Advertisements

Website: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

Validade: 30/06/2017

Local: Beira – Sofala

A Chemonics pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director de Operações e Finanças.

Contexto

  • Chemonics procura para um projecto (antecipado) financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), para Beira, em Moçambique. O objectivo do ECHO é reduzir a mortalidade, a morbilidade e a transmissão do HIV, e reforçar a capacidade do Ministério da Saúde de prestar serviços de alta qualidade no âmbito do tratamento do HIV/SIDA. O ECHO apoiará a realização do Governo de Moçambique no controle da epidemia de HIV/AIDS até 2020 em províncias onde a USAID é o principal parceiro de apoio clínico. Estamos à procura de pessoas que tenham uma paixão para fazer uma diferença na vida das pessoas ao redor do mundo.

Responsabilidades

  • O/A Director de Operações e Finanças actuará como Director/a Financeira e Gerente de todos os aspectos financeiros do contrato;
  • Ele/Ela funcionará como o principal ponto de contacto com a USAID nessas áreas;
  • Gerenciar e supervisionar as operações do projecto, incluindo, mas não se limitando a, contabilidade/finanças, recursos humanos, logística, compras e subcontratos e subsídios;
  • Desenvolver sistemas financeiros e operacionais e medidas de controle interno;
  • Assegurar que as equipes de suporte incluindo administração, finanças e logística funcionem eficientemente para apoiar a implementação do projecto;
  • Preparar orçamentos para planos de trabalho anuais e relatórios financeiros para a USAID/Moçambique;
  • Supervisionar e desenvolver a capacidade do pessoal local de finanças e operações;
  • Realizar auditorias internas e coordenar auditorias financeiras externas;
  • Participar de reuniões de gestão e manter relações positivas com funcionários do governo e do Ministério da Saúde, parceiros de projectos e outros parceiros de implementação.

Requisitos

  • Mestrado em Administração de Empresas, Finanças ou área relacionada;
  • Dez (10) anos de experiência no gerenciamento de subsídios ou contratos de um escopo semelhante de trabalho e orçamento pode ser substituído por um Mestrado;
  • Mínimo de oito (8) anos de experiência gerindo subsídios ou contratos para o sector privado, universidades, ONG internacionais ou outras organizações com escopo de trabalho similar;
  • Experiência e conhecimento na gestão fiscal de todos os aspectos de pelo menos um grande contrato multimilionário financiado por um doador internacional;
  • Competências demonstradas em organização, rastreamento e monitoramento de recursos e estabelecimento de prioridades;
  • Fluência (oral e escrita) em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae.

Nota: Para obter mais informações, visite: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

Advertisements

Website: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

Validade: 30/06/2017

Local: Beira – Sofala

A Chemonics pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director Técnico.

Contexto

  • Chemonics procura para um projecto (antecipado) financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), para Beira, em Moçambique. O objectivo do ECHO é reduzir a mortalidade, a morbilidade e a transmissão do HIV, e reforçar a capacidade do Ministério da Saúde de prestar serviços de alta qualidade no âmbito do tratamento do HIV/SIDA. O ECHO apoiará a realização do Governo de Moçambique no controle da epidemia de HIV/AIDS até 2020 em províncias onde a USAID é o principal parceiro de apoio clínico. Estamos à procura de pessoas que tenham uma paixão para fazer uma diferença na vida das pessoas ao redor do mundo.

Responsabilidades

  • O/A Director/a Técnico/a reportará ao Director de Programa e será responsável pela direcção técnica e resultados técnicos do ECHO;
  • O Director Técnico e os principais assessores técnicos terão um relacionamento bidireccional e compartilharão a implementação dos princípios técnicos que orientam o programa; Ele/ela fornecerá orientação para alcançar todos os objectivos do programa;
  • Trabalhar com o Director de Programa para fornecer gerenciamento, liderança, supervisão e coordenação geral de actividades técnicas;
  • Apoiar o Director de Programa no desenvolvimento e implementação de sistemas de gerenciamento que suportam planejamento de projectos, relatórios e gerenciamento de desempenho;
  • Supervisionar e rever todos os documentos técnicos;
  • Apoiar a prestação de orientação técnica em áreas relevantes;
  • Identificar desafios, obstáculos e dificuldades que afectem a implementação do projecto, desenvolver estratégias para resolver esses problemas e trabalhar com o Director de Programa e a USAID, conforme necessário para implementar essas estratégias;
  • Liderar o planejamento e relatórios e contribuir aos documentos técnicos do contrato.

Requisitos

  • Mestrado em Medicina, ou Doutorado/a em Saúde Pública ou área relacionada;
  • Mínimo de dez (10) anos de experiência na prestação de serviços clínicos de intervenções relacionadas ao HIV
  • Fortes habilidades em uso e interpretação de dados;
  • Capacidade comprovada de se apresentar política de nível superior;
  • Experiência demonstrada participando ou assessorando em reuniões de alto nível ao Ministério da Saúde;
  • Habilidade demonstrada em monitorar programas similares e interpretar e utilizar dados de nível nacional;
  • Fluência (oral e escrita) em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae.

Nota: Para obter mais informações, visite: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

Website: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

Validade: 30/06/2017

Local: Beira – Sofala

A Chemonics pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director de Programa (Chief of Party).

Contexto

  • Chemonics procura para um projecto (antecipado) financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), para Beira, em Moçambique. O objectivo do ECHO é reduzir a mortalidade, a morbilidade e a transmissão do HIV, e reforçar a capacidade do Ministério da Saúde de prestar serviços de alta qualidade no âmbito do tratamento do HIV/SIDA. O ECHO apoiará a realização do Governo de Moçambique no controle da epidemia de HIV/AIDS até 2020 em províncias onde a USAID é o principal parceiro de apoio clínico. Estamos à procura de pessoas que tenham uma paixão para fazer uma diferença na vida das pessoas ao redor do mundo.

Responsabilidades

  • O/A Director/a de Programa será responsável pelo planejamento, implementação, monitoramento e gerenciamento geral da execução do contrato, e pela visão, direcção estratégica e gerenciamento do projecto para alcançar os objectivos e resultados esperados;
  • Fornecer a liderança geral do projecto, gerenciamento e direcção técnica, garantindo o cumprimento dos requisitos da USAID, dos regulamentos governamentais e das políticas e procedimentos da Chemonics;
  • Estabelecer a ligação com a USAID/Moçambique, o governo de Moçambique, o Ministério da Saúde, organizações da sociedade civil e outros parceiros locais para coordenar actividades e facilitar o monitoramento e o relatório do progresso e realizações do projecto;
  • Facilitar processos que reúnam várias partes interessadas para se engajarem em questões políticas e estimular acções colectivas em áreas de interesse identificadas;
  • Identificar problemas e riscos relacionados à implementação do projecto em tempo hábil, e sugerir ajustes de programação apropriadas;
  • Gerenciar e supervisionar o trabalho do pessoal do projecto, subcontratados e beneficiários, com foco nos resultados principais, na realização dos objectivos do plano de trabalho e implementação atempada;
  • Garantir que toda a assistência do projecto seja tecnicamente sólida e apropriada para o contexto local;
  • Servir como ponto de contacto oficial para o projecto.

Requisitos

  • Mestrado/a em Saúde Pública, Enfermagem ou área relacionada;
  • Doutorado/a em Medicina ou área relacionada é preferido;
  • Mínimo de quinze (15) anos de experiência no sector de saúde, e um histórico de sucesso comprovado gerenciando projectos de tamanho, escopo e complexidade semelhantes ao ECHO;
  • Experiência de gerenciar um programa financiado pela USAID, PEPFAR ou outra entidade governamental dos EUA é preferido;
  • Capacidade comprovada em programas de monitoramento e avaliação;
  • Capacidade comprovada de se apresentar política de nível superior;
  • Capacidade comprovada de liderar, orientar e supervisionar equipes de tamanho similar com um escopo de trabalho semelhante;
  • Fluência (oral e escrita) em Inglês e Português.

Exigências

  • Curriculum Vitae.

Nota: Para obter mais informações, visite: https://ghdrecruit.formstack.com/forms/mozambique_echo

A FHI360 pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director Clínico.

Principais Funções e Responsabilidades

  • Desempenhar um papel fundamental na supervisão de planificação e implementação de todas as actividades do projecto, garantindo que todas as actividades sejam executadas de forma adequada e atempada e que os resultados sejam realizados e entregues de acordo com os planos de trabalho acordados. Participar como membro sénior da equipa responsável pela prestação de assistência técnica aos parceiros;
  • Desenvolver e actualizar padrões para o HIV/SIDA (VCT, PICT, PMTCT, PEP, cuidados clínicos de HIV/TB, serviços de laboratório e doenças infecciosas);
  • Orientar avaliações e análise de estudos padrão que impedem o acesso aos cuidados e o desenvolvimento e teste de estratégias adequadas para resolução sustentável a longo prazo;
  • Orientar a melhoria de desempenho/ intervenções de melhoria de qualidade em colaboração com a Sede;
  • Trabalhar em estreita colaboração com o Director Técnico e o Ministério da Saúde (MISAU) para desenhar e implementar medidas apropriadas para atender às necessidades de projectos e MISAU e incorporá-las aos planos de trabalho anuais do projecto;
  • Trabalhar em estreita colaboração com a equipa do projecto no Escritório Provincial para implementar o projecto e atingir os objectivos do projecto;
  • Desenvolver plano de treinamento para os funcionários, incluindo habilidades de treinamento clínico;
  • Proporcionar treinamento, fazer acompanhamento e supervisão de apoio, sempre que necessário com as actividades e desenvolver materiais e padrões de treinamento clínico baseados em evidências e apropriados ao género, sistemas de supervisão e outros materiais necessários para a implementação em relação ao HIV/SIDA;
  • Proporcionar coaching, orientação e desenvolvimento de capacidade técnica em programas provinciais e nacionais e equipa técnica;
  • Assegurar que as actividades são tecnicamente sólidas, baseadas em evidências e sensíveis às necessidades do projecto;
  • Ajudar na identificação e disseminação de melhores práticas e novas estratégias e abordagens técnicas;
  • Desenvolver relações de trabalho produtivas com colegas em outras agências e organizações;
  • Participar em Grupos de Trabalho Técnicos no MISAU, CDC e USAID;
  • Participar no desenvolvimento de planos de trabalho anuais do projecto e relatórios semianuais;
  • Fornecer informações técnicas durante o desenvolvimento de estratégias e relatórios de Projecto a longo prazo;
  • Promover e coordenar a recolha de conhecimento técnico dentro da organização;
  • Informar o Director Técnico e outro pessoal do projecto sobre os sucessos, desafios e lições aprendidas na implementação de programas em áreas de especialização técnica;
  • Identificar e divulgar boas práticas e novas estratégias e abordagens técnicas em áreas de especialização para os membros da equipa do projecto;
  • Gerir e manter planos de assistência técnica mensais e trimestrais para o projecto;
  • Gerir os esforços de monitoria e avaliação de projectos e o plano de monitoria de execução do projecto;
  • Supervisionar o pessoal do campo.

