com projectos atribuídos.

Malaria Consortium está actualmente a recrutar um (1) Oficial de Projecto para juntar-se à nossa equipa em Nampula, Moçambique. O Oficial de Projecto é responsável pela implementação das actividades e o seguimento ao nível dos quatros distritos do projecto.

O candidato seleccionado terá:

Qualificações e Experiência   

Essencial:     

  • Licenciatura em Ciências Sociais, Educação, Comunicação ou uma área relacionada;
  • Experiência de três (3) anos em actividades de monitoria e avaliação;
  • Experiência profissional na área da saúde pública, incluindo com ONG;
  • Experiência na gestão e implementação de projectos comunitários.

Desejável

  • Experiência e habilidades demonstradas na área de pesquisa/ avaliação qualitativa;
  • Experiência em treinamento e capacitação;
  • Capacidade de liderar e de trabalhar em equipe;
  • Experiência de formação de pessoal comunitário;
  • Experiência de trabalho com estruturas comunitárias;
  • Conhecimento do uso de metodologias participativas.

A CIS – Catering International & Services pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Cozinheiro(a).

Responsabilidades

  • Organizar o trabalho na cozinha (dar tarefas aos membros da equipa de cozinha);
  • Assegurar produção fluente e ininterrupta de refeições durante o serviço;
  • Amanhar o peixe, preparar os legumes e carnes;
  • Proceder à execução das operações culinárias;
  • Zelar pela boa apresentação da comida;
  • Zelar pelo bom funcionamento permanente e limpeza de utensílios de cozinha;
  • Avaliar mensalmente as competências técnicas do pessoal para ser capaz de melhorar suas habilidades técnicas;
  • Realizar requisições diárias, sobre o material necessário para a execução dos menus;
  • Assegurar a formação da equipa de cozinha;
  • Seguir as recomendações do Departamento de QHSE;
  • Zelar pela segurança individual e colectiva, utilizando equipamentos de protecção apropriados, quando da execução dos seus serviços.

Requisitos

  • Formação na área de Hotelaria;
  • Pelo menos quatro (4) anos de experiência;
  • Fluência na língua Portuguesa;
  • Excelentes habilidades de comunicação;
  • Ser capaz de trabalhar sob pressão;
  • Responsabilidade e Autonomia;
  • Residência em Nacala.

A CIS – Catering International & Services pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Pasteleiro.

Principais Funções

  • Elaborar bolos, sobremesas, pão;
  • Requisitar o material necessário a elaboração das sobremesas;
  • Manter o espaço limpo e organizado;
  • Respeitar a regras de Higiene e segurança.

Requisitos

  • Formação na área de Hotelaria e Turismo;
  • Pelo menos quatro (4) anos de experiência;
  • Excelentes habilidades de comunicação;
  • Ser capaz de trabalhar sob pressão;
  • Responsabilidade e autonomia;
  • Residência em Nacala.

Benefícios

  • Oferecemos salário compatível com a função.

Local de Trabalho: Nacala – Velha (existe transporte de Nacala-Porto para Nacala-Velha)

Endereço: Rua do Tchamba, nº 398 – Maputo

Email: SCIMOZ@savethechildren.org

Validade: 08/05/2017

Local: Nampula

A Save the Children Internacional (SCI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director Provincial de Nampula – VG-SC 012/17 – Nampula.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou Ciências Sociais (ou experiência equivalente em áreas de assistência e desenvolvimento);
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência anterior de gestão de projectos integrados (segurança alimentar, educação, saúde e meios de vida) e estudo de desenvolvimento internacional ou área relevante);
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência na concepção dos programas, implementação, monitoria e avaliação;
  • Mínimo de cinco (5) anos de experiência numa posição sénior similar de preferência na África Subsaariana;
  • Experiência de representação a nível provincial e internacional e coordenação com o governo local, parceiros e outras ONGs;
  • Experiência comprovada de gestão de programas de desenvolvimento, e metodologias de planeamento participativo;
  • Experiência comprovada de aplicação de abordagens participativas com base nos direitos da criança, parceria de programas de desenvolvimento e género;
  • Experiência de gestão e implementação de programas de emergência;
  • Experiência comprovada de planificação e gestão orçamental;
  • Competências demonstradas de liderança e gestão de pessoal, com excelentes capacidades de comunicação interpessoal, com excelentes capacidades de comunicação interpessoal, incluindo a habilidade de trabalhar efectivamente com uma equipa diversa e contrapartes;
  • Habilidades políticas e culturais sensíveis com qualidades de paciência, tacto e diplomacia;
  • Capacidades e vontade de ser extremamente flexível e eficiente em circunstâncias de trabalho difíceis e, por vezes, inseguras;
  • Compromisso para produzir resultados de alta qualidade e relatórios, atempadamente;
  • Habilidades no uso de pacotes de informática, Word, Excel, Access, Email e Internet;
  • Fluente em Português (falado e escrito) necessário. Fortes habilidades em Inglês (verbal e escrito) necessário;
  • Disponibilidade para efectuar viagens;
  • Compromisso com a visão da Save the Children, missão e valores, constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação em Português e Inglês.