Requisitos Específicos

  • Mestrado ou Pós-Graduação em saúde pública ou um campo relevante;
  • 5 a 10 anos de experiência numa posição relevante;
  • Larga Experiência na gestão de programas financiados pela USAID;
  • Larga Experiência na gestão de projectos de fortalecimento de serviços de HIV/SIDA;
  • Pensamento analítico e estratégico;
  • Construção de parcerias colaborativas;
  • Criação e liderança de uma equipa de alto desempenho;
  • Habilidade de aprendizagem.

Link: https://career5.successfactors.eu/career?company=PlanInt&username=

Validade: 23/06/2017

Local: Maxixe – Inhambane

A Plan International Moçambique pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Gestor do Projecto Apoio para Melhores Oportunidades para Raparigas (AMOR).

Tarefas

  • Coordenar e monitorar as actividades do projecto com parceiros segundo os planos estabelecidos;
  • Planificar e controlar a execução do orçamento do projecto;
  • Realizar actividades de sensibilização dos jovens locais-particularmente os mais marginalizados a participarem nos centros de treinamento vocacional.

Requisitos

  • Nacionalidade Moçambicana;
  • Fluente na língua Portuguesa e Inglesa (fala e escrita);
  • Licenciatura ou Mestrado em Educação ou Ciências Sociais;
  • Oito (8) anos de experiência profissional no desempenho de funções similares em ONGs;
  • Habilidades no uso do Ms Office (principalmente: Word, Excel, Powerpoint e Outlook) e Internet;
  • Capacidade de liderança e de comunicação interpessoal;
  • Capacidade de redigir relatórios na língua Inglesa;
  • Exige-se um elevado cometimento com os Direitos e Protecção da Criança assim como com a Igualdade do Género.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Sobre a Empresa

A Plan International é uma organização humanitária orientada para o desenvolvimento da criança na comunidade, sem afiliações religiosas, políticas ou governamentais. O patrocínio às crianças é o princípio básico da organização.

Link: https://career5.successfactors.eu/career?company=PlanInt

Validade: 20/06/2017

Local: Maputo

A Plan International Moçambique pretende recrutar para o seu quadro pessoal um (1) Head of Business Support Service (Director de Serviços de Apoio ao Negócio).

Tarefas

  • O objectivo desta posição é liderar, gerir e desenvolver uma equipe de especialistas funcionais (incluindo Finanças, Administração, Procurement e Logística, Tecnologias de Informação e Segurança) para garantir o melhor suporte dos projectos nas políticas da Plan;
  • A posição garante que os membros da equipe tenham as habilidades operacionais correctas e que os quadros superiores sejam orientados continuamente para fornecer serviços transparentes e responsáveis de acordo com as políticas organizacionais.

Requisitos

  • Conhecimento dos principais requisitos de relatórios dos doadores para grandes concessões e contratos e conhecimentos das Normas Internacionais de Relatório Financeiro;
  • Experiência demonstrada na gestão da cadeia de suprimentos, gestão de frotas, segurança e gestão de riscos e logística de Tecnologias de Informação;
  • Forte capacidade de comunicação verbal e escrita em Português e Inglês;
  • Licenciatura ou Mestrado em Administração de Negócios ou Gestão ou outra área equivalente;
  • Oito (8) anos de experiência profissional no desempenho de funções similares;
  • Elevado cometimento com os Direitos e Protecção da Criança assim como com a Igualdade do Género.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Sobre a Empresa

A Plan International é uma organização humanitária orientada para o desenvolvimento da criança na comunidade, sem afiliações religiosas, políticas ou governamentais. O patrocínio às crianças é o princípio básico da organização.

Girl Child Rights-GCR a sub-grantee of ADPP Mozambique is implementing NIKHALAMO project in Namacurra district of Zambezia province to contribute to improve the life chances of poor rural girls through increased educational opportunities.  This project is funded by USAID under the Award AID-656-A-14-00008.  GCR is responsible for implementing result whose main focus is geared towards improving the quality of girls’ life so that high-quality learning outcomes will be achieved.  GCR is therefore responsible for actions towards promoting a gender responsive environment in primary and secondary schools through providing technical support and assistance to Nikhalamo Project. The technical support envisages facilitating gender responsive pedagogy, promote gender equality and mainstreaming, as well as the prevention of Gender Based Violence in the project target areas.

Summary

  • The objective of this Term of Reference (ToR) is to request proposals from qualified consultants with proven background in developing training materials on gender equality programming to provide specific technical support to improve the gender interventions in Nikhalamo project.  This will entail reviewing existing gender materials (teacher counsellors’ training manual, School Council representatives training manual, Girl Education Promoters’ gender norms guidelines and any other gender related material.  The consultancy will consolidate this material and develop a standardized curriculum of training material for the various entities drawing from material that have been developed to strengthen gender equality programming.   The interested consultant (s) will also develop tools and instruments for use by teachers, students,  members of school council and community members.

Key Tasks

  • Review existing Nikhalamo gender norms session guidelines, teacher counsellors and school council representatives gender training manuals and other gender related material produced by GCR;
  • Based on key findings:
  • Develop  comprehensive training curriculum for Teacher Counsellors, School council members and students (girls and boy ) and update existing training manuals;
  • Develop a series of core training modules on the practical dimensions of gender responsive and safe environment for Girls and Boys Education;
  • Facilitate gender training for GCR Project Team to increase gender sensitive materials development skills;
  • Propose new gender sensitive strategies, tools and material to reach out and cater effectively to beneficiary girls and boys.

Deliverables

  • Report (One (1) hard copy and electronic copy) of the main findings and key recommendations for issues to be included in the existing documents to be revised.  The report should take into account the interviews/ consultations carried out with the project team;
  • Curriculum and training manuals for teacher counsellors and school council representatives including supporting manuals;
  • Revised practical guidelines for sessions of gender norms for referred groups.

Qualifications, Experience and Competences Required

  • At least five (5) years of experience progressively responsible materials development with a special focus on gender.  Preference will be given to experts with experience of working on gender responsive programming in development and/or Girls Education/School Safe Environment settings;
  • Practical experience working with US Agencies and local NGOs;
  • Proven experience combining formal expertise on gender mainstreaming and gender equality with experience of applying these concretely to specific Education, Child Protection, SRHR programmes sectors, plans, policies and business processes;
  • Proven experience leading Action Learning processes, developing gender training tools, and delivering trainings on gender-responsive programming;
  • Masters or Advanced Degree in a related subject area. Ability to communicate ideas in a manner conducive to their practical application;
  • Fluency in English and Portuguese required;
  • Time Frame 21 days. 

Email: map_maputo@icrc.org

Validade: 19/06/2017

Local: Maputo

Duração: 1 Ano

O Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Comunicação.

Função

  • Contribuir de forma independente para a implementação e execução de projectos/ programas com./info/siss;
  • Manter contactos com grupos-alvo em vários níveis;
  • Contribuir para relatórios escritos;
  • Contribuir para o desenvolvimento e produção de ferramentas de disseminação;
  • Contribuir para PFR e acompanhamento orçamental.

Requisitos

Mínimo de conhecimento e experiência exigida:

  • Mestrado em Comunicação Corporativa, Estudos Estratégicos, Política Pública ou Relações Internacionais;
  • Licenciatura em Ciência Política, Direito ou Comunicação;
  • Fluente em Português e Inglês escrito e falado e pelo menos duas línguas nacionais;
  • O conhecimento do Francês é uma vantagem distinta;
  • Capacidade comprovada para usar uma câmara DSLR;
  • Experiência comprovada em redacção e design de boletins informativos, bem como edição de fotos e vídeos;
  • Capacidade de trabalhar efectivamente sob supervisão limitada em um ambiente de equipe;
  • Capaz de trabalhar em ambientes difíceis ou imprevisíveis;
  • Sete (7) anos de experiência de trabalho em um campo similar.

Exigências

  • Curriculum Vitae em Português e Inglês;
  • Carta de Apresentação (explicando a motivação);
  • Cópias Digitalizadas das Qualificações Académicas;
  • Cartas de Referência de Empregadores Anteriores;
  • Cópia da Carta de Condução.

Endereço: Rua do Tchamba, nº 398 – Maputo

Email: SCIMOZ@savethechildren.org

Validade: 16/06/2017

Local: Maputo

A Save the Children Internacional (SCI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Desenvolvimento de Propostas (Bussiness Development Manager) VG-SC 020/17 Maputo.

Requisitos

  • Mestrado em Estudos de Desenvolvimento ou área relacionada;
  • Mínimo de seis (6) anos de experiência de trabalho com ONGs ou ambiente similar;
  • Experiência na elaboração de propostas para crianças em contextos de emergência e desenvolvimento;
  • Experiência sólida em mais de um dos sectores prioritários de Save the Children, Educação, WASH, Segurança Alimentar/ Meios de Vida, Protecção Infantil, Governação dos Direitos da Criança, em Desenvolvimento e Emergências;
  • Experiência prática e histórico bem sucedido por escrito e propostas de liderança para uma variedade de doadores, particularmente USAID, DFID, fundações do sector privado UNICEF e EU/ ECHO;
  • Experiência comprovada no desenvolvimento de parcerias locais para projectos;
  • Experiência com o desenvolvimento de ferramentas de capacitação e equipes de coaching;
  • Bom conhecimento sobre o desenvolvimento e ambiente e as expectativas dos doadores de emergência em Moçambique preferiram, com sólida experiência cultivando relações positivas com membros, doadores e parceiros gerentes durante os processos de proposta;
  • Bom conhecimento da paisagem dos parceiros de implementação e das estruturas governamentais em Moçambique preferiu;
  • Familiaridade com os métodos e ferramentas de projecto (incluindo avaliações, estruturas lógicas e planejamento de trabalho) e uma forte apreciação pela inovação e parceria como parte do desenvolvimento do projecto;
  • Excelentes habilidades analíticas, negociador efectivo, com capacidade comprovada para influenciar positivamente o trabalho interdepartamental e transversal;
  • Forte orientação aos resultados, com capacidade para cumprir prazos e produzir relatórios de alta qualidade de trabalhar bem num ambiente internacional com pessoas de diferentes origens e culturas, incluindo diferentes membros da Save the Children;
  • Habilidade e vontade de mudar drasticamente as práticas e horas de trabalho e trabalhar com as equipes de desenvolvimento de propostas recebidas para cumprir os prazos;
  • Compromisso com a visão da Save the Children, missão e valores constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae (em Português e Inglês);
  • Carta de Motivação (em Português e Inglês).
Vagas na Sasol

Sobre a Sasol Moçambique

A Sasol é uma empresa internacional de energia e química estabelecida em 1950. Esta tem um quadro efectivo de mais de 35000 trabalhadores em 37 países. Esta empresa está listada nas Bolsas de Valores de Joanesburgo e de Nova Iorque.