Website: https://ifdc.silkroad.com/ifdc/employment_listings.html

Validade: 07/05/2017

Local: Nampula

International Fertilizer Development Center (IFDC) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assistente Administrativo de Projecto.

Resumo

  • O IFDC para a África Oriental e Austral, coordenado a partir do escritório regional de Nairobi, no Quénia, deseja recrutar um Assistente Administrativo de Projecto para apoiar a equipado programa 2SCALE nos seus escritórios em Nampula, Moçambique. A posição está aberta apenas para cidadãos moçambicanos. O Assistente Administrativo de Projecto será responsável  por apoiar a equipa do projecto em Nampula (Moçambique) nas áreas de Recursos Humanos, Finanças e Administração bem como garantir o cumprimento das Políticas e Procedimentos do IFDC. O incumbente reportará para questões administrativas ao pessoal sénior do projecto baseado em Nampula e ao Oficial Nacional de Administração e Finanças (NAFO) baseado nos escritórios em Quénia.

Responsabilidades

  • Prestar assistência ao pessoal em Nampula, implementar as políticas e os procedimentos administrativos no país, garantindo consistência no cumprimento de todas as políticas e procedimentos do IFDC;
  • Servir de ponto de contacto entre o IFDC no país, o Gabinete Regional no Quénia e a Sede nas áreas de administração, recursos humanos e cumprimento;
  • Gerir as contas e tarefas relacionadas com orçamento e pagamento do fundo de maneio para o pessoal do programa 2SCALE;
  • Proceder a revisão dos contractos de prestação de serviços antes da sua submissão para aprovação;
  • Assegurar o cumprimento das questões legais relacionadas com a contratação de pessoal;
  • Fiscalizar a gestão dos recursos humanos em Moçambique, incluindo Recrutamentos, Elaboração de contractos de trabalho, apoio na avaliação anual de desempenho e nomeações;
  • Gestão dos planos de seguro de pessoal (médico/ outros), viaturas e bens do IFDC;
  • Responsável pela coordenação do plano de trabalho do pessoal, visitantes, reuniões e actividades de campo, pedidos de viagem, relatórios e planos de viagem, relatórios de adiantamentos e despesas bem como folha de controlo de férias e horas de trabalho;
  • Garantir, em estreita colaboração com as equipas do IFDC F&A, a administração diária do projecto, incluindo, mas não se limitando a, compra de equipamentos e serviços, logística para as actividades do projecto;
  • Traduzir correspondência e pequenos documentos de Português para Inglês e vice-versa;
  • Manter sempre os arquivos individuais e planos de segurança actualizados;
  • Estar a par da situação de segurança em Nampula.

Requisitos

  • Nível de Licenciatura em Secretariado, Administração ou áreas afins, e formação em secretariado bilíngue;
  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência profissional na área;
  • Experiência de trabalho com organizações de desenvolvimento será uma vantagem;
  • Domínio das línguas Inglesa e Portuguesa (fala e escrita);
  • Domínio dos programas informáticos da Microsoft Office;
  • Capacidade de organização e correcção com particular atenção aos detalhes;
  • Capacidade de formatar documentos no restrito cumprimento da marca e outros padrões;
  • Capacidade de cumprir com os prazos;
  • Capacidade de se integrar numa equipa com facilidade num ambiente multicultural e multidisciplinar.

Exigências

  • Formulário de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Sobre a Empresa

A International Fertilizer Development Center (IFDC) é uma organização sem fins lucrativos publica internacional que tem como enfoque no aumento e manutenção da segurança alimentar e a produtividade agrícola nos países em desenvolvimento. O IFDC tem a sua sede no Alabama, EUA, com dois escritórios de coordenação regional em África. Uma dessas a Divisão da África Austral e Oriental, coordenadas a partir de Nairobi, no Quénia, está implementando vários projectos em Moçambique.