A Sasol tem desenvolvido inúmeras tecnologias novas e continua a investir no desenvolvimento de novas tecnologias. Estas incluem a produção de combustível a partir do gás, designada como a tecnologia “gás para líquido” (na sigla correspondente em Inglês – GTL – gas-to-liquid).

Presentemente, a Sasol é uma das maiores empresas produtoras de combustíveis sintéticos a nível mundial. Moçambique desempenha um papel fundamental nesta área.

Sasol Petroleum International

Em Moçambique, a Sasol funciona com a designação de Sasol Petroleum International (SPI). A SPI tem um quadro efectivo de 192 trabalhadores, dos quais 140 são moçambicanos. A SPI efectua o desenvolvimento e a gestão da exploração e produção de petróleo e gás da Sasol em Moçambique, na África do Sul e em outros países.

Oportunidades de Emprego na Sasol

Vagas de Emprego na Sasol

A Sasol iniciou a produção de gás em Moçambique em 2004, com gás extraídos nos seus campos
de gás de Temane e de Pande e processado através da sua Unidade Central de Processamento
(CPF) situada perto de Inhassoro.

Possíveis carreiras na Sasol

Apesar de trabalho na Sasol remeter à maquinaria pesada, na verdade existem diversas opções de carreira na empresa. Assim como as demais empresas, existem vários departamentos que precisam de recursos humanos diferenciados para que a máquina da instituição funcione correctamente. Portanto, áreas administrativas, de gestão e técnicas também são procuradas.

Consultar as mais recentes vagas de emprego da Sasol

Para ficar sempre por dentro das últimas oportunidades  de emprego pela empresa é aconselhável que consulte regularmente as mais recentes oportunidades de emprego publicadas pela Sasol visitando o site oficial da empresa ou página de Vagas na Sasol no MMO Emprego.

Email: rhumanos@wwf.org.mz

Validade: 19/06/2017

Local: Tete

A WWF Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Terras Húmidas.

Tarefas

  • Trabalhar como Técnico de Terras Húmidas e apoiar no desenvolvimento e implementação da estratégia global;
  • Preparar plano de trabalho e orçamentos anuais e assegurar a correcta implementação e monitoramento das actividades dos projectos.

Requisitos

  • Mestrado em Gestão de Terras Húmidas/ Ecologia de Água Doce/ Antropologia Social/ Gestão de Recursos Naturais/ Biologia;
  • Fluente em Português e Inglês;
  • Cinco (5) anos de experiência, dois quais pelo menos três (3) anos de trabalho de campo;
  • Formação adicional em gestão de projectos constitui uma vantagem;
  • Residência em Tete.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Três (3) Referências.

Nota: Indicar no assunto posição a que se candidatam “Oficial de Terras Húmidas-Tete”.

Informações adicionais: Termos de Referência detalhados podem ser obtidos através da página web:  www.wwf.org.mz/oportunidades/emprego.

Sobre a Empresa

O WWF é uma das organizações independentes de conservação da natureza mais importantes a nível mundial. Tem cerca de 5 milhões de apoiantes e está activa nos cinco continentes em mais de 100 países.

Reporting Line: General Manager Operations

Role Mandate

To operationalize, lead, manage and set strategic objectives for ORGANISATION aligned to ORGANISATION’s Group Strategy that will enable the achievement of stated financial, sustainability and other strategic objectives. The Regional Manager: ORGANISATION plans, directs, coordinates and accounts for implementation of activities at the highest level of management, with the contribution of managers and employees. Furthermore, ensure that ORGANISATION is well positioned in its industry and amongst its stakeholders; and that a conducive environment is created for employees to perform and grow. Develop, drive and execute Forestry and Processing Plans in order to maximize profitability and efficiency for the ORGANISATION Operations.

Key Accountabilities

  • Increase financial value for ORGANISATION operations;
  • Develop, manage and oversee implementation of the product innovation plan for ORGANISATION operations;
  • Develop, manage and oversee the implementation of ORGANISATION tactical and operational plans;
  • Develop, manage and oversee the execution of the Annual Plan of Operation (APO) for planting, thinning, pruning and harvesting operations;
  • Analyse monthly benchmarking data and reports received from the above entities, as well as international publications and market intelligence service providers;
  • Conduct strategic and other presentations to GM: Operations, EXCO, the ORGANISATION Board and Shareholder, when requested;
  • Manage and oversee trading activities where operations procures lumber and related products from external suppliers and sell same to compliment own production;
  • Manage and oversee consignment stock agreements and monitor ORGANISATION’s share of the lumber market;
  • Ensure product deliveries in accordance to the sales plans and allocations;
  • Manage ORGANISATION operations to achieve the budgeted results by optimal use of resources (equipment, people, funding);
  • Manage and oversee ORGANISATION operations (core operations) to achieve the budgeted results utilizing resources efficiently and profitable;
  • Develop and oversee asset plan and ensure implementation of appropriate controls;
  • Monitor, oversee and ensure efficient management of growing stock;
  • Monitor, oversee and ensure efficient management of moveable and immoveable assets;
  • Facilitate FSC certification of plantations in ORGANISATION and ensure it is maintained once certified;
  • Oversee and ensure maintenance of TUP areas of less than 3%;
  • Manage and oversee the maintenance of the ORGANISATION risk strategic and operational register for all ORGANISATION operations;
  • Manage and oversee the implementation of the ORGANISATION risk mitigating measures;
  • Manage and oversee the implementation of appropriate action/s to prevent repeat findings from internal and/or external audits;
  • Ensure succession planning of key and critical positions within ORGANISATION and other talent management interventions;
  • Lead, coach and develop high performance middle/junior management team.

Qualifications & Experience

  • Grade 12;
  • 4 year BSc Degree in Forestry;
  • 8-10 years’ experience in Forestry of which at least 3 years at a Senior Management level;
  • Master’s Degree in Forestry/Business Administration/Business Leadership will be an added advantage;
  • Mozambique Citizen/Fluently speak/write English and Portuguese;
  • Valid drivers’ licence.

Behavioural Competencies

  • Assertiveness;
  • Diplomacy;
  • Judgement;
  • Result Oriented;
  • Rational thinking.

Skills

  • Persuasion and Influence;
  • Strategic Thinking Ability;
  • Organizational and Commercial Focus;
  • Analysis and Problem Solving;
  • Coaching and Mentoring.

Email: rhumanos@wwf.org.mz

Validade: 20/06/2017

Local: Maputo

A WWF Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador Nacional do Programa Marinho.

Tarefas

  • Gerir a equipe do programa marinho;
  • Liderar o desenvolvimento e implementação da sub-estratégia nacional marinha (dentre outras).

Requisitos

  • Mestrado em Ecologia Marinha/Gestão de Recursos Naturais Marinhos/ Ciência/ Gestão Ambiental/ ou áreas afins;
  • No mínimo oito (8) anos de experiência em implementação de projectos/ programas, elaboração de propostas e angariação de fundos na áreas de conservação marinha, pesca e gestão de recursos naturais;
  • Fluente em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Três (3) Referências.

Nota: Indicar no assunto posição a que se candidatam “Coordenador Nacional do Programa Marinho”.

Informações adicionais: Termos de Referência detalhados podem ser obtidos através da página web:  www.wwf.org.mz/oportunidades/emprego.

Sobre a Empresa

O WWF é uma das organizações independentes de conservação da natureza mais importantes a nível mundial. Tem cerca de 5 milhões de apoiantes e está activa nos cinco continentes em mais de 100 países.

Website: http://www.unwomen.org/about-us/employment/

http://jobs.undp.org/cj_view_jobs.cfm?cur_categ_id=9

Validade: 09/06/2017

Local: Maputo

Tipo de Contrato: SC

Duração: 1 ano

A ONU Mulheres pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Projecto.

Responsabilidades

  • O Oficial de Projecto irá apoiar os esforços ao nível nacional, vai lidar com a implementação das intervenções da ONU Mulheres na área de Mulher, Paz e Segurança, bem como Acção Humanitária. Sob orientação e supervisão geral, o (a) Oficial de Projecto vai trabalhar em estreita colaboração com a equipa do programa e de operações, com funcionários dos escritórios sede da ONU Mulheres e de outras agências das Nações Unidas, funcionários(as) do Governo, doadores multilaterais e bilaterais e com membros da sociedade civil para garantir a direcção técnica do projecto e o alcance dos principais resultados de maneira eficaz.

Requisitos

  • Mestrado ou equivalente em Estudos em Desenvolvimento, Relações Internacionais, Género e Direitos Humanos ou disciplinas relacionadas;
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência relevante a nível nacional ou internacional, com projectos de desenvolvimento;
  • Cinco (5) anos de relevada experiência a trabalhar em assuntos de desenvolvimento, preferencialmente assuntos relacionados com equidade de género, violência contra mulher, paz e segurança, empoderamento económico da mulher. Experiência de trabalho com parceiros do Governo, organizações da Sociedade Civil, doadores, agências das Nações Unidas;
  • Conhecimento da política nacional, contexto institucional e legal relacionado com igualdade de género e empoderamento da mulher, conhecimentos e sólida experiência em gestão baseada nos resultados;
  • Experiência no uso de computadores e pacotes de software (MS Office). Conhecimento de ATLAS é uma vantagem;
  • Fluência em Português e domínio da língua Inglesa, escrita e falada é imprescindível.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: A versão completa dos Termos de Referência desta vaga estão acessíveis no endereço: http://www.unwomen.org/en/about-us/employment/ e os candidatos qualificados e interessados podem submeter a sua candidatura online no endereço: http://jobs.undp.org/cj_view_jobs.cfm?cur_categ_id=9

Endereço: Av. Julius Nyerere, nº 1419 – Maputo

Caixa Postal 4595 – Maputo

Validade: 09/06/2017

Local: Instituto Nacional de Estatísticas (INE)

Tipo de Contrato, nível: Consultor/a Individual

Duração: Seis meses e meio (6,5)

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor – Assessoria para Coordenação do Censo 2017.

Requisitos

  • Mestrado em Ciências Sociais, Estudos Populacionais, Estatística, Desenvolvimento ou outras Ciências Sociais relevantes;
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência em gestão de projectos, coordenação e organização;
  • Conhecimento profundo do Sistema Estatístico Nacional e dos principais requisitos dos doadores, com foco na mobilização de recursos e requisitos de comunicação interna;
  • Experiência no trabalho com parceiros de desenvolvimento em Moçambique;
  • Capacidade de desempenho dentro de prazos apertados;
  • Boas habilidades de comunicação em Inglês.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação.

Endereço: Rua Comandante João Belo, 208 – Maputo

Email: admin.maputo@actionaid.org

Validade: 02/06/2017

Local: Maputo

A ActionAid pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director de Administração e Finanças.

Objectivos da Posição

  • Assegurar e garantir a integridade financeira, administrativa e jurídica da ActionAid no âmbito das políticas e procedimentos estabelecidos a nível nacional e internacional bem como os requisitos do direito local e internacional;
  • Liderar a gestão financeira, controlo e elaboração de relatórios financeiros para os diferentes doadores e parceiros da Associação;
  • Reportar ao Director Executivo a matriz funcional e responsabilidades que reportam ao Coordenador Financeiro Regional e ao Director Financeiro Internacional. Isto tem uma relação directa com o Conselho de Direcção e Conselho Fiscal da Associação.

Tarefas e Responsabilidades

  • Contribuir para o desenvolvimento e realização dos objectivos estratégicos da ActionAid;
  • Assegurar viabilidade financeira da Associação a longo prazo;
  • Manter os demais membros da equipa de gestão da ActionAid informados sobre questões financeiras;
  • Participar em reuniões ou conferências dos financeiros da ActionAid conforme solicitado;
  • Rever, avaliar, desenvolver e implementar continuamente um sistema de controlo interno para manter a integridade financeira da ActionAid;
  • Assegurar o desenvolvimento, implementação e avaliação de sistemas de gestão administrativa e de recursos humanos para manter a integridade e bom funcionamento da ActionAid;
  • Interpretar e cumprir as políticas nacionais bem como as da federação ActionAid atinente a questões financeiras, patrimoniais e de gestão de recursos humanos;
  • Produzir mensalmente relatórios de contas trimestrais, semestrais e anuais e submeter a quem de direito.

Requisitos

  • Possuir Mestrado em Contabilidade e Finanças ou outras áreas afins;
  • Experiência de cinco (5) anos de trabalho em uma instituição respeitável, de preferência no sector das ONGs – três (3) anos dos quais ocupou posição de gestão sénior;
  • Experiência comprovada na gestão financeira de programas e projectos com financiamento de fundos institucionais, de privados, de fundações e de indivíduos;
  • Possuir vasto conhecimento de sistemas de gestão financeira, administrativa e de recursos humanos;
  • Ter excelente domínio na comunicação verbal e escrita em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse;
  • Curriculum Vitae detalhado em Inglês;
  • Cópias dos Documentos de Identificação;
  • Certificados de Habilitações;
  • Duas (2) Cartas de Referências.

Sobre a Empresa

A ActionAid Moçambique é uma Organização Internacional Não-governamental anti-pobreza, que trabalha em Moçambique desde 1988, aliando-se às pessoas que vivem em situação de pobreza e exclusão.

Endereço: Rua da Frente de Libertação de Moçambique, nº 240, Bairro da Sommerschield – Maputo

Email: maputo@unesco.org

Validade: 31/05/2017

Local: Maputo

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor Nacional sobre Capacidades para Melhorar os Dados de Educação.

Contexto

  • Neste contexto, a UNESCO procura um Especialista Nacional Moçambicano, dinâmico e experiente no campo da Estatística ou Matemática que esteja familiarizado com a recolha de dados nacionais de educação, produção e análise de estatísticas e indicadores da educação, com uma boa compreensão das questões e tendências actuais na educação e com um excelente conhecimento (oral e escrito) em Inglês e Português.

Responsabilidades

O candidato seleccionado trabalhará sob a autoridade do Representante da UNESCO e sob a supervisão técnica da Equipa do UIS e em estreita colaboração com os Oficiais Nacionais de Programas para a Educação responsáveis pela implementação deste programa. Ele/ela irá:

  • Prestar apoio técnico e logístico na planificação e implementação das intervenções da UNESCO sobre as capacidades nacionais para melhorar os dados e o acompanhamento da educação;
  • Prestar apoio técnico à Equipe Técnica Nacional e solicitar orientação do UIS sempre que necessário;
  • Assegurar a organização do trabalho das equipas técnicas nacionais estabelecidas e preparar os documentos e relatórios necessários para informar sobre os progressos e os desafios na implementação do programa;
  • Contribuir e prestar apoio na elaboração do relatório que conduza à formulação da Estratégia Nacional para o Desenvolvimento da Estatística da Educação.

Requisitos

As qualificações e competências mínimas exigidas são:

  • Diploma Universitário de Pós-Graduação (Mestrado ou equivalente) em Estatística ou Matemática, de preferência com experiência profissional reconhecida em estatísticas sociais e sistemas estatísticos nacionais;
  • Estar familiarizado/a com a recolha de dados nacionais da educação e com a produção e análise de estatísticas e indicadores da educação;
  • Excelente compreensão das questões e tendências nacionais e globais actuais em educação;
  • Excelente conhecimento (oral e escrito) em Inglês e Português.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Termos de Referência da Consultoria.

Nota: Indicar o título da consultoria no envelope ou no assunto do correio electrónico.

Website: www.worldbank.org/careers

Validade: 25/05/2017

Local: Maputo

Duração: 2 anos

The World Bank pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Operações Sénior.

Contextualização

  • As projecções do Banco Mundial colocam o crescimento de 3,6% para 2016, com riscos significativos de níveis de crescimento mais baixo. Apesar destas perspectivas desfavoráveis a curto prazo, investimentos há muito esperados no sector do Gás Natural Liquefeito (GNL) determinarão a recuperação com projecções de crescimento que pode atingir os 6,9% em 2018, quando dois megaprojectos de gás natural na bacia de Rovuma iniciarem a produção. Os fluxos de entrada do Investimento Directo Estrangeiro (IDE) apoiarão a posição externa, devendo registar-se a recuperação das reservas internacionais, embora a um ritmo lento, para a cobertura de 3,3 meses de importações não relacionadas com os megaprojectos em 2018.

Responsabilidades

As responsabilidades do cargo incluem:

  • A posição de Oficial de Operações Sénior (OO) baseia-se em Maputo, Moçambique, com a responsabilidade primária de apoiar o Gestor para o País (CM), Director para o País (CD) e o Coordenador do Programa para o País (CPC) relativamente ao desempenho da carteira existente, incluindo uma carteira substancial do fundo fiduciário, e de assegurar o seu alinhamento estratégico com o CPS;
  • O Oficial de Operações Sénior apoia o CM, o CD, o CPC e os responsáveis dos programas na realização de actividades de monitorização e de elaboração de relatórios específicos sobre o país relativamente a carteira de crédito e de Fundo Fiduciário existente, e na identificação e resolução de problemas de implementação específicos do país;
  • O Oficial de Operações Sénior mantém informações  actualizadas sobre o desempenho da carteira (IDA, IBRD e Fundos Fiduciários) para Moçambique, em estreita colaboração com o CPC, baseado em Washington;
  • O Oficial de Operações Sénior é membro da Equipa de Gestão do CMU que inclui funcionários seniores, e se reúne regularmente para partilhar informações e resolver todas as questões operacionais e administrativas relevantes do escritório no país.

Os deveres específicos incluem:

  • O Oficial de Operações Sénior é responsável pela realização de actividades nas seguintes áreas:
    • Apoiar a equipa de Moçambique na preparação, avaliação e negociação de projectos nacionais;
    • Apoiar os chefes das equipas a manter relações efectivas com funcionários governamentais de alto nível, ministérios, unidades de implementação de projectos, bem como com os parceiros de desenvolvimento internacional.

Requisitos

  • Mestrado em Letras ou Ciências, com um mínimo de oito (8) anos de experiência relevante;
  • Pós-Graduação em Finanças ou disciplina afim, uma qualificação complementar de Administração de Empresas será uma vantagem;
  • Capacidade para lidar de forma sensível com ambientes multiculturais e desenvolver relações de trabalho efectivas com os clientes e colegas;
  • Habilidades de comunicação efectiva verbal e escrita, em Inglês e Português;
  • Capacidade de trabalhar eficazmente em equipas multidisciplinares, num ambiente de matriz;
  • Bons conhecimentos sobre as políticas, procedimentos e sistemas do Banco;
  • Reconhecido pelos seus pares e/ou gestores pela sua capacidade de identificar e, de forma pro-activa, resolver problemas e questões operacionais.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Para obter descrição completa de funções e critérios de selecção para a presente vaga, os candidatos elegíveis deverão visitar o sítio da Internet sobre carreiras no Banco Mundial e submeterem as candidaturas electronicamente em: www.worldbank.org/careers. Uma vez neste sítio da Internet, cliquem em>employment opportunities>Non Managerial>job number 170807.

Website: http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nampula-mozambique-nod-temporary-appointment

Validade: 30/05/2017

Local: Nampula

Tipo de Contrato, nível: Temporary Appointment, nível NOD

Duração: 364 dias e possibilidade de renovação dependendo da avaliação do desempenho

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador de Programa – Posto nº 9965.