Email: MOZNA@unhcr.org

Validade: 03/05/2017

Local: Nampula

Tipo de Contrato (período): 4-6 Meses

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados em Moçambique (UNHCR) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor Nacional de Meios de Subsistência.

Responsabilidades

  • O Consultor desempenhará um papel fundamental na implementação de um novo projecto em cooperação com outras agências da ONU e outras agências da sociedade civil;
  • O projecto tem como alvo os extremamente pobres, com o objectivo de graduá-los para fora da pobreza de forma sustentável.

Requisitos

  • Mestrado em Desenvolvimento Rural ou Ciências Sociais ou outra área relacionada;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência em programação de meios de subsistência, tais como programas de alimentos ou dinheiro por trabalho, outras actividades geradoras de rendimentos e/ou programas de formação profissional, concepção de projectos e redacção de propostas;
  • Fluente em Português e Inglês (oral e escrito).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Referências/ Graus/ Certificados.
Vagas no Instituto Nacional de Estatística

Endereço: Av. 24 de Julho nº 1989 – Maputo

Caixa Postal, nº 493 – Maputo

Validade: 13/05/2017

Local: Vários Locais

Duração do Trabalho: 63 dias (desde 22 de Junho até 23 de Agosto de 2017)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal trezentos e cinquenta e sete (357) Formadores Regionais.

  • Niassa (23 vagas)
  • Cabo Delgado (25 vagas)
  • Nampula (74 vagas)
  • Zambézia (71 vagas)
  • Tete (39 vagas)
  • Manica (28 vagas)
  • Sofala (28 vagas)
  • Inhambane (21 vagas)
  • Gaza (18 vagas)
  • Maputo Província (18 vagas)
  • Maputo Cidade (12 vagas)

Tarefas Principais

  • Capacitar os Formadores Locais;
  • Supervisionar a capacitação dos recenseadores e controladores;
  • Assessorar os GDR durante a recolha de dados, apuramento preliminar dos resultados e retorno dos boletins preenchidos;
  • Garantir o apuramento preliminar usando o SCO.

Requisitos

  • Ser moçambicano;
  • No mínimo ser finalista de Licenciatura em Ciências Sociais (Geografia, História, ou áreas afins), Estatística;
  • Ter idade mínima entre 25 anos;
  • Possuir experiência na área de ensino é uma vantagem;
  • Ter aptidão física para o desempenho das funções;
  • Ter participado em censos anteriores ou em inquéritos aos agregados familiares é uma vantagem;
  • Disponibilidade imediata e a tempo inteiro;
  • Ter domínio de computador na óptica do utilizador;
  • Ter residência na província em que pretende ser formador é uma vantagem;
  • Falar/comunicar em língua local é uma vantagem;
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Possuir espírito de trabalho em equipa;
  • Demonstrar capacidade de fácil comunicação em língua Portuguesa;
  • Ter auto-confiança;
  • Inspirar confiança;
  • Possuir espírito de responsabilidade individual e de grupo;
  • Ter bom comportamento cívico e moral;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e fora das horas normais (inclusive fins de semana e feriados se necessário);
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Alto sentido de responsabilidade;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão, dentro e fora das horas normais de serviço;
  • Capacidade de coordenar a equipa.

Nota: O local de trabalho será nas sedes distritais.

Exigências

  • Preencher a Ficha de Candidatura;
  • Apresentar cópia reconhecida do BI ou Certidão de Registo de Nascimento;
  • Apresentar “Curriculum Vitae” em línguas Portuguesa;
  • Certificado de Habilitações Literárias ou experiência profissional;
  • Atestado médico de sanidade mental e capacidade física para o desempenho de funções na Administração Pública;
  • Declaração de Compromisso de Honra;
  • Certificado de Registo Criminal;
  • Declaração Militar;
  • NUIT e NIB.

Os documentos referidos nas alíneas g), h) e i) poderão ser entregues após o apuramento dos candidatos.

Vagas no Instituto Nacional de Estatística

Endereço: Av. 24 de Julho nº 1989 – Maputo

Caixa Postal, nº 493 – Maputo

Validade: 13/05/2017

Local: Vários Locais

Duração do Trabalho: 87 dias (desde 1 de Junho até 26 de Agosto de 2017)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal trinta e sete (37) Formadores Iniciais.