Requisitos

  • Mestrado em Desenvolvimento Social, Saúde Pública, Ciências Sociais e/ou outras áreas afins;
  • Sete (7) anos de experiência profissional preferencialmente na gestão de programas/ projectos no sector público ou privado nos países em desenvolvimento;
  • Experiência em trabalhar com instituições governamentais e não-governamentais e/ou Nações Unidas;
  • Experiência na área de saúde sexual e reprodutiva;
  • Fluência em Português e em Inglês (oral e escrito);
  • Competências informáticas (aplicações Office).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Para mais informações relacionadas com os termos de referência, os interessados podem tê-las através do website usando para as candidaturas http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nampula-mozambique-nod-temporary-appointment

Website: http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nod-temporaty-appointment-pemba-cabo-delgado-mozambique

Validade: 23/05/2017

Local: Pemba – Cabo Delgado

Tipo de Contrato, nível: Temporary Appointment, nível NOD

Duração: Doze meses com possibilidade de renovação dependendo da avaliação do desempenho

O Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador de Programa – Posto nº 9754.

Requisitos

  • Mestrado em Desenvolvimento Social, Saúde Pública, Ciências Sociais e/ou outras áreas afins;
  • Sete (7) anos de experiência profissional preferencialmente na gestão de programas/ projectos no sector público ou privado nos países em desenvolvimento;
  • Experiência em trabalhar com instituições governamentais e não-governamentais e/ou Nações Unidas;
  • Experiência na área de saúde sexual e reprodutiva;
  • Fluência em Português e em Inglês (oral e escrito);
  • Competências informáticas (aplicações Office).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: Para mais informações relacionadas com os termos de referência, os interessados podem tê-las através do website usando para as candidaturas http://www.unfpa.org/jobs/national-post-programme-coordinator-nod-temporary-appointment-pemba-cabo-delgado-mozambique

Malaria Consortium is one of the world’s leading non-profit organisations dedicated to the comprehensive control of malaria and other communicable diseases in Africa and Southeast Asia.

Established in 2003, Malaria Consortium is one of the world’s leading non-profit organisations specialising in the comprehensive prevention, control and treatment of malaria and other communicable diseases among vulnerable and under privileged populations.

Country and project background

Malaria Consortium began working in Mozambique in 2005, supporting the development of distribution systems for long lasting insecticidal nets in the country. Malaria Consortium Mozambique has 4 operating offices, located in Maputo (Head Office), Inhambane, Nampula and Niassa, with allocated projects.

Malaria Consortium is currently recruiting a Upscale Project Technical Coordinator to join our team in Maputo, Mozambique. The position will involve technical oversight of malaria prevention and treatment services by working closely with and through provincial and districts authorities and local non-government entities to implement and manage malaria control interventions to achievement of strategic priorities.

Qualifications and experience:  

Essential:     

  • A Masters’ degree in public health, or in a related field;
  • Extensive senior-level experience in project management in malaria or other public health programs;
  • Substantial experience working with public health programs in developing and transition countries, both at central and provincial levels;
  • Substantial experience implementing public health programs, with some of that experience in malaria control in Mozambique or other parts of Africa;
  • Experience and understanding of the Mozambique health systems context;
  • Experience in planning, implementation, data management, of a large, multi-year project.

Desirable: 

  • Previous experience working on a USAID-funded health program;
  • Strong background in malaria epidemiology;
  • Experience with and research/study analysis and interpretation preferred;
  • Strong experience in results dissemination and publication;
  • Proven track record in designing disease control programmes;
  • Experience in grant proposal writing;
  • Experience in stakeholder mapping, analysis and engagement.

Email: rhumanos@wwf.org.mz

Validade: 23/05/2017

Local: Tete

A WWF Moçambique pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Terras Húmidas.

Tarefas

  • Trabalhar como Técnico de Terras Húmidas e apoiar no desenvolvimento e implementação da estratégia global;
  • Preparar plano de trabalho e orçamentos anuais e assegurar a correcta implementação e monitoramento das actividades dos projectos.

Requisitos

  • Mestrado em Gestão de Terras Húmidas/ Ecologia de Água Doce/ Antropologia Social/ Gestão de Recursos Naturais/ Biologia;
  • Fluente em Português e Inglês;
  • Cinco (5) anos de experiência, dois quais pelo menos três (3) anos de trabalho de campo;
  • Formação adicional em gestão de projectos constitui uma vantagem;
  • Residência em Tete.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae;
  • Três (3) Referências.

Nota: Indicar no assunto posição a que se candidatam “Oficial de Terras Húmidas-Tete”.

Informações adicionais: Termos de Referência detalhados podem ser obtidos através da página web:  www.wwf.org.mz/oportunidades/emprego.

Sobre a Empresa

O WWF é uma das organizações independentes de conservação da natureza mais importantes a nível mundial. Tem cerca de 5 milhões de apoiantes e está activa nos cinco continentes em mais de 100 países.

Email: HR.Mozambique@ucglobalprograms.org

Validade: 22/05/2017

Duração: Tempo de contrato – 18 meses a partir da data do ínicio

Global Programs for Research and Training pretende recrutar para o seu quadro um (1) Consultor para a Revisão do Sistema de Informação dos Serviços de Aconselhamento e Testagem do HIV.

Objectivos

Em coordenação com parceiros chaves o Consultor deverá:

  • Identificar o fluxo de informação do ATS, os elementos dos dados e os indicadores necessários para facilitar a ligação com os serviços de cuidados e tratamento, monitoria programática, vigilância epidemiológica e recursos necessários;
  • Efectuar um levantamento e documentar as lacunas existentes nos actuais instrumentos de ATS, no que diz respeito aos serviços oferecidos e necessidades de informação, assim como as lacunas verificadas nos fluxos de gestão de informação;
  • Desenvolver e propor novos registos/ instrumentos;
  • Testar os novos registos e documentar os seus resultados;
  • Submeter e finalizar os novos registos, incluindo Procedimentos Operacionais Padrão para o seu preenchimento;
  • Trabalhar em conjunto com o Grupo Técnico de ATS, com os diferentes departamentos do MISAU, e com os parceiros de implementação clínicos e comunitários,dando devido tempo aos membros para rever e comentar os rascunhos dos instrumentos. No caso de opiniões divergentes, o MISAU toma as decisões;
  • O Consultor será supervisionado principalmente pelo MISAU, DNSP, Programa Nacional de HIV/SIDA a tempo inteiro.

Responsabilidades

Supervisão e Responsabilidade do Programa Nacional:

  • A Chefe do Programa Nacional de Controle de ITS/HIV/SIDA irá indicar um ponto focal clínico e/ou de M&A da sua equipa para trabalhar directamente com o Consultor;
  • Providenciar o espaço de trabalho adequado;
  • Supervisionar e avaliar o desempenho do Consultor, de forma a que o plano de trabalho seja devidamente realizado de acordo com os prazos pré-estabelecidos;
  • Providenciar apoio técnico clínico e de M&A para o desenvolvimento dos pacotes de instrumentos;
  • Obter as devidas autorizações administrativas internas para a realização das actividades pré-estabelecidas no plano de trabalho, ao nível das US;
  • Facilitar os encontros com os parceiros durante o processo de revisão dos instrumentos;
  • Rever rascunhos dos instrumentos e prover comentários para o melhoramento do mesmo;
  • Aprovar as versões finais dos instrumentos.

Supervisão e Responsabilidade da UCSF-GP:

  • Providenciar apoio técnico, partilhando as experiências (guiões e/ou instrumentos de M&A relevantes) dos outros países de África Sub-Sahariana onde UCSF está a trabalhar;
  • Facilitar a entrevista com pessoas chaves, acesso a literatura e acesso a assessores de nível nacional e internacional para consulta;
  • Providenciar apoio financeiro, administrativo e logístico para as realizações das actividades do piloto, de acordo com o plano de trabalho: workshops, formações, deslocações dos RH (passagem aérea, per diems, etc);
  • Rever rascunhos dos instrumentos e prover comentários para melhoramento do mesmo;
  • Rever a versão final e prover comentários ao MISAU e ao Consultor.

Supervisão e Responsabilidade do CDC:

  • Providenciar apoio técnico e de M&A para o desenvolvimento dos instrumentos;
  • Rever rascunhos dos instrumentos e prover comentários para melhoramento do mesmo;
  • Rever a versão final e prover comentários ao MISAU e ao Consultor.

Requisitos

Qualificações Necessárias:

  • Cinco (5) anos de experiência em Monitoria e Avaliação na área da Saúde e, pelo menos;
  • Experiência no desenvolvimento, aconselhamento e testagem e implementação dos instrumentos de informação para a saúde (registos, processos clínicos, sistemas electrónicos de seguimento de pacientes, etc);
  • Mestrado em Saúde Pública e/ou Médica em área relacionada;
  • Fluente em Português falado e escrito.

Qualificações Desejadas:

  • Três (3) anos de experiência em Moçambique;
  • Conhecimento do sector público do programa de HIV;
  • Capaz de trabalhar no MISAU, DNSP, Programa Nacional de Controle de ITS e HIV/SIDA a tempo inteiro.

The USAID-funded PMI AIRS (Africa Indoor Residual Spraying 2) Project supports the President’s Malaria Initiative (PMI), as well as USAID Missions and Bureaus with malaria programs outside the PMI focus countries, in planning and implementing IRS programs with the overall goal of reducing the burden of malaria in Africa by enhancing USAID’s ability to implement IRS programs on the ground through cost-effective commodities procurement and logistics systems, access to technical expertise, and implementation of IRS in countries affected by malaria.

Under the supervision of the Chief of Party, the Technical Specialist 10/ Operations Manager provide operational and logistical management for the PMI AIRS Mozambique program.