  • Niassa (3 vagas)
  • Cabo Delgado (3 vagas)
  • Nampula (5 vagas)
  • Zambézia (5 vagas)
  • Tete (3 vagas)
  • Manica (3 vagas)
  • Sofala (3 vagas)
  • Inhambane (3 vagas)
  • Gaza (3 vagas)
  • Maputo Província (3 vagas)
  • Maputo Cidade (3 vagas)

Tarefas Principais

  • Capacitar os Formadores Regionais;
  • Supervisionar a capacitação dos Formadores Locais;
  • Assessorar os Gabinetes Provinciais de Recenseamento durante a recolha de dados apuramento preliminar dos resultados e retorno dos boletins preenchidos e outros materiais;
  • Assessorar os Formadores Locais durante a formação dos recenseadores e controladores.

Requisitos

  • Ser moçambicano;
  • Ter no mínimo Licenciatura em Ciências Sociais (Geografia, História, ou áreas afins), Estatística;
  • Ter idade mínima entre 25 anos;
  • Ter aptidão física para o desempenho das funções;
  • Disponibilidade imediata e a tempo inteiro;
  • Ter domínio de computador na óptica do utilizador;
  • Ter residência na província em que pretende ser formador é uma vantagem;
  • Falar/comunicar em língua local é uma vantagem;
  • Ter capacidade de chefia e de liderança;
  • Ter participado em censos anteriores ou em inquéritos aos agregados familiares é uma vantagem;
  • Ter no mínimo cinco (5) anos de experiência na área de ensino;
  • Possuir espírito de trabalho em equipa;
  • Demonstrar capacidade de fácil comunicação em Português e em língua local;
  • Ter auto-confiança;
  • Inspirar confiança;
  • Possuir espírito de responsabilidade individual e de grupo;
  • Ter bom comportamento cívico e moral;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e fora das horas normais (inclusive fins de semana e feriados se necessário);
  • Alto sentido de responsabilidade;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão, dentro e fora das horas normais de serviço;
  • Capacidade de coordenar a equipa.

Nota: Estes trabalharão nas Capitais Provinciais (GPR)

Exigências

  • Preencher a Ficha de Candidatura;
  • Apresentar cópia reconhecida do BI ou Certidão de Registo de Nascimento;
  • Apresentar “Curriculum Vitae” em línguas Portuguesa;
  • Certificado de Habilitações Literárias ou experiência profissional;
  • Atestado médico de sanidade mental e capacidade física para o desempenho de funções na Administração Pública;
  • Declaração de Compromisso de Honra;
  • Certificado de Registo Criminal;
  • Declaração Militar;
  • NUIT e NIB.

Os documentos referidos nas alíneas g), h) e i) poderão ser entregues após o apuramento dos candidatos.

Email: applications@missiontalent.com

Validade: 25/05/2017

Local: Nampula

A Plan International, pretende recrutar para o seu quadro pessoal, um (1) Director do Projecto.

Objectivos

Esta posição depende da adjudicação e aprovação do projecto. O objectivo do projecto é melhorar a saúde sexual, reprodutiva, materna e neonatal para populações carentes, particularmente adolescentes, em 3 distritos (Moma, Mogovolas e Nampula Cidade) por um período de quatro (4) anos. O projecto é de aproximadamente US $ 12 milhões e responde ao Plano Nacional Integrado do Ministério da Saúde.

Tarefas

  • Liderar e gerir o projecto para assegurar o desempenho e adesão aos requisitos dos doadores;
  • Assegurar sinergias e uma visão integrada entre as diferentes áreas do projecto e as partes interessadas;
  • Gerir directamente a equipe do projecto supervisionado a planificação coordenação, implementação, monitoria e elaboração de relatórios do programa;
  • Apoiar os parceiros a executar o projecto de acordo com os documentos do programa aprovado e os regulamentos do doador.

Requisitos

  • Experiência comprovada no gestão de doações financiadas por doadores bilionários e experiência demonstrada no gestão financeira do programa e na conformidade do doador;
  • Experiência comprovada de trabalhar nas ONGIs em cargos seniores (Chief of Party/ Director(a) de Programa nível fortemente preferido):
  • Experiência comprovada na gestão de projectos de saúde maternal-infantil, programação para adolescentes e direitos de saúde sexual e reprodutiva;
  • Vasto conhecimento do sistema de saúde em Moçambique é vantajoso, mas não essencial;
  • Forte capacidade de comunicação verbal e escrita em Português e Inglês;
  • Mestrado (ou equivalente) na área de Desenvolvimento ou evidência de conhecimento equivalente adquirido através da experiência é preferida, mas não essencial;
  • Boa comunicação organizacional;
  • Elevado cometimento com os Direitos e Protecção da Criança assim como com a Igualdade do Género.

Exigências

  • Curriculum Vitae (em Inglês);
  • Carta de Motivação (de 350 Palavras ou menos), que resume como o seu perfil responde os requisitos-chave da posição, por favor (formato Word)

Nota: Indicar PLAN-CoP-MOZ/ seu sobrenome na linha do Assunto (Subject)

Sobre a Empresa

A Plan International é uma organização humanitária orientada para o desenvolvimento da criança na comunidade, sem afiliações religiosas, políticas ou governamentais. O patrocínio às crianças é o princípio básico da organização.

Website: http://cdn.co.mz/jobs/apply/2484

Validade: 21/04/2017

Local: Nampula

O Corredor do Desenvolvimento do Norte (CDN), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Técnico da Manutenção Mecânica.

Responsabilidades

O candidato aprovado será responsável por:

  • Executar os planos de manutenção dos activos electromecânicos;
  • Total envolvimento com as ferramentas de SSO;
  • Realizar a manutenção dos sistemas de locomotivas ao longo do trecho;
  • Realizar o comissionamento de novos activos;
  • Realizar alinhamento e balanceamento de componentes mecânicos rotativos;
  • Tratamento de perdas e falhas: análise de falhas, colectas de dados preventivas, preditivas e correctivas;
  • Realização e análise de vibração e análise óleo;
  • Realizar a manutenção de sistemas hidráulicos e pneumáticos;
  • Criação de procedimentos de Manutenção Mecânica Diesel;
  • Criar check-list de inspecções preventivas de equipas de equipamentos electromecânicos;
  • Implementar o sistema de manutenção baseado em TPS (Toyota Production System);
  • Realizar o processo de manutenção dos activos na fase inicial, intermediária e nos testes de desempenho final.

Requisitos

  • Nível Médio e conhecimento em Electricidade, Mecânica, Mecatrónica, Electromecânica ou similar;
  • Ter no mínimo de quatro (4) anos de experiência profissional na área de manutenção;
  • Ter domínio da língua Inglesa é uma vantagem;
  • Residente em Nampula é uma vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação;
  • Fotocópia de BI;
  • Fotocópia do Certificado de Habilitações.

Endereço: Rua Correia de Brito, 613, Ponta Gêa – Beira

Caixa Postal 90 – Beira

Email: ced@ucm.ac.mz

Validade: 26/04/2017

Locais: UCM – Beira, Búzi, Muanza, Marromeu, Gorongosa, Chimoio, Tete, Maputo, Quelimane, Milange, Gurué, Cuamba, Nampula e Pemba

A Universidade Católica de Moçambique (UCM), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, Tutores, para o curso de Mestrado em Saúde Pública, um para cada cadeira, especificamente:

  • Fundamentos de Saúde Pública
  • Bioestatística
  • Epidemiologia e Demografia
  • Epidemiologia e Controle das Doenças Transmissíveis
  • Antropologia de Saúde
  • Metodologia Quantitativa e Qualitativa de Investigação em Saúde
  • Gestão de Cadeia de Suprimentos Medicinais
  • Selecção, Quantificação e Aquisição de Medicamentos
  • Distribuição e Armazenamento de Medicamentos
  • Garantia de Qualidade e Fortalecimento de Sistema de Saúde
  • Virologia de HIV
  • Prevenção de HIV e SIDA
  • Gestão da Infecção por HIV
  • Estratégias da Resposta do HIV e SIDA e Boas Práticas
  • Introdução do Saneamento
  • Qualidade de Água e Saúde Pública
  • Avaliação de Risco Aplicada ao Saneamento Ambiental
  • Sistema de Abastecimento de Água

Requisitos

  • Nível de Mestrado ou Doutoramento na área afim;
  • Pelo menos dois (2) anos de experiência na área Pedagógica;
  • Conhecimentos de pacotes de Informática na óptica de utilizador;
  • Ser uma pessoa idónea;
  • Constitui uma vantagem ter algum artigo publicado;
  • Experiência de Ensino em Metodologia a Distância (E-Learning), constitui uma vantagem;
  • Trabalhar na área, constitui uma vantagem.