Specific duties and responsibilities include the following

  • Manages the overall planning and implementation of all project spray operations in Mozambique, including:
    • Developing annual operational plans and spray calendars;
    • Conducting geographic reconnaissance, and/or enumeration;
    • Identifying, and overseeing the preparation and renovation of, spray operation sites;
    • Organizing annual planning meetings with DPS, SDSMAS, NMCP, other local stakeholders, and spray districts;
    • Determining spray operation human resources requirements, and overseeing the recruitment of seasonal spray personnel;
    • Quantifying requirements for insecticides, PPE, and all other equipment and supplies;
    • Overseeing supply chain distributions;
    • Confirming specifications for PPE, and all other equipment and supplies procured locally and internationally;
    • Organizing macro and micro-planning meetings;
  • Overall responsible for supervising and monitoring spray activities;
    • Ensuring that correct spray techniques are applied;
    • Ensuring quality and accuracy of primary data;
    • Ensuring that supervision and monitoring tools are implemented;
    • Troubleshooting and taking corrective action using technical judgement;
  • Oversees the management of the central warehouse and stores;
    • Ensuring adherence to USAID/PMI BMP for IRS;
    • Ensuring that there are adequate stock levels of commodities, equipment and supplies, at all operation sites;
    • Ensuring that all store records are accurate and up-to-date throughout the spray campaign;
  • Oversees information, education, and communication (IEC) activities and community mobilization;
    • Reviews the content of communications materials and key messages for technical accuracy;
    • Works in close collaboration with local stakeholders;
  • Indirectly supervise the Procurement Manager to ensure that procurement actions are on time and meet operations technical and delivery needs for effective implementation of spray campaign. The Procurement Manager shall provide weekly written updates to the Operations Manager on progress being made (i.e. issuance of RFQ, internal approvals, order placement, delivery status, etc) on each procurement action pertaining to operations;
  • Act as COP delegate when needed as determined by COP and/ Project Director to faciliate timely and effective implementation of spray operations;
  • Ensures the transfer of technical skills to local institutions;
  • Coordinates training-of-trainer (TOT) courses, and the trainings of the different categories of spray personnel;
  • Recommends spray personnel performance targets, and tracks progress against spray campaign targets and timelines;
  • Achieves operations-related Monitoring & Evaluation and Quality Control indicators;
  • Develops the operations component of the country capacity-building plan to transfer skills to local institutions;
  • Directly supervises the project’s District Coordinators, Logistics Coordinator and Communications Coordinator;
  • Write significant sections of project reports and contractual deliverables, specifically the annual work plan and end of spray report. Operations Manager will be responsible for operations-related sections;
  • Participate in program management meetings with various home office technical advisors e.g. RSL meetings, weekly TPM-COP meetings.

Qualification requirements include the following

  • Masters Degree in Public Health, Environmental Health, or other relevant field;
  • At least six (6) years of professional experience managing operations in an international development environment, with significant experience in vector control programs and IRS;
  • Demonstrated ability to work with a minimum of direction and supervision;
  • Demonstrated ability to work both as a member of a team and as a team leader, with the ability to accept the inputs of other team members;
  • Demonstrated ability to build high-performing teams across cultures and countries;
  • Strong management and planning skills of project tasks and budgets;
  • Demonstrates leadership and team work and produces high quality work in a timely, cost effective manner and has excellent writing skills;
  • Prior experience at USAID-funded programs, and knowledge of Federal and AID Acquisition Regulations (FARs and AIDARs), are highly desirable;
  • Excellent writing, computer, and organizational skills;
  • English and/ Portuguese language fluency.

Email: DREAMSMozambique@jsi.com

Validade: 19/05/2017

Local: Maputo

A JSI Research & Training Institute, Inc. pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor de Subvenções para o Projecto de Desafio de Inovação de Sonhos (DREAMS) financiado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos da América.

Responsabilidades

  • O Gestor de Subvenções será o principal responsável pela gestão de subvenções do projecto, com foco no fortalecimento institucional;
  • Prestará apoio incluindo, mas não se limitando a:
    • Gestão de subvenções em curso para uma carteira de até 6 beneficiários;
    • Conformidade do beneficiário;
    • Identificação e realização de reforço de capacidades dos beneficiários nas áreas de finanças e operações e conformidade dos doadores;
    • Realização de visitas de rotina no local dos beneficiários para a monitoria e apoio;
    • Comunicação permanente com escritórios nos Estados Unidos;
    • Outras responsabilidades relacionadas. (Os financiamentos são assinados e os fundos desembolsados a partir do escritório nos Estados Unidos).

Requisitos

  • É necessário Bacharelato, Mestrado em Gestão, Finanças, Saúde Pública/ Desenvolvimento Internacional ou áreas relacionadas;
  • No mínimo quatro (4) anos de experiência na gestão de subvenções e/ou programas;
  • No mínimo três (3) anos de experiência em trabalho nos projectos financiados pela USG, programas de financiamento e relatório de PEPFAR e/ou programas em saúde pública;
  • Interesse e experiência demonstrada na capacitação e/ou formação organizacional ou individual;
  • Experiência nas regras e regulamentos de projectos e assistência financiados pelo Governo Americano;
  • Conhecimento demonstrado nos procedimentos de financiamento, desde o início do financiamento, a sua gestão e encerramento;
  • Experiência nas organizações complexas de parceiros, por exemplo as subconcessões de terceiro nível é desejável;
  • Competência demonstrada na avaliação de prioridades e gestão de uma variedade de actividades num ambiente sensível em termos de tempo e cumprimento de prazos com atenção para os detalhes e qualidade;
  • Proficiência informática é necessária (especialmente Excel e MS Word);
  • Excelente habilidade de comunicação, oral e escrita na língua Inglesa. A competência em línguas estrangeiras é desejável.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Coloque “Gestor de Subvenções” na linha de assunto do email.

Endereço: Rua do Tchamba, nº 398 – Maputo

Email: SCIMOZ@savethechildren.org

Validade: 08/05/2017

Local: Maputo

A Save the Children Internacional (SCI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Especialista de Segurança Alimentar do Programa Humanitário – VG-SC 013/17 – Maputo.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou Ciências Sociais (ou experiência equivalente de trabalho no campo);
  • Mínimo de 5-7 anos de experiência anterior de gestão de equipes do programa em resposta a seca (essencial);
  • Experiência de gestão de subvenções do DFID;
  • Experiência de representação a nível internacional e coordenação com o governo local, parceiros e outras ONGs/ONU;
  • Experiência comprovada de Monitoria e Avaliação e Prestação de Contas aos beneficiários;
  • Habilidades políticas e culturais sensíveis com qualidades de paciência, tacto e diplomacia;
  • Capacidades e vontade de ser extremamente flexível e eficiente em circunstâncias de trabalho difíceis e, por vezes, inseguras;
  • Compromisso para produzir resultados de alta qualidade e atempadamente;
  • Competências demonstradas de liderança e gestão e com excelentes capacidades interpessoais e de comunicação, incluindo a habilidade de trabalhar efectivamente com uma equipa diversa e contrapartes;
  • Habilidades no uso de pacotes de informática, Word, Excel, Access, Email e Internet;
  • Fluente em Português (falado e escrito) necessário. Fortes habilidades em Inglês (verbal e escrito) necessário;
  • Disponibilidade para efectuar viagens;
  • Compromisso com a visão da Save the Children, missão e valores, constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação em Português e Inglês.

Endereço: Rua do Tchamba, nº 398 – Maputo

Email: SCIMOZ@savethechildren.org

Validade: 08/05/2017

Local: Nampula

A Save the Children Internacional (SCI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director Provincial de Nampula – VG-SC 012/17 – Nampula.

Requisitos

  • Mestrado em Saúde Pública ou Ciências Sociais (ou experiência equivalente em áreas de assistência e desenvolvimento);
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência anterior de gestão de projectos integrados (segurança alimentar, educação, saúde e meios de vida) e estudo de desenvolvimento internacional ou área relevante);
  • Mínimo de sete (7) anos de experiência na concepção dos programas, implementação, monitoria e avaliação;
  • Mínimo de cinco (5) anos de experiência numa posição sénior similar de preferência na África Subsaariana;
  • Experiência de representação a nível provincial e internacional e coordenação com o governo local, parceiros e outras ONGs;
  • Experiência comprovada de gestão de programas de desenvolvimento, e metodologias de planeamento participativo;
  • Experiência comprovada de aplicação de abordagens participativas com base nos direitos da criança, parceria de programas de desenvolvimento e género;
  • Experiência de gestão e implementação de programas de emergência;
  • Experiência comprovada de planificação e gestão orçamental;
  • Competências demonstradas de liderança e gestão de pessoal, com excelentes capacidades de comunicação interpessoal, com excelentes capacidades de comunicação interpessoal, incluindo a habilidade de trabalhar efectivamente com uma equipa diversa e contrapartes;
  • Habilidades políticas e culturais sensíveis com qualidades de paciência, tacto e diplomacia;
  • Capacidades e vontade de ser extremamente flexível e eficiente em circunstâncias de trabalho difíceis e, por vezes, inseguras;
  • Compromisso para produzir resultados de alta qualidade e relatórios, atempadamente;
  • Habilidades no uso de pacotes de informática, Word, Excel, Access, Email e Internet;
  • Fluente em Português (falado e escrito) necessário. Fortes habilidades em Inglês (verbal e escrito) necessário;
  • Disponibilidade para efectuar viagens;
  • Compromisso com a visão da Save the Children, missão e valores, constitui vantagem.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação em Português e Inglês.

Website: www.jsi.com

Validade: 26/05/2017

Local: Maputo

A John Snow, Inc. (JSI) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Director de Projecto.

Descrição

John Snow, Inc. (JSI) procura um candidato dinâmico e altamente experiente para o cargo de Director de Projecto (COP) para uma proposta de prevenção, cuidado e tratamento do HIV financiada pela USAID, intitulada “ECHO, Efficiencies for Clinical HIV Outcomes, Eficiências para Resultados Clínicos de HIV”, em Moçambique. O objectivo do ECHO é reduzir a mortalidade, a morbilidade e a transmissão do HIV, reforçando simultaneamente a capacidade do Ministério da Saúde de prestar serviços de qualidade através da continuidade dos cuidados. Este projecto programará intervenções baseadas em evidências para aumentar a detecção do início precoce da ART, fornecer serviços de alta qualidade, garantir estratégias de retenção robustas e conseguir o controle epidêmico. As intervenções incluem assistência técnica, treinamento, tutoria e supervisão de apoio, juntamente com investimentos nos principais sistemas, como recursos humanos e suporte de informações laboratoriais e estratégicas. Além disso, este projecto irá compilar pesquisas e a avaliação de programas para melhorar o ambiente político para a programação do HIV/ AIDS, e reforçar a capacidade das CSO e de ONGs locais para continuar o trabalho.

Caso a JSI seja o vencedor, esta será uma posição de tempo integral com sede em Moçambique. O Director do Projecto ficará subordinado ao Assessor Sénior da JSI.

Responsabilidades

  • Fornecer liderança técnica e de gestão geral e supervisão financeira, incluindo a gestão de relações com os parceiros e garantir a excelência técnica e de gestão;
  • Representar o projecto para a USAID, governos locais e outras partes interessadas, incluindo OSCs focadas em PLHIVs e ONGs locais;
  • Desenvolver e supervisionar a implementação de um plano de utilização de recursos que amplie o alcance das actividades do projecto e contribua para a sustentabilidade;
  • Promover uma política e um ambiente regulatório favoráveis ​​para a Prevenção, Cuidados e Tratamento do HIV com ministérios nacionais e partes interessadas locais;
  • Chefiar o desenvolvimento e a implementação dos planos de trabalho do projecto e avaliações dos programas;
  • Assegurar a qualidade e a oportunidade das avaliações, dos currículos de formação e dos relatórios e programas;
  • Manter comunicações contínuas e regulares com o escritório da JSI.