Exigências

  • Carta dirigida ao Magnifico Reitor, especificando a cadeira;
  • Fotocópia do BI ou Passaporte autenticado;
  • Fotocópia de Certificado autenticado e Diplomas de cursos feitos;
  • Curriculum Vitae actualizado e assinado na última página;
  • Dois (2) Fotos tipo passe;
  • NUIT.

Sobre a Empresa

A Universidade Católica de Moçambique (UCM) é uma instituição de ensino superior privada localizada em Moçambique. Foi fundada em 10 de Agosto de 1996, pela Conferência Moçambicana de Bispos. À época, a educação de ensino superior só estava disponível na capital moçambicana, Maputo, e por isso as locações da universidade estão em Beira, Chimoio, Cuamba, Nampula, Pemba, Quelimane e Tete – cidades do centro e do norte do país.

Website: http://www.unwomen.org/about-us/employment/

http://jobs.undp.org/cj_view_jobs.cfm?cur_categ_id=9

Validade: 12/04/2017

Local: Nampula

Duração: 1 ano

A ONU Mulheres pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Projecto.

Responsabilidades

  • O Oficial de Projecto irá apoiar os esforços ao nível nacional e internacional para prevenir e combater a violência contra as mulheres e promover a igualdade de género em Moçambique;
  • O Oficial de Projecto vai trabalhar em estreita colaboração com a equipe do programa e de operações, com funcionários dos escritórios sede da ONU Mulheres, funcionários do governo, com doadores multilaterais e bilaterais e com membros da sociedade civil para garantir a direcção técnica do projecto e o alcance dos principais resultados de maneira eficaz.

Requisitos

  • Licenciatura em Ciências Sociais, disciplinas relacionadas com Igualdade de Género e Direitos Humanos, Economia, Agricultura ou áreas afins;
  • Mínimo de quatro (4) anos de experiência relevante a nível nacional ou internacional, com projectos de desenvolvimento de preferência, incluído experiência em desenho, gestão, acompanhamento e avaliação de projectos de desenvolvimento (essencial);
  • Conhecimento sobre assuntos de género e direitos humanos, incluído a integração do género e formação;
  • Experiência de trabalho em questões de género e empoderamento económico das mulheres em áreas rurais e experiência em trabalhar com actores governamentais locais e actores não-governamentais é necessária;
  • Experiência no uso de computadores e pacotes de software de escritório (MS Office). Conhecimento de ATLAS é uma vantagem;
  • Fluência em Português e domínio da língua Inglesa, escrita e falada é imprescindível. Conhecimento de línguas locais da província Nampula é uma vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae.

Nota: A versão completa dos Termos de Referência desta vaga estão acessíveis no endereço: http://www.unwomen.org/en/about-us/employment/ e os candidatos qualificados e interessados podem submeter a sua candidatura online no endereço: http://jobs.undp.org/cj_view_jobs.cfm?cur_categ_id=9

Endereço: Av. Julius Nyerere, 1213 – Maputo

Parque dos Continuadores, 31 – Nampula

Av. 7 de Abril – Pemba

 21 487 787/ 26 212 894/ 27 221 425

Validade: 11/04/2017

Local: Nampula, com deslocações frequentes aos distritos nas províncias de Nampula e Cabo Delgado

A Helvetas pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Assessor de Monitoria e Avaliação.

Responsabilidades

  • Estabelecer e gerir um sistema de monitoria & avaliação dos projectos implementados pela organização;
  • Assegurar a medição e o processamento dos indicadores de metas, resultados e impactos das actividades da organização;
  • Contribuir na elaboração dos relatórios periódicos dos projectos;
  • Monitorar e reenfocar a capacidade institucional e operacional dos parceiros/ actores locais;
  • Contribuir na doucumentação, capitalização e partilha de conhecimento/ lições aprendidas.

Requisitos

  • Nível de Licenciatura em matérias ligadas a área Temática;
  • Mínimo de cinco (5) anos como responsável de M&A;
  • Experiência na concepção e utilização de ferramentas de M&A;
  • Competência na liderança, motivação, comunicação e gestão das relações interpessoais;
  • Bons conhecimentos de Informática e de Inglês;
  • Nacionalidade moçambicana.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Interesse;
  • Cópias de Documentos relevantes;
  • Referências.

Sobre a Empresa

A Helvetas Swiss Intercooperation é uma ONG Suiça, que desde 1979 trabalha em Moçambique para o desenvolvimento do meio rural.