Requisitos

  • É exigido Mestrado ou nível Superior em Saúde Pública, Desenvolvimento Internacional, Administração de Empresas, Ciências Sociais, ou uma área estreitamente relacionada;
  • Pelo menos quinze (15) anos de experiência na concepção, implementação e gestão de projectos grandes e complexos envolvendo múltiplos parceiros, em/ para países em desenvolvimento, de menos cinco (5) anos em um cargo e COP ou DCOP de um grande programa de desenvolvimento de dimensão e âmbitos equivalentes, baseado na região;
  • Experiência na prestação de serviços de prevenção, cuidados e tratamento do HIV para as populações principais, prioritárias ou marginalizadas, fortalecimento de sistemas, capacitação, fortalecimento económico, melhoria da qualidade, desenvolvimento de políticas;
  • Conhecimento demonstrado do gerenciamento de projectos da USAID, incluindo suas regras e regulamentos;
  • Excelentes qualidades de liderança e profundo conhecimento técnico e de gestão do HIV;
  • Capacidade demonstrada de desenvolver e manter relacionamentos de trabalho eficazes com altos funcionários governamentais, doadores, sectores privados com e sem fins lucrativos;
  • Experiência interagindo com os governos e contrapartes dos países anfitriões, os ONGs, e com agências doadoras internacionais;
  • Fluência em Português e Inglês.

Exigências

  • Carta de Apresentação;
  • Curriculum Vitae.

Endereço: Rua Correia de Brito, 613, Ponta Gêa – Beira

Caixa Postal 90 – Beira

Email: rh.ced@ucm.ac.mz e vtfrancisco@ucm.ac.mz

Validade: 05/05/2017

Local: Beira – Sofala

A Universidade Católica de Moçambique (UCM), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal Tutores para os cursos ministrados online, nomeadamente:

  • Licenciatura em Administração Pública
  • Licenciatura em Gestão Ambiental
  • Licenciatura em Tecnologia de Informação
  • Licenciatura em Ensino da Língua Portuguesa
  • Licenciatura em Ensino de História
  • Licenciatura em Ensino de Geografia
  • Licenciatura em Ensino de Biologia
  • Licenciatura em Ensino de Desenho
  • Licenciatura em Ensino de Matemática
  • Licenciatura em Ensino de Educação Física
  • Licenciatura em Ensino de Química
  • Licenciatura em Ensino de Física
  • Mestrado em Saúde Pública

Requisitos

  • Nível de Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento nas áreas específicas;
  • Pelo menos dois (2) anos de experiência na área Pedagógica;
  • Conhecimentos de pacotes de Informática na óptica de utilizador;
  • Ser uma pessoa idónea;
  • Constitui uma vantagem ter algum artigo publicado;
  • Experiência de Ensino em Metodologia a Distância (E-Learning), constitui uma vantagem.

Exigências

  • Carta dirigida ao Magnifico Reitor, especificando o curso e a cadeira que pretende leccionar;
  • Fotocópia do BI ou Passaporte autenticado;
  • Fotocópia de Certificado autenticado e Diplomas de cursos feitos;
  • Curriculum Vitae actualizado e assinado na última página;
  • NUIT.

Sobre a Empresa

A Universidade Católica de Moçambique (UCM) é uma instituição de ensino superior privada localizada em Moçambique. Foi fundada em 10 de Agosto de 1996, pela Conferência Moçambicana de Bispos. À época, a educação de ensino superior só estava disponível na capital moçambicana, Maputo, e por isso as locações da universidade estão em Beira, Chimoio, Cuamba, Nampula, Pemba, Quelimane e Tete – cidades do centro e do norte do país.

Email: procurement.pcbg@counterpart.org

Validade: 05/05/2017

Local: Maputo

A Counterpart International pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Especialista Sénior em Advocacia Comunitária e Eleições.

Contexto

  • A Counterpart International ajuda as pessoas a desenvolverem melhores vidas e futuros mais duradouros, de comunidade em comunidade; Equipamos as pessoas, as organizações e as comunidades – as nossas contrapartes – para que se tornem sujeitos de soluções para as suas próprias famílias, comunidades, regiões e países. Trabalhamos com as nossas contrapartes em alguns locais mais difíceis do mundo para abordar problemas sócio – económicos, ambientais, problemas de saúde e governação que ameaçam as suas vidas e perigam os seus futuros.

Perfil Profissional

  • A Counterpart International procura recrutar um Especialista Sénior em Advocacia Comunitária e Eleições para o seu programa denominado Parceria Cívica para Boa Governação (PCBG) financiado pela USAID em Moçambique que visa fortalecer o impacto do activismo cívico para a melhoria da prestação de contas, governação democrática efectiva nos sectores – alvo para a conservação da biodiversidade, mudanças climáticas, educação, indústria extractiva, saúde/VIH e governação transparente e responsável. O Especialista Sénior em Advocacia Comunitária e Eleições deverá prestar apoio técnico e estratégico para o projecto de 18 meses sobre eleições através de assistência direccionada em monitoria da violência eleitoral de longo prazo e actividades voltadas para a mitigação de conflitos com a sociedade civil antes das eleições municipais de Outubro de 2018 em Moçambique. É um cargo a tempo pleno baseado em Maputo, Moçambique, mas pode exigir viagens para todo o país; Este cargo subordina-se ao Director/a do Programa, do escritório de Maputo, Moçambique.

Responsabilidades Principais

  • Prestar aconselhamento técnico sobre monitoria da violência eleitoral, processos eleitorais e mitigação de conflitos e advocacia aos parceiros locais das OSCs e ao Pessoal da PCBG em estreita colaboração e com a orientação do/a Director/a do Programa;
  • Gerir as relações e assessorar os grupos da sociedade civil à medida que forem criando uma rede de monitoria da sociedade civil;
  • Assistir a rede de monitoria da sociedade civil na concepção e implementação dos esforços de monitoria das eleições, formação e apresentação de observadores, e análise e apresentação dos resultados através de consultas e sessões de formação;
  • Ajudar os grupos de observadores no desenvolvimento de técnicas inovadoras e mecanismos para a monitoria e reportagem da violência e irregularidades eleitorais;
  • Ajudar os grupos de observadores na aplicação de melhores práticas para a observação de longo prazo baseada nos dados;
  • Coordenar actividades com parceiros de implementação que trabalham na área de eleições, em estreita coordenação com a USAID e o grupo organizador dos doadores do processo eleitoral;
  • Orientar a planificação e a implementação, incluindo a concepção e execução de actividades de desenvolvimento de capacidades com as OSCs parceiras, para melhorar a sua capacidade de monitoria efectiva das eleições e gestão de subvenções e actividades;
  • Trabalhar em estreita colaboração com os parceiros das OSCs na elaboração de propostas viáveis de subvenção para a realização de actividades de mitigação de conflitos e advocacia eleitorais dentro dos locais alvos.

Requisitos

  • Licenciatura numa área relacionada como Desenvolvimento Internacional, Ciências Políticas, ou Política Pública ou áreas afins;
  • Pelo menos dez (10) anos de experiência de trabalho relevante em monitoria da violência eleitoral, mitigação de conflitos, processos eleitorais e sociedade civil, ou experiência em advocacia, de preferência em Moçambique ou na África Subsaariana;
  • Experiência significativa na área de formação e habilidades de concepção e facilitação de workshops;
  • Histórico comprovado na elaboração de estratégias e intervenções de advocacia eficazes;
  • Capacidade comprovada de gerir relatórios financeiros, incluindo a elaboração e a gestão de pequenas subvenções e apoio aos grupos locais para fortalecer o seu desenvolvimento organizacional;
  • Conhecimento demonstrado das leis, regulamentos, políticas e procedimentos da USG;
  • Elevado nível de habilidades interpessoais e de comunicação;
  • Capacidade de trabalhar em ambiente de equipa, capaz de trabalhar de forma eficaz com as organizações da sociedade civil, USAID, pessoal do projecto e outros beneficiários;
  • Capacidade demonstrada de interagir de forma eficaz com todos os níveis de pessoal, governantes, líderes políticos e cívicos séniores, diplomatas e quadros do governo;
  • Experiência na incorporação do género dos grupos de populações marginalizadas no trabalho de observação eleitoral;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e cumprimento de prazos apertados, com mínima supervisão;
  • Excelentes habilidades na área de informática (Microsoft Word, Excel e PowerPoint);
  • Fluente na língua Inglesa e Portuguesa.

Qualificações Preferidas

  • Nível de Mestrado numa área relacionada como Desenvolvimento Internacional, Ciências Políticas ou Política Pública.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação.

Sobre a Empresa

A Counterpart International é uma organização de desenvolvimento global que capacita pessoas e comunidades a implementar soluções inovadoras e duradouras face aos desafios sociais, económicos e ambientais. Durante os últimos 50 anos, a Counterpart International tem estabelecido parcerias com comunidades para solucionar problemas complexos relacionados com o desenvolvimento económico, segurança alimentar e nutrição, construir uma governação e instituições eficazes.

Email: MOZNA@unhcr.org

Validade: 03/05/2017

Local: Nampula

Tipo de Contrato (período): 4-6 Meses

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados em Moçambique (UNHCR) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Consultor Nacional de Meios de Subsistência.

Responsabilidades

  • O Consultor desempenhará um papel fundamental na implementação de um novo projecto em cooperação com outras agências da ONU e outras agências da sociedade civil;
  • O projecto tem como alvo os extremamente pobres, com o objectivo de graduá-los para fora da pobreza de forma sustentável.

Requisitos

  • Mestrado em Desenvolvimento Rural ou Ciências Sociais ou outra área relacionada;
  • Pelo menos três (3) anos de experiência em programação de meios de subsistência, tais como programas de alimentos ou dinheiro por trabalho, outras actividades geradoras de rendimentos e/ou programas de formação profissional, concepção de projectos e redacção de propostas;
  • Fluente em Português e Inglês (oral e escrito).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Referências/ Graus/ Certificados.

Endereço: Caixa Postal, 364 – Maputo

Email: mozambiqueRH@gmail.com

Validade: 03/05/2017

Local: Tete

A I-TECH Mozambique pretende recrutar um (1) Assessor Técnico Provincial para Programa de Circuncisão Média Masculina (CMMV).

Tarefas

  • Em coordenação com a DPS, parceiros e o responsável nacional do programa de Circuncisão Masculina, apoiar na definição da visão estratégica geral do programa a nível da província;
  • Em Consulta com os parceiros, elaborar e executar planos de formação de provedores no âmbito da CMMV;
  • Monitorar o desempenho geral do programa de CMMV a nível da província: identificar fraquezas e propor acções para melhora;
  • Dar seguimento a implementação dos Planos de Melhoria resultantes das avaliações de qualidade;
  • Apoiar na definição da visão estratégia geral do programa a nível da província;
  • Dar apoio técnico aos pontos focais de CMMV em tarefas relacionadas com a M&E (recolha de dados, envio e uso de plataforma digital);
  • Apoiar as actividades de melhoria contínua da qualidade de serviços de CMMV a nível das Unidades Sanitárias;
  • Identificar possíveis dificuldades na implementação do programa de CMMV e discutir soluções com a DPS e parceiros de implementação;
  • Coordenar as actividades de geração de demanda a nível da DPS e os parceiros de implementação;
  • Elaborar os relatórios mensais e trimestrais das actividades desenvolvidas de geração de demanda;
  • Fazer advocacia na comunidade para o envolvimento de pessoas-chave no esforço para geração de demanda aos serviços de CMMV;
  • Garantir a participação de entidades e associações que trabalham para prevenção do HIV/SIDA nas actividades de geração de demanda para a CMMV;
  • Garantir o fluxo de informação periódica (mensais) dos US para o nível provincial e nacional;
  • Garantir que os serviços sejam oferecidos de acordo com padrões de qualidade técnica – clínica com base nas normas nacionais e promover adesão aos padrões nacionais de qualidade.

Requisitos

  • Nacionalidade Moçambicana;
  • Mestrado em Saúde Pública;
  • Licenciatura em Medicina, ou Técnicos de Cirurgia;
  • Cinco (5) anos de experiência no Sistema Nacional de Saúde, incluindo experiência em planificação, formação, supervisão, gestão de equipa, tutoria clínica e monitoria e avaliação;
  • Experiência de trabalho clínico, de preferência, na área da cirurgia;
  • Experiência com programas de circuncisão masculina constitui vantagem;
  • Capacidade de interacção, de liderança e de trabalho em grupo;
  • Conhecimento de estrutura do sistema de saúde e dos principais programas de saúde em Moçambique;
  • Conhecimento de informática na óptica de utilizador Microsoft Office Word PowerPoint;
  • Capacidade demonstrada para trabalhar de forma pro-activa e independente;
  • Capacidade de trabalhar em equipas técnicas multidisciplinares;
  • Capacidade de comunicação interpessoal, e de representação da instituição diante do Ministério da Saúde, dos parceiros e doadores;
  • Excelente capacidade de comunicação oral e escrita na língua Portuguesa e Inglesa;
  • Disponibilidade imediata e disponível para viajar frequentemente para províncias e distritos de Moçambique.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae em Português e Inglês.

Nota: Indicar no assunto”Vaga Nº 1131″.

Endereço: Caixa Postal, 364 – Maputo

Email: mozambiqueRH@gmail.com

Validade: 03/05/2017

Local: Manica

A I-TECH Mozambique pretende recrutar um (1) Assessor Técnico Provincial para Programa de Circuncisão Média Masculina (CMMV).

Tarefas

  • Em coordenação com a DPS, parceiros e o responsável nacional do programa de Circuncisão Masculina, apoiar na definição da visão estratégica geral do programa a nível da província;
  • Em Consulta com os parceiros, elaborar e executar planos de formação de provedores no âmbito da CMMV;
  • Monitorar o desempenho geral do programa de CMMV a nível da província: identificar fraquezas e propor acções para melhora;
  • Dar seguimento a implementação dos Planos de Melhoria resultantes das avaliações de qualidade;
  • Apoiar na definição da visão estratégia geral do programa a nível da província;
  • Dar apoio técnico aos pontos focais de CMMV em tarefas relacionadas com a M&E (recolha de dados, envio e uso de plataforma digital);
  • Apoiar as actividades de melhoria contínua da qualidade de serviços de CMMV a nível das Unidades Sanitárias;
  • Identificar possíveis dificuldades na implementação do programa de CMMV e discutir soluções com a DPS e parceiros de implementação;
  • Coordenar as actividades de geração de demanda a nível da DPS e os parceiros de implementação;
  • Elaborar os relatórios mensais e trimestrais das actividades desenvolvidas de geração de demanda;
  • Fazer advocacia na comunidade para o envolvimento de pessoas-chave no esforço para geração de demanda aos serviços de CMMV;
  • Garantir a participação de entidades e associações que trabalham para prevenção do HIV/SIDA nas actividades de geração de demanda para a CMMV;
  • Garantir o fluxo de informação periódica (mensais) dos US para o nível provincial e nacional;
  • Garantir que os serviços sejam oferecidos de acordo com padrões de qualidade técnica – clínica com base nas normas nacionais e promover adesão aos padrões nacionais de qualidade.

Requisitos

  • Nacionalidade Moçambicana;
  • Mestrado em Saúde Pública;
  • Licenciatura em Medicina, ou Técnicos de Cirurgia;
  • Cinco (5) anos de experiência no Sistema Nacional de Saúde, incluindo experiência em planificação, formação, supervisão, gestão de equipa, tutoria clínica e monitoria e avaliação;
  • Experiência de trabalho clínico, de preferência, na área da cirurgia;
  • Experiência com programas de circuncisão masculina constitui vantagem;
  • Capacidade de interacção, de liderança e de trabalho em grupo;
  • Conhecimento de estrutura do sistema de saúde e dos principais programas de saúde em Moçambique;
  • Conhecimento de informática na óptica de utilizador Microsoft Office Word PowerPoint;
  • Capacidade demonstrada para trabalhar de forma pro-activa e independente;
  • Capacidade de trabalhar em equipas técnicas multidisciplinares;
  • Capacidade de comunicação interpessoal, e de representação da instituição diante do Ministério da Saúde, dos parceiros e doadores;
  • Excelente capacidade de comunicação oral e escrita na língua Portuguesa e Inglesa;
  • Disponibilidade imediata e disponível para viajar frequentemente para províncias e distritos de Moçambique.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae em Português e Inglês.

Nota: Indicar no assunto”Vaga Nº 1130″.

Email: emprego@atosLda.com

Validade: 09/05/2017

Local: Maputo

A ATOS Lda, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um (1) Oficial de Políticas para a Segurança Alimentar e Nutricional.

Contexto

  • A Embaixada dos Países Baixos em Moçambique opera com uma agenda de política de ajuda e comércio que visa contribuir para um crescimento sustentável e inclusivo. O programa de ajuda centra-se em três aspectos chave: (i) Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), (ii) Água e Saneamento, (iii) Saúde Sexual e Reprodutiva e Direitos. O envolvimento do sector privado (Holandês e Moçambicano) está a crescer e as actividades relacionadas com o comércio jogão um papel cada vez mais importante no portfólio. O clima e o género são também aspectos bastante importantes.
  • O programa SAN tem um volume de negócios anual de cerca de 10 milhões de euros. As sinergias entre as três áreas chave os temas transversais são activamente promovidos;
  • O Director de Política e Segurança Alimentar e Nutricional trabalha sob a orientação do Chefe de Cooperação para o Desenvolvimento e em estreita colaboração com o Oficial Sénior de Política de Segurança Alimentar e Nutricional, os demais especialistas temáticos e a unidade de controle. O Oficial Sénior de Política da SAN orienta as actividades quotidianas do Oficial de Políticas SAN.

Responsabilidades

  • Contribuir para o desenvolvimento do programa de Segurança Alimental e Nutricional, noâmbito do programa da Embaixada da Holanda e das políticas do GdM;
  • Integrar o desenvolvimento do sector privado e as preocupações de desenvolvimento sustentável, incluindo a governação dos direitos à terra, clima e género, no programa de cooperação bilateral entre a Holanda e Moçambique;
  • Monitorar a evolução e traduzi-los em conselhos de política no campo da actividades de SAN, incluindo os Direitos à Terra;
  • Gerir parte da carteira da SAN (desenho, planificação, monitoria e avaliação);
  • Participar activamente nas discussões relevantes sobre política e programação dentro e fora da Embaixada e representar a Embaixada;
  • Identificar intervenções/ actividades relevantes que apoiem os objectivos das políticas através dos canais governamentais, do sector privado e da sociedade civil e criar uma rede eficaz com os vários grupos;
  • Participar em intervenções/ actividades relevantes que apoiem a Agenda da Ajuda e Comércio da Embaixada;
  • Realizar outras tarefas conforme delegado pelo Chefe da Missão/ Chefe da Cooperação e Desenvolvimento.

Requisitos

  • Grau de Mestrado em áreas afins;
  • Pelo menos dez (10) de experiência no sector da Agricultura, incluindo direito ao uso da terra, relevante trabalhando a nível local e central;
  • Experiência na cooperação para o desenvolvimento e na gestão de um portfólio de programas;
  • Conhecimento da SAN e da governança da terra em Moçambique, demonstrada pela experiência de trabalho relevante;
  • Rede estabelecida no sector governamental e não governamental de Moçambique;
  • Compreensão dos aspectos de governação bem como da legislação relevantes relacionada com a área de políticas ou a habilidade de familiarizar-se com esses conhecimentos rapidamente;
  • Competências na tradução de ideias e informações em conselhos, planos e relatórios e na avaliação de suas implicações políticas e financeiras;
  • Habilidades de escrita avançada;
  • Fluência em Português e Inglês (escrita e fala).

Exigências

  • Curriculum Vitae, em Português e Inglês no formato Word;
  • Carta de Motivação.

Sobre a Empresa

A ATOS, Limitada, é uma empresa de prestação de serviços de Consultoria que oferece soluções na área da Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos. A ATOS usa a consultoria, assessoria e outsourcing como o veículos para o provimento dos seus serviços. Os nosso serviços incluem Recrutamento e Selecção; Consultoria em RH; Processamento de Salários, Avaliação do Perfil Comportamental; Coaching para Resultados; Formação e Desenvolvimento; Ferramentas RH Virtual.